AS APARÊNCIAS ENGANAM
Aqui é um ótimo lugar para me esconder...
As pessoas são tão ocupadas que nem me notarão...
Você viu a Renata? Ela é tão magra... queria ser igual a ela
 
Outro dia, na cantina da faculdade....
Meia folha de alface, por favor.
Isso é uma mulher ou um passarinho? Ah!! Então, esse é o segredo!
Apesar de todo sacrifício... Me sinto uma baleia... Preciso emagrecer.
<ul><li>O que elas não sabiam é que Renata sofria de um distúrbio alimentar: a anorexia. Isto lhe trazia grande sofrimento...
E o regime, deu certo? Nenhuma grama... Nem à praia meu marido me leva... com vergonha...
Pessoal, é o 3º trabalho que eu faço sozinha. Vamos colaborar... Tá bom, tá bom !!!
Elas não   perdem por esperar ....
<ul><li>Esta seria a ultima vez que Márcia faria o trabalho sozinha e todas levariam o credito. No dia da apresentação, el...
Na sala de aula, Eliane,  que era consumista e fútil,  mostra suas compras... Pôxa, se eu tivesse dinheiro seria igual a ela
Márcia decidiu fazer programas para aumentar sua renda, mesmo que isso diminuísse sua dignidade.
E o tempo passa ...
00000 Sua vida continuava vazia e a cada dia ela parecia mais infeliz.
Vera também guardava um segredo....
Roubava coisas das quais não precisava... não conseguia controlar esse impulso...
E todas iam levando suas vidas... cada uma à sua maneira...
A convivência aproxima as pessoas.  Neste caso, não foi diferente... Elas se sentiam infelizes e a vida se tornara insupor...
Um dia, algo estranho acontece  ...
As  máscaras  começaram a cair...
Pessoal, preciso desabafar, tenho anorexia Estou falida, vivendo de aparência
Vera devolve o anel.. Estou com muita vergonha... Sou cleptomaníaca.
E nós... achando que elas eram  lindas, magras e felizes...
Naquele momento, todas desabafaram e se comprometeram a procurar ajuda. Afinal, teriam que conviver por mais alguns semest...
Mais uma vez , o mito da grama mais verde confirmava  o que todos nós sabemos: a grama do vizinho só parece ser mais verde...
<ul><li>Fotonovela: As aparências enganam </li></ul><ul><li>Autores: Grupo N1D Tatuapé </li></ul><ul><li>Eliane: a consumi...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

As aparências enganam 2

2.143 visualizações

Publicada em

Fotonovela realizada pelos meus alunos e alunas de Tecnologia Educacional, do Curso de Pedagogia da Faculdade Sumaré, unidade Tatuapé, outubro de 2007.

Publicada em: Saúde e medicina, Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.143
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
30
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
42
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

As aparências enganam 2

  1. 1. AS APARÊNCIAS ENGANAM
  2. 2. Aqui é um ótimo lugar para me esconder...
  3. 3. As pessoas são tão ocupadas que nem me notarão...
  4. 4. Você viu a Renata? Ela é tão magra... queria ser igual a ela
  5. 6. Outro dia, na cantina da faculdade....
  6. 7. Meia folha de alface, por favor.
  7. 8. Isso é uma mulher ou um passarinho? Ah!! Então, esse é o segredo!
  8. 9. Apesar de todo sacrifício... Me sinto uma baleia... Preciso emagrecer.
  9. 10. <ul><li>O que elas não sabiam é que Renata sofria de um distúrbio alimentar: a anorexia. Isto lhe trazia grande sofrimento. </li></ul><ul><li>Era obcecada pela aparência. </li></ul><ul><li>O que chama a atenção em pessoas com esta doença é o fato de serem magras, mas com auto-imagem distorcida. Passam grandes períodos em jejum ou ingerem quantidades mínimas de comida. </li></ul><ul><li>Ainda assim se vêem gordas. </li></ul>
  10. 11. E o regime, deu certo? Nenhuma grama... Nem à praia meu marido me leva... com vergonha...
  11. 12. Pessoal, é o 3º trabalho que eu faço sozinha. Vamos colaborar... Tá bom, tá bom !!!
  12. 13. Elas não perdem por esperar ....
  13. 14. <ul><li>Esta seria a ultima vez que Márcia faria o trabalho sozinha e todas levariam o credito. No dia da apresentação, ela simplesmente sumiu .... </li></ul>
  14. 15. Na sala de aula, Eliane, que era consumista e fútil, mostra suas compras... Pôxa, se eu tivesse dinheiro seria igual a ela
  15. 16. Márcia decidiu fazer programas para aumentar sua renda, mesmo que isso diminuísse sua dignidade.
  16. 17. E o tempo passa ...
  17. 18. 00000 Sua vida continuava vazia e a cada dia ela parecia mais infeliz.
  18. 19. Vera também guardava um segredo....
  19. 20. Roubava coisas das quais não precisava... não conseguia controlar esse impulso...
  20. 21. E todas iam levando suas vidas... cada uma à sua maneira...
  21. 22. A convivência aproxima as pessoas. Neste caso, não foi diferente... Elas se sentiam infelizes e a vida se tornara insuportável. Havia a necessidade de desabafar...
  22. 23. Um dia, algo estranho acontece ...
  23. 24. As máscaras começaram a cair...
  24. 25. Pessoal, preciso desabafar, tenho anorexia Estou falida, vivendo de aparência
  25. 26. Vera devolve o anel.. Estou com muita vergonha... Sou cleptomaníaca.
  26. 27. E nós... achando que elas eram lindas, magras e felizes...
  27. 28. Naquele momento, todas desabafaram e se comprometeram a procurar ajuda. Afinal, teriam que conviver por mais alguns semestres...
  28. 29. Mais uma vez , o mito da grama mais verde confirmava o que todos nós sabemos: a grama do vizinho só parece ser mais verde se olharmos melhor ... Todos temos nossas inseguranças...
  29. 30. <ul><li>Fotonovela: As aparências enganam </li></ul><ul><li>Autores: Grupo N1D Tatuapé </li></ul><ul><li>Eliane: a consumista </li></ul><ul><li>Márcia Aparecida: a estudiosa </li></ul><ul><li>Márcia Osti: a invejosa </li></ul><ul><li>Regiane: a gordinha </li></ul><ul><li>Renata: a anoréxica </li></ul><ul><li>Sueli: a gordinha </li></ul><ul><li>Vera: a cleptomaníaca </li></ul><ul><li>Fotos: o grupo </li></ul>

×