SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
Baixar para ler offline
1
UTILIZAÇÃO DE CARTILHA COMO FERRAMENTA DE EDUCAÇÃO
AMBIENTAL
Vanessa Ribeiro dos Reisi
; Aline Santos dos
Santos¹; Poliana Brandão Machadoii2
; Girlene
Santos de Souzaiii3
RESUMO
A Educação Ambiental (EA) atua como um processo de educação política que possibilita a
aquisição de conhecimentos e habilidades, e ainda, formação de atitudes que se transformam
em práticas de cidadania que garantem uma sociedade sustentável. Entre as possibilidades de
se promover a educação ambiental, está a utilização de cartilhas. Esta proposta deriva do
projeto “Utilixo: uma experiência de Educação Ambiental em Escolas Públicas Municipais de
Cruz das Almas – BA”, desenvolvido pelo Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e
Biológicas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia em parceria coma Fundação de
Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia – FAPESB, e tem como objetivo formar e
desenvolver, de modo contínuo e sistemático, nos indivíduos uma mudança de atitude, de
sensibilização para as questões ambientais. Para isso, foram abordados aspectos sobre
sustentabilidade, educação ambiental e lixo.
2
INTRODUÇÃO
A Educação Ambiental (EA) é o processo onde o indivíduo e a coletividade constroem
valores sociais, conhecimentos, atitudes e competências voltadas para conservação do meio
ambiente, bem de uso comum e necessário à sadia qualidade de vida da sociedade (BRASIL,
1999).
A importância da EA reside no fato de que é ela que assegura a perenidade das ações
de gestão ambiental através da alteração de comportamentos e elevação da consciência
ambiental. Desta forma, de pouco adianta desenvolver ações de gestão ambiental se a própria
sociedade não está devidamente preparada. O mesmo pode ser dito da EA no ambiente
escolar. Assim, para assegurar que os esforços se perpetuem, é desejável que as ações de
gestão ambiental estejam ligadas a estratégias de educação ambiental (SEIFFERT, 2009).
A EA, segundo a lei n° 9.795, de 27 de abril de 1999, é um componente essencial e
permanente da educação Nacional, devendo estar presente em todos os níveis e modalidades
do processo educativo formal e não-formal. Por seu caráter humanista, holístico,
interdisciplinar e participativo a EA pode contribuir muito para renovar o processo educativo,
trazendo a permanente avaliação crítica, a adequação dos conteúdos à realidade local e o
envolvimento dos educandos em ações concretas de transformação desta realidade.
A universidade, como promotora da educação superior nos seus diferentes
conhecimentos, busca colaborar com ações coordenadas que incrementem as iniciativas de
EA existentes no município. Neste contexto, atividades voltadas para as escolas buscam
resgatar o seu papel social, o de integração da comunidade bem como auxiliar e fomentar a
produção de insumos para a melhoria da qualidade do ensino básico, sobretudo no que diz
respeito a promoção da EA de maneira transversal (Prado et al. 2009).
Entre as possibilidades de se promover a educação ambiental, está a utilização de
cartilhas (qualquer compilação elementar que preceitue um padrão de comportamento por
meio de ilustrações). O uso de ilustrações é útil porque: reproduz, em muitos aspectos a
realidade; facilita a percepção de detalhes; reduz ou amplia o tamanho real dos objetos
representados; torna próximos fatos e lugares distantes no espaço e no tempo e; permite a
visualização imediata de processos muito lentos ou rápidos.
O objetivo deste trabalho foi propor a elaboração e utilização de cartilhas educativas,
com o intuito de instruir e gerar discussões em torno de temas relacionados à EA,
fortalecendo uma melhor compreensão do meio ambiente.
3
METODOLOGIA
A cartilha de “Educação Ambiental: Cuidando do Meio Ambiente” foi confeccionada
pela equipe do Projeto Utilixo, baseado nas atividades desenvolvidas em 4 escolas municipais
de Cruz das Almas no período de fevereiro de 2011 a julho de 2012, possui 31 páginas e foi
impressa em papel reciclado. A metodologia empregada na elaboração da cartilha foi baseada
em algumas etapas: definição do objetivo da cartilha; posteriormente promoveu-se uma
tempestade de ideias e por fim buscou-se definir qual seria efetivamente a mensagem
principal e as mensagens específicas a serem transmitidas.
A cartilha é uma ferramenta em favor da educação ambiental, possui temas com a
proposta de expandir a consciência ambiental, trata-se de um material com linguagem
simples, bem didática que esclarece dúvidas através de explicações e ilustrações que é uma
forma de fazer com que cada cidadão seja um fiscal do meio ambiente.
Na cartilha (disponível no link: http://www.webartigos.com/artigos/cartilha-de-
educacao-ambiental-cuidando-do-planeta/81815/download/ ) conceitua o Lixo, a sua origem,
a sua classificação, destino; A reciclagem; O tempo de decomposição do Lixo; Os prejuízos
causados pelo Lixo, as doenças, os catadores de lixo, a poluição; Os 4 R’s: Reduzir, Repensar,
Reutilizar e Reciclar (Figura 1); Coleta Seletiva (Figura 2), as vantagens de fazer a coleta
seletiva, como fazer a coleta seletiva, O que cada um pode fazer (Figura 3); Fotos e algumas
atividades feitas pelo pela equipe do Projeto Utilixo nas escolas (Figura 5); Reutilizando
ideias de modo sustentável: reaproveitamento de alimentos (algumas receitas) (Figura 6);
jogos feitos com materiais reutilizáveis; mensagens (Figura 4) e curiosidades.
RESULTADOS E DISCUSSÃO
A Cartilha proporcionou aos alunos a pesquisa sobre o tema proposto, fazendo com
que estes buscassem compreender melhor o ambiente no qual vivem, os impactos que
causamos à natureza, desenvolvendo assim o senso crítico e fazendo com que busquem
atitudes que possam minimizar os problemas em questão. Desta forma, confirma-se a
importância de projetos na escola, que instiguem os alunos a pesquisarem e relacionarem o
que estudam na teoria e sua importância na vida cotidiana, compreendendo melhor o ambiente
em que vivem, e sua responsabilidade na transformação deste.
4
Além de proporcionar uma excelente oportunidade para os alunos aprenderem de uma
forma diferente e divertida, esse material estimula também a pesquisa sobre os impactos
humanos na natureza, sobre a destruição que temos causado, desenvolvendo o senso crítico e
fazendo com que busquem atitudes que possam minimizar ou mesmo resolver os problemas
em questão.
Grande parte dos conhecimentos gerados a partir do desenvolvimento dessa atividade
foi entendida como essencial para a sensibilização dos alunos para alguns dos problemas
ambientais da região, como o lixo. Da mesma forma, o momento propiciado aos alunos
possibilitou a discussão das questões ambientais, além da construção de novos conceitos e
ideias contextualizadas que muitas vezes não são trabalhadas em sala de aula.
Acreditando que de fato a Educação Ambiental é interdisciplinar e envolve a
responsabilidade de todos, através da Cartilha de Educação Ambiental vê-se uma
oportunidade para ser trabalhada esta interdisciplinaridade dentro da escola. Trabalhando
com a Cartilha Educação Ambiental, além de proporcionar uma excelente oportunidade para
os alunos aprenderem de uma forma diferente e divertida, instiga também a pesquisa sobre os
impactos humanos na natureza, sobre a destruição que temos causado, desenvolvendo o senso
crítico e fazendo com que busquem atitudes que possam minimizar ou mesmo resolver os
problemas em questão.
Figura 1. Página 8 da cartilha Figura 2. Página 9 da cartilha Figura 3. Página 11 da cartilha
5
Figura 4. Página 12 da cartilha Figura 5. Página 20
Figura 6. Página 28
REFERÊNCIAS
BRASIL. Lei nº 9.795, de 27 de Abril de 1999.
SEIFFERT, M. E. Gestão Ambiental: Instrumentos, esferas de ação e educação
ambiental. São Paulo: Atlas, 2009.
PRADO, A. C. et al. TEIA -Tecendo com a Escola a Integração Ambiental. Anais do 4º
Congresso Brasileiro de Extensão Universitária, Dourados – MS. 2009.
i
¹Discente do Curso de Licenciatura em Biologia da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia – UFRB.
Vanessareis19@hotmail.com ; Aline.santos58@yahoo.com.br
ii
2Discente do Curso de Engenharia Sanitária e Ambiental da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia –
UFRB. Poliana_brandao@hotmail.com
iii
3Professora Adjunto 3 do Centro de Ciências Agrárias, Ambientais Biológicas – CCAAB/ UFRB.
girlene@ufrb.edu.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A EDUCAÇÃO AMBIENTAL: NO CONTEXTO ESCOLAR
A EDUCAÇÃO AMBIENTAL: NO CONTEXTO ESCOLARA EDUCAÇÃO AMBIENTAL: NO CONTEXTO ESCOLAR
A EDUCAÇÃO AMBIENTAL: NO CONTEXTO ESCOLARchristianceapcursos
 
CONCEPÇÕES DE FUTURAS PROFESSORAS DO ENSINO BÁSICO ACERCA DO AMBIENTE, DA EDU...
CONCEPÇÕES DE FUTURAS PROFESSORAS DO ENSINO BÁSICO ACERCA DO AMBIENTE, DA EDU...CONCEPÇÕES DE FUTURAS PROFESSORAS DO ENSINO BÁSICO ACERCA DO AMBIENTE, DA EDU...
CONCEPÇÕES DE FUTURAS PROFESSORAS DO ENSINO BÁSICO ACERCA DO AMBIENTE, DA EDU...Marisa Correia
 
Educação ambiental estudos numa perspectiva para uma sociedade sustentável no...
Educação ambiental estudos numa perspectiva para uma sociedade sustentável no...Educação ambiental estudos numa perspectiva para uma sociedade sustentável no...
Educação ambiental estudos numa perspectiva para uma sociedade sustentável no...SimoneHelenDrumond
 
Projetos interdisciplinares em EA no Ensino Superior
Projetos interdisciplinares em EA no Ensino SuperiorProjetos interdisciplinares em EA no Ensino Superior
Projetos interdisciplinares em EA no Ensino SuperiorMarisa Correia
 
Mídias e Educação Ambiental
Mídias e Educação AmbientalMídias e Educação Ambiental
Mídias e Educação Ambientalrosangela13
 
Encontros e Caminhos: Formação de Educadoras(es) Ambientais e Coletivos Educa...
Encontros e Caminhos: Formação de Educadoras(es) Ambientais e Coletivos Educa...Encontros e Caminhos: Formação de Educadoras(es) Ambientais e Coletivos Educa...
Encontros e Caminhos: Formação de Educadoras(es) Ambientais e Coletivos Educa...guestc41abb70
 
Sensibilização e Práticas de Educação Ambiental
Sensibilização e Práticas de Educação AmbientalSensibilização e Práticas de Educação Ambiental
Sensibilização e Práticas de Educação AmbientalAline Lima
 
Apresentação dayrla 2
Apresentação dayrla 2Apresentação dayrla 2
Apresentação dayrla 2dayrla
 
3 O Papel Da EducaçãO Ambiental Na TransformaçãO Do Modelo De Sociedade Qu...
3   O  Papel Da EducaçãO Ambiental Na TransformaçãO Do Modelo De Sociedade Qu...3   O  Papel Da EducaçãO Ambiental Na TransformaçãO Do Modelo De Sociedade Qu...
3 O Papel Da EducaçãO Ambiental Na TransformaçãO Do Modelo De Sociedade Qu...Formação FURB
 
2 Resumo: Educação Ambiental, conceito e histórico
2 Resumo: Educação Ambiental, conceito e histórico2 Resumo: Educação Ambiental, conceito e histórico
2 Resumo: Educação Ambiental, conceito e históricoIsrael serique
 
Educação ambiental
Educação ambientalEducação ambiental
Educação ambientalTecaAdri
 

Mais procurados (18)

A EDUCAÇÃO AMBIENTAL: NO CONTEXTO ESCOLAR
A EDUCAÇÃO AMBIENTAL: NO CONTEXTO ESCOLARA EDUCAÇÃO AMBIENTAL: NO CONTEXTO ESCOLAR
A EDUCAÇÃO AMBIENTAL: NO CONTEXTO ESCOLAR
 
4403 14375-1-pb
4403 14375-1-pb4403 14375-1-pb
4403 14375-1-pb
 
CONCEPÇÕES DE FUTURAS PROFESSORAS DO ENSINO BÁSICO ACERCA DO AMBIENTE, DA EDU...
CONCEPÇÕES DE FUTURAS PROFESSORAS DO ENSINO BÁSICO ACERCA DO AMBIENTE, DA EDU...CONCEPÇÕES DE FUTURAS PROFESSORAS DO ENSINO BÁSICO ACERCA DO AMBIENTE, DA EDU...
CONCEPÇÕES DE FUTURAS PROFESSORAS DO ENSINO BÁSICO ACERCA DO AMBIENTE, DA EDU...
 
Artigo educação ambiental(1)
Artigo educação ambiental(1)Artigo educação ambiental(1)
Artigo educação ambiental(1)
 
Educação ambiental estudos numa perspectiva para uma sociedade sustentável no...
Educação ambiental estudos numa perspectiva para uma sociedade sustentável no...Educação ambiental estudos numa perspectiva para uma sociedade sustentável no...
Educação ambiental estudos numa perspectiva para uma sociedade sustentável no...
 
Projeto ea daniela
Projeto ea danielaProjeto ea daniela
Projeto ea daniela
 
Projetos interdisciplinares em EA no Ensino Superior
Projetos interdisciplinares em EA no Ensino SuperiorProjetos interdisciplinares em EA no Ensino Superior
Projetos interdisciplinares em EA no Ensino Superior
 
Mídias e Educação Ambiental
Mídias e Educação AmbientalMídias e Educação Ambiental
Mídias e Educação Ambiental
 
Encontros e Caminhos: Formação de Educadoras(es) Ambientais e Coletivos Educa...
Encontros e Caminhos: Formação de Educadoras(es) Ambientais e Coletivos Educa...Encontros e Caminhos: Formação de Educadoras(es) Ambientais e Coletivos Educa...
Encontros e Caminhos: Formação de Educadoras(es) Ambientais e Coletivos Educa...
 
Curso ea e residuos solidos artigo
Curso ea e residuos solidos artigoCurso ea e residuos solidos artigo
Curso ea e residuos solidos artigo
 
Palestra sala verde
Palestra sala verdePalestra sala verde
Palestra sala verde
 
Sensibilização e Práticas de Educação Ambiental
Sensibilização e Práticas de Educação AmbientalSensibilização e Práticas de Educação Ambiental
Sensibilização e Práticas de Educação Ambiental
 
Apresentação dayrla 2
Apresentação dayrla 2Apresentação dayrla 2
Apresentação dayrla 2
 
Consumo sustentável
Consumo sustentávelConsumo sustentável
Consumo sustentável
 
3 O Papel Da EducaçãO Ambiental Na TransformaçãO Do Modelo De Sociedade Qu...
3   O  Papel Da EducaçãO Ambiental Na TransformaçãO Do Modelo De Sociedade Qu...3   O  Papel Da EducaçãO Ambiental Na TransformaçãO Do Modelo De Sociedade Qu...
3 O Papel Da EducaçãO Ambiental Na TransformaçãO Do Modelo De Sociedade Qu...
 
2 Resumo: Educação Ambiental, conceito e histórico
2 Resumo: Educação Ambiental, conceito e histórico2 Resumo: Educação Ambiental, conceito e histórico
2 Resumo: Educação Ambiental, conceito e histórico
 
Educação ambiental
Educação ambientalEducação ambiental
Educação ambiental
 
Educação Ambiental - Crítica
Educação Ambiental - CríticaEducação Ambiental - Crítica
Educação Ambiental - Crítica
 

Semelhante a Reis et

TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docx
TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docxTRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docx
TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docxAdrianaEspindola9
 
TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docx
TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docxTRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docx
TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docxAdrianaEspindola9
 
Batista2017.pdf
Batista2017.pdfBatista2017.pdf
Batista2017.pdfVeryTrue1
 
Encontros e Caminhos: Formação de Educadoras(es) Ambientais e Coletivos Educa...
Encontros e Caminhos: Formação de Educadoras(es) Ambientais e Coletivos Educa...Encontros e Caminhos: Formação de Educadoras(es) Ambientais e Coletivos Educa...
Encontros e Caminhos: Formação de Educadoras(es) Ambientais e Coletivos Educa...ONG Instituto Ambiente em Foco
 
Socializando experiencia com projeto
Socializando experiencia com projetoSocializando experiencia com projeto
Socializando experiencia com projetoElianacapimdourado
 
Boa esperança.santa rita meio ambiente 2.ppt
Boa esperança.santa rita meio ambiente 2.pptBoa esperança.santa rita meio ambiente 2.ppt
Boa esperança.santa rita meio ambiente 2.ppttemastransversais
 
Boa esperança.santa rita meio ambiente 2.ppt
Boa esperança.santa rita meio ambiente 2.pptBoa esperança.santa rita meio ambiente 2.ppt
Boa esperança.santa rita meio ambiente 2.ppttemastransversais
 
Educacao ambiental conceitos_principios
Educacao ambiental conceitos_principiosEducacao ambiental conceitos_principios
Educacao ambiental conceitos_principiosMarcoAsmTreinamentos2
 
Lixo que vira vida
Lixo que vira vidaLixo que vira vida
Lixo que vira vidaNana CBrito
 
Bicastiradentes meioambiente reciclagem
Bicastiradentes meioambiente reciclagemBicastiradentes meioambiente reciclagem
Bicastiradentes meioambiente reciclagemtemastransversais
 
Tcc do claiton 2012 conclusão
Tcc do claiton 2012 conclusãoTcc do claiton 2012 conclusão
Tcc do claiton 2012 conclusãoClaitom Lopes
 
A importancia-da-educacao-ambiental-na-escola-nas-series-iniciais
A importancia-da-educacao-ambiental-na-escola-nas-series-iniciaisA importancia-da-educacao-ambiental-na-escola-nas-series-iniciais
A importancia-da-educacao-ambiental-na-escola-nas-series-iniciaisJunior Pereira
 
EDUCAÇÃO AMBIENTAL: O DESAFIO DA ESCOLA DE CONSCIENTIZAR OS ALUNOS SOBRE OS I...
EDUCAÇÃO AMBIENTAL: O DESAFIO DA ESCOLA DE CONSCIENTIZAR OS ALUNOS SOBRE OS I...EDUCAÇÃO AMBIENTAL: O DESAFIO DA ESCOLA DE CONSCIENTIZAR OS ALUNOS SOBRE OS I...
EDUCAÇÃO AMBIENTAL: O DESAFIO DA ESCOLA DE CONSCIENTIZAR OS ALUNOS SOBRE OS I...José Ricardo Gonçalves Abreu
 
Projeto Meio Ambiente - SESC Ler Goiana 2016
Projeto Meio Ambiente - SESC Ler Goiana 2016Projeto Meio Ambiente - SESC Ler Goiana 2016
Projeto Meio Ambiente - SESC Ler Goiana 2016Anderson Ramos
 

Semelhante a Reis et (20)

TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docx
TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docxTRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docx
TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docx
 
TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docx
TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docxTRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docx
TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docx
 
Batista2017.pdf
Batista2017.pdfBatista2017.pdf
Batista2017.pdf
 
Encontros e Caminhos: Formação de Educadoras(es) Ambientais e Coletivos Educa...
Encontros e Caminhos: Formação de Educadoras(es) Ambientais e Coletivos Educa...Encontros e Caminhos: Formação de Educadoras(es) Ambientais e Coletivos Educa...
Encontros e Caminhos: Formação de Educadoras(es) Ambientais e Coletivos Educa...
 
Encontros e Caminhos: Formação de Educadoras(es) Ambientais e Coletivos Educa...
Encontros e Caminhos: Formação de Educadoras(es) Ambientais e Coletivos Educa...Encontros e Caminhos: Formação de Educadoras(es) Ambientais e Coletivos Educa...
Encontros e Caminhos: Formação de Educadoras(es) Ambientais e Coletivos Educa...
 
Socializando experiencia com projeto
Socializando experiencia com projetoSocializando experiencia com projeto
Socializando experiencia com projeto
 
Boa esperança.santa rita meio ambiente 2.ppt
Boa esperança.santa rita meio ambiente 2.pptBoa esperança.santa rita meio ambiente 2.ppt
Boa esperança.santa rita meio ambiente 2.ppt
 
Boa esperança.santa rita meio ambiente 2.ppt
Boa esperança.santa rita meio ambiente 2.pptBoa esperança.santa rita meio ambiente 2.ppt
Boa esperança.santa rita meio ambiente 2.ppt
 
Pre projeto ufrr
Pre projeto ufrrPre projeto ufrr
Pre projeto ufrr
 
Educacao ambiental conceitos_principios
Educacao ambiental conceitos_principiosEducacao ambiental conceitos_principios
Educacao ambiental conceitos_principios
 
Lixo que vira vida
Lixo que vira vidaLixo que vira vida
Lixo que vira vida
 
Coromandel meio ambiente g3
Coromandel meio ambiente g3Coromandel meio ambiente g3
Coromandel meio ambiente g3
 
Bicastiradentes meioambiente reciclagem
Bicastiradentes meioambiente reciclagemBicastiradentes meioambiente reciclagem
Bicastiradentes meioambiente reciclagem
 
Tcc do claiton 2012 conclusão
Tcc do claiton 2012 conclusãoTcc do claiton 2012 conclusão
Tcc do claiton 2012 conclusão
 
A importancia-da-educacao-ambiental-na-escola-nas-series-iniciais
A importancia-da-educacao-ambiental-na-escola-nas-series-iniciaisA importancia-da-educacao-ambiental-na-escola-nas-series-iniciais
A importancia-da-educacao-ambiental-na-escola-nas-series-iniciais
 
EDUCAÇÃO AMBIENTAL: O DESAFIO DA ESCOLA DE CONSCIENTIZAR OS ALUNOS SOBRE OS I...
EDUCAÇÃO AMBIENTAL: O DESAFIO DA ESCOLA DE CONSCIENTIZAR OS ALUNOS SOBRE OS I...EDUCAÇÃO AMBIENTAL: O DESAFIO DA ESCOLA DE CONSCIENTIZAR OS ALUNOS SOBRE OS I...
EDUCAÇÃO AMBIENTAL: O DESAFIO DA ESCOLA DE CONSCIENTIZAR OS ALUNOS SOBRE OS I...
 
Projeto luciane
Projeto lucianeProjeto luciane
Projeto luciane
 
Elaine jessica jose
Elaine jessica joseElaine jessica jose
Elaine jessica jose
 
Projeto Meio Ambiente - SESC Ler Goiana 2016
Projeto Meio Ambiente - SESC Ler Goiana 2016Projeto Meio Ambiente - SESC Ler Goiana 2016
Projeto Meio Ambiente - SESC Ler Goiana 2016
 
Projeto meio ambiente
Projeto meio ambienteProjeto meio ambiente
Projeto meio ambiente
 

Último

Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...LizanSantos1
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 

Último (20)

Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 

Reis et

  • 1. 1 UTILIZAÇÃO DE CARTILHA COMO FERRAMENTA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Vanessa Ribeiro dos Reisi ; Aline Santos dos Santos¹; Poliana Brandão Machadoii2 ; Girlene Santos de Souzaiii3 RESUMO A Educação Ambiental (EA) atua como um processo de educação política que possibilita a aquisição de conhecimentos e habilidades, e ainda, formação de atitudes que se transformam em práticas de cidadania que garantem uma sociedade sustentável. Entre as possibilidades de se promover a educação ambiental, está a utilização de cartilhas. Esta proposta deriva do projeto “Utilixo: uma experiência de Educação Ambiental em Escolas Públicas Municipais de Cruz das Almas – BA”, desenvolvido pelo Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia em parceria coma Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia – FAPESB, e tem como objetivo formar e desenvolver, de modo contínuo e sistemático, nos indivíduos uma mudança de atitude, de sensibilização para as questões ambientais. Para isso, foram abordados aspectos sobre sustentabilidade, educação ambiental e lixo.
  • 2. 2 INTRODUÇÃO A Educação Ambiental (EA) é o processo onde o indivíduo e a coletividade constroem valores sociais, conhecimentos, atitudes e competências voltadas para conservação do meio ambiente, bem de uso comum e necessário à sadia qualidade de vida da sociedade (BRASIL, 1999). A importância da EA reside no fato de que é ela que assegura a perenidade das ações de gestão ambiental através da alteração de comportamentos e elevação da consciência ambiental. Desta forma, de pouco adianta desenvolver ações de gestão ambiental se a própria sociedade não está devidamente preparada. O mesmo pode ser dito da EA no ambiente escolar. Assim, para assegurar que os esforços se perpetuem, é desejável que as ações de gestão ambiental estejam ligadas a estratégias de educação ambiental (SEIFFERT, 2009). A EA, segundo a lei n° 9.795, de 27 de abril de 1999, é um componente essencial e permanente da educação Nacional, devendo estar presente em todos os níveis e modalidades do processo educativo formal e não-formal. Por seu caráter humanista, holístico, interdisciplinar e participativo a EA pode contribuir muito para renovar o processo educativo, trazendo a permanente avaliação crítica, a adequação dos conteúdos à realidade local e o envolvimento dos educandos em ações concretas de transformação desta realidade. A universidade, como promotora da educação superior nos seus diferentes conhecimentos, busca colaborar com ações coordenadas que incrementem as iniciativas de EA existentes no município. Neste contexto, atividades voltadas para as escolas buscam resgatar o seu papel social, o de integração da comunidade bem como auxiliar e fomentar a produção de insumos para a melhoria da qualidade do ensino básico, sobretudo no que diz respeito a promoção da EA de maneira transversal (Prado et al. 2009). Entre as possibilidades de se promover a educação ambiental, está a utilização de cartilhas (qualquer compilação elementar que preceitue um padrão de comportamento por meio de ilustrações). O uso de ilustrações é útil porque: reproduz, em muitos aspectos a realidade; facilita a percepção de detalhes; reduz ou amplia o tamanho real dos objetos representados; torna próximos fatos e lugares distantes no espaço e no tempo e; permite a visualização imediata de processos muito lentos ou rápidos. O objetivo deste trabalho foi propor a elaboração e utilização de cartilhas educativas, com o intuito de instruir e gerar discussões em torno de temas relacionados à EA, fortalecendo uma melhor compreensão do meio ambiente.
  • 3. 3 METODOLOGIA A cartilha de “Educação Ambiental: Cuidando do Meio Ambiente” foi confeccionada pela equipe do Projeto Utilixo, baseado nas atividades desenvolvidas em 4 escolas municipais de Cruz das Almas no período de fevereiro de 2011 a julho de 2012, possui 31 páginas e foi impressa em papel reciclado. A metodologia empregada na elaboração da cartilha foi baseada em algumas etapas: definição do objetivo da cartilha; posteriormente promoveu-se uma tempestade de ideias e por fim buscou-se definir qual seria efetivamente a mensagem principal e as mensagens específicas a serem transmitidas. A cartilha é uma ferramenta em favor da educação ambiental, possui temas com a proposta de expandir a consciência ambiental, trata-se de um material com linguagem simples, bem didática que esclarece dúvidas através de explicações e ilustrações que é uma forma de fazer com que cada cidadão seja um fiscal do meio ambiente. Na cartilha (disponível no link: http://www.webartigos.com/artigos/cartilha-de- educacao-ambiental-cuidando-do-planeta/81815/download/ ) conceitua o Lixo, a sua origem, a sua classificação, destino; A reciclagem; O tempo de decomposição do Lixo; Os prejuízos causados pelo Lixo, as doenças, os catadores de lixo, a poluição; Os 4 R’s: Reduzir, Repensar, Reutilizar e Reciclar (Figura 1); Coleta Seletiva (Figura 2), as vantagens de fazer a coleta seletiva, como fazer a coleta seletiva, O que cada um pode fazer (Figura 3); Fotos e algumas atividades feitas pelo pela equipe do Projeto Utilixo nas escolas (Figura 5); Reutilizando ideias de modo sustentável: reaproveitamento de alimentos (algumas receitas) (Figura 6); jogos feitos com materiais reutilizáveis; mensagens (Figura 4) e curiosidades. RESULTADOS E DISCUSSÃO A Cartilha proporcionou aos alunos a pesquisa sobre o tema proposto, fazendo com que estes buscassem compreender melhor o ambiente no qual vivem, os impactos que causamos à natureza, desenvolvendo assim o senso crítico e fazendo com que busquem atitudes que possam minimizar os problemas em questão. Desta forma, confirma-se a importância de projetos na escola, que instiguem os alunos a pesquisarem e relacionarem o que estudam na teoria e sua importância na vida cotidiana, compreendendo melhor o ambiente em que vivem, e sua responsabilidade na transformação deste.
  • 4. 4 Além de proporcionar uma excelente oportunidade para os alunos aprenderem de uma forma diferente e divertida, esse material estimula também a pesquisa sobre os impactos humanos na natureza, sobre a destruição que temos causado, desenvolvendo o senso crítico e fazendo com que busquem atitudes que possam minimizar ou mesmo resolver os problemas em questão. Grande parte dos conhecimentos gerados a partir do desenvolvimento dessa atividade foi entendida como essencial para a sensibilização dos alunos para alguns dos problemas ambientais da região, como o lixo. Da mesma forma, o momento propiciado aos alunos possibilitou a discussão das questões ambientais, além da construção de novos conceitos e ideias contextualizadas que muitas vezes não são trabalhadas em sala de aula. Acreditando que de fato a Educação Ambiental é interdisciplinar e envolve a responsabilidade de todos, através da Cartilha de Educação Ambiental vê-se uma oportunidade para ser trabalhada esta interdisciplinaridade dentro da escola. Trabalhando com a Cartilha Educação Ambiental, além de proporcionar uma excelente oportunidade para os alunos aprenderem de uma forma diferente e divertida, instiga também a pesquisa sobre os impactos humanos na natureza, sobre a destruição que temos causado, desenvolvendo o senso crítico e fazendo com que busquem atitudes que possam minimizar ou mesmo resolver os problemas em questão. Figura 1. Página 8 da cartilha Figura 2. Página 9 da cartilha Figura 3. Página 11 da cartilha
  • 5. 5 Figura 4. Página 12 da cartilha Figura 5. Página 20 Figura 6. Página 28 REFERÊNCIAS BRASIL. Lei nº 9.795, de 27 de Abril de 1999. SEIFFERT, M. E. Gestão Ambiental: Instrumentos, esferas de ação e educação ambiental. São Paulo: Atlas, 2009. PRADO, A. C. et al. TEIA -Tecendo com a Escola a Integração Ambiental. Anais do 4º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária, Dourados – MS. 2009. i ¹Discente do Curso de Licenciatura em Biologia da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia – UFRB. Vanessareis19@hotmail.com ; Aline.santos58@yahoo.com.br ii 2Discente do Curso de Engenharia Sanitária e Ambiental da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia – UFRB. Poliana_brandao@hotmail.com iii 3Professora Adjunto 3 do Centro de Ciências Agrárias, Ambientais Biológicas – CCAAB/ UFRB. girlene@ufrb.edu.br