Sensores e estrutura da imagem digital

1.195 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
  • Seja o primeiro a comentar

Sensores e estrutura da imagem digital

  1. 1. Sensores e estruturas daimagem digital
  2. 2. SENSORES São estruturas eletrônicasDE IMAGEM capazes de captar a luminosidade das imagens e de iniciar o processo de captura de uma instância de uma imagem. São capazes de converter energia luminosa em cargas elétricas que mais tarde podem ser lidas ou gravadas como uma imagem digitalizada em números binários codificados.
  3. 3. SISTEMA 3CCDNas câmeras de vídeo, a captação de imagenscom cores usa o sistema de três sensores(3CCD), na qual um prisma separa a luz queentra em três cores primárias, deixando cadasensor responsável por uma cor. As câmerasfotográficas utilizam um sensor único.
  4. 4. Atualmente, existem duas tecnologiasde construção de sensores de imagem.CHARGE-COUPLED DEVICE COMPLEMENTARY METAL-OXIDE-(CCD) SEMICONDUCTOR (CMOS)
  5. 5. COMPARAÇÃO CCD CMOS• Alta qualidade/baixo ruído • Sensibilidade à luz menor• São mais desenvolvidos • Consome 100x menos• Maior resolução (pixels) energia que um CCD • São mais baratos
  6. 6. FILTROS DE CORA disposição de filtros de cor mais comum é ade Bayer: 50% verde, 25% vermelho, 25% azul.A quantidade maior de verde baseia-se nofato de que o olho humano é mais sensível àluz verde, sendo assim, as imagens produzidasaparentam ter menos ruído e serem maisnítidas.
  7. 7. FILTRO BAYER
  8. 8. FILTRO BAYER
  9. 9. FILTRO Eficiente e revolucionário: cada sensor possui trêsFOVEON X3 camadas de fotosensores superpostas, sendo assim, as cores chegam diretamente e naturalmente para formar cada pixel. Com isso, conseguem teoricamente mais qualidade de imagem, riqueza de cores e nitidez. Por outro lado, o sistema obriga a uma menor resolução horizontal.
  10. 10. OUTROS FILTROS Há também outros filtros além do Bayer e do Foveon X3 que são menos utilizados:• RGBE (Vermelho-Verde-Azul-Esmeralda)• CYYM (Ciano-Amarelo x2, Magenta)• CYGM (Ciano-Amarelo-Verde-Magenta)
  11. 11. ESTRUTURA DA IMAGEM DIGITALA imagem digital divide-se em dois gruposprincipais: DESENHO VETORIAL e BITMAP.
  12. 12. DESENHO VETORIAL O desenho vetorial baseia-se em vetores matemáticos: curvas, elipses, polígonos, texto. O principal programa para edição e elaboração de desenhos vetoriais é o CorelDRAW. Principais vantagens do desenho vetorial:• É redimensionável sem perda de qualidade• Geralmente são leves (ocupam pouco espaço de armazenamento no disco rígido)
  13. 13. BITMAP (IMAGENS RASTER)Geralmente são arquivos mais pesados paraarmazenamento, porém contém muito maisdetalhes e informações. Cada pixel da imagemcontém uma cor própria, uma característicaprópria.
  14. 14. FORMATOS DE ARQUIVOSJPEG- O mais utilizado e conhecido. Suportamais de 16 milhões de cores e possui umaexcelente compactação.TIFF- Principal formato para impressãoindustrial, também usado nas câmerasfotográficas. É possível inclusive adicionarinformações sobre a imagem já que esteformato de arquivo suporta essa função.
  15. 15. FORMATOS DE ARQUIVOSGIF- Feito para o Internet. Suporta imagensanimadas e pode ter fundo transparente.PNG- Versão moderna do GIF. Difere-se porser livre de dados de utilização deimagens, evitando algoritmos patenteados.Não tem limitação da profundidade de cores epermite comprimir imagens sem perda dequalidade.
  16. 16. Arthur Abatti, JammesPatrick, Paulo Krause, SauloViero Fotografia Publicidade e Propaganda – 1ª fase 2012 UNOESC - Joaçaba/SC

×