SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 1
Baixar para ler offline
PET RECICLADO

O polietileno tereftalato, conhecido como PET, é um material leve e de boa resistência mecânica, térmica e química, boas propriedades de
barreira (acústica, gases e odores) e de fácil reciclagem.

Suas aplicações são diversas e podem ser encontradas tanto em usos internos quanto embutidas na edificação. Assim, os principais usos
variam de tapetes, luminárias e outros utensílios domésticos para sistemas de aquecimento solar, tubulações e encanamentos, caixas d’água,
forros impermeáveis e paredes (de estufas ou em conjunto com o isopor, em blocos tipo Isopet). Seu emprego como material alternativo ao PVC
garante uma economia de 25 a 30% em forros e encanamentos, por exemplo. Em paredes e suportes, essa economia chega a resultar em uma
diminuição de 15% no custo total da obra.

O PET pode ser reciclado de três maneiras diferentes: reciclagem química, reciclagem energética e reciclagem mecânica. Embora a maior parte
dos produtos obtidos com o PET reciclado seja destinada ao uso na indústria têxtil, cerca de 15% é usado na construção civil, principalmente na
fabricação de chapas e laminados. Além de dar vazão à grande quantidade de lixo inorgânico produzido na cidade, a reutilização do PET
também pode auxiliar na redução do custo das habitações populares por ser um material de fácil manuseio, baixo custo de produção e não
exigir mão de obra especializada.

TOXICIDADE AMBIENTAL
As embalagens PET são altamente
recicláveis e sua composição química não
exala substâncias tóxicas no processo da
reciclagem.

                                                      Resina                                  Tubo hidráulico de PET reciclado   Blocos ISOPET


LIMPEZA E MANUTENÇÃO                                 DURABILIDADE E SUSTENTABILIDADE                        INFLAMABILIDADE

Por apresentar alta durabilidade e baixas            O ciclo de vida do PET garante baixo impacto           O PET tem alto poder calorífico e seu
corrosão e porosidade, os materiais feitos de        ambiental desde sua extração à produção,               índice de inflamabilidade é de 94HB e 5V.
PET reciclado não exigem excessiva                   utilização e posterior descarte. Por ser
manutenção e são de fácil limpeza.                   completamente reciclável, apresenta alta
                                                     durabilidade.

Débora Luiza Furlan - Conforto Ambiental II                        http://www.usp.br/fau/disciplinas/tfg/tfg_online/tr/062/a041.html
Fontes: http://www.abipet.org.br/reciclagem.php                    http://www.prac.ufpb.br/anais/Icbeu_anais/tecnologia/materiais.pdf
        http://www.abir.org.br/article.php3?id_article=121         http://ecotrendstips.wordpress.com/2010/01/26/casas-construidas-com-plastico-reciclado
        http://www.jornaldacomunicacao.ufpr.br/redacao3/node/122   Acesso em 08/04/2010

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tiago,Coelho E Joao
Tiago,Coelho E JoaoTiago,Coelho E Joao
Tiago,Coelho E Joaoguest4580c5c
 
Apresentaã§Ao Andresoares 1
Apresentaã§Ao Andresoares 1Apresentaã§Ao Andresoares 1
Apresentaã§Ao Andresoares 1dom.bacelar
 
Reciclagem dos resíduos de pneu, metal e vidro.
Reciclagem dos resíduos de pneu, metal e vidro.Reciclagem dos resíduos de pneu, metal e vidro.
Reciclagem dos resíduos de pneu, metal e vidro.Hávila Said
 
Refinaria de plasticos
Refinaria de plasticosRefinaria de plasticos
Refinaria de plasticosRecupera
 
Folheto Andresoares
Folheto AndresoaresFolheto Andresoares
Folheto Andresoaresdom.bacelar
 
Informartivo SindicoNet - Edição 11
Informartivo SindicoNet - Edição 11Informartivo SindicoNet - Edição 11
Informartivo SindicoNet - Edição 11sindiconet
 
Plastico verde -_cana_de_açular_(1)
Plastico verde -_cana_de_açular_(1)Plastico verde -_cana_de_açular_(1)
Plastico verde -_cana_de_açular_(1)afermartins
 

Mais procurados (20)

Tiago,Coelho E Joao
Tiago,Coelho E JoaoTiago,Coelho E Joao
Tiago,Coelho E Joao
 
Apresentaã§Ao Andresoares 1
Apresentaã§Ao Andresoares 1Apresentaã§Ao Andresoares 1
Apresentaã§Ao Andresoares 1
 
Tecnologia para Licenciamento
Tecnologia para LicenciamentoTecnologia para Licenciamento
Tecnologia para Licenciamento
 
Reciclagem dos resíduos de pneu, metal e vidro.
Reciclagem dos resíduos de pneu, metal e vidro.Reciclagem dos resíduos de pneu, metal e vidro.
Reciclagem dos resíduos de pneu, metal e vidro.
 
Tecnologia para Licenciamento - CÓDIGO: 1194 imobilizadas
Tecnologia para Licenciamento - CÓDIGO: 1194 imobilizadasTecnologia para Licenciamento - CÓDIGO: 1194 imobilizadas
Tecnologia para Licenciamento - CÓDIGO: 1194 imobilizadas
 
Refinaria de plasticos
Refinaria de plasticosRefinaria de plasticos
Refinaria de plasticos
 
Queimador de biogás
Queimador de biogásQueimador de biogás
Queimador de biogás
 
A minha casa ecologica
A minha casa ecologicaA minha casa ecologica
A minha casa ecologica
 
Tecnologia para Licenciamento
Tecnologia para LicenciamentoTecnologia para Licenciamento
Tecnologia para Licenciamento
 
Tecnologia para Licenciamento
Tecnologia para LicenciamentoTecnologia para Licenciamento
Tecnologia para Licenciamento
 
Tecnologia para Licenciamento
Tecnologia para LicenciamentoTecnologia para Licenciamento
Tecnologia para Licenciamento
 
Tecnologia para Licenciamento - CÓDIGO: 1116 estaticos
Tecnologia para Licenciamento - CÓDIGO: 1116 estaticosTecnologia para Licenciamento - CÓDIGO: 1116 estaticos
Tecnologia para Licenciamento - CÓDIGO: 1116 estaticos
 
Apresentação EcoHouse
Apresentação EcoHouseApresentação EcoHouse
Apresentação EcoHouse
 
Folheto Andresoares
Folheto AndresoaresFolheto Andresoares
Folheto Andresoares
 
Informartivo SindicoNet - Edição 11
Informartivo SindicoNet - Edição 11Informartivo SindicoNet - Edição 11
Informartivo SindicoNet - Edição 11
 
Plastico verde -_cana_de_açular_(1)
Plastico verde -_cana_de_açular_(1)Plastico verde -_cana_de_açular_(1)
Plastico verde -_cana_de_açular_(1)
 
Guião renova
Guião renovaGuião renova
Guião renova
 
Co IncineraçãO
Co IncineraçãOCo IncineraçãO
Co IncineraçãO
 
A co incineração
A co incineraçãoA co incineração
A co incineração
 
Eco house
Eco houseEco house
Eco house
 

Destaque

Debate Logística Reversa de Embalagens - Da Teoria à Prática, 09/08/2011 - Ap...
Debate Logística Reversa de Embalagens - Da Teoria à Prática, 09/08/2011 - Ap...Debate Logística Reversa de Embalagens - Da Teoria à Prática, 09/08/2011 - Ap...
Debate Logística Reversa de Embalagens - Da Teoria à Prática, 09/08/2011 - Ap...FecomercioSP
 
Debate Logística Reversa de Embalagens - Da Teoria à Prática, 09/08/2011 - Ap...
Debate Logística Reversa de Embalagens - Da Teoria à Prática, 09/08/2011 - Ap...Debate Logística Reversa de Embalagens - Da Teoria à Prática, 09/08/2011 - Ap...
Debate Logística Reversa de Embalagens - Da Teoria à Prática, 09/08/2011 - Ap...FecomercioSP
 
Embalagens na logística e transportes
Embalagens na logística e transportesEmbalagens na logística e transportes
Embalagens na logística e transportesFelippi Perez
 
Logística reversa corporativa june13
Logística reversa corporativa june13Logística reversa corporativa june13
Logística reversa corporativa june13Made in Forest
 

Destaque (6)

Debate Logística Reversa de Embalagens - Da Teoria à Prática, 09/08/2011 - Ap...
Debate Logística Reversa de Embalagens - Da Teoria à Prática, 09/08/2011 - Ap...Debate Logística Reversa de Embalagens - Da Teoria à Prática, 09/08/2011 - Ap...
Debate Logística Reversa de Embalagens - Da Teoria à Prática, 09/08/2011 - Ap...
 
Debate Logística Reversa de Embalagens - Da Teoria à Prática, 09/08/2011 - Ap...
Debate Logística Reversa de Embalagens - Da Teoria à Prática, 09/08/2011 - Ap...Debate Logística Reversa de Embalagens - Da Teoria à Prática, 09/08/2011 - Ap...
Debate Logística Reversa de Embalagens - Da Teoria à Prática, 09/08/2011 - Ap...
 
Tipos de Embalagens
Tipos de EmbalagensTipos de Embalagens
Tipos de Embalagens
 
Cargas Embalagens e Unitização Armazenagem 1ª parte
Cargas Embalagens e Unitização Armazenagem 1ª parteCargas Embalagens e Unitização Armazenagem 1ª parte
Cargas Embalagens e Unitização Armazenagem 1ª parte
 
Embalagens na logística e transportes
Embalagens na logística e transportesEmbalagens na logística e transportes
Embalagens na logística e transportes
 
Logística reversa corporativa june13
Logística reversa corporativa june13Logística reversa corporativa june13
Logística reversa corporativa june13
 

Semelhante a Pe treciclado

Material auxiliar plástico ii
Material auxiliar plástico iiMaterial auxiliar plástico ii
Material auxiliar plástico iiprofNICODEMOS
 
Plastico (3)
Plastico (3)Plastico (3)
Plastico (3)ggmota93
 
Plastico (5)
Plastico (5)Plastico (5)
Plastico (5)ggmota93
 
Reciclagem de garrafas pet apresentação completa
Reciclagem de garrafas pet apresentação  completaReciclagem de garrafas pet apresentação  completa
Reciclagem de garrafas pet apresentação completaClaudinéa Ribeiro Neves
 
Ppoint.quim.polimeros.adição.plásticos
Ppoint.quim.polimeros.adição.plásticosPpoint.quim.polimeros.adição.plásticos
Ppoint.quim.polimeros.adição.plásticosAlbano Novaes
 
Plastico (1)
Plastico (1)Plastico (1)
Plastico (1)ggmota93
 
Reciclagem e tratamento do lixo.ppt
Reciclagem e tratamento do lixo.pptReciclagem e tratamento do lixo.ppt
Reciclagem e tratamento do lixo.pptCarolineTeodoro4
 
Plastico (2)
Plastico (2)Plastico (2)
Plastico (2)ggmota93
 
PET - Saiba mais
PET - Saiba maisPET - Saiba mais
PET - Saiba maisCENNE
 
Plástico - PP
Plástico - PPPlástico - PP
Plástico - PPEcodar
 
Bioplásticos e biopolimeros
Bioplásticos e biopolimerosBioplásticos e biopolimeros
Bioplásticos e biopolimerosThiago Santos
 
O PláStico Em Nossas Vidas1112
O PláStico Em Nossas Vidas1112O PláStico Em Nossas Vidas1112
O PláStico Em Nossas Vidas1112ktisti
 
Reciclagem de garrafas pet SEXTO ANO
Reciclagem de garrafas pet SEXTO ANOReciclagem de garrafas pet SEXTO ANO
Reciclagem de garrafas pet SEXTO ANOprojetoehs
 

Semelhante a Pe treciclado (20)

Material auxiliar plástico ii
Material auxiliar plástico iiMaterial auxiliar plástico ii
Material auxiliar plástico ii
 
Polimeros
PolimerosPolimeros
Polimeros
 
Pet e pc
Pet e pc Pet e pc
Pet e pc
 
Plastico (3)
Plastico (3)Plastico (3)
Plastico (3)
 
Plastico (5)
Plastico (5)Plastico (5)
Plastico (5)
 
70 304-1-pb
70 304-1-pb70 304-1-pb
70 304-1-pb
 
Polietileno
PolietilenoPolietileno
Polietileno
 
Reciclagem de garrafas pet apresentação completa
Reciclagem de garrafas pet apresentação  completaReciclagem de garrafas pet apresentação  completa
Reciclagem de garrafas pet apresentação completa
 
Ppoint.quim.polimeros.adição.plásticos
Ppoint.quim.polimeros.adição.plásticosPpoint.quim.polimeros.adição.plásticos
Ppoint.quim.polimeros.adição.plásticos
 
Plastico (1)
Plastico (1)Plastico (1)
Plastico (1)
 
Reciclagem e tratamento do lixo.ppt
Reciclagem e tratamento do lixo.pptReciclagem e tratamento do lixo.ppt
Reciclagem e tratamento do lixo.ppt
 
Plastico (2)
Plastico (2)Plastico (2)
Plastico (2)
 
V19n2a09
V19n2a09V19n2a09
V19n2a09
 
PET - Saiba mais
PET - Saiba maisPET - Saiba mais
PET - Saiba mais
 
Plástico - PP
Plástico - PPPlástico - PP
Plástico - PP
 
Biopolimeros
BiopolimerosBiopolimeros
Biopolimeros
 
Papel e Celulose
Papel e CelulosePapel e Celulose
Papel e Celulose
 
Bioplásticos e biopolimeros
Bioplásticos e biopolimerosBioplásticos e biopolimeros
Bioplásticos e biopolimeros
 
O PláStico Em Nossas Vidas1112
O PláStico Em Nossas Vidas1112O PláStico Em Nossas Vidas1112
O PláStico Em Nossas Vidas1112
 
Reciclagem de garrafas pet SEXTO ANO
Reciclagem de garrafas pet SEXTO ANOReciclagem de garrafas pet SEXTO ANO
Reciclagem de garrafas pet SEXTO ANO
 

Mais de Ambiente Construído II

2011 etileno tetrafluorentileno_gabriel_schneider
2011 etileno tetrafluorentileno_gabriel_schneider2011 etileno tetrafluorentileno_gabriel_schneider
2011 etileno tetrafluorentileno_gabriel_schneiderAmbiente Construído II
 

Mais de Ambiente Construído II (20)

2011 marmoglass juliaferreira
2011 marmoglass juliaferreira2011 marmoglass juliaferreira
2011 marmoglass juliaferreira
 
2011 imbuia marianasampaio
2011 imbuia marianasampaio2011 imbuia marianasampaio
2011 imbuia marianasampaio
 
2011 cimentoqueimado felipesantos
2011 cimentoqueimado felipesantos2011 cimentoqueimado felipesantos
2011 cimentoqueimado felipesantos
 
2011 pisovinílico luizamassaro
2011 pisovinílico luizamassaro2011 pisovinílico luizamassaro
2011 pisovinílico luizamassaro
 
2011 aco inox amanda munhoz buba
2011 aco inox amanda munhoz buba2011 aco inox amanda munhoz buba
2011 aco inox amanda munhoz buba
 
2011 perobarosa rafaela amorim
2011 perobarosa rafaela amorim2011 perobarosa rafaela amorim
2011 perobarosa rafaela amorim
 
2011 itauba marinarosa
2011 itauba marinarosa2011 itauba marinarosa
2011 itauba marinarosa
 
2011 silestone fernandarankdemiranda
2011 silestone fernandarankdemiranda2011 silestone fernandarankdemiranda
2011 silestone fernandarankdemiranda
 
2011 limestone gustavogonçalves
2011 limestone gustavogonçalves2011 limestone gustavogonçalves
2011 limestone gustavogonçalves
 
2011 cumaru carolinewrubleski
2011 cumaru carolinewrubleski2011 cumaru carolinewrubleski
2011 cumaru carolinewrubleski
 
2011 fulget luísgabardo
2011 fulget luísgabardo2011 fulget luísgabardo
2011 fulget luísgabardo
 
2011 jatobá rafaelsfischer
2011 jatobá rafaelsfischer2011 jatobá rafaelsfischer
2011 jatobá rafaelsfischer
 
2011 angelim pedra-michellenater
2011 angelim pedra-michellenater2011 angelim pedra-michellenater
2011 angelim pedra-michellenater
 
2011 muiracatiara brunamelnic
2011 muiracatiara brunamelnic2011 muiracatiara brunamelnic
2011 muiracatiara brunamelnic
 
2011 madeiraplástica camila
2011 madeiraplástica camila2011 madeiraplástica camila
2011 madeiraplástica camila
 
2011 etileno tetrafluorentileno_gabriel_schneider
2011 etileno tetrafluorentileno_gabriel_schneider2011 etileno tetrafluorentileno_gabriel_schneider
2011 etileno tetrafluorentileno_gabriel_schneider
 
2011 cedro bernardgreim
2011 cedro bernardgreim2011 cedro bernardgreim
2011 cedro bernardgreim
 
Vidro aramado
Vidro aramadoVidro aramado
Vidro aramado
 
Tinta látex
Tinta látexTinta látex
Tinta látex
 
Tijolo solocimento
Tijolo solocimentoTijolo solocimento
Tijolo solocimento
 

Pe treciclado

  • 1. PET RECICLADO O polietileno tereftalato, conhecido como PET, é um material leve e de boa resistência mecânica, térmica e química, boas propriedades de barreira (acústica, gases e odores) e de fácil reciclagem. Suas aplicações são diversas e podem ser encontradas tanto em usos internos quanto embutidas na edificação. Assim, os principais usos variam de tapetes, luminárias e outros utensílios domésticos para sistemas de aquecimento solar, tubulações e encanamentos, caixas d’água, forros impermeáveis e paredes (de estufas ou em conjunto com o isopor, em blocos tipo Isopet). Seu emprego como material alternativo ao PVC garante uma economia de 25 a 30% em forros e encanamentos, por exemplo. Em paredes e suportes, essa economia chega a resultar em uma diminuição de 15% no custo total da obra. O PET pode ser reciclado de três maneiras diferentes: reciclagem química, reciclagem energética e reciclagem mecânica. Embora a maior parte dos produtos obtidos com o PET reciclado seja destinada ao uso na indústria têxtil, cerca de 15% é usado na construção civil, principalmente na fabricação de chapas e laminados. Além de dar vazão à grande quantidade de lixo inorgânico produzido na cidade, a reutilização do PET também pode auxiliar na redução do custo das habitações populares por ser um material de fácil manuseio, baixo custo de produção e não exigir mão de obra especializada. TOXICIDADE AMBIENTAL As embalagens PET são altamente recicláveis e sua composição química não exala substâncias tóxicas no processo da reciclagem. Resina Tubo hidráulico de PET reciclado Blocos ISOPET LIMPEZA E MANUTENÇÃO DURABILIDADE E SUSTENTABILIDADE INFLAMABILIDADE Por apresentar alta durabilidade e baixas O ciclo de vida do PET garante baixo impacto O PET tem alto poder calorífico e seu corrosão e porosidade, os materiais feitos de ambiental desde sua extração à produção, índice de inflamabilidade é de 94HB e 5V. PET reciclado não exigem excessiva utilização e posterior descarte. Por ser manutenção e são de fácil limpeza. completamente reciclável, apresenta alta durabilidade. Débora Luiza Furlan - Conforto Ambiental II http://www.usp.br/fau/disciplinas/tfg/tfg_online/tr/062/a041.html Fontes: http://www.abipet.org.br/reciclagem.php http://www.prac.ufpb.br/anais/Icbeu_anais/tecnologia/materiais.pdf http://www.abir.org.br/article.php3?id_article=121 http://ecotrendstips.wordpress.com/2010/01/26/casas-construidas-com-plastico-reciclado http://www.jornaldacomunicacao.ufpr.br/redacao3/node/122 Acesso em 08/04/2010