SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
Filosofia 
Nome: Viviane, 
Mateus e Leonardo 
Turma: 14TP
Mecanismo 
• Mecanismo de defesa é uma denominação dada por Freud para as 
manifestações do Ego diante das exigências das outras instâncias 
psíquicas (Id e Superego), mas a psicanálise freudiana não é a única 
teoria a se utilizar desse conceito. Outras vertentes da psicologia 
também se utilizam dessa denominação. 
Todos os mecanismos de defesa exigem certo investimento de energia e 
podem ser satisfatórios ou não em cessar a ansiedade, o que permite que 
sejam divididos em dois grupos: Mecanismos de defesa bem-sucedidos e 
aqueles ineficazes. Os bem-sucedidos são aqueles que conseguem 
diminuir a ansiedade diante de algo que é perigoso. Os ineficazes são 
aqueles que não conseguem diminuir a ansiedade e acabam por constituir 
um ciclo de repetições. Nesse último grupo, encontram-se, por exemplo, 
as neuroses e outras defesas patogênicas.
Cosmos 
• O significado do termo cosmos para os gregos desse período liga-se 
diretamente às ideias de ordem, harmonia e mesmo beleza. O 
cosmo é assim o mundo natural, bem como o espaço celeste, 
enquanto realidade ordenada de acordo com certos princípios 
racionais. O cosmo, entendido assim como ordem, opõe-se ao caos, 
que seria precisamente a falta de ordem, o estado da matéria 
anterior à sua organização. É importante notar que a ordem do 
cosmo é uma ordem racional, “razão” significando aí exatamente a 
existência de princípios e leis que regem, organizam essa realidade. 
É a racionalidade deste mundo que o torna compreensível, por sua 
vez, ao entendimento humano. 
• O cosmo – que este real pode ser compreendido, pode-se fazer 
ciência, isto é, pode-se tentar explicá-lo teoricamente. Daí se 
origina o termo “cosmologia”, como explicação dos processos e 
fenômenos naturais e como teoria geral sobre a natureza e o 
funcionamento do universo.
Materialismo 
• De acordo com a definição do Dicionário Aulete, materialismo é a 
“corrente de pensamento que afirma a precedência da 
matéria sobre o espírito ou a mente, e que constitui a base de 
várias escolas filosóficas, desde os antigos gregos até a época atual" 
ou "no pensamento marxista, aquilo que é necessário à 
sobrevivência do homem em sociedade (alimentação, moradia, 
trabalho etc.) e que fundamenta a estrutura econômica da 
sociedade organizada". o caso de Demócrito, suas teorias sobre 
o atomismo tiveram influência direta em Platão no que se refere à 
sua teoria dos elementos; éter, terra, água, ar e fogo, que foram 
identificados como polígonos regulares em sua forma atômica, 
respectivamente, dodecaedro, cubo, icosaedro, octaedro, 
tetraedro. Na leitura do materialismo científico, o pensamento tem 
relação com fatos puramente materiais (mecânicos em sua 
essência) ou compõem epifenômeno.
Realismo e Idealismo 
• O realismo subdivide-se em duas 
modalidades: realismo crítico e ingénuo, 
constituindo, este último, a atitude específica do 
senso comum enquanto que a primeira forma 
resulta de uma atitude que assenta em 
considerações de natureza crítica do 
conhecimento. 
• Já o idealismo, no seu sentido epistemológico, 
afirma o princípio da imanência do objeto em 
relação ao sujeito, sustenta a tese de que não há 
coisas reais, independentes da consciência.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Dualismo x holismo
Dualismo x holismoDualismo x holismo
Dualismo x holismo
 
O mundo
O mundoO mundo
O mundo
 
Empirismo iluminismo 24 tp luana pimmel
Empirismo iluminismo 24 tp luana pimmelEmpirismo iluminismo 24 tp luana pimmel
Empirismo iluminismo 24 tp luana pimmel
 
Filosofia moderna 22 2 2
Filosofia moderna 22 2   2Filosofia moderna 22 2   2
Filosofia moderna 22 2 2
 
Racionalismo erick 25 tp
Racionalismo erick 25 tpRacionalismo erick 25 tp
Racionalismo erick 25 tp
 
Filosofia moderna 22 33333
Filosofia moderna 22 33333Filosofia moderna 22 33333
Filosofia moderna 22 33333
 
Racionalismo x Empirismo
Racionalismo x EmpirismoRacionalismo x Empirismo
Racionalismo x Empirismo
 
Filosofia contemporânea I
Filosofia contemporânea IFilosofia contemporânea I
Filosofia contemporânea I
 
Filosofia moderna
Filosofia modernaFilosofia moderna
Filosofia moderna
 
Aula 1 Espiritismo ou Doutrina Espírita: conceito e objetivo
Aula 1 Espiritismo ou Doutrina Espírita: conceito e objetivoAula 1 Espiritismo ou Doutrina Espírita: conceito e objetivo
Aula 1 Espiritismo ou Doutrina Espírita: conceito e objetivo
 
O que é espiritismo
O que é espiritismoO que é espiritismo
O que é espiritismo
 
Webquest nicoletto 22 mp
Webquest nicoletto 22 mpWebquest nicoletto 22 mp
Webquest nicoletto 22 mp
 
Filo 24
Filo 24Filo 24
Filo 24
 
Capítulo 3
Capítulo 3Capítulo 3
Capítulo 3
 
7 positivismo comte slide
7 positivismo comte slide7 positivismo comte slide
7 positivismo comte slide
 
Ementa História da Filosofia Moderna I
Ementa História da Filosofia Moderna IEmenta História da Filosofia Moderna I
Ementa História da Filosofia Moderna I
 
Positivismo
PositivismoPositivismo
Positivismo
 
Raízes filosóficas da psicologia
Raízes filosóficas da psicologiaRaízes filosóficas da psicologia
Raízes filosóficas da psicologia
 
Positivismo de Augusto Comte
Positivismo de Augusto ComtePositivismo de Augusto Comte
Positivismo de Augusto Comte
 
Seminário sobre Aristóteles
Seminário sobre Aristóteles Seminário sobre Aristóteles
Seminário sobre Aristóteles
 

Semelhante a Aaaasrtgerghdgd

Descartes e o realismo ciêntifico
Descartes e o realismo ciêntificoDescartes e o realismo ciêntifico
Descartes e o realismo ciêntificoEquipemundi2014
 
Aula de filosofia
Aula de filosofiaAula de filosofia
Aula de filosofiaGutt1848
 
Filo rogério 13 mp
Filo rogério 13 mpFilo rogério 13 mp
Filo rogério 13 mpalemisturini
 
o que é arché
o que é archéo que é arché
o que é archépuenzo
 
2° etapa da atps
2° etapa da atps2° etapa da atps
2° etapa da atpsjessicacpc
 
Materialismo versus Idealismo
Materialismo versus IdealismoMaterialismo versus Idealismo
Materialismo versus IdealismoAldenei Barros
 
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mp
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mpFilosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mp
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mpAlexandre Misturini
 
Matriz atomista e mecanicista
Matriz atomista e mecanicistaMatriz atomista e mecanicista
Matriz atomista e mecanicistaUESPI
 
Do mito à ciencia carine 11 mp
Do mito à  ciencia carine 11 mpDo mito à  ciencia carine 11 mp
Do mito à ciencia carine 11 mpalemisturini
 
Filobr02 marciane 23 mp
Filobr02 marciane 23 mpFilobr02 marciane 23 mp
Filobr02 marciane 23 mpalemisturini
 
O surgimento da filosofia na grécia antiga
O surgimento da filosofia na grécia antigaO surgimento da filosofia na grécia antiga
O surgimento da filosofia na grécia antigaRoxana Alhadas
 
Trabalho de epistemologia marta kerr 2º período
Trabalho de epistemologia marta kerr   2º períodoTrabalho de epistemologia marta kerr   2º período
Trabalho de epistemologia marta kerr 2º períodoRita Gonçalves
 
Teoria e prática científica
Teoria e prática científicaTeoria e prática científica
Teoria e prática científicaafcarvalho
 
Filósofos Pré-Socráticos
Filósofos Pré-SocráticosFilósofos Pré-Socráticos
Filósofos Pré-SocráticosJecyane
 
Filosofia e o surgimento da epistemologia ou teoria do conhecimento
Filosofia e o surgimento da epistemologia ou teoria do conhecimentoFilosofia e o surgimento da epistemologia ou teoria do conhecimento
Filosofia e o surgimento da epistemologia ou teoria do conhecimentoDiego Ventura
 
Aula 2 teoria do conhecimento
Aula 2 teoria do conhecimentoAula 2 teoria do conhecimento
Aula 2 teoria do conhecimentoAnna Luiza Coli
 
Integrando Saúde e Meio Ambiente
Integrando Saúde e Meio AmbienteIntegrando Saúde e Meio Ambiente
Integrando Saúde e Meio AmbienteEdu Cezimbra
 

Semelhante a Aaaasrtgerghdgd (20)

Descartes e o realismo ciêntifico
Descartes e o realismo ciêntificoDescartes e o realismo ciêntifico
Descartes e o realismo ciêntifico
 
Aula de filosofia
Aula de filosofiaAula de filosofia
Aula de filosofia
 
Filo rogério 13 mp
Filo rogério 13 mpFilo rogério 13 mp
Filo rogério 13 mp
 
o que é arché
o que é archéo que é arché
o que é arché
 
2° etapa da atps
2° etapa da atps2° etapa da atps
2° etapa da atps
 
Trabalho 11 mp 11
Trabalho 11 mp  11Trabalho 11 mp  11
Trabalho 11 mp 11
 
Concepções filosoficas-s
Concepções filosoficas-sConcepções filosoficas-s
Concepções filosoficas-s
 
Materialismo versus Idealismo
Materialismo versus IdealismoMaterialismo versus Idealismo
Materialismo versus Idealismo
 
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mp
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mpFilosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mp
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mp
 
Matriz atomista e mecanicista
Matriz atomista e mecanicistaMatriz atomista e mecanicista
Matriz atomista e mecanicista
 
Do mito à ciencia carine 11 mp
Do mito à  ciencia carine 11 mpDo mito à  ciencia carine 11 mp
Do mito à ciencia carine 11 mp
 
Filobr02 marciane 23 mp
Filobr02 marciane 23 mpFilobr02 marciane 23 mp
Filobr02 marciane 23 mp
 
O surgimento da filosofia na grécia antiga
O surgimento da filosofia na grécia antigaO surgimento da filosofia na grécia antiga
O surgimento da filosofia na grécia antiga
 
Trabalho de epistemologia marta kerr 2º período
Trabalho de epistemologia marta kerr   2º períodoTrabalho de epistemologia marta kerr   2º período
Trabalho de epistemologia marta kerr 2º período
 
Teoria e prática científica
Teoria e prática científicaTeoria e prática científica
Teoria e prática científica
 
Filósofos Pré-Socráticos
Filósofos Pré-SocráticosFilósofos Pré-Socráticos
Filósofos Pré-Socráticos
 
Filosofia e o surgimento da epistemologia ou teoria do conhecimento
Filosofia e o surgimento da epistemologia ou teoria do conhecimentoFilosofia e o surgimento da epistemologia ou teoria do conhecimento
Filosofia e o surgimento da epistemologia ou teoria do conhecimento
 
Aula 2 teoria do conhecimento
Aula 2 teoria do conhecimentoAula 2 teoria do conhecimento
Aula 2 teoria do conhecimento
 
Volume x 2004
Volume x 2004Volume x 2004
Volume x 2004
 
Integrando Saúde e Meio Ambiente
Integrando Saúde e Meio AmbienteIntegrando Saúde e Meio Ambiente
Integrando Saúde e Meio Ambiente
 

Mais de Alexandre Misturini

Reunião de pais 21032017 2 e 3 º anos
Reunião de pais  21032017 2 e 3 º anosReunião de pais  21032017 2 e 3 º anos
Reunião de pais 21032017 2 e 3 º anosAlexandre Misturini
 
Reunião de pais 21032017 2 e 3 º anos
Reunião de pais  21032017 2 e 3 º anosReunião de pais  21032017 2 e 3 º anos
Reunião de pais 21032017 2 e 3 º anosAlexandre Misturini
 
Reunião de pais 20032017 1º anos
Reunião de pais  20032017 1º anosReunião de pais  20032017 1º anos
Reunião de pais 20032017 1º anosAlexandre Misturini
 
Reunião de pais 20032017 1º anos
Reunião de pais  20032017 1º anosReunião de pais  20032017 1º anos
Reunião de pais 20032017 1º anosAlexandre Misturini
 
Modelo de divulgação do projeto social
Modelo de divulgação do projeto socialModelo de divulgação do projeto social
Modelo de divulgação do projeto socialAlexandre Misturini
 
Filosofia medieval sociologia e filosofia 27np fabricio e uilian
Filosofia medieval sociologia e filosofia 27np fabricio e uilianFilosofia medieval sociologia e filosofia 27np fabricio e uilian
Filosofia medieval sociologia e filosofia 27np fabricio e uilianAlexandre Misturini
 
(Bruna castro, gabrielle rohden e helen calza
(Bruna castro, gabrielle rohden e helen calza(Bruna castro, gabrielle rohden e helen calza
(Bruna castro, gabrielle rohden e helen calzaAlexandre Misturini
 
Trabalho 26 tp mateus e pedro - escolástica e patrística
Trabalho 26 tp   mateus e pedro - escolástica e patrísticaTrabalho 26 tp   mateus e pedro - escolástica e patrística
Trabalho 26 tp mateus e pedro - escolástica e patrísticaAlexandre Misturini
 

Mais de Alexandre Misturini (20)

Reunião de pais 21032017 2 e 3 º anos
Reunião de pais  21032017 2 e 3 º anosReunião de pais  21032017 2 e 3 º anos
Reunião de pais 21032017 2 e 3 º anos
 
Reunião de pais 21032017 2 e 3 º anos
Reunião de pais  21032017 2 e 3 º anosReunião de pais  21032017 2 e 3 º anos
Reunião de pais 21032017 2 e 3 º anos
 
Reunião de pais 20032017 1º anos
Reunião de pais  20032017 1º anosReunião de pais  20032017 1º anos
Reunião de pais 20032017 1º anos
 
Reunião de pais 20032017 1º anos
Reunião de pais  20032017 1º anosReunião de pais  20032017 1º anos
Reunião de pais 20032017 1º anos
 
Política filo 33 mp
Política filo 33 mpPolítica filo 33 mp
Política filo 33 mp
 
éTica
éTicaéTica
éTica
 
Modelo de divulgação do projeto social
Modelo de divulgação do projeto socialModelo de divulgação do projeto social
Modelo de divulgação do projeto social
 
Filosofia medieval sociologia e filosofia 27np fabricio e uilian
Filosofia medieval sociologia e filosofia 27np fabricio e uilianFilosofia medieval sociologia e filosofia 27np fabricio e uilian
Filosofia medieval sociologia e filosofia 27np fabricio e uilian
 
Filosofia medieval raiana 27 np
Filosofia medieval raiana 27 npFilosofia medieval raiana 27 np
Filosofia medieval raiana 27 np
 
Filosofia medieval 27 np
Filosofia medieval 27 npFilosofia medieval 27 np
Filosofia medieval 27 np
 
(Bruna castro, gabrielle rohden e helen calza
(Bruna castro, gabrielle rohden e helen calza(Bruna castro, gabrielle rohden e helen calza
(Bruna castro, gabrielle rohden e helen calza
 
Filosofia medieval julia 22mp
Filosofia medieval julia 22mpFilosofia medieval julia 22mp
Filosofia medieval julia 22mp
 
Fslide de filo 22mpppppp
Fslide de filo 22mppppppFslide de filo 22mpppppp
Fslide de filo 22mpppppp
 
Filosofia medieval 01 pimel 24
Filosofia medieval 01 pimel 24Filosofia medieval 01 pimel 24
Filosofia medieval 01 pimel 24
 
Filo 02 26tptptptp
Filo 02 26tptptptpFilo 02 26tptptptp
Filo 02 26tptptptp
 
Filosofia medieval 24
Filosofia medieval 24Filosofia medieval 24
Filosofia medieval 24
 
Trabalho ética 15 tp
Trabalho ética 15 tpTrabalho ética 15 tp
Trabalho ética 15 tp
 
Trabalho 26 tp mateus e pedro - escolástica e patrística
Trabalho 26 tp   mateus e pedro - escolástica e patrísticaTrabalho 26 tp   mateus e pedro - escolástica e patrística
Trabalho 26 tp mateus e pedro - escolástica e patrística
 
Filosofia medieval 25tp
Filosofia medieval 25tpFilosofia medieval 25tp
Filosofia medieval 25tp
 
Filosofia medieval pdf 25tp
Filosofia medieval   pdf 25tpFilosofia medieval   pdf 25tp
Filosofia medieval pdf 25tp
 

Último

trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...LizanSantos1
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 

Último (20)

trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 

Aaaasrtgerghdgd

  • 1. Filosofia Nome: Viviane, Mateus e Leonardo Turma: 14TP
  • 2. Mecanismo • Mecanismo de defesa é uma denominação dada por Freud para as manifestações do Ego diante das exigências das outras instâncias psíquicas (Id e Superego), mas a psicanálise freudiana não é a única teoria a se utilizar desse conceito. Outras vertentes da psicologia também se utilizam dessa denominação. Todos os mecanismos de defesa exigem certo investimento de energia e podem ser satisfatórios ou não em cessar a ansiedade, o que permite que sejam divididos em dois grupos: Mecanismos de defesa bem-sucedidos e aqueles ineficazes. Os bem-sucedidos são aqueles que conseguem diminuir a ansiedade diante de algo que é perigoso. Os ineficazes são aqueles que não conseguem diminuir a ansiedade e acabam por constituir um ciclo de repetições. Nesse último grupo, encontram-se, por exemplo, as neuroses e outras defesas patogênicas.
  • 3. Cosmos • O significado do termo cosmos para os gregos desse período liga-se diretamente às ideias de ordem, harmonia e mesmo beleza. O cosmo é assim o mundo natural, bem como o espaço celeste, enquanto realidade ordenada de acordo com certos princípios racionais. O cosmo, entendido assim como ordem, opõe-se ao caos, que seria precisamente a falta de ordem, o estado da matéria anterior à sua organização. É importante notar que a ordem do cosmo é uma ordem racional, “razão” significando aí exatamente a existência de princípios e leis que regem, organizam essa realidade. É a racionalidade deste mundo que o torna compreensível, por sua vez, ao entendimento humano. • O cosmo – que este real pode ser compreendido, pode-se fazer ciência, isto é, pode-se tentar explicá-lo teoricamente. Daí se origina o termo “cosmologia”, como explicação dos processos e fenômenos naturais e como teoria geral sobre a natureza e o funcionamento do universo.
  • 4. Materialismo • De acordo com a definição do Dicionário Aulete, materialismo é a “corrente de pensamento que afirma a precedência da matéria sobre o espírito ou a mente, e que constitui a base de várias escolas filosóficas, desde os antigos gregos até a época atual" ou "no pensamento marxista, aquilo que é necessário à sobrevivência do homem em sociedade (alimentação, moradia, trabalho etc.) e que fundamenta a estrutura econômica da sociedade organizada". o caso de Demócrito, suas teorias sobre o atomismo tiveram influência direta em Platão no que se refere à sua teoria dos elementos; éter, terra, água, ar e fogo, que foram identificados como polígonos regulares em sua forma atômica, respectivamente, dodecaedro, cubo, icosaedro, octaedro, tetraedro. Na leitura do materialismo científico, o pensamento tem relação com fatos puramente materiais (mecânicos em sua essência) ou compõem epifenômeno.
  • 5. Realismo e Idealismo • O realismo subdivide-se em duas modalidades: realismo crítico e ingénuo, constituindo, este último, a atitude específica do senso comum enquanto que a primeira forma resulta de uma atitude que assenta em considerações de natureza crítica do conhecimento. • Já o idealismo, no seu sentido epistemológico, afirma o princípio da imanência do objeto em relação ao sujeito, sustenta a tese de que não há coisas reais, independentes da consciência.