Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 1
Votação Online 2014
das Prioridades do
Orçamento 2015
Vot...
2 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015
Governador
Tarso Genro
Vice-Governador
Beto Grill
Secretá...
Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 3
Sumário
Cronologia do Suporte da Tecnologia da Informação...
4 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015
Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 5
1999 - 2002
Num primeiro momento, foi desenvolvida
uma ap...
6 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015
Num segundo momento, foi desenvolvida
uma aplicação para ...
Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 7
A votação eletrônica começou em 2003,
quando esta ocorria...
8 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015
existem algumas restrições em relação à
interface para o ...
Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 9
votação
online
2013
10 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015
Votação Online 2013
Para 2013 foram mantidas as definiçõ...
Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 11
Premissas do Sistema Utilizado em 2013
As premissas bási...
12 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015
Módulo de Votação Online 20113
votação 2013 — Web
Proces...
Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 13
Mobile
Voto com o uso de smartphones e demais dispositiv...
14 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015
Mobile
Voto com o uso de smartphones e demais dispositiv...
Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 15
Acompanhamento em Tempo Real
Edição 2013
Durante a votaç...
16 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015
Votação
2014
Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 17
Votação 2014
Premissas do Sistema Utilizado em 2014
ƒƒ L...
18 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015
Infraestrutura
Infraestrutura Operacional
A arquitetura ...
Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 19
Monitorias Definidas
A monitoria dos servidores, durante...
20 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015
Centro de Comando
A Sala de Controle atuou como um Centr...
Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 21
módulo de
votação
online 2014
22 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015
votação 2014 — Web/Mobile
Processo já utilizado em anos ...
Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 23
Tela de votação - Demandas Regionais
Módulo de votação o...
24 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015
Tela de votação - Demandas Regionais
Módulo de votação o...
Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 25
Tela de votação - Prioridades Estratégicas Regionais
Mód...
26 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015
Tela pré-votação
Verificação de título, nos casos de vot...
Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 27
Após votar, o usuário era convidado a participar da Pesq...
28 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015
Edição 2014
Durante a consulta, acompanhando os votos em...
Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 29
Resultados da votação
Votação 2012
Para possibilitar a c...
30 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015
Votação 2013
Votação de Prioridades para o
Orçamento de ...
Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 31
Resultados da votação
A seguir são apresentados em forma...
32 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015
Votação 2014 de Prioridades para o Orçamento de 2015 - R...
Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 33
Votação 2014 de Prioridades para o Orçamento de 2015 - R...
34 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015
Votação 2014 de Prioridades para o Orçamento de 2015 - R...
Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 35
Votação 2014 de Prioridades para o Orçamento de 2015 - R...
36 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015
Votação 2014 de Prioridades para o Orçamento de 2015 - R...
Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 37
Votação 2014 de Prioridades para o Orçamento de 2015 - R...
38 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015
Votação 2014 de Prioridades para o Orçamento de 2015 - R...
Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 39
Votação 2014 de Prioridades para o Orçamento de 2015 - R...
40 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015
Votação 2014 de Prioridades para o Orçamento de 2015 - R...
Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 41
Confiabilidade
Desde a Votação de Prioridades para o
Orç...
42 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015
Resultados
Com 255.751 votantes em três dias, o Rio
Gran...
Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 43
Resultados
Maior processo de orçamento Participativo dig...
44 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015
Recomendações
Ao processo de votação
Permitir a particip...
Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 45
Em um processo como o da Votação de Prioridades, pratica...
46 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015
BANCO MUNDIAL
PERGUNTA
Nota Fiscal Gaúcha
Para incentiva...
Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 47
Material de uso exclusivo administrativo interno.
É proi...
48 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Relatório de Atividades da Votação Online das Prioridades do Orçamento 2015

423 visualizações

Publicada em

Relatório de Atividades da Votação Online das Prioridades do Orçamento 2015

Publicada em: Governo e ONGs
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
423
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
18
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatório de Atividades da Votação Online das Prioridades do Orçamento 2015

  1. 1. Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 1 Votação Online 2014 das Prioridades do Orçamento 2015 Votação Online 2014 das Prioridades do Orçamento 2015 Relatório de Atividades 2014 Sistema Estadual de Participação Popular e Cidadã
  2. 2. 2 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 Governador Tarso Genro Vice-Governador Beto Grill Secretário da Fazenda Odir Tonollier Secretaria de Planejamento, Gestão e Participação Cidadã João Motta Coordenador do Sistema Digital de Participação Popular e Cidadão Ricardo Almeida Conselho de Administração Odir Alberto Pinheiro Tonollier Carlson Janes Aquistapasse André Luiz Barreto de Paiva Filho Marcia Schüler Ricardo Superti de Oliveira Ricardo Zamora Diretoria Executiva Diretor-Presidente Carlson Janes Aquistapasse Vice-Presidente Cláudio Crossetti Dutra Diretor Administrativo-Financeiro Rosalino Rocheles da Silva Mello Diretor Técnico Lino Roque Camargo Kieling junho/2014 Sistema Estadual de Participação Popular e Cidadã
  3. 3. Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 3 Sumário Cronologia do Suporte da Tecnologia da Informação ao Processo de Participação Popular ....................................................................................... 05 Votação 2013 ................................................................................................... 09 Módulo de Votação Online 2013 .................................................................... 12 Acompanhamento em Tempo Real 2013 ..................................................... 15 Votação 2014 .................................................................................................... 16 Módulo de Votação Online 2014 .................................................................... 21 Acompanhamento em Tempo Real 2014 ..................................................... 28 Resultados da votação.................................................................................... 29 Confiabilidade .................................................................................................. 41 Resultados ........................................................................................................ 42 Recomendações .............................................................................................. 44 Equipes ............................................................................................................. 45 Apoio ................................................................................................................. 46
  4. 4. 4 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015
  5. 5. Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 5 1999 - 2002 Num primeiro momento, foi desenvolvida uma aplicação para prover suporte à consulta popular, denominado Orçamento Participativo. Essa aplicação era composta por 4 módulos, segmentados da seguinte forma: ƒƒ Suporte às assembléias públicas municipais do Orçamento Participativo, onde eram identificadas as demandas por obras e serviços ƒƒ Suporte às assembléias temáticas de desenvolvimento, onde eram priorizados os programas de desenvolvimento para cada região ƒƒ Suporte às plenárias regionais de delegados, onde eram sistematizadas e priorizadas as demandas regionais e eleitos os conselheiros do orçamento ƒƒ Suporte aos conselheiros na elaboração da matriz orçamentária e na elaboração do plano de investimentos em obras e serviços, que consistia na consolidação dos dados das assembléias, em âmbito municipal, regional e estadual Nas assembléias públicas municipais eram identificadas as demandas, feitas as suas consolidações e feita a votação, sendo que o voto era priorizado, isto é, podiam ser votadas até 3 demandas, com prioridades 1, 2 e 3. O resultado final considerava um peso para cada voto conforme a prioridade atribuída pelo cidadão. As demandas também eram classificadas por tema, o que gerava uma priorização temática. Nessas assembléias também eram eleitos delegados que representavam o município nas plenárias regionais. Nas assembléias temáticas de desenvolvimento, o sistema computava os votos que definiam os programas prioritários para cada região; A aplicação de suporte gerava, ao final da assembléia, uma ata onde ficava registrado, entre outras coisas, o resultado da votação e a relação dos delegados eleitos. Nas plenárias regionais, eram feitas as consolidações das demandas votadas nas assembléias municipais da região, e delas participavam delegados eleitos pelas assembléias municipais. Cronologia do Suporte da Tecnologia da Informação ao Processo de Participação Popular
  6. 6. 6 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 Num segundo momento, foi desenvolvida uma aplicação para acompanhar a execução do Plano de Investimentos, resultante do processo de consulta popular, e informar a população sobre o andamento das demandas. Este período foi o que mais exigiu da empresa em termos de assistência ao processo de participação popular. Além do sistema, a PROCERGS esteve a cargo da logística do orçamento participativo, fornecendo equipamentos e suporte às assembléias municipais , assembléias temáticas e plenárias regionais. A presença de técnicos da sede ou das unidades regionais, atuando como assessores e operadores do sistema, reforçavam a segurança na operação e davam velocidade na coleta de demandas e cômputo dos votos que definiam as prioridades e indicavam os delegados para as plenárias regionais e, posteriormente, os conselheiros do orçamento na etapa de consolidação do processo. O governo realizou cerca de setecentas reuniões presenciais em cada ano, entre assembléias públicas municipais, assembléias temáticas e plenárias regionais de delegados. 2003-2010 O processo de participação popular foi revisto e passou a ser denominado de Consulta Popular, onde entidades representativas da sociedade passaram a ter maior espaço. Nesse momento, os instrumentos de TI foram adequados para dar suporte ao novo processo, com a incorporação da Internet nas atividades de divulgação e votação. A solução era composta de 5 módulos: 1) Cadastro de Demandas Preparação da lista de votação de cada COREDES 2) Gestão Controle dos prazos (envio das listas, votação e apuração), disponibilização de documentos, gestão de urnas, apuração de votos e publicação dos resultados 3) Votação Registro das listas de votação dos COREDES e disponibilização da votação eletrônica 4) Apuração Registro dos resultados da votação presencial e consolidação desta com a votação eletrônica 5) Resultados Execução dos ajustes finais definidos por lei para a definição das demandas eleitas e geração do resultado para incorporação ao Orçamento do Estado.
  7. 7. Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 7 A votação eletrônica começou em 2003, quando esta ocorria em duas etapas, onde o cidadão se cadastrava previamente e recebia uma senha e, num segundo momento, este efetivamente votava. A partir de 2005, a votação eletrônica foi simplificada, quando passou a existir uma integração com o cadastro de eleitores do TRE-RS. A validação do eleitor passou a ser instantânea, o que reduziu muito o tempo dispendido para votação, além de efetuá- la em uma única etapa. 2011 O processo de Participação Popular sofreu novas alterações e passou a ser denominado de Votação de Prioridades. Em função dessas alterações, o suporte da TI foi mais restrito, sendo utilizado principalmente na gestão de urnas, votação eletrônica e consolidação dos resultados. 2012 Foi apresentado o desafio de ampliar os canais de votação eletrônica, incluindo o voto em dispositivos móveis e por SMS. A utilização de outros canais com diversas características ampliou o desafio. A definição das formas de interação para o ano de 2012 resultou no seguinte: ƒƒ Presencial, por meio de urnas físicas ƒƒ Eletrônica, em computadores convencionais e em dispositivos móveis conectados à internet ƒƒ Mensagens de texto - SMS O processo de votação presencial não foi alterado em relação às consultas anteriores. A votação eletrônica teve que ser adequada, principalmente em função das diferentes características de interface. Para os dispositivos móveis, por exemplo,
  8. 8. 8 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 existem algumas restrições em relação à interface para o usuário. O SMS exigiu a interação com as operadoras de telefonia móvel, através de uma empresa integradora. O grande desafio dessa forma de votação é fazer chegar ao cidadão as instruções de como montar a mensagem de votação e quais itens podem ser votados, o que atrela o seu sucesso a uma forte divulgação prévia por outros meios, já que isto seria muito complexo e demorado por meio de mensagens telefônicas. Apesar do exíguo prazo para divulgação dessa forma de votação e dos itens passíveis de votação, a solução técnica comprovou ser possível o uso dessa tecnologia. Premissas para Votação 2012 Algumas premissas básicas foram levadas em consideração desde o princípio do projeto, dada sua importância para todo o processo: ƒƒ Alteração na apresentação da cédula de votação adequando a segmentação em Demandas e Prioridades Estratégicas, permitindo a escolha de até 4 Demandas com valor definido e de até 2 Prioridades Estratégicas sem valor definido ƒƒ Ampliar os meios de votação on-line. O processo conta com votação online desde 2003, mas na edição 2012 foi definida a implantação de dois novos meios: Votação por celular e SMS ƒƒ Simplificação no processo de identificar o eleitor, para que os meios de votação online tivessem o mesmo tipo de identificação, garantindo a segurança do processo. Definições ƒƒ Reescrever o módulo de Votação online utilizando tecnologias livres (PHP e MySQL) ƒƒ Alterar os Módulos de Acompanhamento do Sistema de Votação somente com o que for estritamente necessário Soluções ƒƒ Conceito de responsive design, onde o conteúdo se adapta à largura de tela do dispositivo utilizado pelo usuário. Pratica que dispensa aplicações diferentes para vários dispositivos ƒƒ Uso dos recursos disponíveis no ambiente PHP 5.3 para desenvolvimento da aplicação de votação on-line ƒƒ Reformulação da cédula de votação, em função da demanda, aproveitando a oportunidade para aplicar conceitos mais atuais de design e programação, buscando melhor acessibilidade ƒƒ Simplificação do processo de identificação, sem abrir mão da confiabilidade.
  9. 9. Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 9 votação online 2013
  10. 10. 10 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 Votação Online 2013 Para 2013 foram mantidas as definições adotadas em 2012 quanto à: ƒƒ Apresentação da cédula de votação em dois grupos: Demandas e Prioridades Estratégicas ƒƒ Escolha de até 4 Demandas com valor definido e até 2 prioridades Estratégicas sem valor definido ƒƒ Simplificação no processo de identificação do eleitor sem perder a segurança do processo A definição das formas de interação para o ano de 2013 resultou no seguinte: ƒƒ Presencial, por meio de urnas físicas ƒƒ Eletrônica em microcomputadores convencionais conectados à internet ƒƒ Eletrônica em dispositivos móveis conectados à internet Em função das recentes manifestações por melhorias que inundaram as ruas do Brasil a Coordenação Estadual da Participação Popular e Cidadã – PPC propôs uma CONSULTA SOBRE REFORMA POLÍTICA. Ao final da votação das Demandas e Prioridades, foi incluída esta consulta, cujas questões estão no quadro ao lado. O processo de votação presencial não foi alterado em relação às consultas anteriores. Reforma Política em consulta 1. Quanto à Reforma Política Sou a favor de realizar uma Reforma Política Sou contra uma Reforma Política - a favor de deixar como está 2. Como deve ser feita a Reforma Política Pelo Congresso, com os atuais deputados e senadores Pelo próximo Congresso, a ser eleito em 2014 Por meio de uma Constituinte exclusiva, com representantes eleitos para esse fim, com prazo definido 3. Quanto ao financiamento das campanhas eleitorais Deve ser custeado por recursos públicos Deve ser custeado por recursos privados Deve ser misto (continuar como hoje: fundo público e privado) 4. Quais os dois temas que você considera mais importantes (escolha até 2 opções) Reforma do Sistema Eleitoral e do financiamento de campanhas Transparência e comportamento ético dos agentes públicos e privados Nova divisão de recursos entre a União, Estados e Municípios Maior participação da população nas decisões públicas
  11. 11. Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 11 Premissas do Sistema Utilizado em 2013 As premissas básicas consideradas em 2012 foram mantidas em 2013 com as seguintes alterações: ƒƒ Quanto aos meios de votação on-line, em 2013 não foi utilizada votação por SMS ƒƒ Quanto à simplificação no processo de identificação do eleitor passou-se a permitir na identificação do usuário a informação da Carteira de Identidade do RS ou o CPF, junto com o número do título de eleitor. Esta alteração foi adotada para permitir que pessoas com Carteira de Identidade de fora do RS, mas com domicilio eleitoral no RS, pudessem participar do processo de Votação de Prioridades. Teste de Carga Foram efetuados testes de carga na aplicação utilizando a ferramenta open source JMeter. Durante os testes foram efetuados ajustes no ambiente e na aplicação. Um dos ajustes que permitiu escalar um número maior de conexões simultâneas foi a colocação dos arquivos de sessão em memória ao invés de disco local. Módulos do Sistema Utilizado em 2013 Gestão Controle dos prazos (envio das listas, votação e apuração), disponibilização de documentos, gestão de urnas, apuração de votos e publicação dos resultados Votação Registro das listas de votação dos COREDES e disponibilização da votação eletrônica. Apuração Registro dos resultados da votação presencial e consolidação desta com a votação digital. Resultados Execução dos ajustes finais definidos por lei para a definição das demandas eleitas e geração do resultado para incorporação ao Orçamento do Estado.
  12. 12. 12 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 Módulo de Votação Online 20113 votação 2013 — Web Processo já utilizado em anos anteriores, acrescido de melhorias no que tange a segurança e acessibilidade. A seguir exemplo das telas utilizadas na Votação de Prioridades - Orçamento 2014.
  13. 13. Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 13 Mobile Voto com o uso de smartphones e demais dispositivos móveis com acesso à internet. Consequência de uma necessária atualização tecnológica, compatível com a popularização desses dispositivos. Módulo de Votação Online 20113
  14. 14. 14 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 Mobile Voto com o uso de smartphones e demais dispositivos móveis com acesso à internet. Módulo de Votação Online 20113
  15. 15. Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 15 Acompanhamento em Tempo Real Edição 2013 Durante a votação uma das telas de acompanhamento, atualizada a cada 30 segundos, apresentava a quantidade de eleitores que já tinham concluído o voto, a quantidade de votos no último minuto, o tempo para o final da votação e um gráfico com os votos por minuto, conforme imagem ao lado. Google Analytics - Visão Geral Para acompanhamento da votação também foram utilizados os relatórios em tempo real da ferramenta Google Analytics. Conjunto de relatórios que mostram o que acontece no site momento a momento. A imagem a seguir, obtida às 19h40 do dia 7 de agosto, mostra 1253 visitantes ativos, sendo 77% novos visitantes.
  16. 16. 16 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 Votação 2014
  17. 17. Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 17 Votação 2014 Premissas do Sistema Utilizado em 2014 ƒƒ Layout mais intuitivo para todo processo de votação incluindo a cédula ƒƒ Design responsivo para se adequar a todos os dispositivos ƒƒ Aumentar a participação online no processo de votação ƒƒ Simplificar o processo de votação ƒƒ Qualificar o voto válido ƒƒ Sigilo dos dados ƒƒ Aplicação em código aberto ƒƒ Incentivar cadastro no Login Cidadão ƒƒ Incentivar cadastro na Nota Fiscal Gaúcha Ações adotadas visando maior participação e qualificação do processo ƒƒ Monitoria e Ações do Banco Mundial ƒƒ Coordenação da votação online pelo Gabinete Digital ƒƒ Campanhas de comunicação com foco principal nas Redes Sociais ƒƒ Bilhete extra (para o sorteio do milhão da Nota Fiscal Gaúcha) para quem votar e estiver inscrito na Nota Fiscal Gaúcha e também para quem se cadastrar no Login Cidadão. Ambiente de alta disponibilidade para a aplicação ƒƒ Testes de carga na aplicação utilizando a ferramenta open source JMeter. ƒƒ Utilização de aceleradores web e balanceadores de carga. ƒƒ A estrutura preparada para a votação de prioridades a principio será mantida para atender outros eventos que necessitem alta disponibilidade. Módulos do Sistema Utilizados em 2014 Gestão Controle dos prazos (envio das listas, votação e apuração), disponibilização de documentos, gestão de urnas, apuração de votos e publicação dos resultados Votação Registro das listas de votação dos COREDES e disponibilização da votação eletrônica. Apuração Registro dos resultados da votação presencial e consolidação desta com a votação digital. Resultados Execução dos ajustes finais definidos por lei para a definição das demandas eleitas e geração do resultado para incorporação ao Orçamento do Estado.
  18. 18. 18 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 Infraestrutura Infraestrutura Operacional A arquitetura elaborada para o evento da Votação de Prioridades online teve estruturação física e lógica especial. A partir 2014 instalou-se de modo permanente, para atender este e outros eventos que necessitam de um ambiente de alta disponibilidade. Para garantir a alta disponibilidade e performance das aplicações, foram instalados novos servidores (balanceamento, aceleração web e de aplicação) para aumento da capacidade de atendimento de conexões simultâneas. Segurança As questões que envolveram a segurança da informação tiveram por parte da PROCERGS atenção especial e foram montadas para identificar, neutralizar, desativar e por fim eliminar qualquer acesso indevido quer seja via ataque de pessoas mal intencionadas ou via programas com lógica não autorizada. ƒƒ NEGAÇÃO DE SERVIÇO: filtros de pacotes nos servidores que controlam o número de conexões por segundo, limitado a 200. Se ultrapassar esse número o endereço IP fica bloqueado por minutos ƒƒ PICHAÇÃO: assinaturas atualizadas no firewall de aplicação que bloqueiam se o tipo de ataque estiver mapeado ƒƒ ATAQUES DE DDoS (ROBÔS): Robôs são bloqueados através de controles de número de conexões de um mesmo endereço IP ƒƒ DISPONIBILIDADE: a infraestrutura da PROCERGS suporta em torno de 6.000 conexões simultâneas
  19. 19. Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 19 Monitorias Definidas A monitoria dos servidores, durante todo processo de votação, utilizou a ferramenta open source Zabbix. Esta ferramenta permite monitorar o desempenho e disponibilidade dos ativos da rede. Conforme exemplo abaixo, foram monitorados: conexões simultâneas, uso de CPU, memória disponível e uso de banda. Monitorias implementadas para os servidores de Aplicação, de Balanceamento, de Arquivos e de Banco de Dados: ƒƒ Disponibilidade de CPU - Garantir que os processadores trabalhem sem chegar no limite das funcionalidades ƒƒ Memória Utilizada - garantir que as paginações lógicas, cálculos, comparações, entre outras funções sejam executadas o mais rápido possível ƒƒ Tráfego de Rede - garantir que os acessos via rede sejam executados dentro dos limites de conexão e que em caso de tráfego adicional medidas de ampliação de banda sejam executadas automaticamente Monitoria implementada para os sites participa.rs.gov.br e vota.rs.gov.br: ƒƒ Quantidade de conexões simultâneas - garantir que os acessos ao mesmo tempo sejam suportados sem prejuizo do tempo de resposta
  20. 20. 20 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 Centro de Comando A Sala de Controle atuou como um Centro de Comando dentro da PROCERGS no acompanhamento durante todo o evento da Votação de Prioridades do Orçamento 2014. A PROCERGS, como um todo, atuou na monitoria e controle referentes a infraestrutura de acesso internet, a infraestrutura de conectividade do datacenter, disponibilidade das URLs, disponibilidade dos servidores de aplicação e na disponibilidade e desempenho do banco de dados e sistemas envolvidos no processo de Votação de Prioridades do Orçamento 2014. Fluxo de Atendimento Além da monitoria pró-ativa da infraestrutura, a Sala de Controle exerceu a função de roteador a partir de informações recebidas pelas áreas de atendimento e envolvia rapidamente as áreas de suporte na solução de problemas ou na correção de não conformidades encontradas na infraestrutura. Sala de Controle SSH Unix STE Unix STE DBA SGR Conectividade Central de Atendimento SGP desenvolvimento
  21. 21. Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 21 módulo de votação online 2014
  22. 22. 22 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 votação 2014 — Web/Mobile Processo já utilizado em anos anteriores, acrescido de melhorias no que tange a segurança e acessibilidade. A seguir exemplo das telas utilizadas na Votação de Prioridades - Orçamento 2015. Módulo de votação online 2014
  23. 23. Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 23 Tela de votação - Demandas Regionais Módulo de votação online 2014
  24. 24. 24 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 Tela de votação - Demandas Regionais Módulo de votação online 2014
  25. 25. Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 25 Tela de votação - Prioridades Estratégicas Regionais Módulo de votação online 2014
  26. 26. 26 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 Tela pré-votação Verificação de título, nos casos de votação iniciada sem confirmação inicial. Consulta de domicílio eleitoral Módulo de votação online 2014
  27. 27. Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 27 Após votar, o usuário era convidado a participar da Pesquisa Banco Mundial sobre a votação de prioridades Votação de prioridades - desenho(layout) responsivo Módulo de votação online 2014
  28. 28. 28 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 Edição 2014 Durante a consulta, acompanhando os votos em tempo real. Google Analytics - Visão Geral Para acompanhamento da votação em tempo real. Acompanhamento em Tempo Real
  29. 29. Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 29 Resultados da votação Votação 2012 Para possibilitar a comparação de resultados da votação online das Prioridades para o Orçamento de 2013 com os resultados da votação online das Prioridades para o Orçamento de 2014 foram mantidos dois relatórios da votação anterior. Votação de Prioridades para o Orçamento de 2013 - Totais por COREDE Votação de Prioridades para o Orçamento de 2013 - Totais Gerais
  30. 30. 30 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 Votação 2013 Votação de Prioridades para o Orçamento de 2014 - Totais Gerais O relatório apresenta o resultado final da Votação online e os resultados da enquete “Reforma Política em consulta”. Votação de Prioridades para o Orçamento de 2014 - Totais por COREDE Resultados da votação
  31. 31. Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 31 Resultados da votação A seguir são apresentados em forma de gráfico os resultados da pesquisa Reforma Política em Consulta, na votação online. As opções mais votadas na pesquisa online também foram as mais votadas no total da pesquisa incluindo os votos online e presenciais. Quanto à Reforma Política Quanto ao financiamento das campanhas eleitorais Quais os dois temas que você considera mais importantes Votação 2013 - Reforma Política em consulta online 94% são a favor de realizar Reforma Política 6% são contra uma Reforma Política - a favor de deixar como está Como deve ser feita a Reforma Política 17% pelo Congresso 20% pelo Congresso a ser eleito em 2014 63% por meio de uma Constituinte exclusiva 25% deve ser custeado por recursos públicos 19% deve ser misto (continuar como hoje: fundo público e privado) 56% deve ser custeados por recursos privados 18% reforma do Sistema Eleitoral e do financiamento de campanhas 30% transparência e comportamento ético dos agentes públicos e privados 20% nova divisão de recursos entre a União, Estados e Municípios 32% maior participação da população nas decisões públicas
  32. 32. 32 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 Votação 2014 de Prioridades para o Orçamento de 2015 - Resultados parciais Resultados da votação
  33. 33. Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 33 Votação 2014 de Prioridades para o Orçamento de 2015 - Resultados parciais Resultados da votação
  34. 34. 34 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 Votação 2014 de Prioridades para o Orçamento de 2015 - Resultados parciais Resultados da votação
  35. 35. Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 35 Votação 2014 de Prioridades para o Orçamento de 2015 - Resultados parciais Resultados da votação
  36. 36. 36 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 Votação 2014 de Prioridades para o Orçamento de 2015 - Resultados parciais Resultados da votação
  37. 37. Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 37 Votação 2014 de Prioridades para o Orçamento de 2015 - Resultados parciais Resultados da votação
  38. 38. 38 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 Votação 2014 de Prioridades para o Orçamento de 2015 - Resultados parciais Resultados da votação
  39. 39. Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 39 Votação 2014 de Prioridades para o Orçamento de 2015 - Resultados parciais Resultados da votação
  40. 40. 40 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 Votação 2014 de Prioridades para o Orçamento de 2015 - Resultados parciais Resultados da votação
  41. 41. Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 41 Confiabilidade Desde a Votação de Prioridades para o Orçamento de 2013 estamos adotando, além das que já existiam, medidas que visam dar maior confiabilidade ao processo: Somente um voto por número de carteira de identidade (RG) Somente RG do Rio Grande do Sul Consulta de título diretamente no site do TRE/TSE. Em 2012, ao aceitarmos somente Carteira de Identidade do RS, restringimos o acesso de eleitores do RS que não possuiam Carteira de Identidade emitida no Rio Grande do Sul. Para retirar esta restrição em 2013 foi aberta a possibilidade de votar com o Título de Eleitor e Identidade do RS ou com o Título de Eleitor e CPF. Sendo incluída mais uma regra — somente um voto por CPF. Em 2011, obteve-se um total de 135.996 Eleitores, e 130.125 eleitores com RG distinta. No ano de 2012 foram 121.551 eleitores com RG distinta. 2013 Tempo Médio de votação: 2 min na Web e 5min no Mobile Dispositivos Móveis: Houve um crescimento de aproximadamente 376% em relação ao ano anterior, nos eleitores que utilizaram dispositivos móveis. Passando de 718 para 2.705 eleitores. Em 2013 o percentual de eleitores que utilizaram dispositivos móveis foi de 1,72% enquanto em 2012 foi de 0,59%. Redes Sociais: Aproximadamente 32% das visitais ao site da Votação de Prioridades durante o período da votação foram originados das Redes Sociais. Em 2012 foi em torno de 22%. Visitas de outros países: Durante o período da votação o site recebeu visita de 52 países, totalizando 1.235 visitas com duração média de 4min e 39seg. 2014 Em 2014 com a premissa de aumentar a participação online foram implementadas alternativas de identificação do eleitor: Facebook, Twitter, Nota Fiscal Gaúcha e Login Cidadão. Estas alternativas permitiriam ao Eleitor poder anular um voto, caso seu titulo de eleitor fosse usado indevidamente — garantindo a confiabilidade do sistema. Foi possível, ao eleitor, iniciar a votação através de qualquer forma de identificação disponível. No final do processo, no entanto, solicitava-se o número do titulo de eleitor para que seu voto fosse contabilizado para eleger as propostas. Outro ponto importante para o aumento de segurança e confiabilidade foi o registro do voto criptografado, evitando qualquer possibilidade de identificação das demandas e prioridades escolhidas pelo Eleitor. Em 2014 foi publicado como código aberto, no gitHub https://github.com/ PROCERGS/vpr, o código fonte do sistema de Votação de Prioridades, permitindo assim total transparência e auditoria.
  42. 42. 42 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 Resultados Com 255.751 votantes em três dias, o Rio Grande do Sul realizou a maior consulta pública da Internet no país, e o maior processo de orçamento participativo digital do mundo. Entre os diferenciais da campanha deste ano, consta a utilização maciça das redes sociais para viralizar conteúdos e atrair novos votantes, sob coordenação do Gabinete Digital, encarregado de ampliar o alcance no ambiente online. Todo o processo foi acompanhado por pesquisadores do Banco Mundial, que desembarcaram no Rio Grande do Sul para conduzir uma série de experimentos relacionados à participação cidadã. A instituição realizou diversos testes para mensurar o nível de engajamento da população na Internet, incluindo questionários virtuais e presenciais, bem como o disparo de e-mails e mensagens de celular para medir a variação da resposta do cidadão a diferentes mídias e conteúdos. 2014 (orçamento 2015) Total de Participantes: 255.751 Total de Eleitores: 253.501 Total de Eleitores com RG distinta: 253.501 Total de Votos em Demandas e Prioridades: 1.313.170 2013 (orçamento 2014) Total de Eleitores: 157.549 Total de Eleitores com RG distinta: 157.549 Total de Votos em Demandas e Prioridades: 851.863 2012 (orçamento 2013) Total de Eleitores: 121.551 Total de Eleitores com RG distinta: 121.551 2011 (orçamento 2012) Total de Eleitores: 135.996 Eleitores com RG distinta: 130.125 eleitores RGs 0 50.000 100.000 150.000 200.000 250.000 300.000 2011 2012 2013 2014
  43. 43. Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 43 Resultados Maior processo de orçamento Participativo digital
  44. 44. 44 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 Recomendações Ao processo de votação Permitir a participação online, dos eleitores, nas outras fases do processo. Maior detalhamento das propostas e divulgar amplamenta as propostas mais votadas. Acompanhar execução das propostas vencedoras. Possibilidade de consultar processos anteriores (propostas eleitas, acompanhamento execução). Ao sistema de votação Permitir que a inclusão das cédulas seja feita pelo próprio Corede. Permitir a inclusão de locais de votação pelo Corede, se possível com endereço (georeferenciado). Utilizar o login cidadão para acesso a área administrativa da Votação de Prioridades. Retomar estudo para implementar votação (eletrônica) offline conforme solicitação das COREDES. Em relação ao TRE Obter do TRE, um webservice para consulta online de novos títulos que não estiverem previamente listados no arquivo de eleitores do Sistema de Votação. Este ano o arquivo foi enviado para PROCERGS em março/2014 e muitos não conseguiram votar porque em junho/2014 ainda não estavam na lista de eleitores aptos a votar. Acessibilidade Garantir a acessibilidade (ao sistema de votação online) para portadores de deficiência.
  45. 45. Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 45 Em um processo como o da Votação de Prioridades, praticamente todos os setores da Empresa são envolvidos. Operacional Divisão de Desenvolvimento de Soluções– DTI Setor de Garantia de Qualidade de Software – SQS Camila Salaberry Paula Analista de Testes Divisão de Tecnologia e Infraestrutura – DTI Suporte Técnico – STE Marco Krzisch Suporte Banco de Dados Lucca Suporte Banco de Dados Renan Suporte Ambiente PHP/APACHE Divisão Central de Serviços – DCS Evaldo Junior Admissão de Sistemas Guilherme Ethur Suporte a Clientes Bernadete Rechia Suporte a Clientes Divisão de Telecomunicações – DTC Supervisão e Gerenciamento da Rede – SGR Equipe Servidores Linux Operações Servidores Linux Equipe de conectividade Suporte de Rede Divisão de Produção – DPR Produção Dia – SPD Renato Oliveira Sala de Controle Equipes Desenvolvimento Rosane Leite Gerente do Projeto e Analista Marcel Duro Designer Cristiano D’Ávila Guilherme Donato Ricardo Pareja Victor Scheibe Projetista e Programador Consultoria Gabinete Digital Uirá Porã Articulador de políticas digitais Adreson Vilson Vita de Sá Arquiteto da informação / UX Design Gerencial e Negócios Ricardo Fritsch Assessor Técnico César Telles Assessor Técnico Sérgio Dalagnol Analista de Negócios Beatris Vigil Chefe SGP Mauro Rilho Chefe STE André Cunha Chefia SGI Silvia Leite Gerente DAS Paulo Pussieldi Gerente DPR
  46. 46. 46 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 BANCO MUNDIAL PERGUNTA Nota Fiscal Gaúcha Para incentivar a participação na Votação de Prioridades, quem optou pela votação online, recebeu até dois bilhetes extras para concorrer à premiação do Sorteio do Milhão, do programa Nota Fiscal Gaúcha. Bastava efetuar o cadastro no Login Cidadão, vinculando-o a conta à Nota Fiscal Gaúcha e utilizando o mesmo login para votar no site www.participa.rs.gov.br. MEU RS Desenvolvido pelo Gabinete Digital em conjunto com a PROCERGS, Secretaria de Planejamento e a Secretaria da Fazenda — o MEU RS foi o primeiro passo para a implantação de uma identidade digital do cidadão gaúcho, por meio da qual será possível autenticar-se enquanto pessoa física para acessar os mais diversos serviços disponíveis à cidadania. A plataforma torna possível implementar ações como a integração entre a Votação de Prioridades e a Nota Fiscal Gaúcha. Banco Mundial Em 2014, o processo foi acompanhado por pesquisadores do Banco Mundial, que conduziram uma série de pesquisas relacionadas à participação cidadã. A instituição realizou diversos testes para mensurar o nível de engajamento da população na Internet. Com o apoio da instituição, esta consulta utilizou os mais modernos recursos de mobilização, valendo-se desde a telefonia móvel até a força das redes sociais para chegar ao resultado final. Apoio
  47. 47. Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015 - 47 Material de uso exclusivo administrativo interno. É proibida a reprodução total ou parcial, bem como a distribuição para uso externo.
  48. 48. 48 - Relatório de Atividades - Votação Online de Prioridades 2015

×