Apresenta:
            O Planeta Terra precisa de nós...

Essa apresentação de slides feita pela POAMS, tem o
  objetivo d...
Lixo: um sério problema!
   SOBRE OS RESÍDUOS

   Menos de 5% do lixo urbano é reciclado.
   O lixo causa enchentes, e...
 O ATERRO SANITÁRIO
 São Locais onde o lixo é confinado sem causar maiores danos ao meio
    ambiente. É um método em qu...
Lixo Para Todos os Lados




                                                            Trinta bilhões de toneladas - Pla...
 TEMPO DE DECOMPOSIÇÃO
                    JORNAIS
            Duas a seis semanas
          EMBALAGENS DE PAPEL
     ...
Biodiversidade: importância e conceito
   A biodiversidade pode ser conceituada como o complexo resultante das variações ...
 diminuir gradativamente as agressões dos agentes
  poluidores ao meio ambiente; incentivar a criação de
  sociedades não...
Água
   Ciclo da água
   A infiltração de água em solos com cobertura florestal é 40 vezes maior do que em solos descobe...
Realização:

       Criado e editado por:

    Luiz Guilherme Leite Artuzi

             Efeitos:

    Luiz Guilherme Leit...
Apresentação1 poams
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação1 poams

311 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
311
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação1 poams

  1. 1. Apresenta: O Planeta Terra precisa de nós... Essa apresentação de slides feita pela POAMS, tem o objetivo de incentivar as pessoas a melhorar o meu, seu, o nosso futuro. Mas para isso você deve prestar muita atenção!
  2. 2. Lixo: um sério problema!  SOBRE OS RESÍDUOS   Menos de 5% do lixo urbano é reciclado.  O lixo causa enchentes, entope bueiros e diminui a vazão de água. É um dos maiores problemas da sociedade moderna. Calcula-se que 30 % do lixo brasileiro fique espalhado pelas ruas nas grandes cidades.  Para a fabricação de uma tonelada de papel são consumidas 17 árvores. Com 40 quilos de papel velho se evita o corte de uma árvore.  O LIXO  É todo resíduo sólido proveniente de atividades humanas ou mesmo de processos naturais (poeira, folhas e ramos mortos, cadáveres de animais). O lixo urbano é um dos maiores problemas ambientais da atualidade, pois os moldes de consumo adotados pela maioria das sociedades modernas provocam o aumento contínuo e exagerado na quantidade de lixo produzido.  O lixo indevidamente administrado provoca mau cheiro, fornece a proliferação de animais nocivos e transmissores de doenças (ratos, formigas, moscas e mosquitos), polui, pelo chorume, o solo e o lençol d´água subterrâneo e também o ar, uma vez que é prática comum a queima do lixo em ruas, lotes baldios e lixões.  O QUE É COMPOSTAGEM  Processo biológico de decomposição da matéria orgânica contida em restos de origem animal ou vegetal. Este processo tem como resultado final um produto - o composto orgânico - que pode ser aplicado ao solo para melhorar suas características, sem ocasionar riscos ao meio ambiente. Há muito tempo é praticada no meio rural, utilizando-se de restos de vegetais e esterco animal.
  3. 3.  O ATERRO SANITÁRIO  São Locais onde o lixo é confinado sem causar maiores danos ao meio ambiente. É um método em que o lixo é comprimido por intermédio de máquinas que diminuem o volume. Com o trabalho do trator, o lixo é empurrado, espalhado e amassado sobre o solo (compactação), sendo posteriormente coberto por uma camada de areia, o que minimiza odores, evita incêndios e impede a proliferação de insetos roedores.  CHORUME  Líquido malcheiroso e escuro produzido a partir da composição da matéria orgânica contida no lixo. É ácido e apresenta alto potencial contaminante, podendo poluir o solo e os lençóis de água subterrâneos, principalmente em locais de deposição não controlada de lixo, onde a grande quantidade desse líquido se infiltra facilmente no solo  O LIXÃO  São locais onde o lixo é depositado, em grande quantidade, sobre a superfície do solo e a céu aberto, sem qualquer controle sobre os efeitos danosos ao ambiente e a população causados por ele
  4. 4. Lixo Para Todos os Lados Trinta bilhões de toneladas - Planeta Terra Oitenta e oito milhões de toneladas - Brasil Sobras de comida, papéis usados, garrafas, latas, materiais plásticos... Nosso planeta produz todo ano trinta bilhões de toneladas de lixo! O Brasil produz cerca de 88 milhões de toneladas de lixo – cerca de 440 quilogramas por habitante.
  5. 5.  TEMPO DE DECOMPOSIÇÃO  JORNAIS  Duas a seis semanas  EMBALAGENS DE PAPEL  um a quatro meses  GUARDANAPOS DE PAPEL  três meses  PONTAS DE CIGARRO  dois anos  CHICLETES  cinco anos  Náilon 30 a 40 anos   Sacos e copos plásticos  200 a 450 anos  Latas de alumínio  100 a 500 anos  Tampas de garrafas  100 a 500 anos  Pilhas  100 a 500 anos  Garrafas e frascos(de vidro ou plástico)  Indeterminado   Pneus Indeterminado
  6. 6. Biodiversidade: importância e conceito  A biodiversidade pode ser conceituada como o complexo resultante das variações das espécies e dos ecossistemas existentes em determinada região e segundo Edward O.Wilson ( Diversidade de Vida, Ed.Companhia das Letras, 1994) nunca a terra teve tanta diversidade de vida como em nossa era, havendo muito ainda a se estudar e descobrir, principalmente na Amazônia, região pouco explorada cientificamente.  O estudo da biodiversidade tem relação direta para a preservação ou conservação das espécies, pois entendendo a vida como um todo teremos mais condições de preservá-la, bem como é de suma importância para o nosso desenvolvimento, resultando o aproveitamento dos recursos biológicos para que sejam explorados de maneira menos prejudicial à natureza, conservando-a o mais possível, permitindo a harmonia entre o desenvolvimento das atividades humanas e a preservação, chamando-se isso modernamente de desenvolvimento sustentável.  Sem a conservação da biodiversidade não há garantia de sobrevivência da grande maioria das espécies de animais e vegetais, ante a interdependência e conseqüentemente não poderá haver um desenvolvimento sustentável, pois com a humanidade perderá fontes vitais de recursos para a sua sustentação, de forma que devemos desenvolver métodos e ações concretas para a sua conservação. Para isso é necessário conjugar esforços de toda a sociedade, discutindo-se temas importantes como: controle da natalidade, desenvolvimento industrial e depredação, nova política educacional etc.  Portanto, a conservação da biodiversidade é importantíssima e fundamental para um desenvolvimento adequado aos anseios mundiais de preservação, constituindo-se a base do desenvolvimento sustentável.  Para se alcança esse desenvolvimento sustentável, é sugerimos, entre outros: desenvolver uma adequada educação ambiental nas escolas públicas e privadas do pais; fortalecer as instituições públicas que tem o poder-dever de fiscalizar a preservação do meio ambiente; rever a legislação, adequando-a à nova realidade e aos anseios mundiais de preservação ambiental; desenvolver amplos estudos dos recursos naturais existentes, instituindo parques e reservas ecológicas, conservando e dando meios aos já existentes, fortalecendo suas condições de sustento; estimular os meios de comunicação no sentido de divulgação de matérias ambientais ou correlatas; direcionar o desenvolvimento industrial mediante incentivos fiscais, propiciando a criação de polos industriais em áreas de menos impacto ambiental possível; desenvolver uma educação sexual adequada aos parâmetros atuais de ocupação demográfica; incentivar práticas agrícolas que preservem o meio ambiente, fornecendo condições especiais de financiamento e escoamento dos produtos, criando simultaneamente órgãos fiscalizadores efetivos e atuantes, evitando assim desvio de finalidade.  E, ainda, elaborar planos nacionais de ocupação territorial para as comunidades marginalizadas e carentes, observando as regras básicas de preservação; estudar e refazer a política indigenista para que os "povos da floresta" possam viver em seus ambientes naturais, sem que sejam afetados ou desrespeitados em sua dignidade, bem como respeitada a sua cultura; desenvolver o turismo ecológico com visitas monitoradas às áreas naturais, incentivando a atividade privada na criação de projetos conservacionistas neste sentido;
  7. 7.  diminuir gradativamente as agressões dos agentes poluidores ao meio ambiente; incentivar a criação de sociedades não governamentais de proteção ambiental(ONGs), com incentivos fiscais etc.  Se nada for feito, o próprio lixo criado pelo homem o sufocará.  Portanto, é necessário que se tomem providências urgentes no sentido de desenvolver em todos os cidadãos uma consciência ecológica, voltada para a criação de uma sociedade moderna. Além disso, sem o conhecimento real da importância da biodiversidade e projetos concretos e aplicados de desenvolvimento sustentável, as chances de sobrevivência da humanidade estarão totalmente comprometidas.
  8. 8. Água  Ciclo da água  A infiltração de água em solos com cobertura florestal é 40 vezes maior do que em solos descobertos (Rezende e cols., 2000), alimentando os lençóis freáticos, que formam as nascentes e os rios. A presença de árvores reduz o impacto causado pelas chuvas, evitando a erosão do solo e o conseqüente assoreamento dos recursos hídricos (Magalhães e Crispim, 2003). Além disso, quando absorvida pelas plantas, a água volta à atmosfera em forma de vapor, pela transpiração das folhas, que também origina partículas necessárias (aerossóis) para que as nuvens se formem (Claeys e cols, 2004).   Amenizam o clima  Uma árvore isolada pode transpirar até 500 litros de água por dia. Além disso, a interceptação solar pelas copas evita o aquecimento dos prédios, cria ambientes que servem de abrigo nas horas mais quentes do dia e diminui as consequências da insolação direta.  Diminuem a reflexão da radiação do sol  Superfícies artificiais refletem até 50% , enquanto a vegetação reflete de 25 a 10% dessa rediação, diminuindo o efeito térmico.  Efeito sobre o regime dos ventos  Podem bloquear ventos frios no inverno e dirigir a entrada de correntes que resfriam o ambiente no verão.  Economia de energia  Redução do gasto com refrigeração. Segundo uma pesquisa, em Sacramento, Califórnia, EUA, a economia anual foi calculada em 18,5 bilhões de dólares devido à presença de árvores.  Captação de partículas e gases presentes no ar  Remoção de 1,2 tonelada/hectare de dióxido de carbono.  Conservação da biodiversidade  As árvores servem de refúgio e provêem alimento para consumidores primários (herbívoros) tais como aves e insetos.Em dois bairros de Volta Redonda foram registradas 90 espécies de aves nas árvores individuais existentes na arborização das ruas.  Atuam nos aspectos sensorial e estético  Amenizam a aridez e a repetição dos prédios e outras áreas construídas.  Saúde física e mental  Auxilia na recuperação de doentes e tem um efeito restaurador, com mudanças positivas no estado psicológico, no sistema fisiológico (diminui a pressaõ arterial), funcionamento cognitivo e comportamental.
  9. 9. Realização: Criado e editado por: Luiz Guilherme Leite Artuzi Efeitos: Luiz Guilherme Leite Artuzi Visite nosso blog: http://www.poams2010.blogspot.com

×