LIXO...O PLANETA PEDE SOCORRO!!!
1- O PROBLEMA DO LIXO URBANO           O que você chama de lixo? Provavelmente tudo aquilo           que é sujo, inútil, v...
2- CLASSIFICAÇÃO DO LIXO   Lixo orgânico:    É aquele que tem origem em seres vivos, sejam animais ou vegetais. (restos d...
   B) Quanto a proveniência:   Lixo domiciliar    Orgânico e inorgânico, produzido em todos os lares.   Lixo industrial...
   Lixo hospitalar    Seringas, agulhas, instrumentos cirúrgicos, aventais, luvas, todo esse material utilizado nos    ho...
3) COLETA E DESTINO DO LIXOA) Coleta – Agentes ambientais:   Agentes da varrição    Eles percorrem ruas, calçadas, praças...
B) Destino:        Lixões                 Aterro Sanitário                 Incineração
   Lixões    Trata-se de depósitos a céu aberto, localizados em locais afastados ou periféricos, onde o lixo é    simples...
4) Coleta seletiva      Alguns benefícios da coleta seletiva:      Para 75 latas de aço recicladas, preserva-se 1      ár...
5) TEMPO DE DECOMPOSIÇÃO DOLIXO               Canetas esferográficas: 50 mil anos               Pilhas: até 500 anos    ...
6) VOCÊ SABIA...A) O lixo que vem dos hospitais...                        ...       pelas       múltiplas                 ...
B) O lixo atômico não pode ser destruído...                  ... e a radioatividade pode durar                  milhares d...
C) A matéria orgânica abandonada noslixões...                      ... gera um subproduto tóxico                      ao s...
D) O aquecimento global...                ...é uma das mais graves agressões causadas                na atmosfera. Nela oc...
E) O derretimento das geleiras...                   ...é causado pelo aumento de                   temperatura em decorrên...
7) TUDO O QUE SOBE, DESCE...TUDO O QUE VAI, TEM VOLTA...                   “Lugar de lixo é na            lixeira!” Lixo n...
8) ENTÃO, O QUE FAZER COM TANTOLIXO???               Felizmente, o homem tem a seu favor várias               soluções par...
9) Material de Apoio Ler e Escrever. Coletânea de Atividades. Revista Ciência Hoje. Cartilha de Conscientização Ambient...
Projeto Cuidar de Planeta
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Projeto Cuidar de Planeta

1.792 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.792
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
31
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
76
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto Cuidar de Planeta

  1. 1. LIXO...O PLANETA PEDE SOCORRO!!!
  2. 2. 1- O PROBLEMA DO LIXO URBANO O que você chama de lixo? Provavelmente tudo aquilo que é sujo, inútil, velho, ultrapassado, indesejável. Existem vários sinônimos para isso: resto, resíduo, detrito, dejeto, refugo. O lixo é talvez um dos temais mais importantes da atualidade, quando se pensa em meio ambiente. O crescimento populacional e o desenvolvimento industrial têm levado a humanidade a produzir uma quantidade cada vez maior e mais variada de lixo. Na verdade, quanto mais próspera é uma sociedade, mais lixo ela produz. Calcula-se que cada habitante da cidade de São Paulo produza cerca de 1 kg de lixo por dia. A cidade mais populosa do país produz diariamente 15000 toneladas de lixo. E é aí que começa o problema: como coletar esse lixo todo e que destino se pode dar a ele? Antes de responder a essa pergunta, é importante notar que já transformamos o lixo em nosso objeto de estudo.
  3. 3. 2- CLASSIFICAÇÃO DO LIXO Lixo orgânico: É aquele que tem origem em seres vivos, sejam animais ou vegetais. (restos de alimentos, folhas, sementes, papéis, madeira, dejetos humanos, etc.) Lixo inorgânico: É o material que não possui origem biológica e que foi produzido pelo trabalho humano. (vidro, metal, entulho de construção, plástico, etc.)
  4. 4.  B) Quanto a proveniência: Lixo domiciliar Orgânico e inorgânico, produzido em todos os lares. Lixo industrial São os resíduos produzidos por todo o tipo de atividade industrial. Lixo agrícola Além dos restos das colheitas, aqui se incluem as sobras de fertilizantes e agrotóxicos usados nas plantações, bem como sobras de rações e produtos veterinários. As embalagens desse produtos requerem cuidados especiais para não prejudicarem o meio ambiente.
  5. 5.  Lixo hospitalar Seringas, agulhas, instrumentos cirúrgicos, aventais, luvas, todo esse material utilizado nos hospitais pode estar contaminado e requer cuidados, tanto no que se refere a sua coleta quanto ao seu armazenamento. Lixo atômico São os materiais radioativos provenientes de usinas nucleares. A coleta e o armazenamento implicam procedimentos especiais e de altíssimo risco. Lixo espacial Satélites, sondas, estágios de foguetes, todos esse material que fica no espaço também é lixo. Estima-se que já existam 2000 toneladas desse tipo de dejeto.
  6. 6. 3) COLETA E DESTINO DO LIXOA) Coleta – Agentes ambientais: Agentes da varrição Eles percorrem ruas, calçadas, praças recolhendo todo o tipo de lixo. Agente da coleta domiciliar Em um caminhão especial, equipado com recursos de alta tecnologia, eles entram em ação recolhendo todos os sacos de lixo comum deixados à frente das residências e dos estabelecimentos comerciais. Agente da coleta seletiva Ele retira o lixo que ocupa o maior espaço: os materiais recicláveis .
  7. 7. B) Destino: Lixões Aterro Sanitário Incineração
  8. 8.  Lixões Trata-se de depósitos a céu aberto, localizados em locais afastados ou periféricos, onde o lixo é simplesmente descarregado no solo, sem medidas de proteção ao meio ambiente. Os lixões causam contaminação das águas subterrâneas e do solo devido ao chorume e causa também a poluição do ar devido a formação de gases tóxicos. Os lixões são ambientes de proliferação de animais transmissores de doenças graves como leptospirose, raiva e peste bubônica. Aterros sanitários Superiores ao lixões, são os aterros controlados onde o lixo é compactado e enterrado em valas forradas com uma manta de impermeabilização e posteriormente é coberto com uma camada de terra, minimizando odores, impedindo a proliferação de doenças e contendo o chorume. Mas mesmo assim, os aterros não são considerados a solução ideal para o destino do lixo, pois não comportam grandes quantidades de lixo e não existe espaço suficiente para a construção de novos aterros. Incineração É a queima do lixo, reduzindo-o a cinzas, diminuindo seu volume. É uma forma de potencializar o aproveitamento dos aterros sanitários. É também a forma mais indicada de se lidar com o lixo hospitalar. No entanto trata-se de um processo caro que envolve métodos tecnológicos sofisticados para evitar que a fumaça tóxica contamine o ar.
  9. 9. 4) Coleta seletiva Alguns benefícios da coleta seletiva: Para 75 latas de aço recicladas, preserva-se 1 árvore que seria usada como carvão nos fornos. Para cada tonelada de papel reciclado, evita- se a derrubada de 16 a 30 árvores adultas em média. A cada 100 toneladas de plástico reciclado, evita-se a extração de 1 tonelada de petróleo, economizando-se em torno de 90% da energia usada. Em 10% de vidro reciclado, economiza-se 4% de energia e reduz 10% no consumo de água. As vantagens são muitas, mas acima de tudo ela melhora a qualidade de vida, minimiza os efeitos da poluição no planeta, gera empregos e rendas.
  10. 10. 5) TEMPO DE DECOMPOSIÇÃO DOLIXO  Canetas esferográficas: 50 mil anos  Pilhas: até 500 anos  Fralda descartável: 450 anos  Sacos e copos plásticos: 200 a 450 anos  Tampinha de garrafa: 150 anos  Nylon: 30 anos  Latas de aço: 10 anos  Goma de mascar: 5 anos  Ponta de cigarro: 5 anos  Palito de fósforo: de 6 a 12 meses  Casca de frutas: 3 meses  Jornais: de 2 e 6 semanas  Vidro, isopor e pneus: tempo indeterminado de decomposição.
  11. 11. 6) VOCÊ SABIA...A) O lixo que vem dos hospitais... ... pelas múltiplas possibilidades que apresenta de transmitir doenças, deve ser transportado em veículos especiais. Assim como o lixo industrial, a menos que passe por processos de tratamento específico, deve ser disposto em local apropriado ou ir para os incineradores.
  12. 12. B) O lixo atômico não pode ser destruído... ... e a radioatividade pode durar milhares de anos. Atualmente esse lixo é isolado em compartimentos de chumbo e concreto e enterrado a, no mínimo, 0,5 km de profundidade.
  13. 13. C) A matéria orgânica abandonada noslixões... ... gera um subproduto tóxico ao se decompor: o chorume, um líquido de cor escura que se infiltra na terra.
  14. 14. D) O aquecimento global... ...é uma das mais graves agressões causadas na atmosfera. Nela ocorre um fenômeno de manutenção do calor da Terra denominado Efeito Estufa. Esse efeito é determinado por quantidades muito pequenas de certos gases normalmente presentes na atmosfera. Entretanto o homem está alterando esse quadro, despejando na atmosfera enormes quantidades desses gases, emitido pela queima de combustíveis e a destruição e queima das florestas. Isso agrava o efeito estufa e pode aquecer o planeta além do normal.
  15. 15. E) O derretimento das geleiras... ...é causado pelo aumento de temperatura em decorrência às mudanças climáticas que o nosso planeta vem sofrendo. Isso faz com que o nível do mar suba, o que pode gerar muitos danos aos animais que vivem nos pólos, às praias, ilhas e cidades litorâneas.
  16. 16. 7) TUDO O QUE SOBE, DESCE...TUDO O QUE VAI, TEM VOLTA... “Lugar de lixo é na lixeira!” Lixo na rua acaba sendo arrastado pela água da chuva, indo até os bueiros e entupindo tudo. Sem vazão, a água sobe e acontecem as enchentes, que causam tanta tristeza e destruição. O lixo jogado nas ruas também pode ir parar direto nos córregos e rios, contaminando a água consumida por nós.
  17. 17. 8) ENTÃO, O QUE FAZER COM TANTOLIXO??? Felizmente, o homem tem a seu favor várias soluções para dispor de forma correta, sem acarretar prejuízos ao ambiente e à saúde pública. O ideal, no entanto, seria que todos nós evitássemos o acúmulo de detritos, diminuindo o desperdício de materiais e o consumo excessivo de embalagens. Nos últimos anos, nota-se uma tendência mundial em reaproveitar cada vez mais os produtos jogados no lixo para fabricação de novos objetos, através dos processos de reciclagem, o que representa economia de matéria-prima e de energia fornecidas pela natureza. Assim, o conceito de lixo tende a ser modificado, podendo ser entendido como “coisas que podem ser úteis e aproveitáveis pelo homem”
  18. 18. 9) Material de Apoio Ler e Escrever. Coletânea de Atividades. Revista Ciência Hoje. Cartilha de Conscientização Ambiental. Prefeitura Municipal de Araras. Secretaria da Educação. Recicla Araras. Prefeitura de Araras. O que o lixo tem a ver com o clima? Governo de São Paulo. Site: www.novambiental.com.br

×