SlideShare uma empresa Scribd logo

Série IGREJA QUE AGRADA A DEUS. Tem ESPERANÇA AMOR.pptx

T
T

Ok

Série IGREJA QUE AGRADA A DEUS. Tem ESPERANÇA AMOR.pptx

1 de 17
Baixar para ler offline
A
IGREJA
QUE AGRADA A DEUS
Tem
ESPERANÇA
FÉ AMOR
Estudo Bíblico
Tema:
Professor: PB Vinícius Tiago
“Qual é a coisa mais importante?”
Muitos diriam…
Status, poder, sucesso
(competição, egoísmo)
Dinheiro
(ambição, corrupção, roubo)
Corpo
(fisicultura, vaidade, narcisismo)
I Co 13.13
“Três coisas, na verdade, permanecerão:
fé
esperança
e amor
e a maior delas é o amor”
Na Bíblia
IV
Uma igreja que agrada a Deus
tem
amor
f 1. Que tipo de amor?
“Vejam como é grande o amor do Pai por nós, pois
ele nos chama de filhos, o que de fato somos”
(I Jo 3.1)
No hebraico do VT
, uma palavra de sentido amplo
No grego do NT, três palavras específicas:
Ágape
Amor de Deus; o que, acima dos outros
tipos, devemos ter uns pelos outros
Amor possessivo, erótico, sexual;
amor ao belo, às artes etc.
Éros
Amor desinteressado, filantrópico, que
se preocupa com os outros; amizade
Filéo
Divino.
Fruto do
Espírito
Naturais.
Independem
da fé
f 2. O amor é um conceito eterno
“Há muito tempo, o Senhor disse a Israel:
Eu amei você com amor eterno…”,
(Jr 31.3)
“Mesmo antes de criar o mundo, Deus nos
amou e nos escolheu em Cristo para sermos
santos e sem culpa diante dele. Ele nos
predestinou para si, para nos adotar como filhos
por meio de Jesus Cristo…”
(Ef 1.4-5)

Recomendados

Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei Divina.
Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei Divina.Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei Divina.
Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei Divina.Márcio Martins
 
LIÇÃO 12 - QUEM AMA CUMPRE PLENAMENTE A LEI DIVINA
LIÇÃO 12 - QUEM AMA CUMPRE PLENAMENTE A LEI DIVINALIÇÃO 12 - QUEM AMA CUMPRE PLENAMENTE A LEI DIVINA
LIÇÃO 12 - QUEM AMA CUMPRE PLENAMENTE A LEI DIVINALourinaldo Serafim
 
Lição 12 quem ama cumpre plenamente a lei
Lição 12  quem ama cumpre plenamente a lei Lição 12  quem ama cumpre plenamente a lei
Lição 12 quem ama cumpre plenamente a lei antonio vieira
 
Lição 12 - Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei Divina.
Lição 12 -  Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei Divina.Lição 12 -  Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei Divina.
Lição 12 - Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei Divina.Daniel Felipe Kroth
 
Lição 8 - Jesus, o Deus de Amor
Lição 8 - Jesus, o Deus de AmorLição 8 - Jesus, o Deus de Amor
Lição 8 - Jesus, o Deus de AmorÉder Tomé
 
2. learning to love one another be unified & accepting of one another
2. learning to love one another   be unified & accepting of one another2. learning to love one another   be unified & accepting of one another
2. learning to love one another be unified & accepting of one anotherCarlos Oliveira
 

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Série IGREJA QUE AGRADA A DEUS. Tem ESPERANÇA AMOR.pptx

Lição 12 - Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei Divina
Lição 12 - Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei DivinaLição 12 - Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei Divina
Lição 12 - Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei DivinaErberson Pinheiro
 
Deus é Amor - 1 - Benedicto XVI.pptx
Deus é Amor - 1 - Benedicto XVI.pptxDeus é Amor - 1 - Benedicto XVI.pptx
Deus é Amor - 1 - Benedicto XVI.pptxMartin M Flynn
 
4. learning to love one another display love for one another
4. learning to love one another   display love for one another4. learning to love one another   display love for one another
4. learning to love one another display love for one anotherCarlos Oliveira
 
O AMOR MARCA DO CRISTÃO CHEIO DO ESPIRITO.pptx
O AMOR  MARCA DO CRISTÃO CHEIO DO ESPIRITO.pptxO AMOR  MARCA DO CRISTÃO CHEIO DO ESPIRITO.pptx
O AMOR MARCA DO CRISTÃO CHEIO DO ESPIRITO.pptxLucianoMachado52
 
LBA Lição 12 - Quem ama cumpre plenamente a lei divina
LBA Lição 12 - Quem ama cumpre plenamente a lei divinaLBA Lição 12 - Quem ama cumpre plenamente a lei divina
LBA Lição 12 - Quem ama cumpre plenamente a lei divinaNatalino das Neves Neves
 
“Tive fome e me destes de comer” – O Ministério do Serviço Social
“Tive fome e me destes de comer” – O Ministério do Serviço Social“Tive fome e me destes de comer” – O Ministério do Serviço Social
“Tive fome e me destes de comer” – O Ministério do Serviço SocialJUERP
 
Lição 15 O amor a Deus e ao próximo
Lição 15   O amor a Deus e ao próximoLição 15   O amor a Deus e ao próximo
Lição 15 O amor a Deus e ao próximoWander Sousa
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 10 - Sentimentos Fraternos
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 10 - Sentimentos FraternosSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 10 - Sentimentos Fraternos
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 10 - Sentimentos FraternosRicardo Azevedo
 
,- EROS, ÁGAPE - AS 4 FASES DO AMOR EM GREGO E PORTUGUES-ANTONIO INACIO FERRA...
,- EROS, ÁGAPE - AS 4 FASES DO AMOR EM GREGO E PORTUGUES-ANTONIO INACIO FERRA...,- EROS, ÁGAPE - AS 4 FASES DO AMOR EM GREGO E PORTUGUES-ANTONIO INACIO FERRA...
,- EROS, ÁGAPE - AS 4 FASES DO AMOR EM GREGO E PORTUGUES-ANTONIO INACIO FERRA...ANTONIO INACIO FERRAZ
 
As esferas do amor de Deus
As esferas do amor de DeusAs esferas do amor de Deus
As esferas do amor de DeusLuan Almeida
 
8. learning to love one another be patient with one another
8. learning to love one another   be patient with one another8. learning to love one another   be patient with one another
8. learning to love one another be patient with one anotherCarlos Oliveira
 
Como Experimentar a Vitória Espiritual
Como Experimentar a Vitória EspiritualComo Experimentar a Vitória Espiritual
Como Experimentar a Vitória EspiritualJUERP
 
SLIDES - LIÇÃO 10 - PAULO E SEU AMOR PELA IGREJA - CANAL TEXTO ÁUREO.pptx
SLIDES - LIÇÃO 10 - PAULO E SEU AMOR PELA IGREJA - CANAL TEXTO ÁUREO.pptxSLIDES - LIÇÃO 10 - PAULO E SEU AMOR PELA IGREJA - CANAL TEXTO ÁUREO.pptx
SLIDES - LIÇÃO 10 - PAULO E SEU AMOR PELA IGREJA - CANAL TEXTO ÁUREO.pptxUelison Santana
 
O mandamento do amor
O mandamento do amorO mandamento do amor
O mandamento do amorFulvio Leite
 

Semelhante a Série IGREJA QUE AGRADA A DEUS. Tem ESPERANÇA AMOR.pptx (20)

Lição 12 - Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei Divina
Lição 12 - Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei DivinaLição 12 - Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei Divina
Lição 12 - Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei Divina
 
Os Dez Mandamentos Êxodo 20.
Os Dez Mandamentos Êxodo 20.Os Dez Mandamentos Êxodo 20.
Os Dez Mandamentos Êxodo 20.
 
Deus é Amor - 1 - Benedicto XVI.pptx
Deus é Amor - 1 - Benedicto XVI.pptxDeus é Amor - 1 - Benedicto XVI.pptx
Deus é Amor - 1 - Benedicto XVI.pptx
 
4. learning to love one another display love for one another
4. learning to love one another   display love for one another4. learning to love one another   display love for one another
4. learning to love one another display love for one another
 
O AMOR MARCA DO CRISTÃO CHEIO DO ESPIRITO.pptx
O AMOR  MARCA DO CRISTÃO CHEIO DO ESPIRITO.pptxO AMOR  MARCA DO CRISTÃO CHEIO DO ESPIRITO.pptx
O AMOR MARCA DO CRISTÃO CHEIO DO ESPIRITO.pptx
 
LBA Lição 12 - Quem ama cumpre plenamente a lei divina
LBA Lição 12 - Quem ama cumpre plenamente a lei divinaLBA Lição 12 - Quem ama cumpre plenamente a lei divina
LBA Lição 12 - Quem ama cumpre plenamente a lei divina
 
O amor sem medo
O amor sem medoO amor sem medo
O amor sem medo
 
ESPERANÇA PARA O AMOR
ESPERANÇA PARA O AMORESPERANÇA PARA O AMOR
ESPERANÇA PARA O AMOR
 
“Tive fome e me destes de comer” – O Ministério do Serviço Social
“Tive fome e me destes de comer” – O Ministério do Serviço Social“Tive fome e me destes de comer” – O Ministério do Serviço Social
“Tive fome e me destes de comer” – O Ministério do Serviço Social
 
Lição 15 O amor a Deus e ao próximo
Lição 15   O amor a Deus e ao próximoLição 15   O amor a Deus e ao próximo
Lição 15 O amor a Deus e ao próximo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 10 - Sentimentos Fraternos
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 10 - Sentimentos FraternosSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 10 - Sentimentos Fraternos
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 10 - Sentimentos Fraternos
 
,- EROS, ÁGAPE - AS 4 FASES DO AMOR EM GREGO E PORTUGUES-ANTONIO INACIO FERRA...
,- EROS, ÁGAPE - AS 4 FASES DO AMOR EM GREGO E PORTUGUES-ANTONIO INACIO FERRA...,- EROS, ÁGAPE - AS 4 FASES DO AMOR EM GREGO E PORTUGUES-ANTONIO INACIO FERRA...
,- EROS, ÁGAPE - AS 4 FASES DO AMOR EM GREGO E PORTUGUES-ANTONIO INACIO FERRA...
 
O AMOR E A BÍBLIA
O AMOR E A BÍBLIAO AMOR E A BÍBLIA
O AMOR E A BÍBLIA
 
As esferas do amor de Deus
As esferas do amor de DeusAs esferas do amor de Deus
As esferas do amor de Deus
 
Amor ao próximo
Amor ao próximoAmor ao próximo
Amor ao próximo
 
Lição 1
Lição 1Lição 1
Lição 1
 
8. learning to love one another be patient with one another
8. learning to love one another   be patient with one another8. learning to love one another   be patient with one another
8. learning to love one another be patient with one another
 
Como Experimentar a Vitória Espiritual
Como Experimentar a Vitória EspiritualComo Experimentar a Vitória Espiritual
Como Experimentar a Vitória Espiritual
 
SLIDES - LIÇÃO 10 - PAULO E SEU AMOR PELA IGREJA - CANAL TEXTO ÁUREO.pptx
SLIDES - LIÇÃO 10 - PAULO E SEU AMOR PELA IGREJA - CANAL TEXTO ÁUREO.pptxSLIDES - LIÇÃO 10 - PAULO E SEU AMOR PELA IGREJA - CANAL TEXTO ÁUREO.pptx
SLIDES - LIÇÃO 10 - PAULO E SEU AMOR PELA IGREJA - CANAL TEXTO ÁUREO.pptx
 
O mandamento do amor
O mandamento do amorO mandamento do amor
O mandamento do amor
 

Mais de Tiago Silva

aexpansodoevangelhoforadejerusalm-160402003643.pptx
aexpansodoevangelhoforadejerusalm-160402003643.pptxaexpansodoevangelhoforadejerusalm-160402003643.pptx
aexpansodoevangelhoforadejerusalm-160402003643.pptxTiago Silva
 
dokumen.tips_lbj-licao-12-a-familia-de-jesus.pdf
dokumen.tips_lbj-licao-12-a-familia-de-jesus.pdfdokumen.tips_lbj-licao-12-a-familia-de-jesus.pdf
dokumen.tips_lbj-licao-12-a-familia-de-jesus.pdfTiago Silva
 
Estudo bíblico - Pneumatologista a doutrina do Espírito santo.pptx
Estudo bíblico - Pneumatologista a doutrina do Espírito santo.pptxEstudo bíblico - Pneumatologista a doutrina do Espírito santo.pptx
Estudo bíblico - Pneumatologista a doutrina do Espírito santo.pptxTiago Silva
 
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...Tiago Silva
 
olivrodexodoeocativeirodeisraelnoegito-140102033744-phpapp02.pdf
olivrodexodoeocativeirodeisraelnoegito-140102033744-phpapp02.pdfolivrodexodoeocativeirodeisraelnoegito-140102033744-phpapp02.pdf
olivrodexodoeocativeirodeisraelnoegito-140102033744-phpapp02.pdfTiago Silva
 
dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-05-15-pentate...
dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-05-15-pentate...dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-05-15-pentate...
dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-05-15-pentate...Tiago Silva
 
dokumen.tips_atos-dos-apstolos-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-5-15-advogad...
dokumen.tips_atos-dos-apstolos-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-5-15-advogad...dokumen.tips_atos-dos-apstolos-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-5-15-advogad...
dokumen.tips_atos-dos-apstolos-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-5-15-advogad...Tiago Silva
 
dokumen.tips_lei-historicos-poticos-profetas-obadias-5-jonas-6-miquias-7-naum...
dokumen.tips_lei-historicos-poticos-profetas-obadias-5-jonas-6-miquias-7-naum...dokumen.tips_lei-historicos-poticos-profetas-obadias-5-jonas-6-miquias-7-naum...
dokumen.tips_lei-historicos-poticos-profetas-obadias-5-jonas-6-miquias-7-naum...Tiago Silva
 
dokumen.tips_aula-1-tiago-ma-f-prtica-deus-os-que-so-pobres-aos-olhos-do-mund...
dokumen.tips_aula-1-tiago-ma-f-prtica-deus-os-que-so-pobres-aos-olhos-do-mund...dokumen.tips_aula-1-tiago-ma-f-prtica-deus-os-que-so-pobres-aos-olhos-do-mund...
dokumen.tips_aula-1-tiago-ma-f-prtica-deus-os-que-so-pobres-aos-olhos-do-mund...Tiago Silva
 
dokumen.tips_a-f-de-elias-a-f-de-elias-era-um-f-slida-alimentada-pela-prtica-...
dokumen.tips_a-f-de-elias-a-f-de-elias-era-um-f-slida-alimentada-pela-prtica-...dokumen.tips_a-f-de-elias-a-f-de-elias-era-um-f-slida-alimentada-pela-prtica-...
dokumen.tips_a-f-de-elias-a-f-de-elias-era-um-f-slida-alimentada-pela-prtica-...Tiago Silva
 
dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-estivesse-no-pensamento-...
dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-estivesse-no-pensamento-...dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-estivesse-no-pensamento-...
dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-estivesse-no-pensamento-...Tiago Silva
 
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...Tiago Silva
 
ESTUDO BÍBLICO - 2 CORÍNTIOS.pptx
ESTUDO BÍBLICO - 2 CORÍNTIOS.pptxESTUDO BÍBLICO - 2 CORÍNTIOS.pptx
ESTUDO BÍBLICO - 2 CORÍNTIOS.pptxTiago Silva
 
dokumen.tips_dizimo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-dzimos-e-ofertas-keywords-dz...
dokumen.tips_dizimo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-dzimos-e-ofertas-keywords-dz...dokumen.tips_dizimo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-dzimos-e-ofertas-keywords-dz...
dokumen.tips_dizimo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-dzimos-e-ofertas-keywords-dz...Tiago Silva
 
dokumen.tips_evangelhos-pr-erivelton-rodrigues-os-quatro-livros-do-evangelho-...
dokumen.tips_evangelhos-pr-erivelton-rodrigues-os-quatro-livros-do-evangelho-...dokumen.tips_evangelhos-pr-erivelton-rodrigues-os-quatro-livros-do-evangelho-...
dokumen.tips_evangelhos-pr-erivelton-rodrigues-os-quatro-livros-do-evangelho-...Tiago Silva
 
A RESSURREIÇÃO DE MUITOS SANTOS NA ÉPOCA DA MORTE DE CRISTO.pptx
A RESSURREIÇÃO DE MUITOS SANTOS NA ÉPOCA DA MORTE DE CRISTO.pptxA RESSURREIÇÃO DE MUITOS SANTOS NA ÉPOCA DA MORTE DE CRISTO.pptx
A RESSURREIÇÃO DE MUITOS SANTOS NA ÉPOCA DA MORTE DE CRISTO.pptxTiago Silva
 
(26) Os Evangelhos.pdf
(26) Os Evangelhos.pdf(26) Os Evangelhos.pdf
(26) Os Evangelhos.pdfTiago Silva
 
2_07-05-2019_15-06-05.pdf
2_07-05-2019_15-06-05.pdf2_07-05-2019_15-06-05.pdf
2_07-05-2019_15-06-05.pdfTiago Silva
 
Slide Licao 7 - A responsabilidade da igreja com os missionários.pptx
Slide Licao 7 -  A responsabilidade da igreja com os missionários.pptxSlide Licao 7 -  A responsabilidade da igreja com os missionários.pptx
Slide Licao 7 - A responsabilidade da igreja com os missionários.pptxTiago Silva
 
lio5-asconsequnciasdasescolhasprecipitadas-161020222357.pdf
lio5-asconsequnciasdasescolhasprecipitadas-161020222357.pdflio5-asconsequnciasdasescolhasprecipitadas-161020222357.pdf
lio5-asconsequnciasdasescolhasprecipitadas-161020222357.pdfTiago Silva
 

Mais de Tiago Silva (20)

aexpansodoevangelhoforadejerusalm-160402003643.pptx
aexpansodoevangelhoforadejerusalm-160402003643.pptxaexpansodoevangelhoforadejerusalm-160402003643.pptx
aexpansodoevangelhoforadejerusalm-160402003643.pptx
 
dokumen.tips_lbj-licao-12-a-familia-de-jesus.pdf
dokumen.tips_lbj-licao-12-a-familia-de-jesus.pdfdokumen.tips_lbj-licao-12-a-familia-de-jesus.pdf
dokumen.tips_lbj-licao-12-a-familia-de-jesus.pdf
 
Estudo bíblico - Pneumatologista a doutrina do Espírito santo.pptx
Estudo bíblico - Pneumatologista a doutrina do Espírito santo.pptxEstudo bíblico - Pneumatologista a doutrina do Espírito santo.pptx
Estudo bíblico - Pneumatologista a doutrina do Espírito santo.pptx
 
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
 
olivrodexodoeocativeirodeisraelnoegito-140102033744-phpapp02.pdf
olivrodexodoeocativeirodeisraelnoegito-140102033744-phpapp02.pdfolivrodexodoeocativeirodeisraelnoegito-140102033744-phpapp02.pdf
olivrodexodoeocativeirodeisraelnoegito-140102033744-phpapp02.pdf
 
dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-05-15-pentate...
dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-05-15-pentate...dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-05-15-pentate...
dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-05-15-pentate...
 
dokumen.tips_atos-dos-apstolos-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-5-15-advogad...
dokumen.tips_atos-dos-apstolos-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-5-15-advogad...dokumen.tips_atos-dos-apstolos-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-5-15-advogad...
dokumen.tips_atos-dos-apstolos-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-5-15-advogad...
 
dokumen.tips_lei-historicos-poticos-profetas-obadias-5-jonas-6-miquias-7-naum...
dokumen.tips_lei-historicos-poticos-profetas-obadias-5-jonas-6-miquias-7-naum...dokumen.tips_lei-historicos-poticos-profetas-obadias-5-jonas-6-miquias-7-naum...
dokumen.tips_lei-historicos-poticos-profetas-obadias-5-jonas-6-miquias-7-naum...
 
dokumen.tips_aula-1-tiago-ma-f-prtica-deus-os-que-so-pobres-aos-olhos-do-mund...
dokumen.tips_aula-1-tiago-ma-f-prtica-deus-os-que-so-pobres-aos-olhos-do-mund...dokumen.tips_aula-1-tiago-ma-f-prtica-deus-os-que-so-pobres-aos-olhos-do-mund...
dokumen.tips_aula-1-tiago-ma-f-prtica-deus-os-que-so-pobres-aos-olhos-do-mund...
 
dokumen.tips_a-f-de-elias-a-f-de-elias-era-um-f-slida-alimentada-pela-prtica-...
dokumen.tips_a-f-de-elias-a-f-de-elias-era-um-f-slida-alimentada-pela-prtica-...dokumen.tips_a-f-de-elias-a-f-de-elias-era-um-f-slida-alimentada-pela-prtica-...
dokumen.tips_a-f-de-elias-a-f-de-elias-era-um-f-slida-alimentada-pela-prtica-...
 
dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-estivesse-no-pensamento-...
dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-estivesse-no-pensamento-...dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-estivesse-no-pensamento-...
dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-estivesse-no-pensamento-...
 
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
 
ESTUDO BÍBLICO - 2 CORÍNTIOS.pptx
ESTUDO BÍBLICO - 2 CORÍNTIOS.pptxESTUDO BÍBLICO - 2 CORÍNTIOS.pptx
ESTUDO BÍBLICO - 2 CORÍNTIOS.pptx
 
dokumen.tips_dizimo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-dzimos-e-ofertas-keywords-dz...
dokumen.tips_dizimo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-dzimos-e-ofertas-keywords-dz...dokumen.tips_dizimo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-dzimos-e-ofertas-keywords-dz...
dokumen.tips_dizimo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-dzimos-e-ofertas-keywords-dz...
 
dokumen.tips_evangelhos-pr-erivelton-rodrigues-os-quatro-livros-do-evangelho-...
dokumen.tips_evangelhos-pr-erivelton-rodrigues-os-quatro-livros-do-evangelho-...dokumen.tips_evangelhos-pr-erivelton-rodrigues-os-quatro-livros-do-evangelho-...
dokumen.tips_evangelhos-pr-erivelton-rodrigues-os-quatro-livros-do-evangelho-...
 
A RESSURREIÇÃO DE MUITOS SANTOS NA ÉPOCA DA MORTE DE CRISTO.pptx
A RESSURREIÇÃO DE MUITOS SANTOS NA ÉPOCA DA MORTE DE CRISTO.pptxA RESSURREIÇÃO DE MUITOS SANTOS NA ÉPOCA DA MORTE DE CRISTO.pptx
A RESSURREIÇÃO DE MUITOS SANTOS NA ÉPOCA DA MORTE DE CRISTO.pptx
 
(26) Os Evangelhos.pdf
(26) Os Evangelhos.pdf(26) Os Evangelhos.pdf
(26) Os Evangelhos.pdf
 
2_07-05-2019_15-06-05.pdf
2_07-05-2019_15-06-05.pdf2_07-05-2019_15-06-05.pdf
2_07-05-2019_15-06-05.pdf
 
Slide Licao 7 - A responsabilidade da igreja com os missionários.pptx
Slide Licao 7 -  A responsabilidade da igreja com os missionários.pptxSlide Licao 7 -  A responsabilidade da igreja com os missionários.pptx
Slide Licao 7 - A responsabilidade da igreja com os missionários.pptx
 
lio5-asconsequnciasdasescolhasprecipitadas-161020222357.pdf
lio5-asconsequnciasdasescolhasprecipitadas-161020222357.pdflio5-asconsequnciasdasescolhasprecipitadas-161020222357.pdf
lio5-asconsequnciasdasescolhasprecipitadas-161020222357.pdf
 

Último

ATIVIDADE 1 - PRÁTICA DE ENSINO: ETNOMATEMÁTICA E HISTÓRIA DA MATEMÁTICA - 51...
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA DE ENSINO: ETNOMATEMÁTICA E HISTÓRIA DA MATEMÁTICA - 51...ATIVIDADE 1 - PRÁTICA DE ENSINO: ETNOMATEMÁTICA E HISTÓRIA DA MATEMÁTICA - 51...
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA DE ENSINO: ETNOMATEMÁTICA E HISTÓRIA DA MATEMÁTICA - 51...taynaradl79
 
Quando planejamos uma aula, estamos pensando em todo o processo que envolve e...
Quando planejamos uma aula, estamos pensando em todo o processo que envolve e...Quando planejamos uma aula, estamos pensando em todo o processo que envolve e...
Quando planejamos uma aula, estamos pensando em todo o processo que envolve e...sdl192405
 
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA: SABERES DIGITAIS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA: SABERES DIGITAIS - 51/2024ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA: SABERES DIGITAIS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA: SABERES DIGITAIS - 51/2024taynaradl79
 
"Guia Completo: Tipos de Cortes de Cabelo Fade e Como Fazer"
"Guia Completo: Tipos de Cortes de Cabelo Fade e Como Fazer""Guia Completo: Tipos de Cortes de Cabelo Fade e Como Fazer"
"Guia Completo: Tipos de Cortes de Cabelo Fade e Como Fazer"josianispflia
 
ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024dlkauana81
 
“Para além do conceito de Administração Pública, é preciso conceituar sua div...
“Para além do conceito de Administração Pública, é preciso conceituar sua div...“Para além do conceito de Administração Pública, é preciso conceituar sua div...
“Para além do conceito de Administração Pública, é preciso conceituar sua div...sdl192405
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...Unicesumar
 
FDFDSDSDSFA\DcDSsdfAVFVDss\\sf\\\fb\b\b\b\b\b\b\b\
FDFDSDSDSFA\DcDSsdfAVFVDss\\sf\\\fb\b\b\b\b\b\b\b\FDFDSDSDSFA\DcDSsdfAVFVDss\\sf\\\fb\b\b\b\b\b\b\b\
FDFDSDSDSFA\DcDSsdfAVFVDss\\sf\\\fb\b\b\b\b\b\b\b\Renandantas16
 
ATIVIDADE 1 - PED - METODOLOGIA DA ALFABETIZAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PED - METODOLOGIA DA ALFABETIZAÇÃO - 51/2024ATIVIDADE 1 - PED - METODOLOGIA DA ALFABETIZAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PED - METODOLOGIA DA ALFABETIZAÇÃO - 51/2024dlp391622
 
Guia Completo Como Lucrar com a Páscoa em 2024.pdf
Guia Completo Como Lucrar com a Páscoa em 2024.pdfGuia Completo Como Lucrar com a Páscoa em 2024.pdf
Guia Completo Como Lucrar com a Páscoa em 2024.pdfomelhordashoppeestaa
 
Antes de tudo, pesquise, levante informações para elaborar a sua resposta - F...
Antes de tudo, pesquise, levante informações para elaborar a sua resposta - F...Antes de tudo, pesquise, levante informações para elaborar a sua resposta - F...
Antes de tudo, pesquise, levante informações para elaborar a sua resposta - F...Unicesumar
 
ATIVIDADE 1 - GAMB - ADMINISTRAÇÃO EMPREENDEDORA E QUALIDADE - 51/2024
ATIVIDADE 1 - GAMB - ADMINISTRAÇÃO EMPREENDEDORA E QUALIDADE - 51/2024ATIVIDADE 1 - GAMB - ADMINISTRAÇÃO EMPREENDEDORA E QUALIDADE - 51/2024
ATIVIDADE 1 - GAMB - ADMINISTRAÇÃO EMPREENDEDORA E QUALIDADE - 51/2024dlkauana81
 
CONHEÇA 7 SUPER DICAS DE GERENCIAMENTO DO TEMPO
CONHEÇA 7 SUPER DICAS DE GERENCIAMENTO DO TEMPOCONHEÇA 7 SUPER DICAS DE GERENCIAMENTO DO TEMPO
CONHEÇA 7 SUPER DICAS DE GERENCIAMENTO DO TEMPOAnderson Souza
 
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51 2024.
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51 2024.ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51 2024.
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51 2024.Unicesumar
 

Último (14)

ATIVIDADE 1 - PRÁTICA DE ENSINO: ETNOMATEMÁTICA E HISTÓRIA DA MATEMÁTICA - 51...
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA DE ENSINO: ETNOMATEMÁTICA E HISTÓRIA DA MATEMÁTICA - 51...ATIVIDADE 1 - PRÁTICA DE ENSINO: ETNOMATEMÁTICA E HISTÓRIA DA MATEMÁTICA - 51...
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA DE ENSINO: ETNOMATEMÁTICA E HISTÓRIA DA MATEMÁTICA - 51...
 
Quando planejamos uma aula, estamos pensando em todo o processo que envolve e...
Quando planejamos uma aula, estamos pensando em todo o processo que envolve e...Quando planejamos uma aula, estamos pensando em todo o processo que envolve e...
Quando planejamos uma aula, estamos pensando em todo o processo que envolve e...
 
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA: SABERES DIGITAIS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA: SABERES DIGITAIS - 51/2024ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA: SABERES DIGITAIS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA: SABERES DIGITAIS - 51/2024
 
"Guia Completo: Tipos de Cortes de Cabelo Fade e Como Fazer"
"Guia Completo: Tipos de Cortes de Cabelo Fade e Como Fazer""Guia Completo: Tipos de Cortes de Cabelo Fade e Como Fazer"
"Guia Completo: Tipos de Cortes de Cabelo Fade e Como Fazer"
 
ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024
 
“Para além do conceito de Administração Pública, é preciso conceituar sua div...
“Para além do conceito de Administração Pública, é preciso conceituar sua div...“Para além do conceito de Administração Pública, é preciso conceituar sua div...
“Para além do conceito de Administração Pública, é preciso conceituar sua div...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
FDFDSDSDSFA\DcDSsdfAVFVDss\\sf\\\fb\b\b\b\b\b\b\b\
FDFDSDSDSFA\DcDSsdfAVFVDss\\sf\\\fb\b\b\b\b\b\b\b\FDFDSDSDSFA\DcDSsdfAVFVDss\\sf\\\fb\b\b\b\b\b\b\b\
FDFDSDSDSFA\DcDSsdfAVFVDss\\sf\\\fb\b\b\b\b\b\b\b\
 
ATIVIDADE 1 - PED - METODOLOGIA DA ALFABETIZAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PED - METODOLOGIA DA ALFABETIZAÇÃO - 51/2024ATIVIDADE 1 - PED - METODOLOGIA DA ALFABETIZAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PED - METODOLOGIA DA ALFABETIZAÇÃO - 51/2024
 
Guia Completo Como Lucrar com a Páscoa em 2024.pdf
Guia Completo Como Lucrar com a Páscoa em 2024.pdfGuia Completo Como Lucrar com a Páscoa em 2024.pdf
Guia Completo Como Lucrar com a Páscoa em 2024.pdf
 
Antes de tudo, pesquise, levante informações para elaborar a sua resposta - F...
Antes de tudo, pesquise, levante informações para elaborar a sua resposta - F...Antes de tudo, pesquise, levante informações para elaborar a sua resposta - F...
Antes de tudo, pesquise, levante informações para elaborar a sua resposta - F...
 
ATIVIDADE 1 - GAMB - ADMINISTRAÇÃO EMPREENDEDORA E QUALIDADE - 51/2024
ATIVIDADE 1 - GAMB - ADMINISTRAÇÃO EMPREENDEDORA E QUALIDADE - 51/2024ATIVIDADE 1 - GAMB - ADMINISTRAÇÃO EMPREENDEDORA E QUALIDADE - 51/2024
ATIVIDADE 1 - GAMB - ADMINISTRAÇÃO EMPREENDEDORA E QUALIDADE - 51/2024
 
CONHEÇA 7 SUPER DICAS DE GERENCIAMENTO DO TEMPO
CONHEÇA 7 SUPER DICAS DE GERENCIAMENTO DO TEMPOCONHEÇA 7 SUPER DICAS DE GERENCIAMENTO DO TEMPO
CONHEÇA 7 SUPER DICAS DE GERENCIAMENTO DO TEMPO
 
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51 2024.
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51 2024.ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51 2024.
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51 2024.
 

Série IGREJA QUE AGRADA A DEUS. Tem ESPERANÇA AMOR.pptx

  • 1. A IGREJA QUE AGRADA A DEUS Tem ESPERANÇA FÉ AMOR Estudo Bíblico Tema: Professor: PB Vinícius Tiago
  • 2. “Qual é a coisa mais importante?” Muitos diriam… Status, poder, sucesso (competição, egoísmo) Dinheiro (ambição, corrupção, roubo) Corpo (fisicultura, vaidade, narcisismo)
  • 3. I Co 13.13 “Três coisas, na verdade, permanecerão: fé esperança e amor e a maior delas é o amor” Na Bíblia
  • 4. IV Uma igreja que agrada a Deus tem amor
  • 5. f 1. Que tipo de amor? “Vejam como é grande o amor do Pai por nós, pois ele nos chama de filhos, o que de fato somos” (I Jo 3.1) No hebraico do VT , uma palavra de sentido amplo No grego do NT, três palavras específicas: Ágape Amor de Deus; o que, acima dos outros tipos, devemos ter uns pelos outros Amor possessivo, erótico, sexual; amor ao belo, às artes etc. Éros Amor desinteressado, filantrópico, que se preocupa com os outros; amizade Filéo Divino. Fruto do Espírito Naturais. Independem da fé
  • 6. f 2. O amor é um conceito eterno “Há muito tempo, o Senhor disse a Israel: Eu amei você com amor eterno…”, (Jr 31.3) “Mesmo antes de criar o mundo, Deus nos amou e nos escolheu em Cristo para sermos santos e sem culpa diante dele. Ele nos predestinou para si, para nos adotar como filhos por meio de Jesus Cristo…” (Ef 1.4-5)
  • 7. f 2. O amor é um conceito eterno Como definir Deus? João, com o versículo mais curto da Bíblica: “Deus é amor” (I Jo 4.8,16) Neste mesmo contexto, João escreveu: “Deus mostrou quanto nos amou ao enviar seu único Filho ao mundo, para que, por meio dele, tenhamos vida” (I Jo 4.9)
  • 8. f 3. O mandamento do amor Um mestre da Lei perguntou a Jesus: “Qual é o mandamento mais importante da Lei de Moisés?" Jesus respondeu: “Ame o Senhor… de todo o seu coração, de toda a sua alma e de toda a sua mente. Este é o primeiro e o maior mandamento. O segundo é igualmente importante: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’. Toda a lei e todas as exigências dos profetas se baseiam nesses dois mandamentos” (Mt 22.36-40)
  • 9. f 3. O mandamento do amor Paulo enfatizou a mesma coisa “Os mandamentos dizem: ‘Não cometa adultério, Não mate. Não roube. Não cobice’. Esses e outros mandamentos semelhantes se resumem num só: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’. O amor não faz o mal ao próximo, portanto o amor cumpre todas as exigências da lei de Deus” (Rm 13.9-10) Jesus, porém, tinha dito: “Eu lhes dou um novo mandamento: Amem uns aos outros… assim como eu os amei"” (Jo 13.34)
  • 10. f 2. O mandamento do amor A ordem para amar o próximo é uma das mais repetidas em todo o NT (aparece 55 vezes como ordem direta) “Permaneçam firmes na fé… Façam tudo com amor” (I Co 16.14) “Sejam sempre humildes e amáveis, tolerando pacientemente uns aos outros em amor. Façam todo o possível para se manterem unidos no Espírito, pelo vínculo da paz” (Ef 4.2-3)
  • 11. f 2. O mandamento do amor “Acima de tudo, revistam-se do amor que une todos nós em perfeita harmonia” (Cl 3.14-15) São Francisco de Assis: “Ó Divino Mestre, permita que eu console mais que seja consolado, que eu compreenda mais que seja compreendido, que eu ame mais que seja amado; pois é dando que recebemos, é perdoando que somos perdoados e é morrendo que obtemos a vida eterna”
  • 12. O QUE É UMA IGREJA? 4. Como amar assim? Atentar para o exemplo supremo de Deus e de Cristo Jo 13.1 “Ele [Jesus] tinha amado seus discípulos durante seu ministério na terra, e os amou até o fim” Rm 5.8 “Deus prova seu grande amor ao enviar Cristo para morrer por nós quando ainda éramos pecadores” I Jo 4.11 “Amados, visto que Deus tanto nos amou, certamente devemos amar uns aos outros… Nós amamos porque ele nos amou primeiro”
  • 13. 4. Como amar assim? Pedir e cultivar o fruto do Espírito Gl 5.22 “Mas [em contraste com as obras da carne] o Espírito produz este fruto: amor…” Rm 5.5 “Deus nos deu o Espírito Santo para nos encher o coração com seu amor” Sl 1.3 “[O justo] tem prazer na lei do Senhor e nela medita dia e noite. Ele é como árvore plantada à margem do rio, que dá seu fruto no tempo certo”
  • 14. 4. Como amar assim? Distinguir amor decidido de amor sentido Amar não é opção; é mandamento! Independe dos sentimentos. Importa obedecer! “O amor cristão não é vítima de nossas emoções, mas servo de nossa vontade.” (J Stott) Esse amor não segrega; não é só para os que nos são simpáticos e nos tratam bem “Amem os seus inimigos e orem por quem os persegue. Desse modo vocês agirão como verdadeiros filhos de seu Pai que está no céu. Pois ele dá a luz do sol tanto a maus como a bons e faz chover tanto sobre justos como injustos. Se amarem apenas aqueles que os amam, que recompensa receberão? … Se cumprimentarem apenas seus amigos, que estarão fazendo de mais? Até os gentios fazem isso…” (Mt 5.43-48)
  • 15. f 5. O amor pode e deve crescer Paulo notava e agradecia a Deus quando as igrejas tinham fé, esperança e amor. Mas externava seu desejo de que desenvolvessem essas qualidades mais e mais. Assim com o amor. “Oro para que o amor de vocês transborde cada vez mais.” (Fp 1.9) “Não precisamos lhes escrever sobre a importância do amor fraternal, pois o próprio Deus os ensinou a amarem uns aos outros. De farto vocês já demonstram amor por todos os irmãos… Ainda assim, irmãos, pedimos que os amem ainda mais…” (I T s 4.9-10)
  • 16. O QUE É UMA IGREJA? Conclusão As igrejas geralmente preocupam-se com muitas coisas boas, mas não com a maior delas… Pense nestas parafrases de I Co 13.13: “Três coisas, na verdade, permanecerão: a fé, a esperança e o amor, e a maior delas é… a organização a pregação bíblica e contextualizada a arrecadação financeira a evangelização…" Não! O AMOR E A COISA MAIS IMPORTANTE! Acompanha a fé, fortalece a esperança e cumpre toda a lei de Deus
  • 17. O QUE É UMA IGREJA? Conclusão Tim Keller (O Significado do Casamento, p.116) "Ser amado sem ser conhecido é confortador, mas superficial. Ser conhecido e não ser amado é nosso maior medo. Mas ser plenamente conhecido e verdadeiramente amado é muito parecido com ser amado por Deus. E é disso que precisamos mais do que qualquer outra coisa” Que Deus nos ajude a viver um amor profundo e verdadeiro, que não se confunde com emoções passageiras ou com paixão carnal, mas firma-se em valores eternos e inspira-se mo amor de Cristo por nós!