IV PROJETO DO PRODUTO - Slides de Aulas

1.924 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.924
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
206
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
48
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

IV PROJETO DO PRODUTO - Slides de Aulas

  1. 1. C d C M ãa m p u s e a m p o o u r o PROJETO DO PRODUTO Professora Mestre THAYS PERASSOLI BOIKO IV PROJETO DO PRODUTO PROFA. MSC. THAYS 1 PERASSOLI BOIKO
  2. 2. EMENTA: IV PROJETO DE PRODUTO 4.1 DEFINIÇÕES E CONCEITOS 4.1.1 A área de Projeto de Produto na Engenharia de Produção 4.1.2 Por que projetar novos produtos 4.1.3 O que é Projeto de Produto 4.1.4 Relação Projeto do Produto x Projeto do Processo 4.2 LEGISLAÇÃO 4.3 ETAPAS DO PROJETO DO PRODUTO 4.3.1 ESTRUTURA DO TRABALHO 4.3.2 ASSUNTOS ENVOLVIDOS PROFA. MSC. THAYS 2 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  3. 3. 4.1 DEFINIÇÃO E CONCEITOS DE PROJETO DO PRODUTO PROFA. MSC. THAYS 3 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  4. 4. 4.1.1 A Área de Projeto do Produto na Engenharia de Produção PROFA. MSC. THAYS 4 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  5. 5. ÁREAS E SUB-ÁREAS DE CONHECIMENTO - EM ROSA - A ÁREA DE PROJETO DO PRODUTO SE ENQUADRA NESTA ÁREA; - EM AZUL CLARO - A ÁREA DE PROJETO DO PRODUTO UTILIZA CONHECIMENTOS DESTA ÁREA. → Conforme a ABEPRO (b). PROFA. MSC. THAYS 5 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  6. 6. ABEPRO:1. ENGENHARIA DE OPERAÇÕES E PROCESSOS DA PRODUÇÃO2. LOGÍSTICA3. PESQUISA OPERACIONAL4. ENGENHARIA DA QUALIDADE5. ENGENHARIA DO PRODUTO6. ENGENHARIA ORGANIZACIONAL7. ENGENHARIA ECONÔMICA8. ENGENHARIA DO TRABALHO9. ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE10. EDUCAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO PROFA. MSC. THAYS 6 PERASSOLI BOIKO
  7. 7. 1.1. Gestão de Sistemas de Produção e Operações1.2. Planejamento, Programação e Controle da Produção1.3. Gestão da Manutenção1.4. Projeto de Fábrica e de Instalações Industriais: organização industrial, layout/arranjo físico1.5. Processos Produtivos Discretos e Contínuos: procedimentos, métodos e seqüências1.6. Engenharia de Métodos PROFA. MSC. THAYS 7 PERASSOLI BOIKO
  8. 8. 2.1. Gestão da Cadeia de Suprimentos2.2. Gestão de Estoques2.3. Projeto e Análise de Sistemas Logísticos2.4. Logística Empresarial2.5. Transporte e Distribuição Física2.6. Logística Reversa PROFA. MSC. THAYS 8 PERASSOLI BOIKO
  9. 9. 3.1. Modelagem, Simulação e Otimização3.2. Programação Matemática3.3. Processos Decisórios3.4. Processos Estocásticos3.5. Teoria dos Jogos3.6. Análise de Demanda3.7. Inteligência Computacional PROFA. MSC. THAYS 9 PERASSOLI BOIKO
  10. 10. 4.1. Gestão de Sistemas da Qualidade4.2. Planejamento e Controle da Qualidade4.3. Normalização, Auditoria e Certificação para a Qualidade4.4. Organização Metrológica da Qualidade4.5. Confiabilidade de Processos e Produtos PROFA. MSC. THAYS 10 PERASSOLI BOIKO
  11. 11. Conjunto de ferramentas e processos de projeto, planejamento, organização, decisão e execução envolvidas nas atividades estratégicas e operacionais de desenvolvimento de novos produtos, compreendendo desde a concepção até o lançamento do produto e sua retirada do mercado com a participação das diversas áreas funcionais da empresa.5.1. Gestão do Desenvolvimento de Produto5.2. Processo de Desenvolvimento do Produto5.3. Planejamento e Projeto do Produto PROFA. MSC. THAYS 11 PERASSOLI BOIKO
  12. 12. 6.1. Gestão Estratégica e Organizacional6.2. Gestão de Projetos6.3. Gestão do Desempenho Organizacional6.4. Gestão da Informação6.5. Redes de Empresas6.6. Gestão da Inovação6.7. Gestão da Tecnologia6.8. Gestão do Conhecimento PROFA. MSC. THAYS 12 PERASSOLI BOIKO
  13. 13. 7.1. Gestão Econômica7.2. Gestão de Custos7.3. Gestão de Investimentos7.4. Gestão de Riscos PROFA. MSC. THAYS 13 PERASSOLI BOIKO
  14. 14. 8.1. Projeto e Organização do Trabalho8.2. Ergonomia8.3. Sistemas de Gestão de Higiene e Segurança do Trabalho8.4. Gestão de Riscos de Acidentes do Trabalho PROFA. MSC. THAYS 14 PERASSOLI BOIKO
  15. 15. 9.1. Gestão Ambiental9.2. Sistemas de Gestão Ambiental e Certificação9.3. Gestão de Recursos Naturais e Energéticos9.4. Gestão de Efluentes e Resíduos Industriais9.5. Produção mais Limpa e Ecoeficiência9.6. Responsabilidade Social9.7. Desenvolvimento Sustentável PROFA. MSC. THAYS 15 PERASSOLI BOIKO
  16. 16. 4.1.2 Porque Projetar Novos Produtos PROFA. MSC. THAYS 16 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  17. 17. • EM TERMOS GERAIS A NECESSIDADE DE PROJETAR NOVOS PRODUTOS RESIDE NAS: o Alterações nos hábitos da sociedade – os padrões de vida não param de mudar; o Avanços tecnológicos; o A criação de novas necessidades dos consumidores, que precisam ser satisfeitas por novos produtos; PROFA. MSC. THAYS 17 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  18. 18. o Abertura de mercados; o Necessidades das empresas de diferenciarem os seus produtos em relação aos seus concorrentes – a diferenciação é indispensável ao sucesso do negócio; PROFA. MSC. THAYS 18 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  19. 19. o Mudanças na distribuição etária da população; o Aspectos ambientais; o Diminuição do ciclo de vida dos produtos; PROFA. MSC. THAYS 19 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  20. 20. o O aparecimento de um conjunto de novas situações de ordem econômica, social e comportamental que irão reger o consumo de produtos: • Biotecnologia; • Aumento da expectativa de vida; • Reformulação dos canais de distribuição; • Crescimento de novas empresas, devido à necessidade de empreendimentos que substituem o emprego tradicional. PROFA. MSC. THAYS 20 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  21. 21. • EM TERMOS DE BRASIL A NECESSIDADE DE PROJETAR NOVOS PRODUTOS RESIDE NAS: 1) Nova demografia brasileira; 2) O aumento da força da mulher no poder de compra. PROFA. MSC. THAYS 21 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  22. 22. 1) Nova demografia brasileira: i) Dois seguimentos sociais distintos: 1) Classe média baixa: mais numerosa, responsável pelo grande volume de produção e consumo; 2) Classe média alta: com integrantes mais informados, exigentes e com padrão de consumo parecidos aos países desenvolvidos; ii) Inversão da pirâmide etária (fenômeno mundial). PROFA. MSC. THAYS 22 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  23. 23. Dois seguimentos sociais distintos da economia brasileira levam à “POLARIZAÇÃO DOS PRODUTOS E DE SEUS MERCADOS”: 1) Foco de compra da classe média baixa: • custo; • praticidade; • conveniência; 2) Foco de compra da classe média alta: • valor agregado; • sofisticação; • modismos culturais; • apelos de charme e beleza. PROFA. MSC. THAYS 23 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  24. 24. Inversão da pirâmide etária (fenômeno mundial), fez com que dois segmentos etários passassem a ser importantes para a área de desenvolvimento de novos produtos: 1) Consumidores jovens; 2) Consumidores da melhor idade. PROFA. MSC. THAYS 24 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  25. 25. 2) O aumento da força da mulher no poder de compra: • As mulheres representam 44% da população economicamente ativa; • As mulheres são responsáveis por 70% das decisões de compra de uma família. o O Projeto do Produto deve levar em consideração os aspectos relacionados com os interesses femininos, enfatizar a visão feminina sobre os produtos, como: • Desenho apropriado; • Cores apropriadas; • Menor peso; • Várias opções de estilo. PROFA. MSC. THAYS 25 PERASSOLI BOIKO
  26. 26. 4.1.3 O que é Projeto do Produto PROFA. MSC. THAYS 26 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  27. 27. O que é PROJETO DE PRODUTO? Moreira (2000) e Grupo de Engenharia Integrada - NUMA: PROJETO DO PRODUTO É O PROCESSO DE NEGÓCIO CUJAS TAREFA SÃO: i) ANALISAR AS NECESSIDADES E EXPECTATIVAS DOS CONSUMIDORES E CRIAR UMA ESPECIFICAÇÃO PARA O PRODUTO OU SERVIÇO, E; ii) TRANSMITIR TODAS AS INFORMAÇÕES SOBRE O PROJETO E O PRODUTO PARA TODAS AS ÁREAS FUNCIONAIS DA EMPRESA. PROFA. MSC. THAYS 27 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  28. 28. PROCESSO Necessidades e expectativas dos DE consumidores ANÁLISE Especificações para o produto E CRIAÇÃOOPORTUNIDADES DO MERCADO PROFA. MSC. THAYS 28 PERASSOLI BOIKO
  29. 29. Mas como é este processo de análise e criação no Projeto do Produto?? IV PROJETO DO PRODUTO - Hiperlink i - PROCESSO DE ANÁLISE E CRIAÇÃO NO PROJETO DO PRODUTO PROFA. MSC. THAYS 29 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  30. 30. • As seguintes decisões são tomadas no Projeto do Produto: a) Geração de Idéias; b) Investigação/Triagem/Filtro/Pré-análise de Idéias; c) Desenvolvimento e Teste de Conceito (elaboração de idéia); d) Desenvolvendo a Estratégia de Marketing e Análise Comercial; e) Desenvolvimento de Produto; f) Teste de Mercado; g) Comercialização. PROFA. MSC. THAYS 30 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  31. 31. O QUE FAZER PARA SABER SE O QUE ESTÁ SENDO PROPOSTO NO PROJETO DO PRODUTO JÁ EXISTE? • REALIZAR UM ESTUDO BIBLIOGRÁFICO E DOCUMENTAL E DA CONCORRÊNCIA: o As publicações existentes tornam-se essenciais para verificar-se a existência ou não de projetos similares, evitando-se a repetição; o O amplo conhecimento daquilo que está publicado aumenta significativamente a capacidade de visão sobre o assunto a ser abordado e, principalmente o vocabulário; PROFA. MSC. THAYS 31 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  32. 32. o As referências existentes auxiliam na elaboração dos argumentos a serem formulados para a defesa e complementação das novas idéias propostas no projeto; o O ponto de vista de outros autores pode salientar a importância do novo projeto que está sendo proposto; o A comprovação da inexistência de publicações sobre o assunto proposto justifica a relevância do novo projeto. PROFA. MSC. THAYS 32 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  33. 33. 4.1.4 A relação entre Projeto do Produto e Projeto do Processo PROFA. MSC. THAYS 33 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  34. 34. PROFA. MSC. THAYS 34 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  35. 35. 4.2 A LEGISLAÇÃO NO PROJETO DO PRODUTO PROFA. MSC. THAYS 35 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  36. 36. • NO DESENVOLVIMENTO DO PROJETO DO PRODUTOS DEVE-SE CONSIDERAR A LEGISLAÇÃO VIGENTE, REFERENTE AO TIPO DE PRODUTO, NOS CONTEXTOS: o INTERNACIONAL; o FEDERAL; o ESTADUAL; o MUNICIPAL; PROFA. MSC. THAYS 36 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  37. 37. • POR EXEMPLO: o Considere o projeto de uma nova massa recheada de carne bovina, com molho rose a base de leite e tomate, pré-pronta congelada; o Deve-se considerar que este produto sede acordo com sua classificação do ponto de vista da legislação, se enquadra nos seguintes tipo de produtos: - massa; - produto com glúten; - produto de origem animal; - produto de origem vegetal; - produto com condimentos; - produto com composição láctea; - produto congelado; - produto pré-pronto; o Deve-se levantar e considerar no Projeto do Produto, toda a legislação vigente sobre estes tipos de produtos. PROFA. MSC. THAYS 37 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  38. 38. 4.3 ETAPAS DO PROJETO DO PRODUTO PROFA. MSC. THAYS 38 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  39. 39. 4.3.1 Estrutura do Relatório do Projeto do Produto – Proposta de Sumário para o Projeto do Produto PROFA. MSC. THAYS 39 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  40. 40. IV PROJETO DO PRODUTO - Hiperlink ii - ESTRUTURA DO RELATÓRIO DO PROJETO DO PRODUTO PROFA. MSC. THAYS 40 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  41. 41. 4.3.2 Assuntos envolvidos em Projetos de Produtos e bibliografia indicada PROFA. MSC. THAYS 41 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  42. 42. IV PROJETO DO PRODUTO - Hiperlink iii - ASSUNTOS ENVOLVIDOS E BIBLIGRAFIA INDICADA PROFA. MSC. THAYS 42 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  43. 43. REFERÊNCIAS E BIBLIOGRAFIA UTILIZADA PROFA. MSC. THAYS 43 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  44. 44. ABEPRO. Áreas e Sub-áreas de Engenharia de Produção. Disponível em: <http://www.abepro.org.br/interna.asp?p=399&m=424&s=1&c=362>. Acesso em: 15 de junho de 2009 às 13 hs 15. DANTAS, D. Parâmetros para a avaliação da qualidade de embalagens de consumo: o caso das embalagens de água sanitária. (Dissertação). São Paulo: USP, 1998, p. 65-71; 95-7. GRUPO DE ENGENHARIA INTEGRADA – NÚCLEO DE MANUFATURA AVANÇADA (NUMA) – DEP – EESC – USP. Abordagem do Grupo de Engenharia Integrada para o Business Process Desenvolvimento de Produto. Disponível em: http://www.numa.org.br/conhecimentos/conhecimentos_port/pag_conhec/Propo sta_do_Grupo_de_Engenharia_Integrada.html#Informações. MOREIRA et al. Dicionário de termos de marketing. 2 ed. São Paulo: Atlas, 1997. PROFA. MSC. THAYS 44 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  45. 45. NANTES, José F. D. Projeto de Produtos Agroindustriais. IN: BATALHA, Mário O. (Org.). Gestão Agroindustrial. 2 ed. São Paulo: Atlas, 2001. 2v. v.1 518- 555. PINATTI, A. E. O Design de Embalagem de Consumo e o Meio Ambiente: o sistema ecológico-ambiental: ecodesign. (Tese). São Paulo: USP, 1999. SANDRONI, P. Novíssimo Dicionário de Economia. São Paulo: Best Seller, 1999, p. 488. PROFA. MSC. THAYS 45 PERASSOLI BOIKO d ãC C Ma m p u s e a m p o o u r o
  46. 46. C d C M ãa m p u s e a m p o o u r o PROJETO DO PRODUTO Professora Mestre THAYS PERASSOLI BOIKO thaysperassoli@bol.com.br PROFA. MSC. THAYS 46 PERASSOLI BOIKO

×