GIOVANNA VICTER
Secretária de Planejamento,
Modernização da Gestão e Controle
17 de setembro de 2015
• Advento da CF/1988: contexto de
descentralização.
• Maior autonomia dos municípios e
crescente acesso aos recursos fisca...
• Modernização da gestão: quebra de paradigmas e
gestão da informação.
• Utilização de soluções integradas de TI para
apri...
• Passivo financeiro herdado da gestão anterior e
existência de diversos sistemas no âmbito
municipal.
• Diagnóstico: a) 4...
• Por que o e-cidade?
• Processo de implantação do e-cidade em Niterói
iniciou-se no primeiro semestre de 2014: a)
contrat...
• Vantagens do software e-cidade.
• Termo de cooperação técnica firmado entre a
SEPLAG e a Prefeitura Municipal de Niterói...
• Fases da implantação do e-cidade: a) aderência; b)
migração; c) capacitação; d) implantação; e)
homologação; f) monitora...
• 1ª edição do “Prêmio Gestão Pública Municipal de
Niterói” (2014): reconhecimento e valorização dos
servidores públicos q...
• A continuidade da modernização da estrutura
municipal depende da atualização da infraestrutura
tecnológica.
• Altíssimos...
Obrigada!
www.seplag.niteroi.rj.gov.br
www.facebook.com/seplagniteroi
GIOVANNA VICTER
Secretária de Planejamento,
Moderniz...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Rio Info 2015 - Projeto e-Cidade - Informatização da cidade de Niterói - Giovanna victer

371 visualizações

Publicada em

Rio Info 2015 - Projeto e-Cidade - Informatização da cidade de Niterói
Palestrante: Giovanna victer

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
371
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Rio Info 2015 - Projeto e-Cidade - Informatização da cidade de Niterói - Giovanna victer

  1. 1. GIOVANNA VICTER Secretária de Planejamento, Modernização da Gestão e Controle 17 de setembro de 2015
  2. 2. • Advento da CF/1988: contexto de descentralização. • Maior autonomia dos municípios e crescente acesso aos recursos fiscais. • Aumento da accountability e da responsividade por parte dos entes municipais. • Objetivo da atual gestão de Niterói: busca pela integração de processos e procedimentos administrativos.
  3. 3. • Modernização da gestão: quebra de paradigmas e gestão da informação. • Utilização de soluções integradas de TI para aprimorar a eficiência, eficácia e efetividade dos processos e atos administrativos. • Gestão Rodrigo Neves: controle efetivo e integralização das informações. • Software em open source, e-cidade, como ferramenta essencial desse novo modelo de gestão.
  4. 4. • Passivo financeiro herdado da gestão anterior e existência de diversos sistemas no âmbito municipal. • Diagnóstico: a) 46 sistemas de protocolo; b) 11 sistemas de folha de pagamentos; c) 10 sistemas contábeis; d) estrutura lógica e elétrica deficiente; e) inexistência de estratégia de tecnologia, informação e comunicação.
  5. 5. • Por que o e-cidade? • Processo de implantação do e-cidade em Niterói iniciou-se no primeiro semestre de 2014: a) contratação de técnicos; b) adequação da infraestrutura; c) mudança de cultura dos servidores públicos. • Uma das vertentes do Projeto “Modernização da Gestão de TI da PMN”: objetivo de aprimorar a administração dos sistemas e informações.
  6. 6. • Vantagens do software e-cidade. • Termo de cooperação técnica firmado entre a SEPLAG e a Prefeitura Municipal de Niterói (PMN), com a interveniência do PRODERJ. • Ação denominada “Gestão da Informação para Fortalecimento da Ação Governamental”, cujo um dos objetivos é modernizar o sistema de informações. • Expertise do PRODERJ na implantação do software e-cidade.
  7. 7. • Fases da implantação do e-cidade: a) aderência; b) migração; c) capacitação; d) implantação; e) homologação; f) monitoramento das demandas específicas de cada órgão/entidade. • A SEPLAG coordenou o processo de avaliação dos riscos e dos impactos da implantação do sistema no âmbito municipal: o critério de classificação dos riscos baseou-se no grau de severidade. • Planejamento de ações mitigadoras para evitar a reincidência dos mesmos problemas verificados.
  8. 8. • 1ª edição do “Prêmio Gestão Pública Municipal de Niterói” (2014): reconhecimento e valorização dos servidores públicos que trabalharam pela viabilização do sistema no município. • Contribuição do software e-cidade para o aprimoramento da gestão municipal e o desenvolvimento de uma cultura da informação em Niterói. • Principais resultados e desafios da implantação do sistema.
  9. 9. • A continuidade da modernização da estrutura municipal depende da atualização da infraestrutura tecnológica. • Altíssimos investimentos de recursos financeiros, humanos e de tempo da missão institucional. • Experiência de Niterói, como o primeiro município de grande porte a utilizar o software e-cidade, constitui benchmark para outros entes subnacionais.
  10. 10. Obrigada! www.seplag.niteroi.rj.gov.br www.facebook.com/seplagniteroi GIOVANNA VICTER Secretária de Planejamento, Modernização da Gestão e Controle

×