SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 39
Baixar para ler offline
COMO CAPTAR RECURSOS
NÃO-REEMBOLSÁVEIS
EM EDITAIS DE
INOVAÇÃO?
17/09 – 11h
Palestrante: Elyr Teixeira
ELYR TEIXEIRA – CEO (BRAZIL)
2009 - 2015 | PhD in Biomedical Engineering
2004 - 2006 | MSc in Biomedical Engineering
1998 - 2003 | Bachelor Electronic Engineering
2010 | CEO (Senfio)
2014 | RFID Specialist (RFID Institute)
2013 | Scientific Technical Coordinator ABEClin
2011 - 2014 | CIO (Inovecare)
2008 - 2010 | Technical Director (RioTak company)
2006 - 2009 | Researcher (Inmetro Institute)
2005 - 2006 | University teacher (Gama Filho and Unig Univesity)
2010 - 2017 | Coordinator of projects:
+ Algorithm development for location of active RFID tags
+ Developer software tool in flow cytometry
+ Real-time location system with active RFID tags for Wi-Fi
+ Hand Hygiene Product
2 Patents Peding (PI0801248-2A2 and BR 10 2013 021587 2)
+ 1.850.000,00 em Subvenção Econômica (5 anos)
Full details here!
TIPOS DE FINANCIAMENTO
TIPOS DE FINANCIAMENTO
TIPOS DE FINANCIAMENTO
TIPOS DE FINANCIAMENTO
TIPOS DE FINANCIAMENTO
A subvenção econômica pode ser
definida como o compartilhamento dos
custos e riscos da pesquisa e
desenvolvimento (P&D) entre empresa e
Estado. Seu uso está previsto no artigo
8º do acordo da Organização Mundial do
Comércio (OMC).
Mas o que é: SUBVENÇÃO
ECONÔMICA?
Fonte: Protec (www.protec.org.br)
 Finep (Tecnova);
 CNPq (Bolsas RHAE, etc);
 FAPs (FAPERJ, FAPESP, FACEPE, etc);
 Sebrae (Sebraetec);
 Sesi/Senai (Edital Inovação);
 Embrapi.
AGÊNCIAS DE FOMENTO
Fonte: Protec (www.protec.org.br)
CNPq (Bolsas RHAE)
1. Até 300 mil em bolsas;
2. Inserção de Mestres ou Doutores;
3. Valores das bolsas é tabelado;
a. R$: de 3 à 6 mil (líquido);
4. Formulário próprio para submissão
do projeto;
5. Contrapartida. Mínimo de 10%.
6. Até 24 meses;
CARACTERÍSITCAS DE ALGUNS
EDITAIS “FAMOSOS”
Fonte: CNPq (http://www.cnpq.br/web/guest/apresentacao14)
FAPERJ (Mestre e Doutores nas Empresas)
1. Inserção de Mestre ou Doutor;
2. Valores das bolsas é tabelado;
a. R$: de 2,8 à 5,690 mil (líquido);
3. Contrapartida. Mínimo de 10%.
4. Duração de 12 meses + 12 meses;
5. Participação de outras empresas;
6. Comprovar experiência do coordenador
e/ou equipe;
CARACTERÍSITCAS DE ALGUNS
EDITAIS “FAMOSOS”
Fonte: Faperj (http://www.faperj.br/)
FAPERJ (Auxílio para a Inserção de Novas
Tecnologias no Mercado)
1. Divulgação e/ou comercialização de
resultados de pesquisas que obtiveram
apoio da FAPERJ.
2. Verbas para Custeio (protótipos, feiras,
voos, diárias, videos, folder, etc);
3. Duração de 12 meses;
CARACTERÍSITCAS DE ALGUNS
EDITAIS “FAMOSOS”
Fonte: Faperj (http://www.faperj.br/?id=28.4.0)
Sebrae (Sebraetec)
1. Todo ano a regra muda!!!;
2. O Sebrae financia até 80%. Cliente fica
com 20%.
3. Cliente paga no início do projeto;
4. Não é uma concorrência de projetos;
5. Duração reduzida. Tipicamente 3 meses
6. Cada estado tem regras próprias;
CARACTERÍSITCAS DE ALGUNS
EDITAIS “FAMOSOS”
Fonte: Sebrae (http://sites.pr.sebrae.com.br/sebraetec/)
Sesi/Senai
1. Indústria (mas também startups de
base tecnológica);
2. Dividido em ciclos ao longo do ano.
Fluxo contínuo;
3. De R$ 150 mil a 400 mil;
4. Duração de 10 à 20 meses;
5. Recursos vão para a DR. Não para a
empresa.
CARACTERÍSITCAS DE ALGUNS
EDITAIS “FAMOSOS”
Fonte: Senai (http://www.portaldaindustria.com.br/senai/canal/sesi-senai-inovacao-home/)
VAMOS ENTENDER MELHOR
Critérios do Edital RHAE (CNPq)
• Descrição do Projeto
• Objetivos;
• Relevância do projeto para as áreas prioritárias
ou de interesse para o setor empresarial;
• Metodologia;
• Cronograma de execução;
• Gestão do Projeto
• Viabilidade do Projeto
• Técnica;
• Econômica e Mercadológica
Critérios do Edital RHAE (CNPq)
• Descrição do Projeto
• Objetivos;
• Relevância do projeto para as áreas prioritárias
ou de interesse para o setor empresarial;
• Metodologia;
• Cronograma de execução;
• Gestão do Projeto
• Viabilidade do Projeto
• Técnica;
• Econômica e Mercadológica
Embase suas afirmações
• Leis
• Decretos
• Portarias
governamentais
Embase suas afirmações.
EXEMPLO
“O projeto está alinhado com a lei n 12.593/2012, que institui o
Plano Plurianual da União para o período de 2012 a 2015, pois
contribui para a garantia da soberania nacional e o crescimento
econômico sustentável sob os pilares da ciência e tecnologia.
Mais especificamente, auxilia em algumas das metas
estabelecidas, como por exemplo, o programa 2015, objetivo
717,...”
“A portaria n° 1.284/GM/MS, de 26 de maio de 2010, que altera
a lista de produtos estratégicos da portaria n 978/2008, no
âmbito do SUS, verifica-se o item 5.1 Bolsa para Coleta e
Armazenamento de Sangue Humano, como integrante desta
nova lista. O sensor aqui proposto poderá ser ...”
Critérios do Edital RHAE (CNPq)
• Descrição do Projeto
• Objetivos;
• Relevância do projeto para as áreas prioritárias
ou de interesse para o setor empresarial;
• Metodologia;
• Cronograma de execução;
• Gestão do Projeto
• Viabilidade do Projeto
• Técnica;
• Econômica e Mercadológica
Critérios do Edital RHAE (CNPq)
• Descrição do Projeto
• Objetivos;
• Relevância do projeto para as áreas prioritárias
ou de interesse para o setor empresarial;
• Metodologia;
• Cronograma de execução;
• Gestão do Projeto
• Viabilidade do Projeto
• Técnica;
• Econômica e Mercadológica
Gráfico de gantt
Critérios do Edital RHAE (CNPq)
• Descrição do Projeto
• Objetivos;
• Relevância do projeto para as áreas prioritárias
ou de interesse para o setor empresarial;
• Metodologia;
• Cronograma de execução;
• Gestão do Projeto
• Viabilidade do Projeto
• Técnica;
• Econômica e Mercadológica
Critérios do Edital RHAE (CNPq)
• Descrição do Projeto
• Objetivos;
• Relevância do projeto para as áreas prioritárias
ou de interesse para o setor empresarial;
• Metodologia;
• Cronograma de execução;
• Gestão do Projeto
• Viabilidade do Projeto
• Técnica;
• Econômica e Mercadológica
Critérios do Edital RHAE (CNPq)
• Descrição do Projeto
• Objetivos;
• Relevância do projeto para as áreas prioritárias
ou de interesse para o setor empresarial;
• Metodologia;
• Cronograma de execução;
• Gestão do Projeto
• Viabilidade do Projeto
• Técnica;
• Econômica e Mercadológica
Critérios do Edital RHAE (CNPq)
• Pesquisa Patentária
• Equipe executora
• Recursos e bolsas solicitadas
• Recursos de outras agências de fomento;
• Contrapartida;
• Bolsas Solicitadas
• Requisitos legais e regulamentares
• Perspectivas
Critérios do Edital RHAE (CNPq)
• Pesquisa Patentária
• Equipe executora
• Recursos e bolsas solicitadas
• Recursos de outras agências de fomento;
• Contrapartida;
• Bolsas Solicitadas
• Requisitos legais e regulamentares
• Perspectivas
Critérios do Edital RHAE (CNPq)
• Pesquisa Patentária
• Equipe executora
• Recursos e bolsas solicitadas
• Recursos de outras agências de fomento;
• Contrapartida;
• Bolsas Solicitadas
• Requisitos legais e regulamentares
• Perspectivas
Critérios do Edital RHAE (CNPq)
• Pesquisa Patentária
• Equipe executora
• Recursos e bolsas solicitadas
• Recursos de outras agências de fomento;
• Contrapartida;
• Bolsas Solicitadas.
• Requisitos legais e regulamentares
• Perspectivas
Infraestrutura não é Contrapartida!
Critérios do Edital RHAE (CNPq)
• Pesquisa Patentária
• Equipe executora
• Recursos e bolsas solicitadas
• Recursos de outras agências de fomento;
• Contrapartida;
• Bolsas Solicitadas;
• Requisitos legais e regulamentares
• Perspectivas
Não peça muito.
Peça certo.
Critérios do Edital RHAE (CNPq)
• Pesquisa Patentária
• Equipe executora
• Recursos e bolsas solicitadas
• Recursos de outras agências de fomento;
• Contrapartida;
• Bolsas Solicitadas
• Requisitos legais e regulamentares
• Perspectivas
Critérios do Edital RHAE (CNPq)
• Pesquisa Patentária
• Equipe executora
• Recursos e bolsas solicitadas
• Recursos de outras agências de fomento;
• Contrapartida;
• Bolsas Solicitadas
• Requisitos legais e regulamentares
• Perspectivas
DICAS
Feedback
Feedback
Atente-se aos
DETALHES
Elyr Teixeira
CEO
elyr@senfio.com

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Xerox-Appreciation Award 2016
Xerox-Appreciation Award 2016Xerox-Appreciation Award 2016
Xerox-Appreciation Award 2016DEEPAK KAUSHIK
 
iSR'obot Mona Lisa Product Presentation- June 2016
iSR'obot Mona Lisa Product Presentation- June 2016iSR'obot Mona Lisa Product Presentation- June 2016
iSR'obot Mona Lisa Product Presentation- June 2016Emril Ali
 
한국사이버테크 Ha dr 구축전략 160527
한국사이버테크 Ha dr 구축전략 160527한국사이버테크 Ha dr 구축전략 160527
한국사이버테크 Ha dr 구축전략 160527성호 윤
 
Barcelona MeetUp - Kontena Intro
Barcelona MeetUp - Kontena IntroBarcelona MeetUp - Kontena Intro
Barcelona MeetUp - Kontena IntroKontena, Inc.
 
Openstack days sv building highly available services using kubernetes (preso)
Openstack days sv   building highly available services using kubernetes (preso)Openstack days sv   building highly available services using kubernetes (preso)
Openstack days sv building highly available services using kubernetes (preso)Allan Naim
 
Advanced Patterns with io.ReadWriter
Advanced Patterns with io.ReadWriterAdvanced Patterns with io.ReadWriter
Advanced Patterns with io.ReadWriterWeaveworks
 
The ultimate container monitoring bake-off - Rancher Online Meetup October 2016
The ultimate container monitoring bake-off - Rancher Online Meetup October 2016The ultimate container monitoring bake-off - Rancher Online Meetup October 2016
The ultimate container monitoring bake-off - Rancher Online Meetup October 2016Shannon Williams
 
Resume%20Angela1%20Morgan%20doc2%20.d(2)[1]
Resume%20Angela1%20Morgan%20doc2%20.d(2)[1]Resume%20Angela1%20Morgan%20doc2%20.d(2)[1]
Resume%20Angela1%20Morgan%20doc2%20.d(2)[1]Angela Morgan
 

Destaque (11)

Xerox-Appreciation Award 2016
Xerox-Appreciation Award 2016Xerox-Appreciation Award 2016
Xerox-Appreciation Award 2016
 
Computer virus
Computer virusComputer virus
Computer virus
 
iSR'obot Mona Lisa Product Presentation- June 2016
iSR'obot Mona Lisa Product Presentation- June 2016iSR'obot Mona Lisa Product Presentation- June 2016
iSR'obot Mona Lisa Product Presentation- June 2016
 
한국사이버테크 Ha dr 구축전략 160527
한국사이버테크 Ha dr 구축전략 160527한국사이버테크 Ha dr 구축전략 160527
한국사이버테크 Ha dr 구축전략 160527
 
Barcelona MeetUp - Kontena Intro
Barcelona MeetUp - Kontena IntroBarcelona MeetUp - Kontena Intro
Barcelona MeetUp - Kontena Intro
 
Openstack days sv building highly available services using kubernetes (preso)
Openstack days sv   building highly available services using kubernetes (preso)Openstack days sv   building highly available services using kubernetes (preso)
Openstack days sv building highly available services using kubernetes (preso)
 
Presentation1
Presentation1Presentation1
Presentation1
 
WTF Is Rancher?
WTF Is Rancher?WTF Is Rancher?
WTF Is Rancher?
 
Advanced Patterns with io.ReadWriter
Advanced Patterns with io.ReadWriterAdvanced Patterns with io.ReadWriter
Advanced Patterns with io.ReadWriter
 
The ultimate container monitoring bake-off - Rancher Online Meetup October 2016
The ultimate container monitoring bake-off - Rancher Online Meetup October 2016The ultimate container monitoring bake-off - Rancher Online Meetup October 2016
The ultimate container monitoring bake-off - Rancher Online Meetup October 2016
 
Resume%20Angela1%20Morgan%20doc2%20.d(2)[1]
Resume%20Angela1%20Morgan%20doc2%20.d(2)[1]Resume%20Angela1%20Morgan%20doc2%20.d(2)[1]
Resume%20Angela1%20Morgan%20doc2%20.d(2)[1]
 

Semelhante a Rio Info 2015 - Como captar recursos não reembolsáveis em editais de inovação - Elyr Teixeira

PMO TI - Projeto de Implantação numa Agência Pública Federal - o caso Finep
PMO TI - Projeto de  Implantação numa Agência  Pública Federal - o caso FinepPMO TI - Projeto de  Implantação numa Agência  Pública Federal - o caso Finep
PMO TI - Projeto de Implantação numa Agência Pública Federal - o caso FinepRoberto Chiacchio
 
Linhas de fomento para empresas inovadoras 2014
Linhas de fomento para empresas inovadoras 2014Linhas de fomento para empresas inovadoras 2014
Linhas de fomento para empresas inovadoras 2014auspin
 
Workshop de Inovação Tecnológica da UFTM
Workshop de Inovação Tecnológica da UFTMWorkshop de Inovação Tecnológica da UFTM
Workshop de Inovação Tecnológica da UFTMtiuberaba
 
Avaliação de Produção Técnica Tecnológica em CTI
Avaliação de Produção Técnica Tecnológica em CTIAvaliação de Produção Técnica Tecnológica em CTI
Avaliação de Produção Técnica Tecnológica em CTIRoberto C. S. Pacheco
 
Gestão do portfolio de serviço utilizando método AMD
Gestão do portfolio de serviço utilizando método AMDGestão do portfolio de serviço utilizando método AMD
Gestão do portfolio de serviço utilizando método AMDAlysson Amorim
 
Apresentação De Depoimento De Cio Agco
Apresentação De Depoimento De Cio AgcoApresentação De Depoimento De Cio Agco
Apresentação De Depoimento De Cio AgcoAghatha Maxi Consulting
 
Projetos na Industria Quimica
Projetos na Industria QuimicaProjetos na Industria Quimica
Projetos na Industria QuimicaFrancisco Chaves
 
Competitividade e Inovação - Clayton Campanhola - Diretor da Associação Brasi...
Competitividade e Inovação - Clayton Campanhola - Diretor da Associação Brasi...Competitividade e Inovação - Clayton Campanhola - Diretor da Associação Brasi...
Competitividade e Inovação - Clayton Campanhola - Diretor da Associação Brasi...Confederação Nacional da Indústria
 
Sapiens Parque Florianópolis
Sapiens Parque FlorianópolisSapiens Parque Florianópolis
Sapiens Parque FlorianópolisCorretor Pimentel
 
Balanço da PITCE - Avanços Conquistados e Desafios Imediatos (1).pdf
Balanço da PITCE - Avanços Conquistados e Desafios Imediatos (1).pdfBalanço da PITCE - Avanços Conquistados e Desafios Imediatos (1).pdf
Balanço da PITCE - Avanços Conquistados e Desafios Imediatos (1).pdfThiagoVictor35
 
Apresentacao Resute
Apresentacao ResuteApresentacao Resute
Apresentacao ResuteSilmar Silva
 
Rio Info 2010 - Fórum de Negócios - Oportunidades e Parcerias - João Lacão
Rio Info 2010 - Fórum de Negócios - Oportunidades e Parcerias - João LacãoRio Info 2010 - Fórum de Negócios - Oportunidades e Parcerias - João Lacão
Rio Info 2010 - Fórum de Negócios - Oportunidades e Parcerias - João LacãoRio Info
 
Outsourcing Desenvolvimento Aplicações
Outsourcing Desenvolvimento AplicaçõesOutsourcing Desenvolvimento Aplicações
Outsourcing Desenvolvimento AplicaçõesFernando Albuquerque
 
Apresentação alfob 2016 2017 - 2
Apresentação alfob 2016 2017 - 2Apresentação alfob 2016 2017 - 2
Apresentação alfob 2016 2017 - 2Alfob
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo - Atividade: Status Report
Gestão de Projetos e Empreendedorismo - Atividade: Status ReportGestão de Projetos e Empreendedorismo - Atividade: Status Report
Gestão de Projetos e Empreendedorismo - Atividade: Status ReportAlessandro Almeida
 
Planejamento Estratégico
Planejamento EstratégicoPlanejamento Estratégico
Planejamento EstratégicoAdemar Junior
 

Semelhante a Rio Info 2015 - Como captar recursos não reembolsáveis em editais de inovação - Elyr Teixeira (20)

PMO TI - Projeto de Implantação numa Agência Pública Federal - o caso Finep
PMO TI - Projeto de  Implantação numa Agência  Pública Federal - o caso FinepPMO TI - Projeto de  Implantação numa Agência  Pública Federal - o caso Finep
PMO TI - Projeto de Implantação numa Agência Pública Federal - o caso Finep
 
Linhas de fomento para empresas inovadoras 2014
Linhas de fomento para empresas inovadoras 2014Linhas de fomento para empresas inovadoras 2014
Linhas de fomento para empresas inovadoras 2014
 
Reunião Temática : Inteligência Tecnológica
Reunião Temática : Inteligência TecnológicaReunião Temática : Inteligência Tecnológica
Reunião Temática : Inteligência Tecnológica
 
Workshop de Inovação Tecnológica da UFTM
Workshop de Inovação Tecnológica da UFTMWorkshop de Inovação Tecnológica da UFTM
Workshop de Inovação Tecnológica da UFTM
 
Avaliação de Produção Técnica Tecnológica em CTI
Avaliação de Produção Técnica Tecnológica em CTIAvaliação de Produção Técnica Tecnológica em CTI
Avaliação de Produção Técnica Tecnológica em CTI
 
Pdi gtd2020
Pdi gtd2020Pdi gtd2020
Pdi gtd2020
 
Altec2013 1320
Altec2013 1320Altec2013 1320
Altec2013 1320
 
Gestão do portfolio de serviço utilizando método AMD
Gestão do portfolio de serviço utilizando método AMDGestão do portfolio de serviço utilizando método AMD
Gestão do portfolio de serviço utilizando método AMD
 
Apresentação De Depoimento De Cio Agco
Apresentação De Depoimento De Cio AgcoApresentação De Depoimento De Cio Agco
Apresentação De Depoimento De Cio Agco
 
Projetos na Industria Quimica
Projetos na Industria QuimicaProjetos na Industria Quimica
Projetos na Industria Quimica
 
Competitividade e Inovação - Clayton Campanhola - Diretor da Associação Brasi...
Competitividade e Inovação - Clayton Campanhola - Diretor da Associação Brasi...Competitividade e Inovação - Clayton Campanhola - Diretor da Associação Brasi...
Competitividade e Inovação - Clayton Campanhola - Diretor da Associação Brasi...
 
Sapiens Parque Florianópolis
Sapiens Parque FlorianópolisSapiens Parque Florianópolis
Sapiens Parque Florianópolis
 
Balanço da PITCE - Avanços Conquistados e Desafios Imediatos (1).pdf
Balanço da PITCE - Avanços Conquistados e Desafios Imediatos (1).pdfBalanço da PITCE - Avanços Conquistados e Desafios Imediatos (1).pdf
Balanço da PITCE - Avanços Conquistados e Desafios Imediatos (1).pdf
 
Apresentacao Resute
Apresentacao ResuteApresentacao Resute
Apresentacao Resute
 
Rio Info 2010 - Fórum de Negócios - Oportunidades e Parcerias - João Lacão
Rio Info 2010 - Fórum de Negócios - Oportunidades e Parcerias - João LacãoRio Info 2010 - Fórum de Negócios - Oportunidades e Parcerias - João Lacão
Rio Info 2010 - Fórum de Negócios - Oportunidades e Parcerias - João Lacão
 
Outsourcing Desenvolvimento Aplicações
Outsourcing Desenvolvimento AplicaçõesOutsourcing Desenvolvimento Aplicações
Outsourcing Desenvolvimento Aplicações
 
Apresentação alfob 2016 2017 - 2
Apresentação alfob 2016 2017 - 2Apresentação alfob 2016 2017 - 2
Apresentação alfob 2016 2017 - 2
 
Aula 04a rev_27_08_12_adm_prod_tgpi
Aula 04a rev_27_08_12_adm_prod_tgpiAula 04a rev_27_08_12_adm_prod_tgpi
Aula 04a rev_27_08_12_adm_prod_tgpi
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo - Atividade: Status Report
Gestão de Projetos e Empreendedorismo - Atividade: Status ReportGestão de Projetos e Empreendedorismo - Atividade: Status Report
Gestão de Projetos e Empreendedorismo - Atividade: Status Report
 
Planejamento Estratégico
Planejamento EstratégicoPlanejamento Estratégico
Planejamento Estratégico
 

Mais de Rio Info

Rio Info 2015: Painel: Educação digital: experiências e oportunidades - Sylvi...
Rio Info 2015: Painel: Educação digital: experiências e oportunidades - Sylvi...Rio Info 2015: Painel: Educação digital: experiências e oportunidades - Sylvi...
Rio Info 2015: Painel: Educação digital: experiências e oportunidades - Sylvi...Rio Info
 
Rio Info 2015 - Desafio de tornar networking em faturamento - Cristina Dissat
Rio Info 2015 - Desafio de tornar networking em faturamento - Cristina DissatRio Info 2015 - Desafio de tornar networking em faturamento - Cristina Dissat
Rio Info 2015 - Desafio de tornar networking em faturamento - Cristina DissatRio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Argentina - Visual Factory - Pablo Navarro
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Argentina - Visual Factory - Pablo NavarroRio Info 2015 - Salão da Inovação - Argentina - Visual Factory - Pablo Navarro
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Argentina - Visual Factory - Pablo NavarroRio Info
 
Rio Info 2015 - Plano de stock options o que fazer e o que não fazer - Marcel...
Rio Info 2015 - Plano de stock options o que fazer e o que não fazer - Marcel...Rio Info 2015 - Plano de stock options o que fazer e o que não fazer - Marcel...
Rio Info 2015 - Plano de stock options o que fazer e o que não fazer - Marcel...Rio Info
 
Rio Info 2015 - Empreendendo sonhos compartilhados - Natalie Witte
Rio Info 2015 - Empreendendo sonhos compartilhados - Natalie WitteRio Info 2015 - Empreendendo sonhos compartilhados - Natalie Witte
Rio Info 2015 - Empreendendo sonhos compartilhados - Natalie WitteRio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraíba - Luiz Maurício Fraga martins
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraíba - Luiz Maurício Fraga martinsRio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraíba - Luiz Maurício Fraga martins
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraíba - Luiz Maurício Fraga martinsRio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio Grande do Sul - Leandro Araújo carras...
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio Grande do Sul - Leandro Araújo carras...Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio Grande do Sul - Leandro Araújo carras...
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio Grande do Sul - Leandro Araújo carras...Rio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - São Paulo Capital - Valmir Souza - Biomob
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - São Paulo Capital - Valmir Souza -  BiomobRio Info 2015 - Salão da Inovação - São Paulo Capital - Valmir Souza -  Biomob
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - São Paulo Capital - Valmir Souza - BiomobRio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Portugal Finity - Orlando Ribas
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Portugal Finity - Orlando RibasRio Info 2015 - Salão da Inovação - Portugal Finity - Orlando Ribas
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Portugal Finity - Orlando RibasRio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Amazonas - Senior APP - Dalvanira Santos ...
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Amazonas - Senior APP - Dalvanira Santos ...Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Amazonas - Senior APP - Dalvanira Santos ...
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Amazonas - Senior APP - Dalvanira Santos ...Rio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Espírito Santo - Fabrio Oliveira
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Espírito Santo - Fabrio OliveiraRio Info 2015 - Salão da Inovação - Espírito Santo - Fabrio Oliveira
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Espírito Santo - Fabrio OliveiraRio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraná - Any Market - Rogério Gonçalves
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraná - Any Market - Rogério GonçalvesRio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraná - Any Market - Rogério Gonçalves
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraná - Any Market - Rogério GonçalvesRio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro Interior - Luís Gustavo Bo...
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro Interior - Luís Gustavo Bo...Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro Interior - Luís Gustavo Bo...
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro Interior - Luís Gustavo Bo...Rio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Alagoas - Leandro - Quanto Gastei
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Alagoas - Leandro - Quanto GasteiRio Info 2015 - Salão da Inovação - Alagoas - Leandro - Quanto Gastei
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Alagoas - Leandro - Quanto GasteiRio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro - Pedro Pisa - Ploog
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro - Pedro Pisa - PloogRio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro - Pedro Pisa - Ploog
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro - Pedro Pisa - PloogRio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Sergipe - Marcus Dratovsky
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Sergipe - Marcus DratovskyRio Info 2015 - Salão da Inovação - Sergipe - Marcus Dratovsky
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Sergipe - Marcus DratovskyRio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Maranhão - Weldys da Cruz Santos
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Maranhão - Weldys da Cruz SantosRio Info 2015 - Salão da Inovação - Maranhão - Weldys da Cruz Santos
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Maranhão - Weldys da Cruz SantosRio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Uruguai - Ricardo Fynn
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Uruguai - Ricardo FynnRio Info 2015 - Salão da Inovação - Uruguai - Ricardo Fynn
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Uruguai - Ricardo FynnRio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Goiás - Pedro Ivo Souza Medeiros - nectar
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Goiás - Pedro Ivo Souza Medeiros - nectarRio Info 2015 - Salão da Inovação - Goiás - Pedro Ivo Souza Medeiros - nectar
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Goiás - Pedro Ivo Souza Medeiros - nectarRio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Pernambuco - Fábio Santos Freire
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Pernambuco - Fábio Santos FreireRio Info 2015 - Salão da Inovação - Pernambuco - Fábio Santos Freire
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Pernambuco - Fábio Santos FreireRio Info
 

Mais de Rio Info (20)

Rio Info 2015: Painel: Educação digital: experiências e oportunidades - Sylvi...
Rio Info 2015: Painel: Educação digital: experiências e oportunidades - Sylvi...Rio Info 2015: Painel: Educação digital: experiências e oportunidades - Sylvi...
Rio Info 2015: Painel: Educação digital: experiências e oportunidades - Sylvi...
 
Rio Info 2015 - Desafio de tornar networking em faturamento - Cristina Dissat
Rio Info 2015 - Desafio de tornar networking em faturamento - Cristina DissatRio Info 2015 - Desafio de tornar networking em faturamento - Cristina Dissat
Rio Info 2015 - Desafio de tornar networking em faturamento - Cristina Dissat
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Argentina - Visual Factory - Pablo Navarro
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Argentina - Visual Factory - Pablo NavarroRio Info 2015 - Salão da Inovação - Argentina - Visual Factory - Pablo Navarro
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Argentina - Visual Factory - Pablo Navarro
 
Rio Info 2015 - Plano de stock options o que fazer e o que não fazer - Marcel...
Rio Info 2015 - Plano de stock options o que fazer e o que não fazer - Marcel...Rio Info 2015 - Plano de stock options o que fazer e o que não fazer - Marcel...
Rio Info 2015 - Plano de stock options o que fazer e o que não fazer - Marcel...
 
Rio Info 2015 - Empreendendo sonhos compartilhados - Natalie Witte
Rio Info 2015 - Empreendendo sonhos compartilhados - Natalie WitteRio Info 2015 - Empreendendo sonhos compartilhados - Natalie Witte
Rio Info 2015 - Empreendendo sonhos compartilhados - Natalie Witte
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraíba - Luiz Maurício Fraga martins
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraíba - Luiz Maurício Fraga martinsRio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraíba - Luiz Maurício Fraga martins
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraíba - Luiz Maurício Fraga martins
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio Grande do Sul - Leandro Araújo carras...
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio Grande do Sul - Leandro Araújo carras...Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio Grande do Sul - Leandro Araújo carras...
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio Grande do Sul - Leandro Araújo carras...
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - São Paulo Capital - Valmir Souza - Biomob
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - São Paulo Capital - Valmir Souza -  BiomobRio Info 2015 - Salão da Inovação - São Paulo Capital - Valmir Souza -  Biomob
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - São Paulo Capital - Valmir Souza - Biomob
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Portugal Finity - Orlando Ribas
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Portugal Finity - Orlando RibasRio Info 2015 - Salão da Inovação - Portugal Finity - Orlando Ribas
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Portugal Finity - Orlando Ribas
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Amazonas - Senior APP - Dalvanira Santos ...
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Amazonas - Senior APP - Dalvanira Santos ...Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Amazonas - Senior APP - Dalvanira Santos ...
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Amazonas - Senior APP - Dalvanira Santos ...
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Espírito Santo - Fabrio Oliveira
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Espírito Santo - Fabrio OliveiraRio Info 2015 - Salão da Inovação - Espírito Santo - Fabrio Oliveira
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Espírito Santo - Fabrio Oliveira
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraná - Any Market - Rogério Gonçalves
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraná - Any Market - Rogério GonçalvesRio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraná - Any Market - Rogério Gonçalves
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraná - Any Market - Rogério Gonçalves
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro Interior - Luís Gustavo Bo...
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro Interior - Luís Gustavo Bo...Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro Interior - Luís Gustavo Bo...
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro Interior - Luís Gustavo Bo...
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Alagoas - Leandro - Quanto Gastei
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Alagoas - Leandro - Quanto GasteiRio Info 2015 - Salão da Inovação - Alagoas - Leandro - Quanto Gastei
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Alagoas - Leandro - Quanto Gastei
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro - Pedro Pisa - Ploog
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro - Pedro Pisa - PloogRio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro - Pedro Pisa - Ploog
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro - Pedro Pisa - Ploog
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Sergipe - Marcus Dratovsky
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Sergipe - Marcus DratovskyRio Info 2015 - Salão da Inovação - Sergipe - Marcus Dratovsky
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Sergipe - Marcus Dratovsky
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Maranhão - Weldys da Cruz Santos
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Maranhão - Weldys da Cruz SantosRio Info 2015 - Salão da Inovação - Maranhão - Weldys da Cruz Santos
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Maranhão - Weldys da Cruz Santos
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Uruguai - Ricardo Fynn
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Uruguai - Ricardo FynnRio Info 2015 - Salão da Inovação - Uruguai - Ricardo Fynn
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Uruguai - Ricardo Fynn
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Goiás - Pedro Ivo Souza Medeiros - nectar
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Goiás - Pedro Ivo Souza Medeiros - nectarRio Info 2015 - Salão da Inovação - Goiás - Pedro Ivo Souza Medeiros - nectar
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Goiás - Pedro Ivo Souza Medeiros - nectar
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Pernambuco - Fábio Santos Freire
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Pernambuco - Fábio Santos FreireRio Info 2015 - Salão da Inovação - Pernambuco - Fábio Santos Freire
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Pernambuco - Fábio Santos Freire
 

Último

ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx2m Assessoria
 
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfInocencioHoracio3
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASMarcio Venturelli
 
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAMarcio Venturelli
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx2m Assessoria
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 

Último (8)

ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
 
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
 
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 

Rio Info 2015 - Como captar recursos não reembolsáveis em editais de inovação - Elyr Teixeira

  • 1. COMO CAPTAR RECURSOS NÃO-REEMBOLSÁVEIS EM EDITAIS DE INOVAÇÃO? 17/09 – 11h Palestrante: Elyr Teixeira
  • 2. ELYR TEIXEIRA – CEO (BRAZIL) 2009 - 2015 | PhD in Biomedical Engineering 2004 - 2006 | MSc in Biomedical Engineering 1998 - 2003 | Bachelor Electronic Engineering 2010 | CEO (Senfio) 2014 | RFID Specialist (RFID Institute) 2013 | Scientific Technical Coordinator ABEClin 2011 - 2014 | CIO (Inovecare) 2008 - 2010 | Technical Director (RioTak company) 2006 - 2009 | Researcher (Inmetro Institute) 2005 - 2006 | University teacher (Gama Filho and Unig Univesity) 2010 - 2017 | Coordinator of projects: + Algorithm development for location of active RFID tags + Developer software tool in flow cytometry + Real-time location system with active RFID tags for Wi-Fi + Hand Hygiene Product 2 Patents Peding (PI0801248-2A2 and BR 10 2013 021587 2) + 1.850.000,00 em Subvenção Econômica (5 anos) Full details here!
  • 8. A subvenção econômica pode ser definida como o compartilhamento dos custos e riscos da pesquisa e desenvolvimento (P&D) entre empresa e Estado. Seu uso está previsto no artigo 8º do acordo da Organização Mundial do Comércio (OMC). Mas o que é: SUBVENÇÃO ECONÔMICA? Fonte: Protec (www.protec.org.br)
  • 9.  Finep (Tecnova);  CNPq (Bolsas RHAE, etc);  FAPs (FAPERJ, FAPESP, FACEPE, etc);  Sebrae (Sebraetec);  Sesi/Senai (Edital Inovação);  Embrapi. AGÊNCIAS DE FOMENTO Fonte: Protec (www.protec.org.br)
  • 10. CNPq (Bolsas RHAE) 1. Até 300 mil em bolsas; 2. Inserção de Mestres ou Doutores; 3. Valores das bolsas é tabelado; a. R$: de 3 à 6 mil (líquido); 4. Formulário próprio para submissão do projeto; 5. Contrapartida. Mínimo de 10%. 6. Até 24 meses; CARACTERÍSITCAS DE ALGUNS EDITAIS “FAMOSOS” Fonte: CNPq (http://www.cnpq.br/web/guest/apresentacao14)
  • 11. FAPERJ (Mestre e Doutores nas Empresas) 1. Inserção de Mestre ou Doutor; 2. Valores das bolsas é tabelado; a. R$: de 2,8 à 5,690 mil (líquido); 3. Contrapartida. Mínimo de 10%. 4. Duração de 12 meses + 12 meses; 5. Participação de outras empresas; 6. Comprovar experiência do coordenador e/ou equipe; CARACTERÍSITCAS DE ALGUNS EDITAIS “FAMOSOS” Fonte: Faperj (http://www.faperj.br/)
  • 12. FAPERJ (Auxílio para a Inserção de Novas Tecnologias no Mercado) 1. Divulgação e/ou comercialização de resultados de pesquisas que obtiveram apoio da FAPERJ. 2. Verbas para Custeio (protótipos, feiras, voos, diárias, videos, folder, etc); 3. Duração de 12 meses; CARACTERÍSITCAS DE ALGUNS EDITAIS “FAMOSOS” Fonte: Faperj (http://www.faperj.br/?id=28.4.0)
  • 13. Sebrae (Sebraetec) 1. Todo ano a regra muda!!!; 2. O Sebrae financia até 80%. Cliente fica com 20%. 3. Cliente paga no início do projeto; 4. Não é uma concorrência de projetos; 5. Duração reduzida. Tipicamente 3 meses 6. Cada estado tem regras próprias; CARACTERÍSITCAS DE ALGUNS EDITAIS “FAMOSOS” Fonte: Sebrae (http://sites.pr.sebrae.com.br/sebraetec/)
  • 14. Sesi/Senai 1. Indústria (mas também startups de base tecnológica); 2. Dividido em ciclos ao longo do ano. Fluxo contínuo; 3. De R$ 150 mil a 400 mil; 4. Duração de 10 à 20 meses; 5. Recursos vão para a DR. Não para a empresa. CARACTERÍSITCAS DE ALGUNS EDITAIS “FAMOSOS” Fonte: Senai (http://www.portaldaindustria.com.br/senai/canal/sesi-senai-inovacao-home/)
  • 16. Critérios do Edital RHAE (CNPq) • Descrição do Projeto • Objetivos; • Relevância do projeto para as áreas prioritárias ou de interesse para o setor empresarial; • Metodologia; • Cronograma de execução; • Gestão do Projeto • Viabilidade do Projeto • Técnica; • Econômica e Mercadológica
  • 17. Critérios do Edital RHAE (CNPq) • Descrição do Projeto • Objetivos; • Relevância do projeto para as áreas prioritárias ou de interesse para o setor empresarial; • Metodologia; • Cronograma de execução; • Gestão do Projeto • Viabilidade do Projeto • Técnica; • Econômica e Mercadológica
  • 18. Embase suas afirmações • Leis • Decretos • Portarias governamentais
  • 19. Embase suas afirmações. EXEMPLO “O projeto está alinhado com a lei n 12.593/2012, que institui o Plano Plurianual da União para o período de 2012 a 2015, pois contribui para a garantia da soberania nacional e o crescimento econômico sustentável sob os pilares da ciência e tecnologia. Mais especificamente, auxilia em algumas das metas estabelecidas, como por exemplo, o programa 2015, objetivo 717,...” “A portaria n° 1.284/GM/MS, de 26 de maio de 2010, que altera a lista de produtos estratégicos da portaria n 978/2008, no âmbito do SUS, verifica-se o item 5.1 Bolsa para Coleta e Armazenamento de Sangue Humano, como integrante desta nova lista. O sensor aqui proposto poderá ser ...”
  • 20. Critérios do Edital RHAE (CNPq) • Descrição do Projeto • Objetivos; • Relevância do projeto para as áreas prioritárias ou de interesse para o setor empresarial; • Metodologia; • Cronograma de execução; • Gestão do Projeto • Viabilidade do Projeto • Técnica; • Econômica e Mercadológica
  • 21. Critérios do Edital RHAE (CNPq) • Descrição do Projeto • Objetivos; • Relevância do projeto para as áreas prioritárias ou de interesse para o setor empresarial; • Metodologia; • Cronograma de execução; • Gestão do Projeto • Viabilidade do Projeto • Técnica; • Econômica e Mercadológica
  • 23. Critérios do Edital RHAE (CNPq) • Descrição do Projeto • Objetivos; • Relevância do projeto para as áreas prioritárias ou de interesse para o setor empresarial; • Metodologia; • Cronograma de execução; • Gestão do Projeto • Viabilidade do Projeto • Técnica; • Econômica e Mercadológica
  • 24. Critérios do Edital RHAE (CNPq) • Descrição do Projeto • Objetivos; • Relevância do projeto para as áreas prioritárias ou de interesse para o setor empresarial; • Metodologia; • Cronograma de execução; • Gestão do Projeto • Viabilidade do Projeto • Técnica; • Econômica e Mercadológica
  • 25. Critérios do Edital RHAE (CNPq) • Descrição do Projeto • Objetivos; • Relevância do projeto para as áreas prioritárias ou de interesse para o setor empresarial; • Metodologia; • Cronograma de execução; • Gestão do Projeto • Viabilidade do Projeto • Técnica; • Econômica e Mercadológica
  • 26. Critérios do Edital RHAE (CNPq) • Pesquisa Patentária • Equipe executora • Recursos e bolsas solicitadas • Recursos de outras agências de fomento; • Contrapartida; • Bolsas Solicitadas • Requisitos legais e regulamentares • Perspectivas
  • 27. Critérios do Edital RHAE (CNPq) • Pesquisa Patentária • Equipe executora • Recursos e bolsas solicitadas • Recursos de outras agências de fomento; • Contrapartida; • Bolsas Solicitadas • Requisitos legais e regulamentares • Perspectivas
  • 28. Critérios do Edital RHAE (CNPq) • Pesquisa Patentária • Equipe executora • Recursos e bolsas solicitadas • Recursos de outras agências de fomento; • Contrapartida; • Bolsas Solicitadas • Requisitos legais e regulamentares • Perspectivas
  • 29. Critérios do Edital RHAE (CNPq) • Pesquisa Patentária • Equipe executora • Recursos e bolsas solicitadas • Recursos de outras agências de fomento; • Contrapartida; • Bolsas Solicitadas. • Requisitos legais e regulamentares • Perspectivas
  • 30. Infraestrutura não é Contrapartida!
  • 31. Critérios do Edital RHAE (CNPq) • Pesquisa Patentária • Equipe executora • Recursos e bolsas solicitadas • Recursos de outras agências de fomento; • Contrapartida; • Bolsas Solicitadas; • Requisitos legais e regulamentares • Perspectivas
  • 33. Critérios do Edital RHAE (CNPq) • Pesquisa Patentária • Equipe executora • Recursos e bolsas solicitadas • Recursos de outras agências de fomento; • Contrapartida; • Bolsas Solicitadas • Requisitos legais e regulamentares • Perspectivas
  • 34. Critérios do Edital RHAE (CNPq) • Pesquisa Patentária • Equipe executora • Recursos e bolsas solicitadas • Recursos de outras agências de fomento; • Contrapartida; • Bolsas Solicitadas • Requisitos legais e regulamentares • Perspectivas
  • 35. DICAS