Introdução a fotografia para astronomia

375 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
375
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Introdução a fotografia para astronomia

  1. 1. Introdução a Fotografia para Astronomia
  2. 2. O que vamos aprender? 1. A captura da imagem e o mecanismo básico de uma câmera. 2. Objetivas. 3. Fotografando objetos celestes (Aprendendo como compensar sensibilidade ISO, velocidade do obturador, número F e White balance). 4. Ferramentas para melhoria da imagem e acessórios básicos para fotografia em Astronomia.
  3. 3. Objetivo • Instigar • Aprender • Compartilhar • Planejar
  4. 4. 1. Foco (Meu objetivo) O que desejo registrar? Disponível em: http://disneybabble.uol.com.br/
  5. 5. 2. Quais equipamentos possuo? Faça uma seleção por funcionalidade. Organize os equipamentos.
  6. 6. 3. Conhecer o equipamento Explore as funções da câmera.
  7. 7. 4. Pratique as funções Crie uma lista de funções a partir do manual de instruções e da prática de registro. Faça registros de cenas e objetos diurnas em ambientes iluminados e pouco iluminados. Tente fazer um registro noturno e tire suas conclusões. Crie habilidade e hábito de tirar fotos.
  8. 8. 5. Acessórios e instrumentos Acessórios indispensáveis: Um bom agasalho Luvas Lanterna
  9. 9. Combinações para realizar o registro Câmera (Ex.: Constelações, composições) Câmera com Tele objetiva (Eclipse, Lua, constelações, nebulosas.) Câmera com Objetiva grande angular. (composições) Câmera com telescópio: (montagem afocal ou montagem primária)
  10. 10. Exemplos Longa Exposição ( 1hora de exposição ) Câmera DSLR (lente 18 mm– 35mm)
  11. 11. Exemplos 14 segundos de exposição Câmera DSLR, objetiva zoom 18mm – 55mm
  12. 12. Exemplos
  13. 13. Exemplos Projeção do Sol com telescópio ou luneta. Câmera de telefone celular.manual de instruções e da prática de registro.
  14. 14. Exemplos
  15. 15. 6. Objetivas para cada situação
  16. 16. Tele Objetivas Zoom ou Fixas Tele objetiva 70mm - 300mm
  17. 17. 7. Como Fotografar? Melhor época - julho* Lua - consulte sempre o calendário lunar. Destaque para crateras na fase quarto crescente. Utilize filtros* Constelações - Consulte as efemérides, carta celeste (latitude local), Stellarium, aplicativos de celular. Satélites artificiais - site Heavens above Eclipse e transitos - Consulte as efemérides.
  18. 18. Localizando-se
  19. 19. Localizando-se
  20. 20. Localizando-se
  21. 21. Cruzeiro do Sul
  22. 22. Cruzeiro do Sul
  23. 23. Cruzeiro do Sul
  24. 24. 8. Ajuste a câmera Para cada registro anote as as configurações usadas e se preferir monte tabelas.
  25. 25. ISO ISO - “International Standards Organization". ASA - "American Standards Association“ DIN - Padrão Europeu Maior Valor - Maior velocidade - Mais sensível. - Muito ruído Menor Valor - Menor velocidade - Menos sensível. Menos Ruído Procure utilizar valores baixos para fotografias de objetos celestes.
  26. 26. Abertura do Diafragma Maior abertura - Maior intensidade de luz . Foco no primeiro plano. Menor abertura – Menor intensidade de luz. Foco segundo plano.
  27. 27. Abertura do Diafragma
  28. 28. Abertura do Diafragma
  29. 29. Abertura do Diafragma Sol claro ou nebuloso, sobre areia clara ou neve f/16 Sol claro ou nebuloso, com sombras pronunciadas f/11 Nublado fraco (sombras suaves) f/8 Nublado claro (sem sombras) f/5.6 Sombra ao descoberto ou nublado denso f/4
  30. 30. Sunny 16
  31. 31. Velocidade do Obturador Razão por segundo 125, 250, 500, 1000 Modo B ou T
  32. 32. White Balance (WB)
  33. 33. 9. Melhore a imagem Formatos: RAW e TIFF
  34. 34. Edição
  35. 35. 10. Montagens e técnicas • Afocal • Primária
  36. 36. Rua Juquiá, 135 (altura) Santo André – SP /sabina.planetario .sabina.org.br 44222000 sabina@santoandre.sp.gov.br

×