Sensoriamento remoto

5.916 visualizações

Publicada em

Apresentação
Conheça todas as opções de satélites à
disposição
Wilson Holler
Embrapa Monitoramento por Satélite
Gestão Territorial Estratégica

O objetivo desta palestra é apresentar as principais características de cada fonte de imagens disponível, seja digital, radar ou laser, em sensores orbitais ou aerotransportados.

O palestrante é Wilson Anderson Holler, Supervisor da Área de Gestão Territorial Estratégica da Embrapa Monitoramento por Satélite.

Palestra apresentada durante o Seminário 1001 Utilidades das Imagens de Satélite, que aconteceu no dia 30 de setembro de 2009 em São Paulo.

Publicada em: Educação, Tecnologia
1 comentário
8 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.916
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
534
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
1
Gostaram
8
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sensoriamento remoto

  1. 1. Conheça todas as opções de satélites à disposição Wilson Holler Embrapa Monitoramento por Satélite Gestão Territorial Estratégica Unidade Síntese
  2. 2. Conheça todas as opções de satélites à disposição• Em todo o mundo, dezenas de missões orbitais e sub-orbitais de monitoramento de recursos naturais, científicos e meteorológicos já foram lançadas. Fonte: (imageenvision.com, acesso em 19/09/09) Unidade Síntese
  3. 3. Pra que servem os Satélites Imageadores? Unidade Síntese
  4. 4. O que é Sensoriamento Remoto? Fonte: (nasa.gov, acesso em 19/09/09)Sensoriamento Obtenção de dadosRemoto Distante Unidade Síntese
  5. 5. Sensores Remotos Fonte: (etsu.edu, acesso em 19/09/09)Unidade Síntese
  6. 6. Sensores Remotos Fonte: (ucalgary.ca, acesso em 19/09/09)Unidade Síntese
  7. 7. Sensores Remotos• Geoestacionário• Polar• Heliosincrono Fonte: (stevenswater.com, acesso em 19/09/09) Unidade Síntese
  8. 8. Sistemas Imageadores– Ativos– Passivos Fonte: (adaptado de www5.egi.utah.edu, acesso em 19/09/09) Unidade Síntese
  9. 9. Resolução• espacial Unidade Síntese
  10. 10. Resolução• espacial - + Unidade Síntese
  11. 11. Resolução• espacial Fonte: Melo (2002) Unidade Síntese
  12. 12. • radiométrica Resolução Unidade Síntese
  13. 13. Resolução• radiométrica Fonte: Melo (2002) Unidade Síntese
  14. 14. Resolução• espectral Fonte: (informatica.hsw.uol.com.br, acesso em 19/09/09) Unidade Síntese
  15. 15. Resolução• espectral Unidade Síntese
  16. 16. Resolução• espectral Unidade Síntese
  17. 17. Bandas X AplicaçõesUnidade Síntese
  18. 18. Banda 1 Banda 2 Banda 3 Banda 4Banda 5 Banda 6 Banda 7 Banda 8 Unidade Síntese
  19. 19. Resolução• temporal Unidade Síntese
  20. 20. Resolução tral especRa oral di temp om ét ric a esp a cialFonte: Ramos e Fido (2002) Unidade Síntese
  21. 21. Formação de Imagem Fonte: (science.hq.nasa.gov, acesso em 19/09/09) Unidade Síntese
  22. 22. Sensores OrbitaisUnidade Síntese
  23. 23. Sensores RemotosUnidade Síntese
  24. 24. Sensores Remotos LANDSAT 5 - TM (Thematic Mapper) Bandas espectrais Banda 1 - Azul (0,450 - 0,520 цm) Banda 2 - Verde (0,520 - 0,600 цm) Banda 3 - Vermelho (0,630 - 0,690 цm) Banda 4 - Infravermelho próximo (0,760 - 0,900 цm) Banda 5 - Infravermelho médio (1,550 - 1,750 цm) Banda 6 - Infravermelho termal (10,40 - 12,50 цm) Banda 7 - Infravermelho médio (2,080 - 2,350 цm) Resolução espacial Bandas 1-5 e 7 – 30 metros Banda 6 – 80 metrosLargura da faixa imageada 185 km Resolução temporal 16 dias Fonte: (landsat.usgs.gov, acesso em 19/09/09) Unidade Síntese
  25. 25. Imagem Landsat 5 – Região de Campinas - SP Fonte: (segmenta.cnpm.embrapa.br, acesso em 19/09/09) Unidade Síntese
  26. 26. CBERS-2B Sensor Bandas Espectrais Resolução Resolução Resolução Área Espectral Espacial Temporal ImageadaCâmara CCD PAN 0,51 - 0,73µm 20 m 26 dias (visada 113 km vertical) e 3 dias (visada lateral) AZUL 0,45 - 0,52µm VERDE 0,52 - 0,59µm VERMELHO 0,63 - 0,69µm INFRAVERMELHO 0,77 - 0,89µm PRÓXIMOS ens B andas R es olução R es olução R es olução R es olução Área Imag eada or E s pectrais E s pectral Es pacial Temporal R adiométrica HR C PAN 0 , -0 , µm 50 80 27 m , 130 d i as 8 bi ts 2 km ( ad i 7 n r) Fonte: (cbers.inpe.br, acesso em 19/09/09) Unidade Síntese
  27. 27. Imagem CBERS CCD do litoral sul do RJ Fonte: (cbers.inpe.br, acesso em 19/09/09) Unidade Síntese
  28. 28. Sensores Aerotransportados Unidade Síntese
  29. 29. Sensores AerotransportadosGSD recomendado para a câmera ADS40 para diversas escalas de mapeamento e uma comparação com os vôos convencionais de filme. Fonte: (esteio.com.br, acesso em 19/09/09) Unidade Síntese
  30. 30. RADAR (Radio Detection And Ranging)Unidade Síntese
  31. 31. RADARUnidade Síntese
  32. 32. RADARUnidade Síntese
  33. 33. RADAR•Polarização do sinal Fonte: RADARSAT (2005) Unidade Síntese
  34. 34. RADARUnidade Síntese
  35. 35. LIDAR (Light Detection and Ranging)Unidade Síntese
  36. 36. LIDARUnidade Síntese
  37. 37. LIDAR Hailey, Idaho - Lidar DEMHailey, Idaho - Airport Obstruction SurveyUnidade Síntese
  38. 38. Precisão RESOLUÇÃO CARACTERÍSTICAS ESPACIAL0,2 a 0,5 metro - Medição de áreas construídas com precisão; - Permite mapeamento detalhado de infra-estrutura (postes, tampas de esgoto, caixas de telefone e etc)0,6 a 5 metros - Permite diferenciar tipos de edificações (casas, forma dos prédios, características dos tetos). - É possível individualizar árvores, carros, ônibus, monumentos e arruamento intra-urbano. - Identificação de áreas agrícolas menores10 – 15 metros - Identificação dos quarteirões de uma cidade, edifícios e ruas principais. - Detalhamento de áreas florestais. - Identificação de minerações e áreas agrícolas.20 – 30 metros - Identificação de regiões urbanas, aeroportos, rodovias principais e ferrovias. - Identificação de grandes áreas florestais e agrícolas, bacias hidrográficas e caracterização da cobertura do solo. - Identificação de lineamentos geológicos.80 – 100 metros - Cartografia de estruturas geológicas regionais. - Cartografia de grandes bacias hidrográficas e extensas áreas florestais e agrícolas. Unidade Síntese
  39. 39. PrecisãoResolução Espacial Escala do Trabalho 0,4 metro 1:1.000 0,60 metro 1:2.000 2,5 metros 1:5.000 5 metros 1:12.000 10 metros 1:25.000 20 metros 1:50.000 30 metros 1:80.000 1.000 metros 1:1.500.000 Unidade Síntese
  40. 40. Sensores• Sensores Passivos: > 68.• Sensores Ativos : > 24. Unidade Síntese
  41. 41. Satélites/SensoresPassivos Fonte: ASPRS (2009) Unidade Síntese
  42. 42. Númeroestimado desatélitespassivos emórbitaFonte: ASPRS (2009) Unidade Síntese
  43. 43. Satélites/SensoresAtivos Fonte: ASPRS (2009) Unidade Síntese
  44. 44. Númeroestimado desatélites/sensores ativos emórbitaFonte: ASPRS (2009) Unidade Síntese
  45. 45. Alta Resolução EspacialPrincipaisSatélites Médiapassivos por Resoluçãoordem de Espacialresoluçãoespacial Baixa Fonte: ASPRS (2009) Resolução Espacial Unidade Síntese
  46. 46. COMPARATIVO DE RESOLUÇÃOUnidade Síntese
  47. 47. Fonte: (eurac.edu, acesso em 19/09/09)Unidade Síntese
  48. 48. Unidade Síntese
  49. 49. Fonte: (searchmesh.net, acesso em 19/09/09)Unidade Síntese
  50. 50. Onde saber mais sobre o assunto?• EMBRAPA MONITORAMENTO POR SATÉLITE. Sistemas Orbitais de Monitoramento e Gestão Territorial. Campinas: Embrapa Monitoramento por Satélite, 2009. Disponível em: <http://www.sat.cnpm.embrapa.br>. Acesso em: 22 set. 2009;• American Society for Photogrammetry and Remote Sensing (ASPRS): – http://www.asprs.org/news/satellites/ASPRS_DATABASE_021208.pdf• Union of Concerned Scientists: – http://www.ucsusa.org/nuclear_weapons_and_global_security/space_weapons/technical_issues/ucs-satellite-d Unidade Síntese

×