GEOPROCESSAMENTO                                 e fotointerpretação                                  Assunto 9:SENSORIAME...
Sumário• Sensoriamento remoto na pesca• Sensoriamento remoto na aquicultura
Sensoriamento Remoto e Pesca• O interesse na utilização das técnicas de sensoriamento  remoto no setor pesqueiro foi despe...
A utilização do sensoriamento remoto napesca pode ser feita de duas maneiras:•Direta – Quando é possível identificar e loc...
Aplicação Direta      A localização de bancos de peixes através desensoriamento remoto é realizada basicamente apartir de ...
• Efetivamente, algumas frotas atuneiras que praticam a pesca  de superfície utilizam de forma sistemática o emprego de  a...
O funcionamento de um radar imageador instaladoa bordo de uma aeronave pode ser descrito da seguinteforma:•O radar emite u...
VANT – Veículo Aéreo NãoTripulado
Os VANT’s podem possuir inúmerasaplicações, entre as quais:• Agricultura, agrimensura;• Atividades militares;• Combate ao ...
Aplicação Indireta      Nessa situação, o sensoriamento remoto éutilizado com o objetivo de fornecer parâmetrosoceanográfi...
TSM• É o parâmetro mais utilizado e medido por satélites  hoje em órbita no espaço. Dois tipos de sensores  foram utilizad...
Radiômetro Infravermelho – este tipo de sensor apresentaresolução mais elevada, com precisão da ordem de +/- 0,5ºC. É omai...
• Os coeficientes de calibração são determinados  através de regressões múltiplas entre as medidas  registradas pelo AVHRR...
Concentração de Clorofila      A cor da água do mar poder ser definida como umresultado das interações existentes entre os...
• Nas regiões oceânicas, a cor da água está relacionada  basicamente à presença de fito plâncton e seus  pigmentos fotossi...
Aplicações do Sensoriamento remoto à         Pesca e Aquicultura
Modelos estatísticos podem serutilizados – GeoestatísticaAplicada.
Fontes• Notas de aula da disciplina de Oceanografia,  Prof. Paulo Travassos – UFRPE.• REMOTE SENSING AND GIS APPLICATION  ...
Assunto9 - Sensoriamento remoto aplicado à pesca e aquicultura
Assunto9 - Sensoriamento remoto aplicado à pesca e aquicultura
Assunto9 - Sensoriamento remoto aplicado à pesca e aquicultura
Assunto9 - Sensoriamento remoto aplicado à pesca e aquicultura
Assunto9 - Sensoriamento remoto aplicado à pesca e aquicultura
Assunto9 - Sensoriamento remoto aplicado à pesca e aquicultura
Assunto9 - Sensoriamento remoto aplicado à pesca e aquicultura
Assunto9 - Sensoriamento remoto aplicado à pesca e aquicultura
Assunto9 - Sensoriamento remoto aplicado à pesca e aquicultura
Assunto9 - Sensoriamento remoto aplicado à pesca e aquicultura
Assunto9 - Sensoriamento remoto aplicado à pesca e aquicultura
Assunto9 - Sensoriamento remoto aplicado à pesca e aquicultura
Assunto9 - Sensoriamento remoto aplicado à pesca e aquicultura
Assunto9 - Sensoriamento remoto aplicado à pesca e aquicultura
Assunto9 - Sensoriamento remoto aplicado à pesca e aquicultura
Assunto9 - Sensoriamento remoto aplicado à pesca e aquicultura
Assunto9 - Sensoriamento remoto aplicado à pesca e aquicultura
Assunto9 - Sensoriamento remoto aplicado à pesca e aquicultura
Assunto9 - Sensoriamento remoto aplicado à pesca e aquicultura
Assunto9 - Sensoriamento remoto aplicado à pesca e aquicultura
Assunto9 - Sensoriamento remoto aplicado à pesca e aquicultura
Assunto9 - Sensoriamento remoto aplicado à pesca e aquicultura
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Assunto9 - Sensoriamento remoto aplicado à pesca e aquicultura

2.103 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Assunto9 - Sensoriamento remoto aplicado à pesca e aquicultura

  1. 1. GEOPROCESSAMENTO e fotointerpretação Assunto 9:SENSORIAMENTO REMOTO APLICADO À PESCA E AQUICULTURA Prof. Maigon Pontuschka Prof. Paulo de Tarso da Fonseca Albuquerque 2012
  2. 2. Sumário• Sensoriamento remoto na pesca• Sensoriamento remoto na aquicultura
  3. 3. Sensoriamento Remoto e Pesca• O interesse na utilização das técnicas de sensoriamento remoto no setor pesqueiro foi despertado pela possibilidade da obtenção periódica da informações sinóticas em meso e grandes escalas.• Efetivamente, o conhecimento de diversos parâmetros oceanográficos apoiava-se em medidas pontuais distribuídas no tempo e no espaço de forma heterogênea.• Através do sensoriamento remoto, estes parâmetros passaram a ser coletados de forma repetitiva, com frequência da ordem de 24h ou menos, tornando possível o acompanhamento e análise da evolução espaço temporal de fenômenos oceanográficos de interesse para a pesca como as frentes oceânicas e as ressurgências costeiras.
  4. 4. A utilização do sensoriamento remoto napesca pode ser feita de duas maneiras:•Direta – Quando é possível identificar e localizarum banco de peixes;•Indireta – através da determinação deparâmetros oceanográficos que possam serutilizados como indicadores de Zonas de elevadaprobabilidade de captura.
  5. 5. Aplicação Direta A localização de bancos de peixes através desensoriamento remoto é realizada basicamente apartir de aviões, o que permite monitorar umagrande superfície num curto espaço de tempo,transmitindo as informações obtidas diretamenteà frota pesqueira que está atuando na região.
  6. 6. • Efetivamente, algumas frotas atuneiras que praticam a pesca de superfície utilizam de forma sistemática o emprego de aeronaves equipadas e dedicadas à prospecção de bancos de atuns (ex. frota francesa, no Golfo de Guiné). Estes aviões sobrevoam a zona a ser prospectada a uma velocidade que varia de 100 a 200 nós e a uma altitude de 200 a 1500 pés. Em alguns casos, além de transportar o radar imageador, transportam um radiômetro infravermelho térmico que medirá paralelamente a temperatura da superfície do mar. O princípio deste método baseia-se no fato de que estes peixes provocam uma agitação característica na superfície da água quando se deslocam muito próximos a ela ou quando se encontram em alta atividade de água quando se deslocam muito próximos a ela ou quando se encontram em alta atividade predatória. Através destes comportamentos, os bancos de atum podem ser localizados a partir de uma radar do tipo SAR (Synthetic Aperture Radar), o qual é capaz efetivamente de identificar estas alterações na superfície do mar sob a forma de imagem.
  7. 7. O funcionamento de um radar imageador instaladoa bordo de uma aeronave pode ser descrito da seguinteforma:•O radar emite um sinal em hiper frequência que vai sepropagar no espaço até atingir a superfície do mar. Nestemomento, a amplitude do sinal será modificada deacordo com a reflexão e retrodifusão do mesmo pelasuperfície do mar, retornando em seguida sob a forma deeco ao sensor. E este sinal modificado que serátransformado em uma linha de imagem, Desta forma, aimagem radar será formada através da emissão recepçãocontínua desses sinais durante o deslocamento daaeronave, representando assim, a superfície sobrevoada.
  8. 8. VANT – Veículo Aéreo NãoTripulado
  9. 9. Os VANT’s podem possuir inúmerasaplicações, entre as quais:• Agricultura, agrimensura;• Atividades militares;• Combate ao narcotráfico;• Vigilância da costa marítima, tendo em vista detectar e dissuadir contrabando e narcotráfico marítimo;• Vigilância da orla costeira tendo em vista fiscalizar o tráfego de navegação comercial;• e promover a segurança marítima, fiscalizar a exploração e a extração de recursos naturais (com ênfase para as pescas e a aquicultura oceânica), entre outras. As aplicações de VANTS tanto para a pesca quanto para aaquicultura ainda não foram completamente estudadas, contudo acredita-se em muitas possibilidades.
  10. 10. Aplicação Indireta Nessa situação, o sensoriamento remoto éutilizado com o objetivo de fornecer parâmetrosoceanográficos que servirão como informação básicapara a identificação de zonas de pesca, onde aprobabilidade de captura seja mais elevada. Os doisprincipais parâmetros utilizados são:•Temperatura da Superfície do Mar (TSM)•Concentração de Clorofila
  11. 11. TSM• É o parâmetro mais utilizado e medido por satélites hoje em órbita no espaço. Dois tipos de sensores foram utilizados para tal, o radiômetro micro-ondas e o radiômetro infravermelho.• Radiômetro Microondas. – mede a energia térmica emitida pela superfície do mar na faixa de micro- ondas onde a interferência de nuvens ou outros componentes da atmosfera é nula. Entretanto, apresenta dois inconvenientes: o primeiro é a fraca precisão dos resultados obtidos de +/- 1,2ºC, e o segundo, é baixa resolução espacial, de 50 X 50 KM.
  12. 12. Radiômetro Infravermelho – este tipo de sensor apresentaresolução mais elevada, com precisão da ordem de +/- 0,5ºC. É omais comum utilizado para obtenção do TSM, como o caso dosAVHRR (Advanced Very High Resolution Radiometer), instaladosprincipalmente a bordo dos satélites do NOAA, que fornecemimagens de TSM com resolução de 1,1 X 1,1 km. Seu princípio defuncionamento consiste em medir a radiação emitida pela superfíciedo mar na faixa de comprimento de ondas de 10 a12,5um a qualcorrespondente a faixa do espectro eletromagnético onde aemissividade própria da superfície terrestre é elevada e onde aabsorção do vapor d’água, dióxido de carbono e ozônio é reduzida.TSM = A0 . T4 – A1 (T4 – T5) + A2 (T4 – T5) . (sec θ– 1) + A3. Sec θ +A4Onde,•A0 ; A1; A2; A3 e A4 – Coeficientes de calibração•T4 – temperatura de brilho observada no canal 4•T5 – temperatura de brilho observada no canal 5•θ – ângulo zenital relativo a um determinado pixel da imagem.
  13. 13. • Os coeficientes de calibração são determinados através de regressões múltiplas entre as medidas registradas pelo AVHRR e aquelas obtidas in situ com o uso de boias ficas e de deriva, as quais são realizadas simultaneamente com a passagem do satélite. Esses coeficientes são especificados para cada satélite, sendo constantemente atualizados pela NOAA.
  14. 14. Concentração de Clorofila A cor da água do mar poder ser definida como umresultado das interações existentes entre os raios solaresque nele penetram e a presença e concentração dediversos tipos de materiais e/ou substâncias dissolvidas.Partindo desse princípio, a água do mar pode ser divididaem duas categorias:•Tipo 1 – aquela onde a atividade fitoplanctônicaapresenta uma ação predominante sobre as propriedadesópticas (absorção e difusão) da água;•Tipo 2 – onde estas propriedades sofrem uma maiorinfluência de outros tipos de matéria ou substância dentreas quais podemos citar os sedimentos em suspensão comoos mais importantes.
  15. 15. • Nas regiões oceânicas, a cor da água está relacionada basicamente à presença de fito plâncton e seus pigmentos fotossintéticos, principalmente a Clorofila e seus derivados.• Coloração Azul-esverdeada – indicação de fitoplâncton.• Nasa – Apresenta Sensor multiespectral, o CZCS (Color Zone Coastal Scanner), instalado no satélite Nimbus-7.• O princípio de funcionamento está baseado na capacidade da clorofila em absorver a energia solar no comprimento de onda azul e refletir o verde. Desta forma, a concentração de clorofila (feoftina) pode ser estimada a partir da quantidade de energia detectada pelos canais 1 e 3 do sensor, os quais estão centrados nos comprimentos de onda de 0,44um (azul) e 0,55um (verde).
  16. 16. Aplicações do Sensoriamento remoto à Pesca e Aquicultura
  17. 17. Modelos estatísticos podem serutilizados – GeoestatísticaAplicada.
  18. 18. Fontes• Notas de aula da disciplina de Oceanografia, Prof. Paulo Travassos – UFRPE.• REMOTE SENSING AND GIS APPLICATION IN BRACKISH AQUACULTURE IN NORTHERN PART OF ANDHRA PRADESH FROM SRIKAKULAM TO WEST GODAVARI. R. Sivakumar et al. 2012.• Remote Sensing of Sea Surface Temperatures for Aquaculture Planning in Northern Norway. KOGELER. J, DAHLE. S. 1991.

×