SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
Assalto à Casa Fernando Pessoa
“O diário do Micas”,
Uma coleção com cenários inspiradores,
Protagonizada por jovens genuínos
Que demonstram ser grandes sonhadores.
A aventura inicia-se na Casa Fernando Pessoa,
Um local simbólico de Lisboa,
Numa maratona de leitura,
Eles enriquecem a sua cultura.
Sem querer tirar o mistério ao livro,
Aparece uma senhora bem-parecida.
Nos jardins onde o poeta viveu,
O Micas e os amigos encontram guarida.
Acabaram por saber da existência
De uma história sem referência.
O passado de Pessoa foi revelado,
Mas com o que é que estará relacionado?
“Depressa, escondam-se!”,
Um dos sinais de uma tentativa de assalto;
Com isto nasce uma peripécia
Com espírito de ação e sobressalto.
Depois de várias reflexões,
Com a ajuda da senhora, chegaram a conclusões
Objetos pessoanos e obras de pintura
Era o que os assaltantes andavam à procura.
A Mariana e a dona Clara, sem medo,
Dirigiram-se à sala “salteadora”.
Os bandidos ficaram perplexos,
Mas conseguiram salvar a diretora.
Estando o grupo de amigos reunido,
Elaborou-se um plano bem definido.
Com pequenas mentiras originais,
Os reféns tornaram-se ajudantes especiais.
Ao chegar o inspetor Ponciano,
O conjunto de ladrões foi levado.
A dona Clara trouxe mais um mistério,
Criando-se um momento inesperado.
(A vida do Pessoa é um autêntico labirinto,
Mas pouco sabemos do seu quotidiano distinto;
É como se a vida dele se fosse desenhando
Com formas diferentes, o tempo vai passando).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Meia hora para mudar a minha vida joão francisco
Meia hora para mudar a minha vida   joão franciscoMeia hora para mudar a minha vida   joão francisco
Meia hora para mudar a minha vida joão franciscofantas45
 
O mistério da estrada de sintra rita lopes
O mistério da estrada de sintra   rita lopesO mistério da estrada de sintra   rita lopes
O mistério da estrada de sintra rita lopesfantas45
 
Mistério da estrada de sintra
Mistério da estrada de sintraMistério da estrada de sintra
Mistério da estrada de sintrafantas45
 
Os Maias | Capítulo 12
Os Maias | Capítulo 12Os Maias | Capítulo 12
Os Maias | Capítulo 12Sara Guerra
 
O Casamento da minha mãe
O Casamento da minha mãeO Casamento da minha mãe
O Casamento da minha mãebe-djoaoII
 
Flor de mel apresentação Mafalda 1º p
Flor de mel  apresentação Mafalda 1º pFlor de mel  apresentação Mafalda 1º p
Flor de mel apresentação Mafalda 1º pbe-djoaoII
 
Alunos finalistas
Alunos finalistasAlunos finalistas
Alunos finalistasceufaias
 
Coração, cabeça e estômago análise
Coração, cabeça e estômago   análiseCoração, cabeça e estômago   análise
Coração, cabeça e estômago análiserafabebum
 
12702292 mestre-finezas-de-manuel-da-fonseca imprimir
12702292 mestre-finezas-de-manuel-da-fonseca imprimir12702292 mestre-finezas-de-manuel-da-fonseca imprimir
12702292 mestre-finezas-de-manuel-da-fonseca imprimirAldira Paula Cibrão Ribeiro
 
A moreninha, iracema jaqueline
A moreninha, iracema  jaquelineA moreninha, iracema  jaqueline
A moreninha, iracema jaquelineteresakashino
 
Resumo da obra o crime do padre amaro
Resumo da obra o crime do padre amaroResumo da obra o crime do padre amaro
Resumo da obra o crime do padre amaroLeandro Carreira
 
biografia Fernando Pessoa
biografia Fernando Pessoabiografia Fernando Pessoa
biografia Fernando Pessoafcarrola
 
Meia hora para mudar a minha vida mariana nunes
Meia hora para mudar a minha vida   mariana nunesMeia hora para mudar a minha vida   mariana nunes
Meia hora para mudar a minha vida mariana nunesfantas45
 
O Quinze - Rachel de Queiroz - Seminário
O Quinze - Rachel de Queiroz - Seminário O Quinze - Rachel de Queiroz - Seminário
O Quinze - Rachel de Queiroz - Seminário Marcos Marcelino
 

Mais procurados (20)

Virgula Soraia S3
Virgula Soraia S3Virgula Soraia S3
Virgula Soraia S3
 
Meia hora para mudar a minha vida joão francisco
Meia hora para mudar a minha vida   joão franciscoMeia hora para mudar a minha vida   joão francisco
Meia hora para mudar a minha vida joão francisco
 
Beatriz p.
Beatriz p.Beatriz p.
Beatriz p.
 
O mistério da estrada de sintra rita lopes
O mistério da estrada de sintra   rita lopesO mistério da estrada de sintra   rita lopes
O mistério da estrada de sintra rita lopes
 
Mistério da estrada de sintra
Mistério da estrada de sintraMistério da estrada de sintra
Mistério da estrada de sintra
 
Opiniodocontomestrefinezas 140215111105-phpapp02
Opiniodocontomestrefinezas 140215111105-phpapp02Opiniodocontomestrefinezas 140215111105-phpapp02
Opiniodocontomestrefinezas 140215111105-phpapp02
 
Os Maias | Capítulo 12
Os Maias | Capítulo 12Os Maias | Capítulo 12
Os Maias | Capítulo 12
 
O Casamento da minha mãe
O Casamento da minha mãeO Casamento da minha mãe
O Casamento da minha mãe
 
Flor de Mel
Flor de MelFlor de Mel
Flor de Mel
 
Flor de mel apresentação Mafalda 1º p
Flor de mel  apresentação Mafalda 1º pFlor de mel  apresentação Mafalda 1º p
Flor de mel apresentação Mafalda 1º p
 
Alunos finalistas
Alunos finalistasAlunos finalistas
Alunos finalistas
 
21 de fevereiro
21 de fevereiro21 de fevereiro
21 de fevereiro
 
Folha da biblioteca 17
Folha da biblioteca 17Folha da biblioteca 17
Folha da biblioteca 17
 
Coração, cabeça e estômago análise
Coração, cabeça e estômago   análiseCoração, cabeça e estômago   análise
Coração, cabeça e estômago análise
 
12702292 mestre-finezas-de-manuel-da-fonseca imprimir
12702292 mestre-finezas-de-manuel-da-fonseca imprimir12702292 mestre-finezas-de-manuel-da-fonseca imprimir
12702292 mestre-finezas-de-manuel-da-fonseca imprimir
 
A moreninha, iracema jaqueline
A moreninha, iracema  jaquelineA moreninha, iracema  jaqueline
A moreninha, iracema jaqueline
 
Resumo da obra o crime do padre amaro
Resumo da obra o crime do padre amaroResumo da obra o crime do padre amaro
Resumo da obra o crime do padre amaro
 
biografia Fernando Pessoa
biografia Fernando Pessoabiografia Fernando Pessoa
biografia Fernando Pessoa
 
Meia hora para mudar a minha vida mariana nunes
Meia hora para mudar a minha vida   mariana nunesMeia hora para mudar a minha vida   mariana nunes
Meia hora para mudar a minha vida mariana nunes
 
O Quinze - Rachel de Queiroz - Seminário
O Quinze - Rachel de Queiroz - Seminário O Quinze - Rachel de Queiroz - Seminário
O Quinze - Rachel de Queiroz - Seminário
 

Semelhante a Assalto à casa fernando pessoa

Ficha de leitura 7
Ficha de leitura 7Ficha de leitura 7
Ficha de leitura 7PAFB
 
Ficha de leitura 4
Ficha de leitura 4Ficha de leitura 4
Ficha de leitura 4PAFB
 
Lp misterio no_museu_de_arte_antiga
Lp misterio no_museu_de_arte_antigaLp misterio no_museu_de_arte_antiga
Lp misterio no_museu_de_arte_antigaDiogo Reis
 
Uma aventura literária 2013 texto original - uma aventura no forte - 4ºa
Uma aventura literária 2013   texto original - uma aventura no forte - 4ºaUma aventura literária 2013   texto original - uma aventura no forte - 4ºa
Uma aventura literária 2013 texto original - uma aventura no forte - 4ºatecaromeugil
 
Carlos r zafon a sombra do vento
Carlos r zafon   a sombra do ventoCarlos r zafon   a sombra do vento
Carlos r zafon a sombra do ventoAriovaldo Cunha
 
A menina que detestava livros manjusha pawagi
A menina que detestava livros   manjusha pawagiA menina que detestava livros   manjusha pawagi
A menina que detestava livros manjusha pawagiPaula Andrade
 
2a fase modernista - Capitães da Areia
2a fase modernista  - Capitães da Areia2a fase modernista  - Capitães da Areia
2a fase modernista - Capitães da AreiaOctávio Da Matta
 
Massacre em labeta cap 1
Massacre em labeta cap 1Massacre em labeta cap 1
Massacre em labeta cap 1Mario_Cesar
 
Massacre em labeta cap 1
Massacre em labeta cap 1Massacre em labeta cap 1
Massacre em labeta cap 1Mario_Cesar
 

Semelhante a Assalto à casa fernando pessoa (20)

Ficha de leitura 7
Ficha de leitura 7Ficha de leitura 7
Ficha de leitura 7
 
Ficha de leitura 4
Ficha de leitura 4Ficha de leitura 4
Ficha de leitura 4
 
Lp misterio no_museu_de_arte_antiga
Lp misterio no_museu_de_arte_antigaLp misterio no_museu_de_arte_antiga
Lp misterio no_museu_de_arte_antiga
 
História desculpa ....
História desculpa ....História desculpa ....
História desculpa ....
 
Uma aventura literária 2013 texto original - uma aventura no forte - 4ºa
Uma aventura literária 2013   texto original - uma aventura no forte - 4ºaUma aventura literária 2013   texto original - uma aventura no forte - 4ºa
Uma aventura literária 2013 texto original - uma aventura no forte - 4ºa
 
Folha da biblioteca 26
Folha da biblioteca 26Folha da biblioteca 26
Folha da biblioteca 26
 
Boletim n.º 2[1]
Boletim n.º 2[1]Boletim n.º 2[1]
Boletim n.º 2[1]
 
Boletim n.º 2
Boletim n.º 2Boletim n.º 2
Boletim n.º 2
 
Boletim n.º 2[1]
Boletim n.º 2[1]Boletim n.º 2[1]
Boletim n.º 2[1]
 
Carlos r zafon a sombra do vento
Carlos r zafon   a sombra do ventoCarlos r zafon   a sombra do vento
Carlos r zafon a sombra do vento
 
A menina que detestava livros manjusha pawagi
A menina que detestava livros   manjusha pawagiA menina que detestava livros   manjusha pawagi
A menina que detestava livros manjusha pawagi
 
2a fase modernista - Capitães da Areia
2a fase modernista  - Capitães da Areia2a fase modernista  - Capitães da Areia
2a fase modernista - Capitães da Areia
 
Uma aventura
Uma aventuraUma aventura
Uma aventura
 
Uma Aventura
Uma AventuraUma Aventura
Uma Aventura
 
Uma aventura
Uma aventuraUma aventura
Uma aventura
 
Uma aventura
Uma aventuraUma aventura
Uma aventura
 
O avatar
O avatarO avatar
O avatar
 
Massacre em labeta cap 1
Massacre em labeta cap 1Massacre em labeta cap 1
Massacre em labeta cap 1
 
Massacre em labeta cap 1
Massacre em labeta cap 1Massacre em labeta cap 1
Massacre em labeta cap 1
 
Mensagem dili 2016
Mensagem dili 2016Mensagem dili 2016
Mensagem dili 2016
 

Mais de PAFB

O planeta cilíndrico
O planeta cilíndricoO planeta cilíndrico
O planeta cilíndricoPAFB
 
Marquês de pombal power-point
Marquês de pombal  power-pointMarquês de pombal  power-point
Marquês de pombal power-pointPAFB
 
Ficha de leitura 13
Ficha de leitura 13Ficha de leitura 13
Ficha de leitura 13PAFB
 
Ficha de leitura 12
Ficha de leitura 12Ficha de leitura 12
Ficha de leitura 12PAFB
 
Ficha de leitura 6
Ficha de leitura 6Ficha de leitura 6
Ficha de leitura 6PAFB
 
Ficha de leitura 1
Ficha de leitura 1Ficha de leitura 1
Ficha de leitura 1PAFB
 
Revolução dos cravos
Revolução dos cravosRevolução dos cravos
Revolução dos cravosPAFB
 
Valores humanos justiça
Valores humanos   justiçaValores humanos   justiça
Valores humanos justiçaPAFB
 
Valores humanos ética
Valores humanos   éticaValores humanos   ética
Valores humanos éticaPAFB
 
Valores humanos disciplina
Valores humanos   disciplinaValores humanos   disciplina
Valores humanos disciplinaPAFB
 
Valores humanos
Valores humanosValores humanos
Valores humanosPAFB
 
Valores humanos paz
Valores humanos   pazValores humanos   paz
Valores humanos pazPAFB
 
O peixe azul
O peixe azulO peixe azul
O peixe azulPAFB
 
Ficha de leitura 9
Ficha de leitura 9Ficha de leitura 9
Ficha de leitura 9PAFB
 
Ficha de leitura 8
Ficha de leitura 8Ficha de leitura 8
Ficha de leitura 8PAFB
 
Ficha de leitura 5
Ficha de leitura 5Ficha de leitura 5
Ficha de leitura 5PAFB
 
Ficha de leitura 3
Ficha de leitura 3Ficha de leitura 3
Ficha de leitura 3PAFB
 
Ficha de leitura 2
Ficha de leitura 2Ficha de leitura 2
Ficha de leitura 2PAFB
 
Fado
FadoFado
FadoPAFB
 
Instrumentos musicais
Instrumentos musicaisInstrumentos musicais
Instrumentos musicaisPAFB
 

Mais de PAFB (20)

O planeta cilíndrico
O planeta cilíndricoO planeta cilíndrico
O planeta cilíndrico
 
Marquês de pombal power-point
Marquês de pombal  power-pointMarquês de pombal  power-point
Marquês de pombal power-point
 
Ficha de leitura 13
Ficha de leitura 13Ficha de leitura 13
Ficha de leitura 13
 
Ficha de leitura 12
Ficha de leitura 12Ficha de leitura 12
Ficha de leitura 12
 
Ficha de leitura 6
Ficha de leitura 6Ficha de leitura 6
Ficha de leitura 6
 
Ficha de leitura 1
Ficha de leitura 1Ficha de leitura 1
Ficha de leitura 1
 
Revolução dos cravos
Revolução dos cravosRevolução dos cravos
Revolução dos cravos
 
Valores humanos justiça
Valores humanos   justiçaValores humanos   justiça
Valores humanos justiça
 
Valores humanos ética
Valores humanos   éticaValores humanos   ética
Valores humanos ética
 
Valores humanos disciplina
Valores humanos   disciplinaValores humanos   disciplina
Valores humanos disciplina
 
Valores humanos
Valores humanosValores humanos
Valores humanos
 
Valores humanos paz
Valores humanos   pazValores humanos   paz
Valores humanos paz
 
O peixe azul
O peixe azulO peixe azul
O peixe azul
 
Ficha de leitura 9
Ficha de leitura 9Ficha de leitura 9
Ficha de leitura 9
 
Ficha de leitura 8
Ficha de leitura 8Ficha de leitura 8
Ficha de leitura 8
 
Ficha de leitura 5
Ficha de leitura 5Ficha de leitura 5
Ficha de leitura 5
 
Ficha de leitura 3
Ficha de leitura 3Ficha de leitura 3
Ficha de leitura 3
 
Ficha de leitura 2
Ficha de leitura 2Ficha de leitura 2
Ficha de leitura 2
 
Fado
FadoFado
Fado
 
Instrumentos musicais
Instrumentos musicaisInstrumentos musicais
Instrumentos musicais
 

Assalto à casa fernando pessoa

  • 1. Assalto à Casa Fernando Pessoa “O diário do Micas”, Uma coleção com cenários inspiradores, Protagonizada por jovens genuínos Que demonstram ser grandes sonhadores. A aventura inicia-se na Casa Fernando Pessoa, Um local simbólico de Lisboa, Numa maratona de leitura, Eles enriquecem a sua cultura. Sem querer tirar o mistério ao livro, Aparece uma senhora bem-parecida. Nos jardins onde o poeta viveu, O Micas e os amigos encontram guarida. Acabaram por saber da existência De uma história sem referência. O passado de Pessoa foi revelado, Mas com o que é que estará relacionado? “Depressa, escondam-se!”, Um dos sinais de uma tentativa de assalto; Com isto nasce uma peripécia Com espírito de ação e sobressalto. Depois de várias reflexões, Com a ajuda da senhora, chegaram a conclusões Objetos pessoanos e obras de pintura Era o que os assaltantes andavam à procura. A Mariana e a dona Clara, sem medo, Dirigiram-se à sala “salteadora”. Os bandidos ficaram perplexos, Mas conseguiram salvar a diretora. Estando o grupo de amigos reunido, Elaborou-se um plano bem definido. Com pequenas mentiras originais, Os reféns tornaram-se ajudantes especiais.
  • 2. Ao chegar o inspetor Ponciano, O conjunto de ladrões foi levado. A dona Clara trouxe mais um mistério, Criando-se um momento inesperado. (A vida do Pessoa é um autêntico labirinto, Mas pouco sabemos do seu quotidiano distinto; É como se a vida dele se fosse desenhando Com formas diferentes, o tempo vai passando).