Ficha de leitura 7

1.377 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.377
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ficha de leitura 7

  1. 1. Estudo AcompanhadoFicha de LeituraNome: Pedro André Flamino Botas Nº: 16 Ano: 6ºIndicação Bibliográfica- Título do Livro: Uma Aventura no Verão- Autores (as): Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada- Colecção: Uma AventuraResumo da históriaOs elementos do grupo de aventuras encontraram-se na ruapara irem ao Palácio da Ajuda. O Pedro trazia uma pasta verdecom material para deixarem lá as mensagens do percurso aexecutar. Nesse dia haveria uma festa em honra dos reis daSuécia. Tinha que estar tudo impecável!Os rapazes repararam que o flautista tinha uma pastaigualzinha à do Pedro. Um empregado azelha fez um olharcúmplice ao músico e eles desconfiaram logo, porque até lhefizeram algumas perguntas.Quando chegaram a casa, ficaram surpreendidos. A pastaverde era outra. Só o Pedro é que foi à rua referida nessa pasta.Já estava a começar a tirar conclusões precipitadas até queouviu uma voz a dizer que iam raptar uma pessoa. Pensou fugir,mas foi tarde demais. Ia ficar ali, num sótão, até o planodaqueles bandidos fosse concretizado.O Chico e o João partiram de autocarro para o seuacampamento obrigados pelo monitor.
  2. 2. O Pedro vivia momentos aflitivos. Não conseguia pensar emnada!As gémeas viviam momentos de sonho sempre ocupadas com ostrajes das outras pessoas.O acampamento já estava pronto. Ainda pensaram em ligar aosamigos, mas não.No sótão, o Pedro estava a pôr em prática um dos seus planos,porque se lhe batessem, também levavam.As gémeas estavam chateadas pela Luísa ter demorado tantotempo a observar o baile, mas acabaram por fazer as pazes. ATeresa, impaciente foi à procura do Diamantino, o empregadodesastrado.O plano do Pedro resultou, mas a mulher que lhe abriu a portafez com que ele desistisse.A Teresa não encontrava o Diamantino e viu um professorsueco chamado Olsen, no chão. O empregado apareceu e obrigou-a a chamar a sua irmã para vir até ela. Acabaram por ir de carroao pé dos raptores.No acampamento, o Chico e o João acharam melhor voltar paraLisboa para descobrirem os amigos.As gémeas foram para a mesma casa onde estava o Pedro, nosótão ao lado. Ouviram uma voz e pensaram que era o professorOlsen. O Pedro ouviu umas vozes e pensou o mesmo. Trocaramalgumas mensagens… Mas o Pedro teve a ideia de ir até eledeslizando nas telhas e descobriu que, afinal, eram as gémeas.Este, inteligente, teve a ideia de mandar uma mensagem numavião de papel.O Chico e o João viram os aviões e não ligaram. Quandochegaram a casa, o Chico notou que o João tinha um avião depapel no carapuço e leram a mensagem. Foram logo ligar à polícia.Os três prisioneiros tiveram mais uma ideia excelente eresultou mesmo, até que ouviram um motor.Só agora é que o João tinha reparado que se enganou ao dizer arua ao polícia. Eles entraram e começaram a acção comchantagens e violência.
  3. 3. Acabaram, quando um agente da polícia os mandou render.Saíram primeiros os mais novos, o professor Olsen e, por fim, osbandidos.O agente ficou admirado por serem adolescentes a apanharemos raptores e não resistiram a desatar à gargalhada!Data do início da leitura: 02/08/10Data da conclusão da leitura: 02/08/10Data da entrega da ficha de leitura: 14/09/10VIVA A LEITURA!

×