Cidades Justas,     Democráticas eSustentáveis também paraos megaeventos esportivos               Curitiba, maio de 2011
Movimentos InovadoresA Rede Brasileira por Cidades Justas eSustentáveis congrega cerca de 26 movimentos emdiferentes munic...
Movimentos InovadoresConvocam à construção de um novoimaginário da cidade        Resgatando o sentido de qualidade de vid...
Movimentos InovadoresArticulam o técnico e o político para odesenvolvimento sustentável   Plataforma que combina indicado...
Status da Rede Em fase inicial de articulação (11 cidades, 6 capitais):  Campo Grande, Ribeirão Preto, Santos, Thibau do ...
Contribuições ao Legado* Identificação de metas associáveis aos investimentos  que traduzam o legado social, com visão de...
“A Cidade atende a função social segarantir a todas as pessoas o usufrutopleno da economia e da cultura da cidade,a utiliz...
nossabh.org.brobservatoriodorecife.org.br   riocomovamos.org.br   nossasalvador.org.br   nossasaopaulo.org.br
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Glaucia barros jogos limpos dentro e fora de campo

807 visualizações

Publicada em

Jogos Limpos dentro e fora do campo: estratégias articuladas para os investimentos de megaeventos no Brasil
Palestrante: Glaucia Barros

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
807
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
44
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Glaucia barros jogos limpos dentro e fora de campo

  1. 1. Cidades Justas, Democráticas eSustentáveis também paraos megaeventos esportivos Curitiba, maio de 2011
  2. 2. Movimentos InovadoresA Rede Brasileira por Cidades Justas eSustentáveis congrega cerca de 26 movimentos emdiferentes municípios brasileiros e tem comopropósitos: Indicar condições para o desenvolvimento sustentável com equidade das cidades. Ampliar a participação dos cidadãos na governança urbana, comprometendo a sociedade e sucessivos governos com a melhoria dos indicadores de qualidade de vida nas cidades.
  3. 3. Movimentos InovadoresConvocam à construção de um novoimaginário da cidade  Resgatando o sentido de qualidade de vida para todos (boa de se viver, segura e produtiva)  Propondo alianças entre atores de todos os setores sociais  Contribuindo à visão de largo prazo, integral e integrada da cidade, que considera a diversidade  Educação Cidadã
  4. 4. Movimentos InovadoresArticulam o técnico e o político para odesenvolvimento sustentável  Plataforma que combina indicadores socioambientais com dados recolhidos das pesquisas de percepção  Incidência nos marcos regulatórios  Apropriação e reinvenção dos espaços de participação em processos decisórios
  5. 5. Status da Rede Em fase inicial de articulação (11 cidades, 6 capitais): Campo Grande, Ribeirão Preto, Santos, Thibau do Sul, Natal, Fortaleza, Uberlândia, Porto Alegre, Curitiba, Brasília, Ilhéus. Instalados, iniciando atividades (6 cidades, 3 capitais): Belém, Vitória, Salvador, Campos, Campinas, Betim Articulados e ativos (9 cidades, 5 capitais): Belo Horizonte, Ilhabela, São Luís, Recife, Teresópolis, Niterói, Rio de Janeiro e São Paulo
  6. 6. Contribuições ao Legado* Identificação de metas associáveis aos investimentos que traduzam o legado social, com visão de longo prazo. Monitoramento dos indicadores de cumprimento dessas metas. Facilitação do diálogo entre os três setores sociais – concertação de interesses. *Movimentos em Belo Horizonte, Brasília, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo
  7. 7. “A Cidade atende a função social segarantir a todas as pessoas o usufrutopleno da economia e da cultura da cidade,a utilização dos recursos e a realização deprojetos e investimentos em seusbenefícios e de seus habitantes, dentro decritérios de equidade distributiva,complementaridade econômica, e respeitoà cultura e sustentabilidade ecológica; obem estar de todos seus habitantes emharmonia com a natureza, hoje e para asfuturas gerações.” Carta Mundial do Direito à CidadeFórum Social das Américas, julho de 2004.
  8. 8. nossabh.org.brobservatoriodorecife.org.br riocomovamos.org.br nossasalvador.org.br nossasaopaulo.org.br

×