Resumos físico química (4º teste)

2.868 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.868
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
25
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
106
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resumos físico química (4º teste)

  1. 1. Resumos Físico-Química1. Evolução do átomo - Atomismo Na Grécia Antiga, no séc. V a.C., surgiu a ideia de que a matéria era feita de pequeníssimos corpúsculos. Os principais defensores desta ideia foram Lucipo de Mileto e Demócrito de Abdera. - Modelo atómico de Dalton John Dalton e outros cientistas retomaram a teoria atómica que teve origem nos filósofos gregos. Cada átomo era uma porção esférica de matéria mal definida, indivisível e indestrutível. Dalton criou símbolos para os elementos conhecidos. - Modelo atómico de Thomson J.J. Thomson descobriu o electrão. No seu modelo atómico, conhecido por “Bolo de Passas”, os átomos eram corpúsculos de carga positiva onde se encontravam dispersos os electrões, com carga negativa, em numero suficiente para a carga global ser nula. - Modelo atómico de Rutherford (modelo nuclear) segundo este modelo, os átomos eram constituídos por um núcleo muito pequeno, com carga positiva onde se concentra a massa do átomo e por electrões com carga negativa movendo-se em volta do núcleo, tal como os planetas em volta do sol. - Modelo atómico de Bohr este modelo completou o de Rutherford. Os electrões movem-se à volta do núcleo em órbitas circulares; a cada órbita corresponde um determinado valor de energia; os electrões com mais energia movem-se em órbitas mais afastadas do núcleo. - Modelo da nuvem electrónica modelo aceite actualmente. Os electrões dos átomos movem-se de modo desconhecido, com velocidade elevadíssima, formando uma espécie de nuvem que não é uniforme: a nuvem electrónica. Esta é mais densa próximo do núcleo, onde é mais provável encontrar os electrões e menos densa longe do núcleo, onde é menos provável encontrar os electrões. Página | 1 | Ana Neiva |
  2. 2. Resumos Físico-Química 2. O tamanho dos átomos 3. A massa dos átomos Por exemplo, a massa de um átomo do oxigénio mais abundante na natureza é: 0,000 000 000 000 000 000 000 026 56 g. Este número mostra que não é adequado exprimir a massa dos átomos em unidades habituais como o grama, símbolo g. Os químicos, para exprimirem a massa dos átomos, comparam-na com um padrão adequado. O padrão é a massa doátomo mais leve de hidrogénio H ao qual atribuíram valor unitário. 4. Níveis de energia dos electrões Página | 2 | Ana Neiva |
  3. 3. Resumos Físico-Química5. Átomos e os iões que originam6. Numero atómico e numero de massa Página | 3 | Ana Neiva |
  4. 4. Resumos Físico-Química7. Tabela periódica Página | 4 | Ana Neiva |
  5. 5. Resumos Físico-Química 8. O que se repete na Tabela Periódica dos Elementos - A variação do número atómico dos elementos do mesmo grupo se reparares nos números atómicos dos elementos do mesmo grupo, verificas que diferem sempre de um número fixo: 8 ou 18. Exemplificando, para os metais alcalinos - elementos do grupo 1 - e para os halogéneos - elementos do grupo 17 - tens: Podes concluir que há regularidades nas diferenças entre os números atómicos dos elementos do mesmo grupo. Isto permite-te saber, sem consultares a Tabela Periódica, se um elemento pertence ou não ao mesmo grupo de um outroelemento, como se exemplifica seguidamente. - A distribuição electrónica dos átomos dos elementos do mesmo período os átomos dos elementos do mesmo período têm os electrões distribuídos pelo mesmo número de níveis de energia. - A distribuição electrónica dos átomos dos elementos do mesmo grupo - Tamanho dos átomos Página | 5 | Ana Neiva |

×