SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
O R G A N I Z A Ç Ã O
B Á S I C A D E
D I S C I P L I N A S
R E M O T A S O U
H Í B R I D A S
A P R I M E I R A I D E I A I M P O R TA N T E É
NÃO BASTA REPLICAR O QUE SERIA FEITO NO CURSO PRESENCIAL
TRADICIONAL.
reconhecer que, no ensino remoto ou
híbrido, estamos diante de contextos de
ensino e de aprendizagem diferentes. Isso
exige uma abordagem pedagógica também
diferente.
Logo, é preciso fazer ajustes no planejamento
inicial feito para cursos presenciais.
Autoria:
Alessandra
Rodrigues,
Thiago
Costa
Caetano
(2020).
Centro
de
Educação
–
Universidade
Federal
de
Itajubá.
1. ORGANIZAÇÃO DO CONTEÚDO E DO MATERIAL
COMUNICAÇÃO
 Em disciplinas remotas e/ou na modalidade EaD, é preciso garantir
mais de um canal de comunicação entre docentes e discentes.
Você deve escolher pelo menos um canal síncrono (Google Meet,
Chat ou Zoom, por exemplo) e um canal assíncrono (e-mail,
fórum, grupo de mensagens).
 Os feedbacks das atividades entregues pelos estudantes
(exercícios, textos, etc. - sejam avaliativos ou não) não devem
demorar mais que uma semana. Já as respostas às dúvidas
precisam ser diárias.
Retornos diários às dúvidas não precisam “escravizar” o docente. Combine com
os alunos e organize um ou dois momentos do seu dia para responder as
dúvidas enviadas por meio de canais assíncronos.
Autoria:
Alessandra
Rodrigues,
Thiago
Costa
Caetano
(2020).
Centro
de
Educação
–
Universidade
Federal
de
Itajubá.
EMPATIA
 Procure saber como os estudantes estão vivenciando o isolamento
físico e o novo formato do curso. Encoraje-os a se conectarem uns
com os outros.
 Converse sobre estratégias de organização e gerenciamento da
própria aprendizagem. Ajude com dicas sobre o direcionamento da
atenção, o gerenciamento do tempo e dos esforços.
 Dê oportunidade para que os discentes manisfestem suas
impressões sobre o andamento do curso. Convide-os a pensar em
estratégias que possam contribuir para a melhoria do curso.
O professor tem o papel de criar um ambiente de colaboração, afetividade e
companheirismo no ambiente virtual. Sua presença, ainda que não seja física, é
essencial.
Autoria:
Alessandra
Rodrigues,
Thiago
Costa
Caetano
(2020).
Centro
de
Educação
–
Universidade
Federal
de
Itajubá.
ROTEIRO e ORIENTAÇÕES GERAIS
 É essencial apresentar claramente aos discentes o planejamento geral da disciplina
durante determinado período. Caso haja alterações, elas devem ser também
comunicadas antecipadamente e com clareza.
 Deixe explícitos aspectos como a dinâmica das postagens dos materiais, os conteúdos
abordados semanalmente, o sistema de registro de presenças, os formatos dos
encontros (síncronos e/ou assíncronos), as atividades avaliativas, os canais de
comunicação e os prazos para feedbacks e retornos às dúvidas.
Todas as informações devem estar disponíveis em todos os meios de comunicação
que estão sendo utilizados na disciplina. E também em arquivo PDF para que
possam ser facilmente recuperadas pelos discentes a qualquer tempo.
Autoria:
Alessandra
Rodrigues,
Thiago
Costa
Caetano
(2020).
Centro
de
Educação
–
Universidade
Federal
de
Itajubá.
ROTEIROS SEMANAIS
 Mesmo que as atividades sejam postadas em dois dias diferentes da semana,
disponibilize um roteiro semanal detalhado com as atividades a serem realizadas
individualmente e em grupo, de forma síncrona e/ou assíncrona.
 Disponibilize o roteiro semanal tanto no ambiente em que a disciplina está ocorrendo
(SIGAA, MOODLE etc.) quanto em arquivo a ser colocado juntamente com os materiais
referentes aos conteúdos da semana.
Autoria:
Alessandra
Rodrigues,
Thiago
Costa
Caetano
(2020).
Centro
de
Educação
–
Universidade
Federal
de
Itajubá.
Notícia no SIGAA
Arquivo em PDF no SIGAA
ESTRUTURA DE TÓPICOS
 Mantenha o ambiente virtual organizado e o mais intuitivo
possível. É importante que os estudantes possam facilmente
localizar as informações e o conteúdo.
 Uma alternativa pode ser a organização de materiais referentes
aos tópicos dos conteúdos em semanas do RTE.
Ex: Semana 1, Semana 2 etc.
 Ainda que o docente não tenha concluído totalmente o
planejamento dos conteúdos e tópicos do período de trabalho
remoto da disciplina, deve informar aos discentes que isso está
em processo e sempre mantê-los a par do andamento desse
planejamento. Isso gera segurança no grupo.
Autoria:
Alessandra
Rodrigues,
Thiago
Costa
Caetano
(2020).
Centro
de
Educação
–
Universidade
Federal
de
Itajubá.
SUBDIVISÃO DE CONTEÚDOS e DIVERSIFICAÇÃO DE RECURSOS
 Como já dissemos, um curso remoto não é a transposição de aulas presenciais. Por
isso, não é produtivo fazer, por exemplo, encontros síncronos longos em que o
docente faz explanações e os discentes assistem (semelhante ao modelo da aula
presencial tradicional).
 No ensino remoto, é essencial, além de estratificar os elementos de um mesmo
conteúdo, utilizar vários recursos midiáticos para apresentá-los. Por exemplo,
apresentar tópicos que compõem um contéudo semanal em diversas mídias:
Autoria:
Alessandra
Rodrigues,
Thiago
Costa
Caetano
(2020).
Centro
de
Educação
–
Universidade
Federal
de
Itajubá.
2. ORGANIZAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE TAREFAS
TAREFAS TEÓRICAS e PRÁTICAS
ENSINAR e APRENDER são dois processos DIFERENTES.
Não aprendemos apenas pela fala do docente.
Aprendemos também interagindo com os pares, produzindo e refletindo.
 Em disciplinas remotas ou na modalidade EaD, temos dois tipos de atividades:
- As atividades consideradas teóricas (que são aquelas centradas na exposição do
conteúdo)
- As atividades consideradas práticas (que são aquelas centradas na realização de
tarefas pelos discentes)
 Em disciplinas remotas, as atividades práticas devem ser mais exploradas e,
preferencialmente, buscando tarefas colaborativas e interativas com a mediação do
docente.
Autoria:
Alessandra
Rodrigues,
Thiago
Costa
Caetano
(2020).
Centro
de
Educação
–
Universidade
Federal
de
Itajubá.
COMO APRENDEMOS
Essa pirâmide, atribuída ao psiquiatra americano William Glasser, pode ser utilizada para
direcionar a escolha de estratégias e metodologias que favoreçam a aprendizagem.
Autoria:
Alessandra
Rodrigues,
Thiago
Costa
Caetano
(2020).
Centro
de
Educação
–
Universidade
Federal
de
Itajubá.
3. USO E DIMENSIONAMENTO DO TEMPO
CONTEÚDO x CARGA HORÁRIA
 Lembre-se de que ENSINAR e APRENDER são dois processos DIFERENTES, ainda que
COMPLEMENTARES. Isso fica mais evidente em disciplinas remotas e/ou na modalidade
EaD.
 Assim, no trabalho essas disciplinas pressupõe-se uma quantidade menor de
conteúdo expositivo. Identifique os pontos mais importantes do conteúdo para
expor (por meio de diferentes recursos) e proponha tarefas que busquem uma postura
mais ativa e reflexiva dos estudantes.
 Mas lembre-se de que POSTURA ATIVA também é DIFERENTE de AUTODIDATISMO.
Uma possível relação para dimensionamento do tempo a ser dedicado pelos estudantes
é: se você tinha 4 horas de aulas presenciais, proponha atividades cuja realização
totalize, no máximo, 2 horas. Assim, o ritmo individual dos alunos será respeitado.
Autoria:
Alessandra
Rodrigues,
Thiago
Costa
Caetano
(2020).
Centro
de
Educação
–
Universidade
Federal
de
Itajubá.
ATIVIDADES SÍNCRONAS e ASSÍNCRONAS
 O tempo, em disciplinas remotas, precisa ser visto de forma diferente.
Uma videoaula gravada, por exemplo, não pode ter a duração de 40
minutos ou mais. Produza videoaulas curtas (no máximo 15 minutos).
Caso necessite de mais tempo para expor o conteúdo, subdivida-o
em partes e faça mais vídeos. Ou, melhor ainda, apresente cada parte
em uma mídia diferente (videoaula, animação, texto, simulação, slides
narrados etc.).
Um encontro virtual
síncrono não deve ser uma
aula expositiva a distância
nem ter a mesma duração
de tempo desta.
Isso tende a ser
improdutivo.
 O encontro virtual síncrono, da mesma forma, não
pode ser encarado como a replicação do encontro
presencial. Ele deve ser mais curto (1 hora, 1 hora e
meia) e estruturar-se como espaço de discussão,
colaboração e diálogo entre docente e discentes. Use-
o para tirar dúvidas, salientar e detalhar pontos
específicos do conteúdo.
Autoria:
Alessandra
Rodrigues,
Thiago
Costa
Caetano
(2020).
Centro
de
Educação
–
Universidade
Federal
de
Itajubá.
4. COMPETÊNCIAS DOCENTES
 O docente de disciplinas remotas e/ou na modalidade EaD é mais exigido nessas
competências:
Fonte: Adaptado de Carmo; Franco (2019)
Autoria:
Alessandra
Rodrigues,
Thiago
Costa
Caetano
(2020).
Centro
de
Educação
–
Universidade
Federal
de
Itajubá.
REFERÊNCIAS
ALMEIDA, M. E. B. de. Transformações no trabalho e na formação docente na educação a distância on-line. Em Aberto, Brasília, v.
23, n. 84, p. 67-77, nov. 2010. Disponível em: <http://rbep.inep.gov.br/ojs3/index.php/emaberto/article/view/2468/2206>. Acesso
em: 29 abr. 2020.
BEHRENS, M. Formação pedagógica on-line: caminhos para a qualificação da docência universitária. Em Aberto, Brasília, v. 23, n.
84, p. 46-6, nov. 2010. Disponível em: <http://rbep.inep.gov.br/ojs3/index.php/emaberto/article/view/2467/2205>. Acesso em: 29
abr. 2020.
CARMO, R.. O. S.; FRANCO, A. P. Da docência presencial à docência online: aprendizagens de professores universitários na
educação à distância. Educação em Revista, Belo Horizonte , v. 35, p. 1-29, 2019 . Disponível em:
<http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-46982019000100420&lng=en&nrm=iso>. Acesso
em: 29 abr. 2020.
Sabemos que as exigências são inúmeras e que nem sempre temos tido
as melhores condições para empreender tantas ações e realizar todas as
tarefas, mas estamos trabalhando para auxiliá-los da melhor maneira
possível. Contem conosco!
Autoria:
Alessandra
Rodrigues,
Thiago
Costa
Caetano
(2020).
Centro
de
Educação
–
Universidade
Federal
de
Itajubá.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Organização_Disciplinas _Remotas

5ºATPC de Linguagens - Planejando as Aulas.pptx
5ºATPC de Linguagens - Planejando as Aulas.pptx5ºATPC de Linguagens - Planejando as Aulas.pptx
5ºATPC de Linguagens - Planejando as Aulas.pptxMatheusSimoesMasuoka1
 
A didática tem grande relevância no processo educativo de ensino e aprendizag...
A didática tem grande relevância no processo educativo de ensino e aprendizag...A didática tem grande relevância no processo educativo de ensino e aprendizag...
A didática tem grande relevância no processo educativo de ensino e aprendizag...ProfCibellePires
 
Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.Magda Marques
 
Características dos tutores que atuam na educação a distância
Características dos tutores que atuam na educação a distânciaCaracterísticas dos tutores que atuam na educação a distância
Características dos tutores que atuam na educação a distânciaDemerval Masotti
 
ROTEIRO - 8 Princípios Orientadores para a Implementação do Ensino a Distânci...
ROTEIRO - 8 Princípios Orientadores para a Implementação do Ensino a Distânci...ROTEIRO - 8 Princípios Orientadores para a Implementação do Ensino a Distânci...
ROTEIRO - 8 Princípios Orientadores para a Implementação do Ensino a Distânci...Carlos Ferreira
 
Percepções acerca da implantação de cursos superiores semipresenciais usando ...
Percepções acerca da implantação de cursos superiores semipresenciais usando ...Percepções acerca da implantação de cursos superiores semipresenciais usando ...
Percepções acerca da implantação de cursos superiores semipresenciais usando ...Inge Suhr
 
Blended learning caminho natural para as ies
Blended learning caminho natural para as iesBlended learning caminho natural para as ies
Blended learning caminho natural para as iesInge Suhr
 
Os projetos didáticos
Os projetos didáticosOs projetos didáticos
Os projetos didáticossorente
 
Proinfo: Curso Redes de Aprendizagem
Proinfo: Curso Redes de AprendizagemProinfo: Curso Redes de Aprendizagem
Proinfo: Curso Redes de AprendizagemReinaldo Paes
 
Ebook atividades ere
Ebook atividades ereEbook atividades ere
Ebook atividades ereUNIPÊ
 
Por uma educação mais online e menos a distância (Senid - UPF - 2013)
Por uma educação mais online e menos a distância (Senid - UPF - 2013)Por uma educação mais online e menos a distância (Senid - UPF - 2013)
Por uma educação mais online e menos a distância (Senid - UPF - 2013)Educação Online e em Rede
 
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.valmirsouto
 
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.valmirsouto
 
Apresentação - Prof. Dr. José Lucas Pedreira
Apresentação - Prof. Dr. José Lucas PedreiraApresentação - Prof. Dr. José Lucas Pedreira
Apresentação - Prof. Dr. José Lucas Pedreiravalmirsouto
 
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.valmirsouto
 

Semelhante a Organização_Disciplinas _Remotas (20)

5ºATPC de Linguagens - Planejando as Aulas.pptx
5ºATPC de Linguagens - Planejando as Aulas.pptx5ºATPC de Linguagens - Planejando as Aulas.pptx
5ºATPC de Linguagens - Planejando as Aulas.pptx
 
A didática tem grande relevância no processo educativo de ensino e aprendizag...
A didática tem grande relevância no processo educativo de ensino e aprendizag...A didática tem grande relevância no processo educativo de ensino e aprendizag...
A didática tem grande relevância no processo educativo de ensino e aprendizag...
 
Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.
 
Características dos tutores que atuam na educação a distância
Características dos tutores que atuam na educação a distânciaCaracterísticas dos tutores que atuam na educação a distância
Características dos tutores que atuam na educação a distância
 
Mesa 4 c
Mesa 4 cMesa 4 c
Mesa 4 c
 
ROTEIRO - 8 Princípios Orientadores para a Implementação do Ensino a Distânci...
ROTEIRO - 8 Princípios Orientadores para a Implementação do Ensino a Distânci...ROTEIRO - 8 Princípios Orientadores para a Implementação do Ensino a Distânci...
ROTEIRO - 8 Princípios Orientadores para a Implementação do Ensino a Distânci...
 
Percepções acerca da implantação de cursos superiores semipresenciais usando ...
Percepções acerca da implantação de cursos superiores semipresenciais usando ...Percepções acerca da implantação de cursos superiores semipresenciais usando ...
Percepções acerca da implantação de cursos superiores semipresenciais usando ...
 
Blended learning caminho natural para as ies
Blended learning caminho natural para as iesBlended learning caminho natural para as ies
Blended learning caminho natural para as ies
 
Estudo dirigido
Estudo dirigidoEstudo dirigido
Estudo dirigido
 
Os projetos didáticos
Os projetos didáticosOs projetos didáticos
Os projetos didáticos
 
Dicastit producao aulas
Dicastit producao aulasDicastit producao aulas
Dicastit producao aulas
 
Sala de educador
Sala de educadorSala de educador
Sala de educador
 
Proinfo: Curso Redes de Aprendizagem
Proinfo: Curso Redes de AprendizagemProinfo: Curso Redes de Aprendizagem
Proinfo: Curso Redes de Aprendizagem
 
Ebook atividades ere
Ebook atividades ereEbook atividades ere
Ebook atividades ere
 
3ª REUNIÃO MMR 2020
3ª REUNIÃO MMR 20203ª REUNIÃO MMR 2020
3ª REUNIÃO MMR 2020
 
Por uma educação mais online e menos a distância (Senid - UPF - 2013)
Por uma educação mais online e menos a distância (Senid - UPF - 2013)Por uma educação mais online e menos a distância (Senid - UPF - 2013)
Por uma educação mais online e menos a distância (Senid - UPF - 2013)
 
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
 
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
 
Apresentação - Prof. Dr. José Lucas Pedreira
Apresentação - Prof. Dr. José Lucas PedreiraApresentação - Prof. Dr. José Lucas Pedreira
Apresentação - Prof. Dr. José Lucas Pedreira
 
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
 

Último

Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja Mary Alvarenga
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na Áfricajuekfuek
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...WelitaDiaz1
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Centro Jacques Delors
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivararambomarcos
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................mariagrave
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresAna Isabel Correia
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfManuais Formação
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfKelly Mendes
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfGisellySobral
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.pptnocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.pptElifabio Sobreira Pereira
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdfCarinaSofiaDiasBoteq
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfAndersonW5
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 

Último (20)

Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.pptnocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 

Organização_Disciplinas _Remotas

  • 1. O R G A N I Z A Ç Ã O B Á S I C A D E D I S C I P L I N A S R E M O T A S O U H Í B R I D A S
  • 2. A P R I M E I R A I D E I A I M P O R TA N T E É NÃO BASTA REPLICAR O QUE SERIA FEITO NO CURSO PRESENCIAL TRADICIONAL. reconhecer que, no ensino remoto ou híbrido, estamos diante de contextos de ensino e de aprendizagem diferentes. Isso exige uma abordagem pedagógica também diferente. Logo, é preciso fazer ajustes no planejamento inicial feito para cursos presenciais. Autoria: Alessandra Rodrigues, Thiago Costa Caetano (2020). Centro de Educação – Universidade Federal de Itajubá.
  • 3. 1. ORGANIZAÇÃO DO CONTEÚDO E DO MATERIAL COMUNICAÇÃO  Em disciplinas remotas e/ou na modalidade EaD, é preciso garantir mais de um canal de comunicação entre docentes e discentes. Você deve escolher pelo menos um canal síncrono (Google Meet, Chat ou Zoom, por exemplo) e um canal assíncrono (e-mail, fórum, grupo de mensagens).  Os feedbacks das atividades entregues pelos estudantes (exercícios, textos, etc. - sejam avaliativos ou não) não devem demorar mais que uma semana. Já as respostas às dúvidas precisam ser diárias. Retornos diários às dúvidas não precisam “escravizar” o docente. Combine com os alunos e organize um ou dois momentos do seu dia para responder as dúvidas enviadas por meio de canais assíncronos. Autoria: Alessandra Rodrigues, Thiago Costa Caetano (2020). Centro de Educação – Universidade Federal de Itajubá.
  • 4. EMPATIA  Procure saber como os estudantes estão vivenciando o isolamento físico e o novo formato do curso. Encoraje-os a se conectarem uns com os outros.  Converse sobre estratégias de organização e gerenciamento da própria aprendizagem. Ajude com dicas sobre o direcionamento da atenção, o gerenciamento do tempo e dos esforços.  Dê oportunidade para que os discentes manisfestem suas impressões sobre o andamento do curso. Convide-os a pensar em estratégias que possam contribuir para a melhoria do curso. O professor tem o papel de criar um ambiente de colaboração, afetividade e companheirismo no ambiente virtual. Sua presença, ainda que não seja física, é essencial. Autoria: Alessandra Rodrigues, Thiago Costa Caetano (2020). Centro de Educação – Universidade Federal de Itajubá.
  • 5. ROTEIRO e ORIENTAÇÕES GERAIS  É essencial apresentar claramente aos discentes o planejamento geral da disciplina durante determinado período. Caso haja alterações, elas devem ser também comunicadas antecipadamente e com clareza.  Deixe explícitos aspectos como a dinâmica das postagens dos materiais, os conteúdos abordados semanalmente, o sistema de registro de presenças, os formatos dos encontros (síncronos e/ou assíncronos), as atividades avaliativas, os canais de comunicação e os prazos para feedbacks e retornos às dúvidas. Todas as informações devem estar disponíveis em todos os meios de comunicação que estão sendo utilizados na disciplina. E também em arquivo PDF para que possam ser facilmente recuperadas pelos discentes a qualquer tempo. Autoria: Alessandra Rodrigues, Thiago Costa Caetano (2020). Centro de Educação – Universidade Federal de Itajubá.
  • 6. ROTEIROS SEMANAIS  Mesmo que as atividades sejam postadas em dois dias diferentes da semana, disponibilize um roteiro semanal detalhado com as atividades a serem realizadas individualmente e em grupo, de forma síncrona e/ou assíncrona.  Disponibilize o roteiro semanal tanto no ambiente em que a disciplina está ocorrendo (SIGAA, MOODLE etc.) quanto em arquivo a ser colocado juntamente com os materiais referentes aos conteúdos da semana. Autoria: Alessandra Rodrigues, Thiago Costa Caetano (2020). Centro de Educação – Universidade Federal de Itajubá. Notícia no SIGAA Arquivo em PDF no SIGAA
  • 7. ESTRUTURA DE TÓPICOS  Mantenha o ambiente virtual organizado e o mais intuitivo possível. É importante que os estudantes possam facilmente localizar as informações e o conteúdo.  Uma alternativa pode ser a organização de materiais referentes aos tópicos dos conteúdos em semanas do RTE. Ex: Semana 1, Semana 2 etc.  Ainda que o docente não tenha concluído totalmente o planejamento dos conteúdos e tópicos do período de trabalho remoto da disciplina, deve informar aos discentes que isso está em processo e sempre mantê-los a par do andamento desse planejamento. Isso gera segurança no grupo. Autoria: Alessandra Rodrigues, Thiago Costa Caetano (2020). Centro de Educação – Universidade Federal de Itajubá.
  • 8. SUBDIVISÃO DE CONTEÚDOS e DIVERSIFICAÇÃO DE RECURSOS  Como já dissemos, um curso remoto não é a transposição de aulas presenciais. Por isso, não é produtivo fazer, por exemplo, encontros síncronos longos em que o docente faz explanações e os discentes assistem (semelhante ao modelo da aula presencial tradicional).  No ensino remoto, é essencial, além de estratificar os elementos de um mesmo conteúdo, utilizar vários recursos midiáticos para apresentá-los. Por exemplo, apresentar tópicos que compõem um contéudo semanal em diversas mídias: Autoria: Alessandra Rodrigues, Thiago Costa Caetano (2020). Centro de Educação – Universidade Federal de Itajubá.
  • 9. 2. ORGANIZAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE TAREFAS TAREFAS TEÓRICAS e PRÁTICAS ENSINAR e APRENDER são dois processos DIFERENTES. Não aprendemos apenas pela fala do docente. Aprendemos também interagindo com os pares, produzindo e refletindo.  Em disciplinas remotas ou na modalidade EaD, temos dois tipos de atividades: - As atividades consideradas teóricas (que são aquelas centradas na exposição do conteúdo) - As atividades consideradas práticas (que são aquelas centradas na realização de tarefas pelos discentes)  Em disciplinas remotas, as atividades práticas devem ser mais exploradas e, preferencialmente, buscando tarefas colaborativas e interativas com a mediação do docente. Autoria: Alessandra Rodrigues, Thiago Costa Caetano (2020). Centro de Educação – Universidade Federal de Itajubá.
  • 10. COMO APRENDEMOS Essa pirâmide, atribuída ao psiquiatra americano William Glasser, pode ser utilizada para direcionar a escolha de estratégias e metodologias que favoreçam a aprendizagem. Autoria: Alessandra Rodrigues, Thiago Costa Caetano (2020). Centro de Educação – Universidade Federal de Itajubá.
  • 11. 3. USO E DIMENSIONAMENTO DO TEMPO CONTEÚDO x CARGA HORÁRIA  Lembre-se de que ENSINAR e APRENDER são dois processos DIFERENTES, ainda que COMPLEMENTARES. Isso fica mais evidente em disciplinas remotas e/ou na modalidade EaD.  Assim, no trabalho essas disciplinas pressupõe-se uma quantidade menor de conteúdo expositivo. Identifique os pontos mais importantes do conteúdo para expor (por meio de diferentes recursos) e proponha tarefas que busquem uma postura mais ativa e reflexiva dos estudantes.  Mas lembre-se de que POSTURA ATIVA também é DIFERENTE de AUTODIDATISMO. Uma possível relação para dimensionamento do tempo a ser dedicado pelos estudantes é: se você tinha 4 horas de aulas presenciais, proponha atividades cuja realização totalize, no máximo, 2 horas. Assim, o ritmo individual dos alunos será respeitado. Autoria: Alessandra Rodrigues, Thiago Costa Caetano (2020). Centro de Educação – Universidade Federal de Itajubá.
  • 12. ATIVIDADES SÍNCRONAS e ASSÍNCRONAS  O tempo, em disciplinas remotas, precisa ser visto de forma diferente. Uma videoaula gravada, por exemplo, não pode ter a duração de 40 minutos ou mais. Produza videoaulas curtas (no máximo 15 minutos). Caso necessite de mais tempo para expor o conteúdo, subdivida-o em partes e faça mais vídeos. Ou, melhor ainda, apresente cada parte em uma mídia diferente (videoaula, animação, texto, simulação, slides narrados etc.). Um encontro virtual síncrono não deve ser uma aula expositiva a distância nem ter a mesma duração de tempo desta. Isso tende a ser improdutivo.  O encontro virtual síncrono, da mesma forma, não pode ser encarado como a replicação do encontro presencial. Ele deve ser mais curto (1 hora, 1 hora e meia) e estruturar-se como espaço de discussão, colaboração e diálogo entre docente e discentes. Use- o para tirar dúvidas, salientar e detalhar pontos específicos do conteúdo. Autoria: Alessandra Rodrigues, Thiago Costa Caetano (2020). Centro de Educação – Universidade Federal de Itajubá.
  • 13. 4. COMPETÊNCIAS DOCENTES  O docente de disciplinas remotas e/ou na modalidade EaD é mais exigido nessas competências: Fonte: Adaptado de Carmo; Franco (2019) Autoria: Alessandra Rodrigues, Thiago Costa Caetano (2020). Centro de Educação – Universidade Federal de Itajubá.
  • 14. REFERÊNCIAS ALMEIDA, M. E. B. de. Transformações no trabalho e na formação docente na educação a distância on-line. Em Aberto, Brasília, v. 23, n. 84, p. 67-77, nov. 2010. Disponível em: <http://rbep.inep.gov.br/ojs3/index.php/emaberto/article/view/2468/2206>. Acesso em: 29 abr. 2020. BEHRENS, M. Formação pedagógica on-line: caminhos para a qualificação da docência universitária. Em Aberto, Brasília, v. 23, n. 84, p. 46-6, nov. 2010. Disponível em: <http://rbep.inep.gov.br/ojs3/index.php/emaberto/article/view/2467/2205>. Acesso em: 29 abr. 2020. CARMO, R.. O. S.; FRANCO, A. P. Da docência presencial à docência online: aprendizagens de professores universitários na educação à distância. Educação em Revista, Belo Horizonte , v. 35, p. 1-29, 2019 . Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-46982019000100420&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 29 abr. 2020. Sabemos que as exigências são inúmeras e que nem sempre temos tido as melhores condições para empreender tantas ações e realizar todas as tarefas, mas estamos trabalhando para auxiliá-los da melhor maneira possível. Contem conosco! Autoria: Alessandra Rodrigues, Thiago Costa Caetano (2020). Centro de Educação – Universidade Federal de Itajubá.