A Revolução Cubana (1959)-A política do Big Stick-A invasão norte-americana-governos locais ditatoriais
Liderada pelo poeta José Martí,  a independência cubana, em  1898, logo esbarrou na política  do Big Stick, que instituiu ...
Além de ceder os EUA uma área  de 117 km² (a baía de  Guantánamo, ainda hoje uma  base norte-americana em solo  cubano), C...
Anos 50-O surgimento de  movimentos  guerrilheiros
Na década de 1950, porém, a oposição à ditadura cresceu consideravelmente, com o surgimento de movimentos guerrilheiros, s...
A política de  mudança  adotada pelo  governo  revolucionário a  partir de 1959.
A política de mudança chocava-se fortemente  com os tradicionais interesses dos EUA no  país. A realização de reforma agrá...
A ligação de Cuba  ao bloco  soviético.
Esta ligação serviu de justificativa para o presidente John Kennedy tomar medidas radicais. Em janeiro de 1961, os EUA rom...
O primeiro discurso ao país após a vitória, Fidel anunciou formalmente ao mundo que Cuba passava a se considerar um país s...
Ao entrar para esse bloco, a ilha se tornaria um importante ponto estratégico para a União Soviético, que promoveria a ten...
Anos 60Em plena atmosfera de Guerra Fria.
Cuba foi expulsa da OEA sob acusação de que disseminava a subversão pelo continente, embora contasse com aliados de peso n...
O isolacionismo forçado de Cuba levou o governo de Havana a apoiar os movimentos guerrilheiros que ocorriam em diversos po...
Na Bolívia, Colômbia e países centro- americanos, atuava pessoalmente o líder da revolução cubana, “Che” Guevara, que acab...
À atitude ofensivacubana, os EUAresponderam com umapolítica de apoio aosgolpes militares docontinente, implantandogovernos...
Para afastar o perigocomunista ou atuandomilitarmente contragovernos apoiados porCuba, a exemplo dossandinistas naNicarágua.
Anos 80
A América Central transformou-se numa regiãode guerra civil, de guerrilhas e crises mas noinício da década seguinte o apaz...
Entre 1989 e 1991-As mudanças no Lesteeuropeu-A derrocada da Uniãosoviético
Fortaleceram aspressões por reformasque eliminassem omonolitismo, obstáculo auma abertura sintonizadacom as transformações...
Ao mesmo tempo, os EUA intensificaram obloqueio econômico iniciado em 1961,multiplicando as dificuldades da populaçãocuban...
A enorme retração econômica do Leste europeu,provocada pelo esfacelamento da UniãoSoviética, levou os dirigentes comunista...
Após adotar o lemarevolucionário castrista“socialismo ou morte”,passavam,pragmaticamente, a dizer“queremos capital e nãoca...
Outro mecanismoadotado pelo governocubano foi o incrementodo turismo, trazendodivisas que ajudaram aenfrentar a asfixiaeco...
Inúmeras pressões dacomunidadeinternacional têm sidofeitas para o fim dobloqueio norte-americano. Porémposição contrária é...
Ao defenderem o isolamentointernacional, esses cubanosacreditam que a pobrezadecorrente acabará por derrubarFidel. Estabel...
Mesmo assim, em 1998, o isolamentointernacional cubano diminuiu, destacando-se avisita do papa João Paulo II à ilha e ores...
Considerações finaisA Revolução Cubana, no contexto da AméricaLatina, foi uma via específica da solução aosproblemas de mi...
Depois de mais de 25 anos da revolução, ogoverno cubano, e das várias dificuldades, pôdeproclamar que conseguiria o fim do...
Obrigado!!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula revolução cubana

2.333 visualizações

Publicada em

O podcast está disponível no 4shared para download ou ouvir on-line gratuito no seguinte endereço: http://www.4shared.com/music/4lrve_y_/podcast_ed01_revoluo_cubana.html Só é necessário fazer login no 4shared. e se não tiveres cadastro é só criar um.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.333
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
515
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
58
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula revolução cubana

  1. 1. A Revolução Cubana (1959)-A política do Big Stick-A invasão norte-americana-governos locais ditatoriais
  2. 2. Liderada pelo poeta José Martí, a independência cubana, em 1898, logo esbarrou na política do Big Stick, que instituiu na constituição cubana de 1901 a Emenda Platt, dando início à tutela político-econômica norte-americana sobre Cuba.
  3. 3. Além de ceder os EUA uma área de 117 km² (a baía de Guantánamo, ainda hoje uma base norte-americana em solo cubano), Cuba ficou sob ameaça de uma invasão norte- americana e o jugo de governos locais ditatoriais, como Gerardo Machado até 1993 e Fulgêncio Batista de 1934 a 1958.
  4. 4. Anos 50-O surgimento de movimentos guerrilheiros
  5. 5. Na década de 1950, porém, a oposição à ditadura cresceu consideravelmente, com o surgimento de movimentos guerrilheiros, sob a liderança de Fidel Castro, Camilo Cienfuegos e Ernesto “Che” Guevara, que partir de 1956 obtiveram sucessivas vitórias e ocuparam várias cidades e povoados. Em 31/12/1959, Fulgêncio Batista, derrotado, fugiu de Cuba para a vizinha República Dominicana.
  6. 6. A política de mudança adotada pelo governo revolucionário a partir de 1959.
  7. 7. A política de mudança chocava-se fortemente com os tradicionais interesses dos EUA no país. A realização de reforma agrária e nacionalização das refinarias de açúcar, usinas e indústrias (a maior parte pertencentes a norte-americanas) levaram os EUA a suspender a importação do açúcar cubano. Sendo a venda do açúcar vital à economia de Cuba, um novo mercado precisaria ser criado, e o país voltou-se para os soviéticos.
  8. 8. A ligação de Cuba ao bloco soviético.
  9. 9. Esta ligação serviu de justificativa para o presidente John Kennedy tomar medidas radicais. Em janeiro de 1961, os EUA romperam relações diplomáticas com Cuba e, em abril, um grupo de soldados formado por exilados cubanos e mercenários norte- americanos desembarcou na baía dos Porcos recebendo apoio da força aérea numa tentativa de derrubar Fidel. O completo fracasso aumentou o prestígio do líder cubano.
  10. 10. O primeiro discurso ao país após a vitória, Fidel anunciou formalmente ao mundo que Cuba passava a se considerar um país socialista.
  11. 11. Ao entrar para esse bloco, a ilha se tornaria um importante ponto estratégico para a União Soviético, que promoveria a tentativa de instalação de mísseis na ilha, e aí, o que acontece? Acertou. Origina a crise dos mísseis de 1962.
  12. 12. Anos 60Em plena atmosfera de Guerra Fria.
  13. 13. Cuba foi expulsa da OEA sob acusação de que disseminava a subversão pelo continente, embora contasse com aliados de peso na América, como o México. Ao mesmo tempo Kennedy lançou para a América Latina a Aliança para o Progresso, um programa de ajuda econômica que veiculava ideais norte- americanos, numa tentativa de combater as influências da Revolução Cubana sobre outras regiões do continente.
  14. 14. O isolacionismo forçado de Cuba levou o governo de Havana a apoiar os movimentos guerrilheiros que ocorriam em diversos pontos do continente, buscando subverter os poderes estabelecidos aliados aos EUA.
  15. 15. Na Bolívia, Colômbia e países centro- americanos, atuava pessoalmente o líder da revolução cubana, “Che” Guevara, que acabou morto em outubro do mesmo ano na Bolívia.
  16. 16. À atitude ofensivacubana, os EUAresponderam com umapolítica de apoio aosgolpes militares docontinente, implantandogovernos ditatoriais.
  17. 17. Para afastar o perigocomunista ou atuandomilitarmente contragovernos apoiados porCuba, a exemplo dossandinistas naNicarágua.
  18. 18. Anos 80
  19. 19. A América Central transformou-se numa regiãode guerra civil, de guerrilhas e crises mas noinício da década seguinte o apaziguamentointernacional elaborado pelo presidente GeorgeBush (pai) e pelo presidente soviético MikhailGorbatchev motivou ainda que brandamente umareversão desse quadro.
  20. 20. Entre 1989 e 1991-As mudanças no Lesteeuropeu-A derrocada da Uniãosoviético
  21. 21. Fortaleceram aspressões por reformasque eliminassem omonolitismo, obstáculo auma abertura sintonizadacom as transformaçõesdos ex-socialistas eexigidas pelos paísescapitalistas.
  22. 22. Ao mesmo tempo, os EUA intensificaram obloqueio econômico iniciado em 1961,multiplicando as dificuldades da populaçãocubana e do próprio regime socialista. Tem sidotão negativos os efeitos do atual quadro quemuitas das conquistas sociais, econômicas eculturais obtidas até os anos 1980, ou foramanuladas, ou então sob ameaça de reversão.
  23. 23. A enorme retração econômica do Leste europeu,provocada pelo esfacelamento da UniãoSoviética, levou os dirigentes comunistascubanos a buscar, em meados da década de1990, um reformismo econômico e aproximaçãointernacional discordante do bloqueio norte-americano.
  24. 24. Após adotar o lemarevolucionário castrista“socialismo ou morte”,passavam,pragmaticamente, a dizer“queremos capital e nãocapitalismo”.
  25. 25. Outro mecanismoadotado pelo governocubano foi o incrementodo turismo, trazendodivisas que ajudaram aenfrentar a asfixiaeconômica.
  26. 26. Inúmeras pressões dacomunidadeinternacional têm sidofeitas para o fim dobloqueio norte-americano. Porémposição contrária édefendida por umaruidosa comunidadecubana estabelecida naFlórida.
  27. 27. Ao defenderem o isolamentointernacional, esses cubanosacreditam que a pobrezadecorrente acabará por derrubarFidel. Estabelecidos em grandenúmero nesse estado norte-americano, os cubanosexerciam peso nas eleiçõeslocais e, com suas ramificações,influenciavam a política externados EUA.
  28. 28. Mesmo assim, em 1998, o isolamentointernacional cubano diminuiu, destacando-se avisita do papa João Paulo II à ilha e orestabelecimento dos voos Miami (EUA) eHavana (Cuba), além dos investimentos efinanciamentos canadenses europeus ao país.
  29. 29. Considerações finaisA Revolução Cubana, no contexto da AméricaLatina, foi uma via específica da solução aosproblemas de miséria e ditadura produzidos pelosubdesenvolvimento onde as soluçõesapontavam para o não alinhamento automáticocom os EUA durante o período da Guerra Fria.
  30. 30. Depois de mais de 25 anos da revolução, ogoverno cubano, e das várias dificuldades, pôdeproclamar que conseguiria o fim do desemprego,da miséria e que o analfabetismo foi erradicadodo país.
  31. 31. Obrigado!!

×