Revolução Cubana

324 visualizações

Publicada em

REVOLUÇÃO EM CUBA.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
324
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Revolução Cubana

  1. 1. Grupo 1
  2. 2. INTRODUÇÃO * Sobre o autor Richard Gott * A independência * Emenda Platt * Fulgêncio Batista
  3. 3. O desembarque do Granma e a guerra revolucionária
  4. 4. * Ataque ao quartel militar em La Plata, janeiro de 1957 * 1959: Vitória da revolução na batalha de Santa Clara – fuga de Batista
  5. 5. * Fidel Castro proclama o caráter socialista da Revolução Cubana
  6. 6. Os negros na revolução, 1959 * Situação de desigualdade racial, mesmo em tempo de paz *“A Revolução criou as condições para o fim da discriminação, e está lutando para isso, mas ainda existem aqueles que vão lhe insultar abertamente...” Pombo * Os negros não eram eminentes na liderança da guerra revolucionária. * Relutância negra – inexistência de um projeto político voltados para negros * Questão Racial – nunca fora mencionada nos discursos de Fidel antes de 1959.
  7. 7. O impacto da revolução no estrangeiro, 1959- 1960 *O impacto causado pela Revolução Cubana foi quase que imediato em países de todo o mundo. *A Revolução Cubana foi percebida como a aurora de uma nova era. * Visão de Cuba como a vanguarda da luta eminente.
  8. 8. A reação dos Estados Unidos, 1959-1960 *Reforma agrária - ponto crítico do relacionamento dos Estados Unidos com Cuba. *Inserção de um governo favorável aos interesses dos Estados Unidos. •Visão dos Estados Unidos - Ameaça econômica maior que a comunista. •* Pressão dos Estados Unidos para o fim do socialismo.
  9. 9. A reação da União Soviética à revolução, 1959- 1960 * Os cubanos estavam mais interessados em fazer abertura à União Soviética do que o inverso. •A União Soviética vê em Cuba possibilidade de expandir o socialismo comunista na América. •A URSS deu apoio militar e econômico ao novo governo de Castro, comprando a maioria do açúcar cubano.
  10. 10. “A Primeira Declaração de Havana” – a revolução marcha diferente, 1960 •EUA – Boicote ao açúcar cubano •* Russos compram açúcar cubano, que não foram vendidos. •* Castro nacionaliza todas as propriedades norte-americanas importantes na ilha, confiscando bancos norte-americanos •*Discurso de Castro conhecido como A Primeira Declaração de Havana •* Embargo Econômico – resposta dos Estados Unidos
  11. 11. A economia da Revolução, 1959 - 1961 •Livrar-se do Imperialismo? – eis a questão •* O bloqueio econômico afetou diretamente a economia de Cuba •* Guevara argumentava que a industrialização era a única base verdadeira para o socialismo. •* Para receber fábricas da União Soviética, esbarrava-se na questão cultural •* O difícil recomeço sem o apoio dos EUA.
  12. 12. * Em 1989 com a caída do bloco comunista da Europa, os cubanos passam por um período especial, falta de combustível, as importações foram reduzidas, as exportações de açúcar, de tabaco, rum e outros produtos. * O Governo Revolucionário começou a estimular investimentos estrangeiros, deu-se certo grau de liberdade à iniciativa privada, foram abertas relações com o leste europeu, assim como países da América Latina e do Caribe. * Hoje Cuba está em recuperação econômica, tendo como base o turismo.

×