Oriente médio - Resumão

430 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
430
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Mudanças na situação política da região
    As relações entre Israel e os palestinos sofreram, nos últimos anos, o impacto de duas mudanças externas:
    - A chegada do democrata Barack Obama ao governo dos Estados Unidos, em 2009, com uma retórica menos enfática de apoio a Israel. Em maio de 2011, Obama fez um pronunciamento histórico, defendendo um Estado palestino desmilitarizado ao lado de Israel, com base nas fronteiras definidas até 1967 – salvo alterações acertadas entre os dois países envolvidos. Netanyahu descartou a ideia. Disse considerar as fronteiras pré-1967 “indefensáveis”, por deixar fora de Israel os mais de 120 assentamentos na Cisjordânia, onde moram 330 mil judeus.
    - A Primavera Árabe, no início de 2011, que derrubou o ditador Hosni Mubarak da presidência do Egito. Mubarak era fiel aliado dos EUA e reconhecia o Estado de Israel. Já seu sucessor Mohamed Mursi é ligado aos islamitas da Irmandade Muçulmana, movimento que originou o Hamas. Mesmo assim, o presidente norte-americano Barack Obama continuou a apostar no governo egípcio como o mais bem posicionado para concluir um cessar-fogo entre israelenses e palestinos.
    O conflito entre palestinos e israelenses dura mais de seis décadas. Veja um resumo dos principais momentos e aspectos:
  • Oriente médio - Resumão

    1. 1. Professor Rafael Magno Noronha História e Atualidade Oriente Médio Uma terra de conflitos
    2. 2. ,Mapa do Oriente Médio Afeganistão PaquistãoGolfo Pérsico
    3. 3. O que é sunita? (Palavra e ação do profeta) – quando Maomé morreu, em 632, houve uma grande disputa pelo poder. Os sunitas foram os que aceitaram a sucessão como ocorreu, preservando-se menos radicais.
    4. 4. O que é Xiita? • (partido, seita) – grupo mais radical do islamismo que vê o líder político como um enviado de Deus. Política e Religião andam juntas.
    5. 5. Quem é o Aiatolá? (milagroso sinal de Deus) – título dado aos mais altos dignitários do grupo xiita.
    6. 6. O que é hadith? Atos e palavras de Maomé que completam o Alcorão; Valem como lei para os fundamentalistas.
    7. 7. O que é Sharia? Código legal muçulmano, que prevê, por exemplo, amputação de mãos em caso de roubo.
    8. 8. O que é Al-Jidah? Grupo extremista que pratica atentados no Egito.
    9. 9. O que é Hezbollah? Grupo extremista de xiitas, que saiu do Irã e foi para o Líbano. Lutam para que os israelenses desocupem a Palestina.
    10. 10. O que é Al-Fatah? (reconquista) – Grupo guerrilheiro criado por palestinos em 1959 para destruir Israel e formar o Estado Palestino
    11. 11. O que é Hamas? Organização islâmica radical que defende a destruição de Israel
    12. 12. O que é Jihad? Combate contra os inimigos da fé e da ordem muçulmana. É uma obrigação religiosa, traduzida no ocidente como Guerra Santa.
    13. 13. Quem são os Árabes? Quem vive na península sul da Ásia. Existem árabes cristãos, judeus e muçulmanos.
    14. 14. Quem é a Autoridade Palestina? Instituição estatal semi - autônoma, que governa partes da Cisjordânia e a Faixa de Gaza.
    15. 15. O que é a Faixa de Gaza? É uma pequena região entre o Egito e Israel, que devido a inúmeros conflitos não é reconhecida como pertencente a um país soberano
    16. 16. O Estado de Israel ocupou militarmente a região e controla o espaço aéreo e o acesso marítimo.
    17. 17. A Autoridade Nacional Palestina é responsável pela jurisdição.
    18. 18. Mundo Muçulmano • Em um contexto de conflito, o uso da violência religiosa é justificado como necessário para se manter a “paz” para os muçulmanos.
    19. 19. Mundo Muçulmano • No entanto, as ditaduras islâmicas distorceram a religião em nome do poder. • Vários grupos e conflitos existentes no Oriente Médio.
    20. 20. A Questão da Palestina • A maior cisão entre o Ocidente judaico-cristão e o Oriente Muçulmano se dá entre os israelenses (judeus) e mulçumanos (palestinos).
    21. 21. A Questão da Palestina
    22. 22. A Importância Histórica de Jerusalém • Judeus: cidade do rei Davi e do templo da Arca da Aliança. • Muçulmanos: ascensão de Maomé aos céus. • Cristianismo: palco da paixão de Cristo e seu sepultamento
    23. 23. Muro das Lamentações Local sagrado para os Judeus
    24. 24. Mesquita Al-Aqsa Local sagrado para o Islã
    25. 25. Igreja do Santo Sepulcro Local sagrado para os cristãos
    26. 26. Jerusalém • Palco central das CRUZADAS na Idade Média, entre 1096 e 1270, com o objetivo dos cristãos reconquistarem Jerusalém dos muçulmanos.
    27. 27. Questão Atual • Jerusalém: capital de Israel (judeus) • Conflito: a Autoridade Palestina reivindica a parte oriental de Jerusalém para uma futura capital do estado palestino independente.
    28. 28. Israelenses e Palestinos • Fundação de Israel se deu após a 2ª Guerra Mundial, quando a ONU aprovou um plano para partilha da Palestina, após retirada de forças britânicas do local.
    29. 29. Israelenses e Palestinos • Segundo o Plano, os judeus (30%) ficariam com 54% do território e árabes (70%) com 45%. • Jerusalém seria 1% do território sob administração internacional.
    30. 30. Israelenses e Palestinos • Plano aceito pelos judeus e colocado em prática de forma violenta por estes, que ampliaram o território. • Plano rejeitado pelos árabes Uma Guerra atrás da outra
    31. 31. Israelenses e Palestinos • Para os palestinos a questão é territorial. • Israel defende aquisições territoriais originalmente árabes, como a Faixa de Gaza.
    32. 32. Crise
    33. 33. Crise
    34. 34. • - A chegada do democrata Barack Obama ao governo dos Estados Unidos, em 2009 • - A Primavera Árabe, no início de 2011 Mudanças na situação política
    35. 35. • A animosidade entre judeus e palestinos resultou em uma nova escalada de violência, a partir de meados de junho, devido a uma série de incidentes envolvendo extremistas de ambos os lados. • O conflito na Faixa de Gaza decorrente dessa crise, que já deixou mais de 670 palestinos e de 30 israelenses mortos, teve início no dia 12 de junho após o sequestro de três jovens judeus — o que provocou reações cada vez mais violentas dos dois lados da fronteira. 2014
    36. 36. Consideração Final Boa parte do que acontecerá no Oriente depende de como o Ocidente irá compreender (ou não) os conflitos no mundo muçulmano.

    ×