A geopolítica do Oriente Médio 
Prof. Marcos A.
ORIENTE MÉDIO 
• LOCALIZAÇÃO: 
• O Oriente Médio está localizado na confluência dos 
continentes que formam o Velho Mundo:...
Mapa Político – Oriente Médio
A religião mulçumana (Islã) 
• O Islamismo é a segunda religião com maior número de 
fiéis, atrás apenas do cristianismo, ...
O mapa ao lado 
mostra que o 
Islamismo 
encontra-se 
espalhado não 
apenas no 
Oriente Médio, 
mas também no 
Norte da Áf...
Petróleo: a maior riqueza dos países 
árabes 
• Origem e formação do petróleo: resulta da 
decomposição ao longo do tempo,...
Criação da OPEP 
• OPEP – Organização dos Países Produtores e 
Exportadores de Petróleo: 
• Criada na década de 70, os mai...
As crises do petróleo:
As maiores reservas na região do Oriente Médio estão 
localizadas: 
• Na Mesopotâmia – Iraque 
• No Golfo Pérsico – (Área ...
Conflito Israel - Palestina
Origens históricas do conflito 
• Os embates entre judeus e palestinos, remontam o 
final do século XIX, quando os judeus,...
• Durante a Segunda Guerra Mundial (1938-1945), 
houve a perseguição do Nazismo aos judeus na 
Europa, ocasionando a morte...
• O principal confronto entre palestinos e 
israelitas se dá em torno da soberania e do 
poder sobre terras que envolvem c...
Plano de partilha da Palestina 
• Com a criação da ONU e o domínio britânico sob 
a Palestina, começa a discussão em 1947 ...
Plano de Partilha da Palestina
Consequências do Plano da ONU 
• A Comunidade Judaica aceitou a partilha nos 
termos estabelecidos pela ONU. Ao 
contrário...
1948: O primeiro conflito entre árabes e 
judeus 
• Tropas da Transjordânia (atual Jordânia), Egito, 
Síria, Líbano e Iraq...
O saldo do primeiro conflito: 
• Israel saiu vitorioso ao confirmar a posse de seus 
territórios, conquistando também part...
A GUERRA DOS 6 DIAS 
• Em 1967 o Egito bloqueia o canal de Suez aos 
navios israelenses e inicia manobras militares na 
pe...
Expansão de Israel na Guerra dos Seis Dias
Consequências da Guerra de 1967 
• Israel amplia consideravelmente seu território. 
• O fracasso dos Estados Árabes na gue...
Outros conflitos a partir da década de 70 
• Em 1973 começa a Guerra do Yom Kippur (ofensiva dos 
países árabes na tentati...
Os dias atuais 
• Os últimos anos tem sido marcados por acentuados 
confrontos entre o grupo terrorista Hamas e Israel, 
e...
Ataque de Israel a Gaza
Operação Iron Dome 
Um míssil sendo disparado do sistema de defesa anti-aéreo 
de Isreael Cúpula de Ferro durante a Operaç...
Bombardeiro de Israel a alvos 
terroristas em Gaza - 2014
Água – o maior problema ambiental dos 
países árabes 
• Praticamente todo o Oriente Médio tem grandes dificuldades para a ...
O consumo médio de água 
entre os palestinos é de 70 
litros por dia, comparados 
com 300 litros entre os 
israelenses. Há...
O terrorismo islâmico 
• É uma forma de terrorismo religioso cometida por 
extremistas islâmicos com o propósito de atingi...
• A partir dos anos 70, com o aumento das ações militares de 
Israel sobre a Palestina e, consequentemente nos anos 90 
co...
O maior atentado da história : ocorrido em 11 de 
setembro de 2001: 
Homens da Al-Qaeda sequestraram aviões comerciais e 
...
Oriente médio
Oriente médio
Oriente médio
Oriente médio
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Oriente médio

1.653 visualizações

Publicada em

Geografia

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.653
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
870
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Oriente médio

  1. 1. A geopolítica do Oriente Médio Prof. Marcos A.
  2. 2. ORIENTE MÉDIO • LOCALIZAÇÃO: • O Oriente Médio está localizado na confluência dos continentes que formam o Velho Mundo: Ásia, África e Europa. Apresenta um litoral cheio de recorte e acidentes geográficos, sendo cercado por mares e oceanos: ao norte, mares Negro e Cáspio; ao sul, golfo Pérsico e mar Arábico (parte do oceano Índico); a oeste, mares Vermelho e continente africano, a noroeste com o Mediterrâneo e a Europa. • Diversos canais e estreitos que interligam esses mares tornaram-se importantes pontos estratégicos, onde, ao longo dos séculos, ocorreram conflitos geopolíticos entre nações interessadas em controlá-los. • VEJA O MAPA
  3. 3. Mapa Político – Oriente Médio
  4. 4. A religião mulçumana (Islã) • O Islamismo é a segunda religião com maior número de fiéis, atrás apenas do cristianismo, porém é a religião que mais cresce no mundo. • Reúnem hoje entre 1,5 a 1,8 bilhão de crentes. Apenas 18% dos muçulmanos vivem no mundo árabe, 20% encontram-se espalhado pela África subsariana, cerca de 30% vivem no Paquistão, Índia e Bangladesh, e a maior comunidade nacional encontra-se na Indonésia (país insular do sudeste asiático). • A religião é dividida entre sunitas 80% a 90% e 10% a 20% sendo xiitas. Existe uma forte fusão da cultura arábe com os preceitos da fê mulçumana.
  5. 5. O mapa ao lado mostra que o Islamismo encontra-se espalhado não apenas no Oriente Médio, mas também no Norte da África, Ásia Central e Sudeste da Ásia
  6. 6. Petróleo: a maior riqueza dos países árabes • Origem e formação do petróleo: resulta da decomposição ao longo do tempo, de matéria orgânica - resíduos vegetais e animais marinhos, entre outros. Esta matéria orgânica se transforma à medida que é exposta a diferentes pressões e temperaturas, ao longo dos tempos. • As maiores reservas estão localizadas: no Oriente Médio, e, por sua vez, são os maiores exportadores mundiais, destacando: Irã, Arábia Saudita, Kuwait, Líbia, Iraque, Emirados Árabes Unidos, Catar.
  7. 7. Criação da OPEP • OPEP – Organização dos Países Produtores e Exportadores de Petróleo: • Criada na década de 70, os maiores produtores do Oriente Médio e mais outros grandes produtores mundiais como a Venezuela, decidiram unir suas forças para combater o controle e o monopólio das “7 irmãs” (Esso, Mobil, Texaco, BP, Shell, entre outras) – as maiores companhias petrolíferas sediadas nos países mais ricos, que controlavam os preços e as reservas na região.
  8. 8. As crises do petróleo:
  9. 9. As maiores reservas na região do Oriente Médio estão localizadas: • Na Mesopotâmia – Iraque • No Golfo Pérsico – (Área litorânea do Kwait, Irã, Iraque). • Nesta região ocorreram diversos conflitos ocasionados pelo controle das reservas da região, sempre envolvendo os países árabes e as superpotências, ocasionando a elevação do preço do petróleo e CRISES GLOBAIS. Dentre os conflitos, podemos destacar: • 1973: Guerra do Yom Kippur (Israel e os países árabes) • ANOS 80: Guerra Irã x Iraque – (pelo controle das reservas no Golfo); • 1990: Guerra do Golfo, envolvendo EUA X Iraque (o Iraque invade o Kwait, importante parceiro americano); • 2004: Invasão americana ao Iraque para combater o regime do ditador Saddam Hussein e o terrorismo islâmico, também para controlar as reservas petrolíferas.
  10. 10. Conflito Israel - Palestina
  11. 11. Origens históricas do conflito • Os embates entre judeus e palestinos, remontam o final do século XIX, quando os judeus, cansado do exílio (diáspora), passou a expressar o desejo de retornar para sua antiga pátria, então habitada em grande parte pelos palestinos - árabes. O ideal judaico de retorno á terra natal de seus antepassados é conhecido como Sionismo, vigente desde 1897. • Estimulado pela Declaração de Balfour, iniciativa do governo britânica, que dá aos judeus os direitos políticos próprios para iniciar a ocupação da Palestina. • Várias colônias de judeus começaram a partir na direção da terra prometida (início do séc. XX), mesmo com a presença árabe (que por séculos já ocupavam a região).
  12. 12. • Durante a Segunda Guerra Mundial (1938-1945), houve a perseguição do Nazismo aos judeus na Europa, ocasionando a morte de milhões de judeus nos campos de concentração. • Mais que nunca eles desejavam retornar à Palestina, há muito tempo consagrada como um território árabe. • Logo após ao final do conflito, com a criação da ONU (Nações Unidas)a comunidade de nações se vê diante da necessidade de criar um lar para os judeus.
  13. 13. • O principal confronto entre palestinos e israelitas se dá em torno da soberania e do poder sobre terras que envolvem complexas e antigas questões históricas, religiosas e culturais. Tanto árabes quanto judeus reivindicam a posse de territórios nos quais se encontram seus monumentos mais sagrados. • Em Jerusalém na Palestina se encontram diversos monumentos históricos do mundo cristão, judeu e mulçumano.
  14. 14. Plano de partilha da Palestina • Com a criação da ONU e o domínio britânico sob a Palestina, começa a discussão em 1947 do Plano de Partilha da Palestina. • A ONU propõe a divisão da região em dois Estados, um árabe - palestino e um judeu, baseando-se nas populações até então estabelecidas na região. Assim, os judeus receberam 55% da área. • Segundo esta proposta, a cidade de Jerusalém, teria um estatuto de cidade internacional, administrada pelas ONU para evitar um possível conflito sobre sua soberania.
  15. 15. Plano de Partilha da Palestina
  16. 16. Consequências do Plano da ONU • A Comunidade Judaica aceitou a partilha nos termos estabelecidos pela ONU. Ao contrário, a Liga Árabe não aceitou o acordo. • Em 14 de maio de 1948, um dia antes do fim do Mandato Britânico na Palestina, a Agência Judaica proclamou a independência, nomeando o país de Israel nos territórios acordados e votados na partilha. • A partir da sua independência aos dias atuais, inumeras guerras foram declaradas entre as nações árabes e Israel.
  17. 17. 1948: O primeiro conflito entre árabes e judeus • Tropas da Transjordânia (atual Jordânia), Egito, Síria, Líbano e Iraque atacaram o recém-criado Estado de Israel, logo após sua independência. • Surge a intenção dos árabes em declarar um "Estado Unido da Palestina" em todo o território em detrimento de um estado árabe e de um estado judaico. Eles consideravam que o plano das Nações Unidas era ilegal porque vinha em oposição à vontade da população árabe da Palestina.
  18. 18. O saldo do primeiro conflito: • Israel saiu vitorioso ao confirmar a posse de seus territórios, conquistando também parte da área destinada aos árabes – palestinos. • A Faixa de Gaza foi ocupada pelo Egito e a Cisjordânia foi ocupada pela Transjordânia (que passou a se chamar simplesmente de Jordânia). • A partir daí, como ocorreu com os judeus ao longo da história, a diáspora (migração forçada) dos palestinos, que passaram a se tornar refugiados. Milhares foram obrigados a se dirigir para as zonas de fronteira dos países árabes e os territórios ocupados citados acima.
  19. 19. A GUERRA DOS 6 DIAS • Em 1967 o Egito bloqueia o canal de Suez aos navios israelenses e inicia manobras militares na península do Sinai, ao mesmo tempo que a Jordânia e Síria mobilizavam seus exércitos, na fronteira com Israel. Prevendo um ataque iminente, Israel inicia a guerra preventiva (Guerra dos Seis Dias). • Com a guerra, Israel expandiu seu territorio, ocupando a Cisjordânia (Jordânia), a Faixa de Gaza e a Península do Sinai (Egito) e as Colinas de Golã (Síria) e também a parte da Cidade Antiga de Jerusalém (também chamada Jerusalém Oriental).
  20. 20. Expansão de Israel na Guerra dos Seis Dias
  21. 21. Consequências da Guerra de 1967 • Israel amplia consideravelmente seu território. • O fracasso dos Estados Árabes na guerra de 1967 levou ao surgimento de organizações não-estatais árabes no conflito, sendo a mais importante a Organização de Libertação da Palestina (OLP), que foi concebida sob o lema "a luta armada como única forma de libertar a pátria.". • No início da década de 1970, grupos palestinos lançaram uma onda de ataques contra alvos israelenses ao redor do mundo. Começa a onda de terrorismo no mundo. • Um dos primeiros ataques, um massacre de atletas israelitas nos Jogos Olímpicos de Verão de 1972, em Munique.
  22. 22. Outros conflitos a partir da década de 70 • Em 1973 começa a Guerra do Yom Kippur (ofensiva dos países árabes na tentativa de recuperar os territórios perdidos na Guerra dos Seis Dias). • Em 1982, Israel invade o Líbano em busca de desmontar os grupos terroristas como a Al Fatah. • A Primeira Intifada (guerra das pedradas), um levante palestino contra Israel, eclodiu em 1987, com ondas de violência nos territórios ocupados. • A Intifada de Al-Aqsa começou no fim de setembro de 2000, com uma onda de conflitos entre as tropas de Israel e palestinos armados com paus, pedras e bombas caseiras, além dos usuais ataques terroristas.
  23. 23. Os dias atuais • Os últimos anos tem sido marcados por acentuados confrontos entre o grupo terrorista Hamas e Israel, enquanto as negociações estagnavam. Em 2014, o governo israelense lançou uma nova ofensiva contra Gaza, que ainda está em andamento e já deixou centenas de mortos. Os recentes conflitos são caracterizados por bombardeios aéreos maciços por parte de Israel, que terminam fazendo várias vítimas inocentes, e pelo lançamento indiscriminado de foguetes pelos militantes palestinos, que acabam atingindo primordialmente a população civil israelense.
  24. 24. Ataque de Israel a Gaza
  25. 25. Operação Iron Dome Um míssil sendo disparado do sistema de defesa anti-aéreo de Isreael Cúpula de Ferro durante a Operação Margem Protetora em julho 2014
  26. 26. Bombardeiro de Israel a alvos terroristas em Gaza - 2014
  27. 27. Água – o maior problema ambiental dos países árabes • Praticamente todo o Oriente Médio tem grandes dificuldades para a obtenção de água, o que dificulta enormemente a agropecuária e agricultura. • As principais fontes potáveis estão localizadas na Mesopotâmia (Iraque) e na Bacia do Rio Jordão (Jordânia, Israel, Síria). • Juntamente com o petróleo, as disputas geopolíticas pela posse de recursos hídricos geram grande instabilidade geopolítica. É o que acontece na Cisjordânia (território ocupado por Israel), onde se encontra a bacia do rio Jordão. O uso de suas águas se tornou vital para o desenvolvimento de atividades agrícolas que utilizam tecnologia de irrigação por parte de Israel – a maior potência da região. Com isso, os árabes palestinos não tem acesso as essas fontes. . • Essa região conta com 5% da população mundial, mas apenas 1% das reservas de água no planeta.
  28. 28. O consumo médio de água entre os palestinos é de 70 litros por dia, comparados com 300 litros entre os israelenses. Há casos em que palestinos consomem apenas 20 litros de água por dia - a quantidade mínima recomendada em casos de emergências humanitárias.
  29. 29. O terrorismo islâmico • É uma forma de terrorismo religioso cometida por extremistas islâmicos com o propósito de atingir variadas metas políticas , sendo o alvo predileto os EUA, Israel e parte de seus aliados europeus. • Organizações terroristas islâmicas se envolveram em táticas que incluem ataques suicidas, sequestros, sequestros de aviões, carros bombas. • Os especialistas argumentam que esta forma de terrorismo deveria ser vista como uma reação estratégica ao poder americano e a presença do estado de Israel no Oriente Médio e aos interesses das superpotências na exploração dos recursos petrolíferos.
  30. 30. • A partir dos anos 70, com o aumento das ações militares de Israel sobre a Palestina e, consequentemente nos anos 90 com o aumento da presença de tropas americanas no Oriente Médio, surgem vários grupos terroristas, a destacar: • Hamas: “Movimento de Resistência Islâmica” atua nos territórios da Palestina, tendo como objetivo a destruição do Estado de Israel e a consolidação do Estado da Palestina. • Talibã: É um grupo político que atua no Paquistão e no Afeganistão, comandou o Afeganistão desde 1996 até 2001, quando os EUA invadiram o país após os atentados de 11 de setembro. • Al-Qaeda: Com nome que significa “a base” em árabe, essa é a organização terrorista mais conhecida do mundo, sobretudo em razão dos atentados de 11/09/2001, liderados pelo milionário saudita Osama Bin Laden. • Hezbollah: Suas bases se localiza no Líbano, surgiu nos anos 80 na luta armada contra as tropas de Israel. Hoje representa uma importante força política no Líbano.
  31. 31. O maior atentado da história : ocorrido em 11 de setembro de 2001: Homens da Al-Qaeda sequestraram aviões comerciais e atingiram alvos estratégicos como o WTC – World Trade Center em NY.

×