Tem um entendimento claro da membresia - 2º domingo - manhã

519 visualizações

Publicada em

2º domingo - manhã

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
519
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tem um entendimento claro da membresia - 2º domingo - manhã

  1. 1. “O Espírito do Senhor está sobremim, porque ele me ungiu para pregar as boas-novas aos pobres. Ele meenviou para proclamar liberdade aos presos e recuperação da vista aos cegos, para libertar os oprimidos eproclamar o ano da graça do Senhor” [NVI] (Lc 4.18-19)
  2. 2. A igreja segundo Jesus
  3. 3. DECLARAÇÃO DE UM JOVEM SOBRE MEMBRESIA “Quando conclui meus estudos de ensino médio, comecei a visitar igrejas. Amava a Deus e tinha grandes sonhos a respeito da maneira como eu desejava servi-lo, mas não achava razões pelasquais eu deveria envolver-me numa igreja local. Euachava que sabia tudo que devia saber a respeito da igreja e não ficava impressionado. Muitas igrejas me deixaram chocado como igrejas ultrapassadas e insensíveis. Devia haver maneiras melhores e mais eficazes de realizar grandes coisas para Deus”
  4. 4. PARECER DO JOVEMSegundo sua declaração, o jovem considera a igreja do Senhor como: Algo secundário; Algo fora de moda; Algo ineficiente; Um obstáculo. ESSA ATITUDE NÃO REFLETE EM NOSSOS DIAS?
  5. 5. RAZÕES PARA A EXISTÊNCIA DESSA OPINIÃO1) Muitos membros de igrejas são indiferentes quanto aisso. Não se mostram positivos ou negativos;2) Outros não são instruídos sobre o assunto. Não sabema visão bíblica da igreja local;3) Ainda outros são indecisos. São pessoas do tipo quenão conseguem tomar decisões;4) E há os independentes. Cristãos que não querem sersobrecarregados com os fardos da membresia. Querem iraos cultos, consumir o que necessitam e sairdescomprometidos.
  6. 6. ONDE ESTÁ O PROBLEMA? Na falha em entender ou assumir seriamente o propósito de Deus para a igreja local – que ela seja central à vida de seu povo.Não entendem que esse compromisso é exatamente omeio pelo qual Deus tenciona que seu povo vivencie a fé e experimente o amor cristão.
  7. 7. SER MEMBRO DE IGREJA É UMA IDÉIA BÍBLICA?A informação bíblica não é tão óbvia assim, mas a ideia de membresia está em quase toda a Escritura. É preciso observar as entrelinhas. LIDERANÇA Sempre foram constituídos líderes de igrejas (1Tm 3.1-13; Tt 1.5-9) Só há liderança onde há membros para liderar.
  8. 8. DISCIPLINA ECLESIÁSTICA Em 1Co 5, o apóstolo Paulo instrui os cristãos a expulsarem de sua comunhão um homemenvolvido em imoralidade sexual. O Senhor Jesusordenou uma atitude semelhante em Mt 18.15-17.Só se pode disciplinar quem faz parte de um grupo.
  9. 9. O QUE É UM MEMBRO DE IGREJA COMPROMETIDO?1) FREQUENTA REGULARMENTE – É o mais importante ministério de todo cristão na igreja local. Estar presente, ser conhecido e ser ativo são as únicas maneiras de tornar o amor cristão possível (Hb 10.24-25);2) BUSCA A PAZ – Um membro de igreja local está comprometido em manter a paz na congregação (Rm 14.19);
  10. 10. 3) EDIFICA OS OUTROS – Um dos maiores propósitos da reunião da igreja é a edificação mútua (Ef 4.16- 17);4) BUSCA A RECONCILIAÇÃO – Os cristãos são pessoas que estão reconciliadas com Deus por meio de Cristo. Por consequência, recebemos o “ministério da reconciliação” (2Co 5.18-21);5) APOIA A OBRA DO MINISTÉRIO – Esse membro dedica seu tempo, tesouro e talentos à manutenção da obra do evangelho na igreja local;
  11. 11. CONCLUSÃODeixar de associar-nos de maneira comprometidae permanente com o Cabeça da igreja, por unir-seao seu corpo, certamente é um sinal de ingratidão tanto da parte de um coração pouco instruído como de um coração insensível. Devemos aproveitar a liberdade que ainda prevalece emnosso país de podermos associar-nos a uma igreja Batista ou em outra igreja evangélica séria.
  12. 12. É pela graça de Deus que uma congregação tempermissão de reunir-se visivelmente neste mundo, a fim de compartilhar a Palavra de Deus e asordenanças. Nem todos os cristãos desfrutam dessabênção. Os aprisionados, os enfermos, os dispersos, os proclamadores do evangelho em terras pagãs permanecem sozinhos. Eles sabem que acomunhão visível é uma bênção. Portanto, aqueles que tem o privilégio de viver uma vida cristã em comunhão com outros louve a graça de Deus, do profundo de seu coração. De joelhos, agradeça a Deus e confesse: “É por graça, nada mais do que por graça, que temos permissão de viver em comunidade com outros irmãos em Cristo”. (Dietrich Bonhoeffer)

×