Humanas Pcop Daniela

1.492 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.492
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Humanas Pcop Daniela

  1. 1. ORIENTAÇÃO TÉCNICA: FORMAÇÃO DE PROFESSORES COORDENADORES PEDAGÓGICOS – ÁREA DE CIÊNCIAS HUMANAS CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS
  2. 2. AS CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS <ul><li>Na atualidade a área de humanas compreende conhecimentos produzidos por vários campos da pesquisa: História, Geografia, Filosofia, Sociologia, Psicologia, Antropologia e Economia, que têm por objetivo o estudo dos seres humanos em suas múltiplas relações, fundamentado por meio da articulação entre esses diversos saberes. </li></ul>
  3. 3. A ÁREA DE HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS. <ul><li>Destacam-se na área de humanas as competências relacionadas à apropriação dos conhecimentos dessas ciências com suas especificidades metodológicas, nas quais o exercício da indução é de importância crucial. O conjunto dessas ciências desenvolve a compreensão dos significados da identidade, da sociedade e da cultura, contribuindo para que o jovem compreenda esses significados dentro das relações sociais. </li></ul>
  4. 4. CONCEITOS PRINCIPAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL II DE HISTÓRIA <ul><li>Tempo e Sociedade; </li></ul><ul><li>História e Memória; </li></ul><ul><li>História e Trabalho; </li></ul><ul><li>Cultura e Sociedade; </li></ul>
  5. 5. CONCEITOS PRINCIPAIS DO ENSINO MÉDIO DE HISTÓRIA <ul><li>História e Diversidade; </li></ul><ul><li>História e Trabalho; </li></ul><ul><li>Cultura e Sociedade; </li></ul>
  6. 6. O PROFESSOR DE HISTÓRIA PRECISA: <ul><li>Comprometer-se com os valores que desenham a sociedade. </li></ul><ul><li>Cuidar para não realizar generalizações ou conclusões pessoais que levem os alunos a informações equivocadas, do tipo: todos os alemães apoiaram o governo nazista de Adolf Hitler e o holocausto. </li></ul><ul><li>Gostar de História. </li></ul>
  7. 7. O PROFESSOR DE HISTÓRIA PRECISA: <ul><li>MAIS DO QUE ENSINAR SUA FUNÇÃO É LEVAR O ALUNO A APRENDER HISTÓRIA. </li></ul><ul><li>NÃO FORMAR HISTORIADORES, MAS ALUNOS QUE DOMINAM E RELACIONAM OS CONCEITOS DA HISTÓRIA EM SUA SOCIEDADE. </li></ul>
  8. 8. COMPETÊNCIAS QUE PERMEIAM A PROPOSTA DE ENSINO DE HISTÓRIA: <ul><li>Desenvolvimento das capacidades de leitura, reflexão e escrita - objetivo central da proposta-que parta de situações cotidianas, para avaliar as influências históricas (portanto, sociais e culturais) que condicionam as formas de convivência social. </li></ul>
  9. 9. A HISTÓRIA É UM ESPELHO DO TEMPO <ul><li>Georges Duby , escreveu no prefácio de seu livro &quot; O domingo de Bouvines &quot; que a história que ele ensina, &quot;rejeitada na fronteira do sensacionalismo, era relutante à simples enumeração dos eventos, esforçando-se, ao contrário, por expor e resolver problemas e, negligenciando as trepidações da superfície, procurou observar no longo e médio prazos a evolução da economia, sociedade e civilização.&quot; </li></ul>
  10. 10. A DISCIPLINA GEOGRAFIA E A PROPOSTA CURRICULAR <ul><li>Embasamento teórico-geógrafo Milton Santos:Geografia é ciência social engajada e atuante num mundo cada vez mais dominado pela globalização dos mercados e das decorrências desse fato. </li></ul><ul><li>relacionou os fenômenos sociais com a natureza apropriada pelos seres humanos, compreendendo as relações que se estabelecem entre os eventos sociais, culturais, econômicos e políticos em suas diferentes escalas </li></ul>
  11. 11. A DISCIPLINA GEOGRAFIA E A PROPOSTA CURRICULAR <ul><li>Essa nova concepção de Geografia prioriza a discussão dos desafios impostos pelas transformações do meio técnico-científico-informacional -inserido em sala de aula e fora dela- em especial, a partir do advento da comunicação on-line, responsável por influir e modificar o local, o regional e o global simultaneamente. É um processo de construção da espacialidade. </li></ul>
  12. 12. CABE AO PROFESSOR DE GEOGRAFIA: <ul><li>Permitir o debate sobre uma sociedade mais justa e mais aberta a incorporar mudanças e respeitar diferenças de modo a contribuir para uma formação crítica, ética, humanística e solidária dos jovens cidadãos. </li></ul><ul><li>Incluir o conceito de nova fronteira que separa os povos, que antes era o de civilizados e povos indígenas (nativos) e que agora passa a ser entre os digitalizados e os não-digitalizados. </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Colocar o encurtamento das distâncias associadas à expansão das redes de comunicação e transporte, assim como as alterações promovidas nas relações de trabalho, articulando os conteúdos escolares ao mundo do trabalho, objetivo principal do Ensino Médio. </li></ul><ul><li>Colocar o estudo do espaço geográfico, abrangendo o conjunto de relações que se estabelece entre os objetos naturais (produzidos pela natureza) e os artefatos sociais (produzidos pelo homem), como o objetivo central do ensino da disciplina. </li></ul><ul><li>Priorizar também o ensino da paisagem e do lugar em suas diferentes escalas. </li></ul>
  14. 14. CONCEITOS ESTRUTURADORES <ul><li>Território: Espaço físico no qual o Estado se concretiza, como também o espaço construído por uma determinada sociedade e toda a sua extensão apropriada e usada. </li></ul><ul><li>Paisagem: Adquire o caráter específico para a geografia de paisagem geográfica, que é definida por Milton Santos como “tudo aquilo que nós vemos o que nossa visão alcança,” e que incorpora todos os fatores resultantes da construção natural e social. </li></ul>
  15. 15. CONCEITOS ESTRUTURADORES <ul><li>Lugar: espaços nos quais as pessoas constroem os seus laços afetivos e subjetivos. </li></ul><ul><li>Educação Cartográfica:Domínio da leitura das diferentes expressões cartográficas: mapas, escalas, redes, gráficos, infográficos, etc. </li></ul>
  16. 16. Principais objetivos a atingir com os alunos: <ul><li>Distinguir os diferentes aspectos que caracterizam a paisagem. </li></ul><ul><li>Estabelecer múltiplas interações entre os conceitos de paisagem, lugar e território. </li></ul><ul><li>Reconhecer-se, de forma crítica, como elemento pertencente ao/e transformador do espaço geográfico. </li></ul><ul><li>Utilizar os conhecimentos geográficos para agir de forma ética e solidária, promovendo a consciência ambiental e o respeito à igualdade e diversidade entre os povos, todas as culturas e todos os indivíduos. </li></ul>
  17. 17. <ul><li>Desenvolver domínios da espacialidade e deslocar-se com autonomia; </li></ul><ul><li>Reconhecer princípios e leis que regem os tempos da natureza e o tempo social do espaço geográfico. </li></ul><ul><li>Diferenciar e estabelecer relações dos eventos geográficos em diferentes escalas. </li></ul><ul><li>Elaborar, ler e interpretar mapas e cartas. </li></ul>
  18. 18. Fonte: PROPOSTA CURRICULAR DO ESTADO DE SÃO PAULO: HISTÓRIA / Coord. Maria Inês Fini. – São Paulo: SEE, 2008. PROPOSTA CURRICULAR DO ESTADO DE SÃO PAULO: GEOGRAFIA / Coord. Maria Inês Fini. – São Paulo: SEE, 2008. Slides produzidos por: Maria Daniela B. de Camargo – PCOP História e Geografia Contato - Email: mdcamargo@professor.sp.gov.br.

×