SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
PCN – História e Sociologia
A priori a História cumpriu a tarefa de construir uma identidade e uma
memória coletivas, com o fim de glorificar e legitimar os feitos dos Estados
Nacionais.
A Sociologia traçou estratégias para ordenar e reordenar as novas relações
sociais.
E hoje?
Por que estudar história? O que ensinar em história?
Por que estudar sociologia? O que ensinar em sociologia?
Quais competências e habilidades a serem desenvolvidas em
história e em sociologia?
Habilidades & Competências
...educação baseada no desenvolvimento de competências
cognitivas, sócio-afetivas e psicomotoras, gerais e básicas, a
partir das quais se desenvolvem competências e habilidades
mais específicas...
... a ausência de tais competências implica limites a ação do
indivíduo, impedindo-o de prosseguir em seus estudos na área e
de se preparar adequadamente para a vida em sociedade...
... as competências não eliminam os conteúdos, pois não é
possível desenvolvê-los no vazio. Elas apenas norteiam a seleção
dos conteúdos.
HISTÓRIA
• Criticar, analisar e interpretar
fontes documentais de natureza
diversa, reconhecendo o
papel das diferentes linguagens,
dos diferentes agentes sociais e
dos diferentes
contextos envolvidos em sua
produção.
• Produzir textos analíticos e
interpretativos sobre os processos
históricos, a partir das
categorias e procedimentos
próprios do discurso
historiográfico.
SOCIOLOGIA
• Identificar, analisar e comparar
os diferentes discursos sobre a
realidade: as
explicações das Ciências Sociais,
amparadas nos vários
paradigmas teóricos, e as do
senso comum.
• Produzir novos discursos sobre
as diferentes realidades sociais,
a partir das
observações e reflexões
realizadas.
Representação e Comunicação
COMPETÊNCIAS & HABILIDADES
INVESTIGAÇÃO E COMPREENSÃO
HISTÓRIA
• Relativizar as diversas concepções de tempo
e as diversas formas de periodização do
tempo cronológico, reconhecendo-as como
construções culturais e históricas.
• Estabelecer relações entre
continuidade/permanência e
ruptura/transformação nos
processos históricos.
• Construir a identidade pessoal e social na
dimensão histórica, a partir do
reconhecimento do papel do indivíduo nos
processos históricos simultaneamente como
sujeito e como produto dos mesmos.
• Atuar sobre os processos de construção da
memória social, partindo da crítica dos
diversos “lugares de memória” socialmente
instituídos.
SOCIOLOGIA
• Construir instrumentos para uma melhor
compreensão da vida cotidiana, ampliando a
“visão de mundo” e o “horizonte de
expectativas”, nas relações interpessoais com
os vários grupos sociais.
• Construir uma visão mais crítica da indústria
cultural e dos meios de comunicação de
massa, avaliando o papel ideológico do
“marketing” enquanto estratégia de persuasão
do
consumidor e do próprio eleitor.
• Compreender e valorizar as diferentes
manifestações culturais de etnias e segmentos
sociais, agindo de modo a preservar o direito à
diversidade, enquanto princípio estético,
político e ético que supera conflitos e tensões
do mundo atual.
Contextualização sócio-cultural
HISTÓRIA
• Situar as diversas produções da
cultura – as linguagens, as artes, a
filosofia, a religião,
as ciências, as tecnologias e outras
manifestações sociais – nos contextos
históricos de sua
constituição e significação.
• Situar os momentos históricos nos
diversos ritmos da duração e nas
relações de
sucessão e/ou de simultaneidade.
• Comparar problemáticas atuais e de
outros momentos históricos.
• Posicionar-se diante de fatos
presentes a partir da interpretação de
suas relações com o
passado.
SOCIOLOGIA
• Compreender as transformações no
mundo do trabalho e o novo perfil de
qualificação
exigida, gerados por mudanças na ordem
econômica.
• Construir a identidade social e política,
de modo a viabilizar o exercício da
cidadania plena, no contexto do Estado de
Direito, atuando para que haja,
efetivamente, uma reciprocidade de
direitos e deveres entre o poder público e
o cidadão e também entre os
diferentes grupos.
O que e como ensinar em História?
“O estudo de novos temas, considerando a pluralidade de sujeitos em
seus confrontos, alterando concepções calcadas apenas nos “grandes
eventos” ou nas formas estruturalistas baseadas nos modos de
produção, por intermédio dos quais desaparecem de cena homens e
mulheres de “carne e osso”, tem redefinido igualmente o tratamento
metodológico da pesquisa. A investigação histórica passou a
considerar a importância da utilização de outras fontes documentais,
além da escrita, aperfeiçoando métodos de interpretação que
abrangem os vários registros produzidos.”
Teorias marxistas ao estudarem a infraestrutura econômica e a luta de
classes passam a estudar cultura, ideias e valores quotidianos, se
encaminhando a investigar a ‘história das mentalidades’ como forma
de compreensão das representações do mundo social integradas à
realidade social. Importante ressaltar a proximidade da História com a
Antropologia, o que possibilita várias noções desenvolvidas pela
disciplina
“Os documentos deixaram de ser considerados apenas o alicerce da
construção histórica, sendo eles mesmos entendidos como parte dessa
construção em todos seus momentos e articulações. Passou a existir a
preocupação em localizar o lugar de onde falam os autores dos documentos,
seus interesses, estratégias, intenções e técnicas.”
“Nesse exercício, deve-se levar em conta os diferentes agentes sociais
envolvidos na produção dos testemunhos, as motivações explícitas ou
implícitas nessa produção e a especificidade das diferentes linguagens e
suportes através dos quais se expressam. Abre-se aí um campo fértil às
relações interdisciplinares (...)”.
Num contexto conflituoso entre vertentes/tradições historiográficas são
necessárias teorias de ensino-aprendizagem que ajudem a consolidar laços de
identidade e de cidadania. Ex: questão indígena e questão negra. Bem como
deve desenvolver as noções de tempo histórico, tempo geológico, tempo da
natureza, tempo da fábrica etc.
“Nesse exercício, deve-se levar em conta os diferentes agentes sociais
envolvidos na produção dos testemunhos, as motivações explícitas ou
implícitas nessa produção e a especificidade das diferentes linguagens e
suportes através dos quais se expressam. Abre-se aí um campo fértil às
relações interdisciplinares”.
De que forma?
“A organização de conteúdos por temas requer cuidados
específicos com a escolha dos métodos. O estudo de temas
articulado à apropriação de conceitos ocorre por intermédio de
métodos oriundos das investigações históricas, desenvolvendo a
capacidade de extrair informações das diversas fontes
documentais tais como textos escritos, iconográficos, musicais.”
“Torna-se necessário escolher métodos que auxiliem a capacidade
de relativizar as próprias ações e as de outras pessoas no tempo e
no espaço.”
Finalmente, é necessário ressaltar a contribuição e compromisso
da História relacionado à Memória, que faz parte da cidadania
cultural e assegura preservação das obras humanas bem como a
prevenção de uma ‘amnésia social’: relembrar para não se repetir.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Histórico do PCN
Histórico do PCNHistórico do PCN
Histórico do PCNpibidbio
 
Tendencias e perspectivas do ensino de história
Tendencias e perspectivas do ensino de históriaTendencias e perspectivas do ensino de história
Tendencias e perspectivas do ensino de históriaPatrícia Éderson Dias
 
Formação história
Formação históriaFormação história
Formação históriaMagda Marques
 
História local: Entre o ensino e a pesquisa
História local: Entre o ensino e a pesquisaHistória local: Entre o ensino e a pesquisa
História local: Entre o ensino e a pesquisaPaulo Alexandre
 
Currículo referência língua estragenria moderna 6º ao 9º ano
Currículo referência  língua estragenria moderna 6º ao 9º anoCurrículo referência  língua estragenria moderna 6º ao 9º ano
Currículo referência língua estragenria moderna 6º ao 9º anotecnicossme
 
A história na educação básica selva
A história na educação básica selvaA história na educação básica selva
A história na educação básica selvaCélia Barros
 
ApresentaçãO Do Grupo B Para O SemináRio 25 11
ApresentaçãO Do Grupo B Para O SemináRio 25 11ApresentaçãO Do Grupo B Para O SemináRio 25 11
ApresentaçãO Do Grupo B Para O SemináRio 25 11ivanizehonorato
 
Currículo e Formação: Diversidade e Relações Étnico-raciais
Currículo e Formação: Diversidade e Relações Étnico-raciaisCurrículo e Formação: Diversidade e Relações Étnico-raciais
Currículo e Formação: Diversidade e Relações Étnico-raciaispetconexoes
 

Mais procurados (18)

Métodos e técnicas do ensino de história
Métodos e técnicas do ensino de históriaMétodos e técnicas do ensino de história
Métodos e técnicas do ensino de história
 
Histórico do PCN
Histórico do PCNHistórico do PCN
Histórico do PCN
 
Tendencias e perspectivas do ensino de história
Tendencias e perspectivas do ensino de históriaTendencias e perspectivas do ensino de história
Tendencias e perspectivas do ensino de história
 
Pcn história
Pcn históriaPcn história
Pcn história
 
Formacao humanas bncc
Formacao humanas   bnccFormacao humanas   bncc
Formacao humanas bncc
 
Pcn Historia Ef
Pcn Historia   EfPcn Historia   Ef
Pcn Historia Ef
 
Conceitos básicos do ensino de história
Conceitos básicos do ensino de históriaConceitos básicos do ensino de história
Conceitos básicos do ensino de história
 
Formação história
Formação históriaFormação história
Formação história
 
História local: Entre o ensino e a pesquisa
História local: Entre o ensino e a pesquisaHistória local: Entre o ensino e a pesquisa
História local: Entre o ensino e a pesquisa
 
História local
História localHistória local
História local
 
Fichamento dos pcn
Fichamento dos pcnFichamento dos pcn
Fichamento dos pcn
 
Currículo referência língua estragenria moderna 6º ao 9º ano
Currículo referência  língua estragenria moderna 6º ao 9º anoCurrículo referência  língua estragenria moderna 6º ao 9º ano
Currículo referência língua estragenria moderna 6º ao 9º ano
 
A história na educação básica selva
A história na educação básica selvaA história na educação básica selva
A história na educação básica selva
 
Ensino aprendizagem de história
Ensino aprendizagem de históriaEnsino aprendizagem de história
Ensino aprendizagem de história
 
Ad2 de didatica
Ad2 de didaticaAd2 de didatica
Ad2 de didatica
 
ApresentaçãO Do Grupo B Para O SemináRio 25 11
ApresentaçãO Do Grupo B Para O SemináRio 25 11ApresentaçãO Do Grupo B Para O SemináRio 25 11
ApresentaçãO Do Grupo B Para O SemináRio 25 11
 
Currículo e Formação: Diversidade e Relações Étnico-raciais
Currículo e Formação: Diversidade e Relações Étnico-raciaisCurrículo e Formação: Diversidade e Relações Étnico-raciais
Currículo e Formação: Diversidade e Relações Étnico-raciais
 
Pcn Geografia Ef
Pcn Geografia   EfPcn Geografia   Ef
Pcn Geografia Ef
 

Destaque

Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) de Matemática
Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) de MatemáticaParâmetros Curriculares Nacionais (PCN) de Matemática
Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) de MatemáticaDennys Leite Maia
 
Parâmetros Curriculares Nacionais
Parâmetros Curriculares NacionaisParâmetros Curriculares Nacionais
Parâmetros Curriculares NacionaisMarcelo Assis
 
PCN HISTÓRIA
PCN HISTÓRIAPCN HISTÓRIA
PCN HISTÓRIA23568921
 
Pcns bases resumo geral
Pcns bases resumo geralPcns bases resumo geral
Pcns bases resumo geralcoordmsantos
 
Como trabalhar a geografia nas séries iniciais?
Como trabalhar a geografia nas séries iniciais?Como trabalhar a geografia nas séries iniciais?
Como trabalhar a geografia nas séries iniciais?Fabiola Sampaio
 
Trabalhando Matemática nos Anos Iniciais
Trabalhando Matemática nos Anos IniciaisTrabalhando Matemática nos Anos Iniciais
Trabalhando Matemática nos Anos Iniciaisluciany-nascimento
 
Pcn história
Pcn históriaPcn história
Pcn históriacmsrial13
 
PCN Ensino Médio
PCN Ensino Médio PCN Ensino Médio
PCN Ensino Médio corescolar
 
Questões étnico raciais
Questões étnico raciaisQuestões étnico raciais
Questões étnico raciaisPrivada
 
Tecnologias PCN- Ciências Naturais
Tecnologias PCN- Ciências NaturaisTecnologias PCN- Ciências Naturais
Tecnologias PCN- Ciências NaturaisJuliiana Tavares
 
Histórias em quadrinhos avaliação da unidade 4 - marcelo saraiva sanches
Histórias em quadrinhos   avaliação da unidade 4 - marcelo saraiva sanchesHistórias em quadrinhos   avaliação da unidade 4 - marcelo saraiva sanches
Histórias em quadrinhos avaliação da unidade 4 - marcelo saraiva sanchesMarcelo Sanches
 
Relações ÉTnico Raciais E De GêNero
Relações ÉTnico Raciais E De GêNeroRelações ÉTnico Raciais E De GêNero
Relações ÉTnico Raciais E De GêNeroculturaafro
 
Relações etino raciais e Gênero na Educação de Jovens e Adultos
Relações etino raciais e Gênero na Educação de Jovens e AdultosRelações etino raciais e Gênero na Educação de Jovens e Adultos
Relações etino raciais e Gênero na Educação de Jovens e AdultosJoyce Ludimile
 
Fund. e metod._de_hist._e_geog
Fund. e metod._de_hist._e_geogFund. e metod._de_hist._e_geog
Fund. e metod._de_hist._e_geogmkbariotto
 

Destaque (20)

Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) de Matemática
Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) de MatemáticaParâmetros Curriculares Nacionais (PCN) de Matemática
Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) de Matemática
 
Parâmetros Curriculares Nacionais
Parâmetros Curriculares NacionaisParâmetros Curriculares Nacionais
Parâmetros Curriculares Nacionais
 
PCN HISTÓRIA
PCN HISTÓRIAPCN HISTÓRIA
PCN HISTÓRIA
 
Pcns bases resumo geral
Pcns bases resumo geralPcns bases resumo geral
Pcns bases resumo geral
 
Como trabalhar a geografia nas séries iniciais?
Como trabalhar a geografia nas séries iniciais?Como trabalhar a geografia nas séries iniciais?
Como trabalhar a geografia nas séries iniciais?
 
Pcn ensino médio
Pcn ensino médioPcn ensino médio
Pcn ensino médio
 
Trabalhando Matemática nos Anos Iniciais
Trabalhando Matemática nos Anos IniciaisTrabalhando Matemática nos Anos Iniciais
Trabalhando Matemática nos Anos Iniciais
 
Programa de Teoria e Metodologia da História
Programa de Teoria e Metodologia da HistóriaPrograma de Teoria e Metodologia da História
Programa de Teoria e Metodologia da História
 
Pcn história
Pcn históriaPcn história
Pcn história
 
Habilidades pcn +
Habilidades pcn +Habilidades pcn +
Habilidades pcn +
 
PCN Ensino Médio
PCN Ensino Médio PCN Ensino Médio
PCN Ensino Médio
 
Pcn Ensino Mdio
Pcn Ensino MdioPcn Ensino Mdio
Pcn Ensino Mdio
 
Questões étnico raciais
Questões étnico raciaisQuestões étnico raciais
Questões étnico raciais
 
Tecnologias PCN- Ciências Naturais
Tecnologias PCN- Ciências NaturaisTecnologias PCN- Ciências Naturais
Tecnologias PCN- Ciências Naturais
 
Ensino Médio
Ensino MédioEnsino Médio
Ensino Médio
 
Histórias em quadrinhos avaliação da unidade 4 - marcelo saraiva sanches
Histórias em quadrinhos   avaliação da unidade 4 - marcelo saraiva sanchesHistórias em quadrinhos   avaliação da unidade 4 - marcelo saraiva sanches
Histórias em quadrinhos avaliação da unidade 4 - marcelo saraiva sanches
 
Relações ÉTnico Raciais E De GêNero
Relações ÉTnico Raciais E De GêNeroRelações ÉTnico Raciais E De GêNero
Relações ÉTnico Raciais E De GêNero
 
Ensino medio (2)
Ensino medio (2)Ensino medio (2)
Ensino medio (2)
 
Relações etino raciais e Gênero na Educação de Jovens e Adultos
Relações etino raciais e Gênero na Educação de Jovens e AdultosRelações etino raciais e Gênero na Educação de Jovens e Adultos
Relações etino raciais e Gênero na Educação de Jovens e Adultos
 
Fund. e metod._de_hist._e_geog
Fund. e metod._de_hist._e_geogFund. e metod._de_hist._e_geog
Fund. e metod._de_hist._e_geog
 

Semelhante a Pcn história e sociologia

ciencias-humanas-e-sociais-aplicadas.pdf
ciencias-humanas-e-sociais-aplicadas.pdfciencias-humanas-e-sociais-aplicadas.pdf
ciencias-humanas-e-sociais-aplicadas.pdfPaulo Ricardo
 
BNCC-EM-HUM-comentada.pdf
BNCC-EM-HUM-comentada.pdfBNCC-EM-HUM-comentada.pdf
BNCC-EM-HUM-comentada.pdfssuser2af87a
 
Memórias da diversidade populacional como patrimônio cultural da cidade de fo...
Memórias da diversidade populacional como patrimônio cultural da cidade de fo...Memórias da diversidade populacional como patrimônio cultural da cidade de fo...
Memórias da diversidade populacional como patrimônio cultural da cidade de fo...Historia Line
 
Monografia Claudionor Pedagogia Itiúba 2012
Monografia Claudionor Pedagogia Itiúba 2012Monografia Claudionor Pedagogia Itiúba 2012
Monografia Claudionor Pedagogia Itiúba 2012Biblioteca Campus VII
 
Projeto memórias programação1
Projeto memórias programação1Projeto memórias programação1
Projeto memórias programação1Olimpio Falconieri
 
Reunião pedagógica 03 06 2016
Reunião pedagógica 03 06 2016Reunião pedagógica 03 06 2016
Reunião pedagógica 03 06 2016Fábio Peixoto
 
Planejamento anual 2023 - História _ 6° ano.docx
Planejamento anual 2023 - História _ 6° ano.docxPlanejamento anual 2023 - História _ 6° ano.docx
Planejamento anual 2023 - História _ 6° ano.docxLUARAABREU1
 
A coxilha nativista como espaço de reforço e legitimação da identidade cruz a...
A coxilha nativista como espaço de reforço e legitimação da identidade cruz a...A coxilha nativista como espaço de reforço e legitimação da identidade cruz a...
A coxilha nativista como espaço de reforço e legitimação da identidade cruz a...Diulia Soares
 
Capacidades transversais a desenvolver ao longo do 3.º Ciclo do Ensino Básico...
Capacidades transversais a desenvolver ao longo do 3.º Ciclo do Ensino Básico...Capacidades transversais a desenvolver ao longo do 3.º Ciclo do Ensino Básico...
Capacidades transversais a desenvolver ao longo do 3.º Ciclo do Ensino Básico...khistoria
 
1º a, b douglas-história
1º a, b douglas-história1º a, b douglas-história
1º a, b douglas-históriaFatima Moraes
 
Projeto Pedagógico Curricular
Projeto Pedagógico CurricularProjeto Pedagógico Curricular
Projeto Pedagógico Curricularademir rozario
 
Historia fontes historicas
Historia fontes historicasHistoria fontes historicas
Historia fontes historicasLoredana Ruffo
 
Identidade cultural moçambicana
Identidade cultural moçambicanaIdentidade cultural moçambicana
Identidade cultural moçambicanaInacio Tarcisio
 

Semelhante a Pcn história e sociologia (20)

ciencias-humanas-e-sociais-aplicadas.pdf
ciencias-humanas-e-sociais-aplicadas.pdfciencias-humanas-e-sociais-aplicadas.pdf
ciencias-humanas-e-sociais-aplicadas.pdf
 
BNCC-EM-HUM-comentada.pdf
BNCC-EM-HUM-comentada.pdfBNCC-EM-HUM-comentada.pdf
BNCC-EM-HUM-comentada.pdf
 
Memórias da diversidade populacional como patrimônio cultural da cidade de fo...
Memórias da diversidade populacional como patrimônio cultural da cidade de fo...Memórias da diversidade populacional como patrimônio cultural da cidade de fo...
Memórias da diversidade populacional como patrimônio cultural da cidade de fo...
 
Monografia Claudionor Pedagogia Itiúba 2012
Monografia Claudionor Pedagogia Itiúba 2012Monografia Claudionor Pedagogia Itiúba 2012
Monografia Claudionor Pedagogia Itiúba 2012
 
Projeto memórias programação1
Projeto memórias programação1Projeto memórias programação1
Projeto memórias programação1
 
Plano anul e. fund. modelo
Plano anul e. fund. modeloPlano anul e. fund. modelo
Plano anul e. fund. modelo
 
Reunião pedagógica 03 06 2016
Reunião pedagógica 03 06 2016Reunião pedagógica 03 06 2016
Reunião pedagógica 03 06 2016
 
Artigo disciplina edir veiga
Artigo   disciplina edir veigaArtigo   disciplina edir veiga
Artigo disciplina edir veiga
 
Artigo disciplina edir veiga
Artigo   disciplina edir veigaArtigo   disciplina edir veiga
Artigo disciplina edir veiga
 
Planejamento anual 2023 - História _ 6° ano.docx
Planejamento anual 2023 - História _ 6° ano.docxPlanejamento anual 2023 - História _ 6° ano.docx
Planejamento anual 2023 - História _ 6° ano.docx
 
Pressupostos
PressupostosPressupostos
Pressupostos
 
A coxilha nativista como espaço de reforço e legitimação da identidade cruz a...
A coxilha nativista como espaço de reforço e legitimação da identidade cruz a...A coxilha nativista como espaço de reforço e legitimação da identidade cruz a...
A coxilha nativista como espaço de reforço e legitimação da identidade cruz a...
 
Original artigo 5 _borges
Original artigo 5 _borgesOriginal artigo 5 _borges
Original artigo 5 _borges
 
CULINARIA AFETIVA POWERPOINT.pptx
CULINARIA AFETIVA POWERPOINT.pptxCULINARIA AFETIVA POWERPOINT.pptx
CULINARIA AFETIVA POWERPOINT.pptx
 
Capacidades transversais a desenvolver ao longo do 3.º Ciclo do Ensino Básico...
Capacidades transversais a desenvolver ao longo do 3.º Ciclo do Ensino Básico...Capacidades transversais a desenvolver ao longo do 3.º Ciclo do Ensino Básico...
Capacidades transversais a desenvolver ao longo do 3.º Ciclo do Ensino Básico...
 
Minayo o desafio
Minayo o desafioMinayo o desafio
Minayo o desafio
 
1º a, b douglas-história
1º a, b douglas-história1º a, b douglas-história
1º a, b douglas-história
 
Projeto Pedagógico Curricular
Projeto Pedagógico CurricularProjeto Pedagógico Curricular
Projeto Pedagógico Curricular
 
Historia fontes historicas
Historia fontes historicasHistoria fontes historicas
Historia fontes historicas
 
Identidade cultural moçambicana
Identidade cultural moçambicanaIdentidade cultural moçambicana
Identidade cultural moçambicana
 

Mais de pibidsociais

Bncc etapa ensino médio
Bncc etapa ensino médioBncc etapa ensino médio
Bncc etapa ensino médiopibidsociais
 
Oficina Opressões Bullying e privilégios
Oficina Opressões Bullying e privilégiosOficina Opressões Bullying e privilégios
Oficina Opressões Bullying e privilégiospibidsociais
 
Listagem trabalhos lages ciências sociais
Listagem trabalhos lages ciências sociaisListagem trabalhos lages ciências sociais
Listagem trabalhos lages ciências sociaispibidsociais
 
TRABALHOS CEG 2015 HUMANAS
TRABALHOS CEG 2015 HUMANASTRABALHOS CEG 2015 HUMANAS
TRABALHOS CEG 2015 HUMANASpibidsociais
 
Oficina evento pibid 2016
Oficina evento pibid 2016Oficina evento pibid 2016
Oficina evento pibid 2016pibidsociais
 
Oficina "Tá aqui, mas é isso mesmo?"
Oficina "Tá aqui, mas é isso mesmo?" Oficina "Tá aqui, mas é isso mesmo?"
Oficina "Tá aqui, mas é isso mesmo?" pibidsociais
 
Proposta viagem pibid 2016
Proposta viagem pibid 2016Proposta viagem pibid 2016
Proposta viagem pibid 2016pibidsociais
 
Movimentos sociais questões de gênero e educação na experiência do mst - dj...
Movimentos sociais   questões de gênero e educação na experiência do mst - dj...Movimentos sociais   questões de gênero e educação na experiência do mst - dj...
Movimentos sociais questões de gênero e educação na experiência do mst - dj...pibidsociais
 
Universidade federal de pelotas fichamnetos
Universidade federal de pelotas fichamnetosUniversidade federal de pelotas fichamnetos
Universidade federal de pelotas fichamnetospibidsociais
 
Fichamento sobre educação no campo pibid
Fichamento sobre educação no campo   pibidFichamento sobre educação no campo   pibid
Fichamento sobre educação no campo pibidpibidsociais
 
Fichamento educação no campo 2
Fichamento educação no campo 2Fichamento educação no campo 2
Fichamento educação no campo 2pibidsociais
 
Fichamento educação no campo pibid - quezia
Fichamento educação no campo   pibid - queziaFichamento educação no campo   pibid - quezia
Fichamento educação no campo pibid - queziapibidsociais
 
Escola do campo pibid
Escola do campo pibidEscola do campo pibid
Escola do campo pibidpibidsociais
 

Mais de pibidsociais (20)

Bncc etapa ensino médio
Bncc etapa ensino médioBncc etapa ensino médio
Bncc etapa ensino médio
 
Bncc1
Bncc1Bncc1
Bncc1
 
Oficina Opressões Bullying e privilégios
Oficina Opressões Bullying e privilégiosOficina Opressões Bullying e privilégios
Oficina Opressões Bullying e privilégios
 
Listagem trabalhos lages ciências sociais
Listagem trabalhos lages ciências sociaisListagem trabalhos lages ciências sociais
Listagem trabalhos lages ciências sociais
 
TRABALHOS CEG 2015 HUMANAS
TRABALHOS CEG 2015 HUMANASTRABALHOS CEG 2015 HUMANAS
TRABALHOS CEG 2015 HUMANAS
 
Oficina evento pibid 2016
Oficina evento pibid 2016Oficina evento pibid 2016
Oficina evento pibid 2016
 
Oficina "Tá aqui, mas é isso mesmo?"
Oficina "Tá aqui, mas é isso mesmo?" Oficina "Tá aqui, mas é isso mesmo?"
Oficina "Tá aqui, mas é isso mesmo?"
 
Proposta viagem pibid 2016
Proposta viagem pibid 2016Proposta viagem pibid 2016
Proposta viagem pibid 2016
 
1347 3845-1-pb
1347 3845-1-pb1347 3845-1-pb
1347 3845-1-pb
 
Ficchamento pibid
Ficchamento pibidFicchamento pibid
Ficchamento pibid
 
Pibid 07.06
Pibid 07.06Pibid 07.06
Pibid 07.06
 
Movimentos sociais questões de gênero e educação na experiência do mst - dj...
Movimentos sociais   questões de gênero e educação na experiência do mst - dj...Movimentos sociais   questões de gênero e educação na experiência do mst - dj...
Movimentos sociais questões de gênero e educação na experiência do mst - dj...
 
Universidade federal de pelotas fichamnetos
Universidade federal de pelotas fichamnetosUniversidade federal de pelotas fichamnetos
Universidade federal de pelotas fichamnetos
 
Resumocampo
ResumocampoResumocampo
Resumocampo
 
Fichamento sobre educação no campo pibid
Fichamento sobre educação no campo   pibidFichamento sobre educação no campo   pibid
Fichamento sobre educação no campo pibid
 
Fichamento pedro
Fichamento pedroFichamento pedro
Fichamento pedro
 
Fichamento educação no campo 2
Fichamento educação no campo 2Fichamento educação no campo 2
Fichamento educação no campo 2
 
Fichamento educação no campo pibid - quezia
Fichamento educação no campo   pibid - queziaFichamento educação no campo   pibid - quezia
Fichamento educação no campo pibid - quezia
 
Ficchamento pibid
Ficchamento pibidFicchamento pibid
Ficchamento pibid
 
Escola do campo pibid
Escola do campo pibidEscola do campo pibid
Escola do campo pibid
 

Último

Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 

Último (20)

Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 

Pcn história e sociologia

  • 1. PCN – História e Sociologia A priori a História cumpriu a tarefa de construir uma identidade e uma memória coletivas, com o fim de glorificar e legitimar os feitos dos Estados Nacionais. A Sociologia traçou estratégias para ordenar e reordenar as novas relações sociais. E hoje? Por que estudar história? O que ensinar em história? Por que estudar sociologia? O que ensinar em sociologia? Quais competências e habilidades a serem desenvolvidas em história e em sociologia?
  • 2. Habilidades & Competências ...educação baseada no desenvolvimento de competências cognitivas, sócio-afetivas e psicomotoras, gerais e básicas, a partir das quais se desenvolvem competências e habilidades mais específicas... ... a ausência de tais competências implica limites a ação do indivíduo, impedindo-o de prosseguir em seus estudos na área e de se preparar adequadamente para a vida em sociedade... ... as competências não eliminam os conteúdos, pois não é possível desenvolvê-los no vazio. Elas apenas norteiam a seleção dos conteúdos.
  • 3. HISTÓRIA • Criticar, analisar e interpretar fontes documentais de natureza diversa, reconhecendo o papel das diferentes linguagens, dos diferentes agentes sociais e dos diferentes contextos envolvidos em sua produção. • Produzir textos analíticos e interpretativos sobre os processos históricos, a partir das categorias e procedimentos próprios do discurso historiográfico. SOCIOLOGIA • Identificar, analisar e comparar os diferentes discursos sobre a realidade: as explicações das Ciências Sociais, amparadas nos vários paradigmas teóricos, e as do senso comum. • Produzir novos discursos sobre as diferentes realidades sociais, a partir das observações e reflexões realizadas. Representação e Comunicação COMPETÊNCIAS & HABILIDADES
  • 4. INVESTIGAÇÃO E COMPREENSÃO HISTÓRIA • Relativizar as diversas concepções de tempo e as diversas formas de periodização do tempo cronológico, reconhecendo-as como construções culturais e históricas. • Estabelecer relações entre continuidade/permanência e ruptura/transformação nos processos históricos. • Construir a identidade pessoal e social na dimensão histórica, a partir do reconhecimento do papel do indivíduo nos processos históricos simultaneamente como sujeito e como produto dos mesmos. • Atuar sobre os processos de construção da memória social, partindo da crítica dos diversos “lugares de memória” socialmente instituídos. SOCIOLOGIA • Construir instrumentos para uma melhor compreensão da vida cotidiana, ampliando a “visão de mundo” e o “horizonte de expectativas”, nas relações interpessoais com os vários grupos sociais. • Construir uma visão mais crítica da indústria cultural e dos meios de comunicação de massa, avaliando o papel ideológico do “marketing” enquanto estratégia de persuasão do consumidor e do próprio eleitor. • Compreender e valorizar as diferentes manifestações culturais de etnias e segmentos sociais, agindo de modo a preservar o direito à diversidade, enquanto princípio estético, político e ético que supera conflitos e tensões do mundo atual.
  • 5. Contextualização sócio-cultural HISTÓRIA • Situar as diversas produções da cultura – as linguagens, as artes, a filosofia, a religião, as ciências, as tecnologias e outras manifestações sociais – nos contextos históricos de sua constituição e significação. • Situar os momentos históricos nos diversos ritmos da duração e nas relações de sucessão e/ou de simultaneidade. • Comparar problemáticas atuais e de outros momentos históricos. • Posicionar-se diante de fatos presentes a partir da interpretação de suas relações com o passado. SOCIOLOGIA • Compreender as transformações no mundo do trabalho e o novo perfil de qualificação exigida, gerados por mudanças na ordem econômica. • Construir a identidade social e política, de modo a viabilizar o exercício da cidadania plena, no contexto do Estado de Direito, atuando para que haja, efetivamente, uma reciprocidade de direitos e deveres entre o poder público e o cidadão e também entre os diferentes grupos.
  • 6. O que e como ensinar em História? “O estudo de novos temas, considerando a pluralidade de sujeitos em seus confrontos, alterando concepções calcadas apenas nos “grandes eventos” ou nas formas estruturalistas baseadas nos modos de produção, por intermédio dos quais desaparecem de cena homens e mulheres de “carne e osso”, tem redefinido igualmente o tratamento metodológico da pesquisa. A investigação histórica passou a considerar a importância da utilização de outras fontes documentais, além da escrita, aperfeiçoando métodos de interpretação que abrangem os vários registros produzidos.” Teorias marxistas ao estudarem a infraestrutura econômica e a luta de classes passam a estudar cultura, ideias e valores quotidianos, se encaminhando a investigar a ‘história das mentalidades’ como forma de compreensão das representações do mundo social integradas à realidade social. Importante ressaltar a proximidade da História com a Antropologia, o que possibilita várias noções desenvolvidas pela disciplina
  • 7. “Os documentos deixaram de ser considerados apenas o alicerce da construção histórica, sendo eles mesmos entendidos como parte dessa construção em todos seus momentos e articulações. Passou a existir a preocupação em localizar o lugar de onde falam os autores dos documentos, seus interesses, estratégias, intenções e técnicas.” “Nesse exercício, deve-se levar em conta os diferentes agentes sociais envolvidos na produção dos testemunhos, as motivações explícitas ou implícitas nessa produção e a especificidade das diferentes linguagens e suportes através dos quais se expressam. Abre-se aí um campo fértil às relações interdisciplinares (...)”. Num contexto conflituoso entre vertentes/tradições historiográficas são necessárias teorias de ensino-aprendizagem que ajudem a consolidar laços de identidade e de cidadania. Ex: questão indígena e questão negra. Bem como deve desenvolver as noções de tempo histórico, tempo geológico, tempo da natureza, tempo da fábrica etc. “Nesse exercício, deve-se levar em conta os diferentes agentes sociais envolvidos na produção dos testemunhos, as motivações explícitas ou implícitas nessa produção e a especificidade das diferentes linguagens e suportes através dos quais se expressam. Abre-se aí um campo fértil às relações interdisciplinares”.
  • 8. De que forma? “A organização de conteúdos por temas requer cuidados específicos com a escolha dos métodos. O estudo de temas articulado à apropriação de conceitos ocorre por intermédio de métodos oriundos das investigações históricas, desenvolvendo a capacidade de extrair informações das diversas fontes documentais tais como textos escritos, iconográficos, musicais.” “Torna-se necessário escolher métodos que auxiliem a capacidade de relativizar as próprias ações e as de outras pessoas no tempo e no espaço.” Finalmente, é necessário ressaltar a contribuição e compromisso da História relacionado à Memória, que faz parte da cidadania cultural e assegura preservação das obras humanas bem como a prevenção de uma ‘amnésia social’: relembrar para não se repetir.