AGUDOS
SUZANA NODARI
Médica Veterinária Homeopata
Natureza dos casos agudos
Endógenos
Exógenos
DIAS, 2001, p. 388.
Endógenos
• Dependentes da exacerbação da
enfermidade crônica. A esta categoria
pertencem as enfermidades agudas
inespecíf...
• Segundo Paschero (1991), a enfermidade
aguda é uma parte integrante da
enfermidade crônica, é uma expressão
brusca, frag...
Exógenos:
• Enfermidades agudas infecto-
contagiosas que são contraídas após o
contato com o agente específico
(sarampo, c...
Gênio epidêmico
• é o conjunto de sintomas que aparecem no
decurso de uma epidemia. Pelo somatório
dos sintomas de vários ...
Exógenos:
• Enfermidades agudas infecto-
contagiosas que são contraídas após o
contato com o agente específico
(sarampo, c...
Traumatismos
• pancadas, golpes, quedas, contusões,
luxações, etc.
Principais medicamentos
Arnica montana, Rhus toxiconden...
Traumatismos
(pancadas, golpes, quedas, contusão, etc.)
• Arnica montana: traumatismo ou
politraumatismo (partes moles),
a...
Hahnemann
Matéria Médica Pura de Arnica
Os sintomas de todas as injúrias provocadas
por contusões graves e lacerações das ...
Hahnemann
Matéria Médica Pura de Arnica
• 83 Na cartilagem da orelha esquerda, dor
interna como uma pancada ou uma contusã...
• 333 Tosse que provoca dor contusa de todas as
costelas.
• 359 Todas as articulações do peito doem,
como se contundidas, ...
Traumatismos
• Rhus toxicondendron: de partes moles com
hematomas. Dores agravam pelo repouso e
ao começar o movimento da ...
Traumatismos
• Ruta graveolens: Pancadas em ossos e
periósteo; e também em músculos e
tendões por esforço exagerado. A par...
Traumatismos
• Hypericum: indicado em fraturas em
zonas muito inervadas, lesão de vários
filetes nervosos e com dores
agud...
Traumatismos
• Bellis perennis: Em tecidos profundos.
Congestão venosa e equimoses muito
sensíveis ao tato. Em nervos com ...
Traumatismos
• Ocular: Symphytum, Arnica, Ledum,
Euphrasia e Staphisagria.
• Com ruptura de vasos sangüíneos:
Millefolium;...
Traumatismos
• Dos nervos com muita dor: Hypericum.
• Glandular: Con.; Bell-p; Arn; Aster; Petr;
Phos; Sil; Sul-ac.
• Luxa...
Fraturas
Principais medicamentos
Symphytum, Arnica montana,
Hypericum, Ruta.
Fraturas
• Symphytum: indispensável em toda
fratura, facilita a formação do calo
e diminui sensivelmente as dores
agudas d...
Fraturas
• Arnica: Indicado em fraturas,
geralmente fechadas, acompanhadas de
uma importante extravasação
sangüínea de cor...
Fraturas
• Hypericum: indicado em fraturas em zonas
muito inervadas (coluna, mãos, dedos,
mandíbula), lesão de vários file...
Fraturas
• Calcarea phosphorica: utilizada desde o
momento da fratura até sua consolidação
total, mas principal indicação ...
Hemorragias traumáticas
Principais medicamentos
• Arnica montana, Millefolium, Hamamelis
Hemorragias traumáticas
• Arnica montana;
• Millefolium: Aparecem após esforço ou
exercício violento, ou queda ou
traumati...
Hemorragias traumáticas
• Hamamelis: sangue venoso, negro, abundante,
que coagula com dificuldade. Prostração
acentuada de...
Feridas
Principais medicamentos: Calendula, Ledum
palustre , Hypericum, Arnica montana e
Staphisagria.
Feridas
• Calendula: Elimina a dor e a supuração,
favorecendo a fagocitose e acelerando a
cicatrização, evita gangrena ou ...
Feridas
• Staphisagria: Feridas por instrumentos
muito afiados(faca, bisturi) e cortantes
(indicação no pós operatório); f...
Feridas
• Ledum: feridas por objetos pontiagudos,
penetrantes sobretudo em palmas das mãos
e plantas dos pés; pontas dos d...
Feridas
• Apis: Feridas cortantes por faca, lascas,
dissecantes, penetrantes; feridas com dores
como picadas ardentes e ed...
Feridas
• Laceração da ponta dos dedos: Hypericum,
Ledum.
• Corpo estranho: Silicea terra, Lobelia,
Hepar sulphur, Arnica
Feridas
Corpo estranho
• Obviamente que, se o médico souber a
localização da farpa, tomará as providencias
necessárias par...
Mordidas
• Animais venenosos: Hyper, Led, Plan, Sul-
ac.
• Cães: Hyper, Lach, Led, Lyss, Ter
• Gato (no dedo polegar): Lac...
Picadas de insetos
• Ledum: (principal medicamento, abelhas e
mosquitos). Melhora com frio local embora
a área afetada est...
Picadas de insetos
• Apis: Dores pulsantes e queimante, como
produzidas por agulhas aquecidas no fogo.
Grande sensibilidad...
Queimaduras
Cantharis, Arsenicum album,
Calendula, Causticum, Urtica urens,
Rhus-tox, Hamamelis, Kali-bichromicum,
Aconitu...
Queimaduras
• Cantharis: queimaduras internas ou
externas de primeiro e segundo grau,
especialmente antes de formar as bol...
Queimaduras
• Calendula: impede e previne a gangrena.
Promove granulação normal e previne
cicatrizes desfigurantes. Por se...
Queimadura solar
Belladona,
Pulsatilla
Agaricus, Camphora,
Cantharis, Clematis,
Muriatic acidum,
Natrum carbonicum,
Urtica...
Intermação e insolação
Intermação e insolação
• Glonoinum: Insolação ou “golpe de calor”
por exposição direta aos raios do sol ou por
tempo quent...
Intermação e insolação
• Belladona: Estado convulsivo com corpo
muito quente. Febre alta com pele quente e
seca, cara muit...
Intermação e insolação
• Natrum carbonicum: É o mais eficaz para
os efeitos crônicos da insolação e para as
dores de cabeç...
Intoxicações
Intoxicações
• Nux vomica: intoxicações de todos os tipos,
inclusive medicamentosa. (Dias 2003)
• Metais: Sulph;
• Intoxic...
Parto
• Acon; Caul; Caust; Cham; Coff; Cimicif;
Nux-v; Puls; Sec; Arn; Bell;Gels;Verat.
• Pulsatilla: Falsas dores de part...
Parto
• Caulophyllum: Dores aparecem
irregularmente, quando cessam por
esgotamento geral e quando o parto é muito
doloroso...
Parto
• Secale: Dores do parto muito prolongadas,
excessivas, irregulares e se tornam fracas
até que cessam. Metrorragias ...
Pós operatório
Arnica / Calendula / Staphisagria
• Apis: útil nas punções, quando há dores
ardentes em pontadas e edema ro...
Botica de emergência
• Nux vomica;
• Arnica montana;
• Cantharis;
• Ledum palustre;
• Calendula;
• Symphytum;
• Staphisagr...
Referências bibliograficas
• Cadernos de Matéria Médica Homeopática.
Rio de Janeiro: Instituto de Homeopatia
James Tyler K...
• DIAS, Aldo Farias. Fundamentos da
homeopatia: princípios da prática
homeopática. Rio de Janeiro: Cultura
Médica, 2001. 5...
• GOMEZ, Juan Agustin. Homeopatia para
sus animalitos. 2ed. Buenos Aires: Tarika,
1994.
• HAHNEMANN, Samuel. Matéria Médic...
• MINOTTI, Angel O. Traumatismos heridas
complicaciones y secuelas. Buenos Aires:
Albatros, 1990.
• NASH, Eugene. Guia ter...
• PASCHERO, Tomás Pablo. Homeopatia. 5.
ed. Buenos Aires: El Ateneo, 1991. 496 p.
• RIBEIRO FILHO, Ariovaldo. Novo
Repertó...
Dra suzana de_souza_nodari_ agudos
Dra suzana de_souza_nodari_ agudos
Dra suzana de_souza_nodari_ agudos
Dra suzana de_souza_nodari_ agudos
Dra suzana de_souza_nodari_ agudos
Dra suzana de_souza_nodari_ agudos
Dra suzana de_souza_nodari_ agudos
Dra suzana de_souza_nodari_ agudos
Dra suzana de_souza_nodari_ agudos
Dra suzana de_souza_nodari_ agudos
Dra suzana de_souza_nodari_ agudos
Dra suzana de_souza_nodari_ agudos
Dra suzana de_souza_nodari_ agudos
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Dra suzana de_souza_nodari_ agudos

430 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
430
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dra suzana de_souza_nodari_ agudos

  1. 1. AGUDOS SUZANA NODARI Médica Veterinária Homeopata
  2. 2. Natureza dos casos agudos Endógenos Exógenos DIAS, 2001, p. 388.
  3. 3. Endógenos • Dependentes da exacerbação da enfermidade crônica. A esta categoria pertencem as enfermidades agudas inespecíficas, as infecções endógenas (amigdalites, sinusites, pneumonias etc). Estas crises agudas revelam um estado de suscetibilidade crônica.
  4. 4. • Segundo Paschero (1991), a enfermidade aguda é uma parte integrante da enfermidade crônica, é uma expressão brusca, fragmentária e esporádica desta. O medicamento constitucional ou profundo de um paciente deve ser então aquele que cubra o fundo crônico e as manifestações agudas recorrentes.
  5. 5. Exógenos: • Enfermidades agudas infecto- contagiosas que são contraídas após o contato com o agente específico (sarampo, coqueluche, caxumba, parvovirose, ectima contagioso, etc) Nesta categoria estão os erros de dieta e os traumatismos que independem em certo grau da enfermidade crônica.
  6. 6. Gênio epidêmico • é o conjunto de sintomas que aparecem no decurso de uma epidemia. Pelo somatório dos sintomas de vários indivíduos afetados, pode-se fazer o quadro geral, e prescrever pelos sintomas característicos.
  7. 7. Exógenos: • Enfermidades agudas infecto- contagiosas que são contraídas após o contato com o agente específico (sarampo, coqueluche, caxumba, parvovirose, ectima contagioso, etc) Nesta categoria estão os erros de dieta e os traumatismos que independem em certo grau da enfermidade crônica.
  8. 8. Traumatismos • pancadas, golpes, quedas, contusões, luxações, etc. Principais medicamentos Arnica montana, Rhus toxicondendron, Ruta graveolens, Hypericum
  9. 9. Traumatismos (pancadas, golpes, quedas, contusão, etc.) • Arnica montana: traumatismo ou politraumatismo (partes moles), acompanhado de extravasamento sangüíneo (vermelho azulada). Nas conseqüências imediatas de todos os tipos de traumatismos. Sente a cama dura (ou o local onde está deitado), muda muito de posição. Arn acelera a reabsorção de hematomas, acalma as dores e previne infecção. Eleição em traumatismo oculares e cranianos.
  10. 10. Hahnemann Matéria Médica Pura de Arnica Os sintomas de todas as injúrias provocadas por contusões graves e lacerações das fibras são de natureza razoavelmente uniforme, e, como demonstra o registro que se segue, esses sintomas estão presentes, numa similitude homeopática notável, nas alterações de saúde provocadas por arnica em indivíduos sãos.
  11. 11. Hahnemann Matéria Médica Pura de Arnica • 83 Na cartilagem da orelha esquerda, dor interna como uma pancada ou uma contusão. • 141 Dor nos dentes, como se suas raízes fossem raspadas com uma faca. • 155 Sensação de machucadura na língua. • 228 Distensão da porção lateral direita do abdome,...; ao tossir, assoar o nariz ou pôr-se de pé, sente-a doer, como se tivesse sido golpeada, rasgada ou cortada em pedaços; dói quando tocada, e sente como se fosse uma ferida por corte;
  12. 12. • 333 Tosse que provoca dor contusa de todas as costelas. • 359 Todas as articulações do peito doem, como se contundidas, durante o movimento e a respiração. • 392 Sobre a escápula direita, em direção às costas, dor como depois de uma violenta batida ou queda. • 400 Os braços estão cansados como se golpeados, de forma que ele não poderia flexionar os dedos das mãos. • 419 Dor como por deslocamento do pulso (peito, nas costas e quadril)
  13. 13. Traumatismos • Rhus toxicondendron: de partes moles com hematomas. Dores agravam pelo repouso e ao começar o movimento da parte afetada, mas melhoram pelo movimento. Para efeitos de levantar peso ou fazer exercícios não habituais.
  14. 14. Traumatismos • Ruta graveolens: Pancadas em ossos e periósteo; e também em músculos e tendões por esforço exagerado. A parte afetada dói mais quando apoia na cama, obrigando a buscar outra posição.
  15. 15. Traumatismos • Hypericum: indicado em fraturas em zonas muito inervadas, lesão de vários filetes nervosos e com dores agudíssimas e intoleráveis.
  16. 16. Traumatismos • Bellis perennis: Em tecidos profundos. Congestão venosa e equimoses muito sensíveis ao tato. Em nervos com dor intensa e intolerância ao banho frio. Transtorno por concussão medular. • Pulsatilla; Sulphuricum acidum; Ledum; Symphytum; Conium; Cicuta.
  17. 17. Traumatismos • Ocular: Symphytum, Arnica, Ledum, Euphrasia e Staphisagria. • Com ruptura de vasos sangüíneos: Millefolium; • Com ruptura de músculos: Calendula; Rhus toxicondendron. • Com ruptura de tendões: Rhus-t; Anacardium orientalis; Calen; Ruta. • Por levantar peso em excesso: Calc-s; Rhus-t; Sil; Con; Ruta.
  18. 18. Traumatismos • Dos nervos com muita dor: Hypericum. • Glandular: Con.; Bell-p; Arn; Aster; Petr; Phos; Sil; Sul-ac. • Luxação: Agn, Arnica; Calc; Ign, Lyc; Nat-c; Nat-m; Petr; Phos; Puls; Rhus-t; Ruta • Entorses:Agn, Arn; Calc; Ferr-p; Led; Lyc; Mill; Nat-c; Nat-m; Petr; Phos; Prun; Puls; Rhod; Rhus-t; Ruta; Symph.
  19. 19. Fraturas Principais medicamentos Symphytum, Arnica montana, Hypericum, Ruta.
  20. 20. Fraturas • Symphytum: indispensável em toda fratura, facilita a formação do calo e diminui sensivelmente as dores agudas da fratura.
  21. 21. Fraturas • Arnica: Indicado em fraturas, geralmente fechadas, acompanhadas de uma importante extravasação sangüínea de cor vermelho azulada, com dor de machucadura, intensa com grande medo que cheguem perto ou toquem.
  22. 22. Fraturas • Hypericum: indicado em fraturas em zonas muito inervadas (coluna, mãos, dedos, mandíbula), lesão de vários filetes nervosos e com dores agudíssimas e intoleráveis. • Ruta: em fraturas com lenta formação de calo, e em qualquer traumatismo ósseo com periostite e dor na parte em que se apoia, e não estar quieto quando deitado, muda de posição freqüentemente.
  23. 23. Fraturas • Calcarea phosphorica: utilizada desde o momento da fratura até sua consolidação total, mas principal indicação quando há formação muito lenta ou tardia do calo ósseo. • Fluoricum acidum, Phosphoricum acidum, Silicea e Calcarea carbonica. • Calendula; Sulphuricum acidum; Carbolic acidum.
  24. 24. Hemorragias traumáticas Principais medicamentos • Arnica montana, Millefolium, Hamamelis
  25. 25. Hemorragias traumáticas • Arnica montana; • Millefolium: Aparecem após esforço ou exercício violento, ou queda ou traumatismo, depois de extração dentária. Pode ser utilizado como preventivo de hemorragias antes de um parto ou intervenção cirúrgica. Sangue líquido de cor vermelho vivo, sem febre sem dor.
  26. 26. Hemorragias traumáticas • Hamamelis: sangue venoso, negro, abundante, que coagula com dificuldade. Prostração acentuada desproporcional a quantidade de sangue perdida. • China (Cinchona officinalis): É um dos melhores hemostáticos. Sangue que não coagula, ruídos nos ouvidos, desmaios, frio generalizado, e as vezes até convulsões. • Bothrops lanceolatus: sangue negro e fluido, com coagulação escassa; reabsorve hemorragias internas.
  27. 27. Feridas Principais medicamentos: Calendula, Ledum palustre , Hypericum, Arnica montana e Staphisagria.
  28. 28. Feridas • Calendula: Elimina a dor e a supuração, favorecendo a fagocitose e acelerando a cicatrização, evita gangrena ou cicatrizes grandes. É quase especifico em pós operatório. Calendula é o verdadeiro antiséptico homeopático, pode e deve ser usado simultaneamente por via interna e externa. • Arnica: feridas com extravasamento sangüíneo importante.
  29. 29. Feridas • Staphisagria: Feridas por instrumentos muito afiados(faca, bisturi) e cortantes (indicação no pós operatório); feridas cortantes por lascas ou espinhos, com dores intensas. • Hypericum: feridas cortantes, penetrantes, laceradas ou por avulsão, sobretudo em zonas muito inervadas; feridas por farpas, agulhas ou espinhos. Dores agudas e intoleráveis. Prevenção de tétano.
  30. 30. Feridas • Ledum: feridas por objetos pontiagudos, penetrantes sobretudo em palmas das mãos e plantas dos pés; pontas dos dedos laceradas. Ferida fria ao tato, mesmo que o paciente não a sinta fria. • Echinacea: feridas laceradas ou por avulsão principalmente quando tende a supurar e inclusive fazer septicemias com estados adinâmicos.
  31. 31. Feridas • Apis: Feridas cortantes por faca, lascas, dissecantes, penetrantes; feridas com dores como picadas ardentes e edema pálido ou rosado ao redor. • Lachesis: Feridas sangram facilmente, e tem a pele ao redor de cor azulada ou púrpura, muito sensível ao menor contato; • Phosphorus: Feridas mesmo pequenas sangram profusamente; • Sulphuric acidum: Feridas sangram profusamente com sangue negro.
  32. 32. Feridas • Laceração da ponta dos dedos: Hypericum, Ledum. • Corpo estranho: Silicea terra, Lobelia, Hepar sulphur, Arnica
  33. 33. Feridas Corpo estranho • Obviamente que, se o médico souber a localização da farpa, tomará as providencias necessárias para removê-la e não irá esperar a ação do remédio. Todavia, às vezes, ... Hepar sulphur ou Silicea retiram os pedaços. Um pequeno abscesso irá formar-se e os pedacinhos sairão. Sabendo-se que os dois remédios apresentam tendência à supuração na presença de corpos estranhos é bom lembrar ... se não prejudicaríamos o doente ao provocar uma supuração local. Kent, 2002 p. 79
  34. 34. Mordidas • Animais venenosos: Hyper, Led, Plan, Sul- ac. • Cães: Hyper, Lach, Led, Lyss, Ter • Gato (no dedo polegar): Lach e Ledum • Ratos: Led; Hyper
  35. 35. Picadas de insetos • Ledum: (principal medicamento, abelhas e mosquitos). Melhora com frio local embora a área afetada esteja fria ao toque (mas não subjetivamente). Local pálido, com equimose e intenso prurido.
  36. 36. Picadas de insetos • Apis: Dores pulsantes e queimante, como produzidas por agulhas aquecidas no fogo. Grande sensibilidade ao menor contato, agg por calor local e repouso. Grande edema que rodeia a picadura (que pode generalizar-se), edema pálido rosado e semitransparente. • Carbolic acidum para picadas de abelhas. • Arnica; Cantharis; Urtica urens.
  37. 37. Queimaduras Cantharis, Arsenicum album, Calendula, Causticum, Urtica urens, Rhus-tox, Hamamelis, Kali-bichromicum, Aconitum, Kreosotum.
  38. 38. Queimaduras • Cantharis: queimaduras internas ou externas de primeiro e segundo grau, especialmente antes de formar as bolhas. Ulceração superficial causada por queimadura. Caráter vesicular. • Arsenicum album: Sua grande característica é dor queimante e ardente como fogo, como carvão aceso, que melhora com calor local ou geral. Quando as vesículas se tornam escuras e mostram tendência a gangrena.
  39. 39. Queimaduras • Calendula: impede e previne a gangrena. Promove granulação normal e previne cicatrizes desfigurantes. Por seu valor anti- séptico previne a supuração e as perdas de substância. Elimina a dor. • Causticum:É ótimo para ferimentos antigos que se originaram de queimaduras. (Nash). Queimaduras com dores como se o local estivesse em carne viva, melhoram por um tempo e logo estacionam.
  40. 40. Queimadura solar Belladona, Pulsatilla Agaricus, Camphora, Cantharis, Clematis, Muriatic acidum, Natrum carbonicum, Urtica urens, Valeriana.
  41. 41. Intermação e insolação
  42. 42. Intermação e insolação • Glonoinum: Insolação ou “golpe de calor” por exposição direta aos raios do sol ou por tempo quente ou por qualquer forma de calor radiante (fogo, estufas, fornos, etc); com congestão cefálica e cefaléia intensa; cefaléia pulsátil que piora com mínimo movimento e calor; violentas palpitações com taquicardia e cara vermelha, estado de confusão (não reconhece o lugar, não sabe quem é).
  43. 43. Intermação e insolação • Belladona: Estado convulsivo com corpo muito quente. Febre alta com pele quente e seca, cara muito vermelha, midríase, olhar brilhante. • Gelsemium: Vertigem ao tentar mover-se, como se estivesse intoxicado, dor na região occipital. Peso na cabeça (não pode sustentar), cefaléia intensa precedida de visão turva, pálpebras caídas, diplopia; naúsea e vômito; grande prostração e tremores; com febre alta sem sede e pele quente e seca.
  44. 44. Intermação e insolação • Natrum carbonicum: É o mais eficaz para os efeitos crônicos da insolação e para as dores de cabeça ou enxaqueca que retornam com clima quente. Debilidade e dor de cabeça produzidas pelo sol. • Lachesis muta: também para seqüelas crônicas. • Aconitum;Cactus grandiflorus; Opium; Camphora; Veratrum viride.
  45. 45. Intoxicações
  46. 46. Intoxicações • Nux vomica: intoxicações de todos os tipos, inclusive medicamentosa. (Dias 2003) • Metais: Sulph; • Intoxicação alimentar: Veratrum album, Arsenicum album, Camphora, Urtica urens • Venenos vegetais: cânfora
  47. 47. Parto • Acon; Caul; Caust; Cham; Coff; Cimicif; Nux-v; Puls; Sec; Arn; Bell;Gels;Verat. • Pulsatilla: Falsas dores de parto; Não há duas contrações iguais. Placenta retida, subinvolução uterina; (choro fácil, desejo de companhia, ausência de sede e variabilidade dos sintomas).
  48. 48. Parto • Caulophyllum: Dores aparecem irregularmente, quando cessam por esgotamento geral e quando o parto é muito doloroso. O colo uterino está contraído espasmodicamente e rígido, não se dilata durante o parto; atonia uterina. Subinvolução uterina; lóquios sanguinolentos que duram muito; hemorragias passivas por útero relaxado, com grande esgotamento. •
  49. 49. Parto • Secale: Dores do parto muito prolongadas, excessivas, irregulares e se tornam fracas até que cessam. Metrorragias durante e depois do parto. Marcado esfriamento do corpo com aversão a estar tapada, não suporta o calor, busca o frio. • Arnica: é o medicamento ideal para o pós parto. Principalmente quando região genital está muito dolorida. Previne hemorragia pós parto. Laceração da região genital após parto
  50. 50. Pós operatório Arnica / Calendula / Staphisagria • Apis: útil nas punções, quando há dores ardentes em pontadas e edema rosado semitransparente ao redor do local puncionado. • Ledum: em punções quando há hematoma e frio, palidez e adormecimento da região de extravasamento sangüíneo. • Hypericum: procedimentos em locais muito inervados, sistema nervoso e dentes.
  51. 51. Botica de emergência • Nux vomica; • Arnica montana; • Cantharis; • Ledum palustre; • Calendula; • Symphytum; • Staphisagria; • Ruta; • Rhus tox; • Camphora; • Lachesis muta; • Arsenicum album; • Belladona; • Phosphorus; • Pulsatilla; • Hypericum; • Silicea; • Opium; • Aconitum; • Glonoinum.
  52. 52. Referências bibliograficas • Cadernos de Matéria Médica Homeopática. Rio de Janeiro: Instituto de Homeopatia James Tyler Kent, v. 1 n. 1, maio/ago. 1993. • CAIRO, Nilo. Guia de Medicina Homeopática. 22 ed. São Paulo: Teixeira, [s.d.] • CLARKE, Jonh H. Receituário Homeopático: as doenças, seus sintomas e as receitas da medicina homeopática. São Paulo: Martins Fontes, 1990.
  53. 53. • DIAS, Aldo Farias. Fundamentos da homeopatia: princípios da prática homeopática. Rio de Janeiro: Cultura Médica, 2001. 580 p. • DIAS, Aldo Farias. Homeopatia nos Estados Agudos: Manual de Procedimentos. Rio de Janeiro: Cultura Médica , 2003. • DIAS, Aldo Farias. Repertório Homeopático Essencial. Rio de Janeiro: Cultura Médica, 2004.
  54. 54. • GOMEZ, Juan Agustin. Homeopatia para sus animalitos. 2ed. Buenos Aires: Tarika, 1994. • HAHNEMANN, Samuel. Matéria Médica Pura. São Paulo: Robe, 1997. v.I. • HAHNEMANN, Samuel. Exposição da doutrina Homeopática ou Organon da arte de curar. 6. ed. São Paulo: GEHSP Benoit Mure, 2002.
  55. 55. • MINOTTI, Angel O. Traumatismos heridas complicaciones y secuelas. Buenos Aires: Albatros, 1990. • NASH, Eugene. Guia terapêutico homeopático. Rio de Janeiro: Luz Menescal, 1999. • KENT, James Tyler. Matéria Médica. Rio de Janeiro: Luz Menescal, 2002. 2 v. • LILIENTHAL, Samuel. Homoeopathic therapeutics. New Delhi: B.Jain, 2001.
  56. 56. • PASCHERO, Tomás Pablo. Homeopatia. 5. ed. Buenos Aires: El Ateneo, 1991. 496 p. • RIBEIRO FILHO, Ariovaldo. Novo Repertório de Sintomas Homeopáticos. São Paulo: Robe, 1996. • VIJNOVSKY, Bernardo. Tratamiento homeopatico de las afecciones y enfermedades agudas. Buenos Aires: Mukunda, 1994.

×