Oportunidades em títulos públicosEmissão de Títulos Públicos e as necessidades dos Fundos de Pensão                       ...
AGENDA                                           Estrutura Institucional                                     Plano Anual d...
Oportunidades em títulos públicos                          Estrutura Institucional da Gestão da Dívida Pública Federal    ...
Oportunidades em títulos públicos                          Estrutura Institucional Gestão da Dívida Pública Federal       ...
Oportunidades em títulos públicosCoordenação-Geral de Operações da Dívida Pública - CODIP                          Estrutu...
Oportunidades em títulos públicosCoordenação-Geral de Planejamento Estratégico da Dívida Pública - COGEP                  ...
Oportunidades em títulos públicos Coordenação-Geral de Controle da Dívida Pública - CODIV                          Estrutu...
AGENDA                                           Estrutura Institucional                                    Plano Anual de...
Objetivo e Diretrizes da Gestão da Dívida Pública Federal - DPFFINANCIAMENTOPLANO ANUAL DE                                ...
Pressupostos e Diretrizes                 Necessidade de Financiamento do Governo Federal                                 ...
Plano Anual de Financiamento – Resultados e Projeções                   Dívida Pública Federal*                           ...
AGENDA                                           Estrutura Institucional                                     Plano Anual d...
Dívida Pública Mobiliária Federal Interna (DPMFi) - DetentoresDetentores por tipo de título (Mar 2011) 100%               ...
Dívida Pública Mobiliária Federal Interna (DPMFi) - Detentores  Detentores por prazo (Mar 2011)        100%               ...
Dívida Pública Mobiliária Federal Interna (DPMFi) - Detentores  Detentores da NTNF 2021 (% )    100%      90%             ...
Oportunidades em títulos públicosPrevidência: peso crescente em títulos atrelados a índices de preço na carteira          ...
Oportunidades em títulos públicos   Administração da dívida pública: prazos benchmark           Objetivo é consolidar os v...
Oportunidades em títulos públicos   Administração da dívida pública: prazos benchmark           Objetivo é consolidar os v...
Oportunidades em títulos públicosOperações da Dívida Pública: Leilões de NTN-B     Cronograma mensal informa datas de real...
Oportunidades em títulos públicosEvolução da curva de juros prefixada –períodos selecionados          22%          20%    ...
Oportunidades em títulos públicos  Evolução da curva de juros real –períodos selecionados     9,5%     9,0%     8,5%     8...
Atuação do Tesouro Nacional - grandes oportunidades no mercado doméstico                   Estoque em mercado e Taxas das ...
Atuação do Tesouro Nacional - grandes oportunidades no mercado doméstico                   Estoque em mercado e Taxas das ...
Oportunidades em títulos públicosLiquidez: Leilões de Resgate Antecipado e de Troca      Um leilão de resgate antecipado p...
Oportunidades em títulos públicosLiquidez: Leilões Simultâneos de Compra e Venda     Tesouro Nacional atua em momentos de ...
Oportunidades em títulos públicos  Liquidez: Leilões Simultâneos de Compra e Venda                       Caso de maio/06 (...
AGENDA                                           Estrutura Institucional                                     Plano Anual d...
Oportunidades em títulos públicosBenchmarks IMA    Índices conhecidos e com histórico desde dez/2001 (set/2003 para IMA-B)...
Oportunidades em títulos públicos   IMA X CDI – Variação Diária             3         2,6         2,2         1,8         ...
Oportunidades em títulos públicos   IMA x CDI – Rentabilidade Acumulada desde 2004                                        ...
Oportunidades em títulos públicosRetorno dos Títulos Públicos      Investidores não residentes seguem de perto esses indic...
Oportunidades em títulos públicosRetorno dos Títulos Públicos acumulado em 12 meses  24,0%                                ...
Oportunidades em títulos públicos   Mudança Regulatória            Set-09:                     CMN aprovou mudanças nas re...
Oportunidades em títulos públicos   Novos Benchmarks IMA : Preocupação com o gestor               IMA líquido: família de ...
Oportunidades em títulos públicos                                                                                         ...
AGENDA                                           Estrutura Institucional                                        Plano Anua...
Oportunidades em títulos públicos  Sistema de Dealers: Ferramenta para Gestão da Dívida       Dealers primários: instituiç...
Oportunidades em títulos públicosLiquidez no Mercado Secundário       1,6%                                                ...
Oportunidades em títulos públicosMercado secundário: transparência para spreads e preços     Andima publica preços intrada...
Oportunidades em títulos públicosMercado secundário: empréstimo de títulos     Sistema de Empréstimo de Títulos (SET) da B...
Para maiores informações acesse o site do Tesouro                      Nacional:             www.tesouro.fazenda.gov.brOu ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Palestra 12 tesouro-nacional_andre_proite

425 visualizações

Publicada em

Artigo dívida pública

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
425
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra 12 tesouro-nacional_andre_proite

  1. 1. Oportunidades em títulos públicosEmissão de Títulos Públicos e as necessidades dos Fundos de Pensão Andre Proite Gerente de Relacionamento Institucional Tesouro Nacional Subsecretaria da Dívida Pública Federal
  2. 2. AGENDA Estrutura Institucional Plano Anual de Financiamento - PAF Gerenciamento da Dívida Pública e os Fundos de PensãoDÍVIDA PÚBLICA FEDERAL BRASILEIRA Índice de Mercado Anbima Mercado Secundário 2
  3. 3. Oportunidades em títulos públicos Estrutura Institucional da Gestão da Dívida Pública Federal Presidência Ministério da Fazenda Secretaria do Tesouro Nacional Subsecretaria de Subsecretaria de Subsecretaria de Subsecretaria daASPECTOS INSTITUCIONAIS Relações Planejamento Subsecretaria de Assuntos Financeiras Dívida Pública Fiscal, Estatística Política Fiscal Corporativos Intergovernamentais e Contabilidade 3
  4. 4. Oportunidades em títulos públicos Estrutura Institucional Gestão da Dívida Pública Federal Estrutura Institucional da Atual Subsecretaria da Dívida Pública CODIP (FRONT OFFICE) COGEP (MIDDLE OFFICE) CODIV (BACK OFFICE) Desenvolvimento de Desenvolvimento de Registro, controle, estratégias de curto prazo, estratégias de médio e longo pagamento e relacionadas a emissões de prazo, gerenciamento de risco, acompanhamento títulos nos mercados interno acompanhamento do cenário e externo; leilões no orçamentário das dívidas macroeconômico e mercado doméstico e interna e externa, e relacionamento com colocações no mercado geração de suas externo; operações investidores domésticos eASPECTOS INSTITUCIONAIS estatísticas oficiais. estruturadas. externos. A partir de maio de 2002, o Tesouro Nacional passou a ser o único emissor de títulos da dívida interna. Já a partir de 2005, consolidou-se a centralização da gestão da Dívida Pública Federal, com a transferência da emissão de títulos da dívida externa do Banco Central para o Tesouro Nacional. Neste momento, o Tesouro passou a ser o responsável pelo controle e administração da Dívida Pública Federal, seja ela mobiliária ou contratual, interna ou externa, centralizando em uma única unidade governamental (a Subsecretaria da Dívida Pública, da Secretaria do Tesouro Nacional) a responsabilidade pelo gerenciamento de todos os compromissos do Governo Federal. 4
  5. 5. Oportunidades em títulos públicosCoordenação-Geral de Operações da Dívida Pública - CODIP Estrutura Institucional Gestão da Dívida Pública Federal Estrutura Institucional da Atual CODIP (front office) Mercado Interno Estratégia Operações Mercado Externo - Analisar e - Realizar o - Realizar os monitorar o planejamento de leilões - Analisar e mercado emissões internas tradicionais, de monitorar o doméstico; • e externas; troca e de resgate mercado externo; antecipado; - Prospectar - Acompanhar as - Precificar e demanda para os estratégias - Realizar análise executar as leilões; implantadas; estatística dos emissões de títulos leilões; e da dívida externa, - Monitorar as - Acompanhar a base de dentre outras curvas de juros; - RealizarASPECTOS INSTITUCIONAIS investidores; e operações que operações - Precificar títulos; envolvam os estruturadas. e - Analisar os fluxos passivos externos; cambiais. - Regulamentar o -Compra de moeda Sistema de - Desenvolvimento estrangeira para Dealers. de novos produtos pagamento da dívida externa; 5
  6. 6. Oportunidades em títulos públicosCoordenação-Geral de Planejamento Estratégico da Dívida Pública - COGEP Estrutura Institucional Gestão da Dívida Pública Federal Estrutura Institucional da Atual COGEP (middle office) Risco Cenários Rel. Institucional Estudos Especiais - Monitorar a - Realizar pesquisas -Aperfeiçoar o - Desenvolver evolução dos de caráter relacionamento com estudos relativos a indicadores de econômico- investidores e gestão da dívida exposição ao risco da financeiro; formadores de opinião; pública; dívida pública; -Insumos para - Identificar e propor - Assessorar em -Propor a composição estratégia de estratégias para temas técnicos ótima de ativos e financiamento de ampliar a base de relacionados à passivos públicos; e médio e longo investidores; responsabilidadeASPECTOS INSTITUCIONAIS prazos; institucional da - Elaborar estratégia -Dar uniformidade e publicidade nas COGEP. de médio e longo - Acompanhar, prazos. analisar e realizar informações sobre o projeções sobre as gerenciamento da dívida; conjunturas externa e interna. -Gerenciamento do Tesouro Direto. 6
  7. 7. Oportunidades em títulos públicos Coordenação-Geral de Controle da Dívida Pública - CODIV Estrutura InstitucionalGestão da Dívida Pública Federal Estrutura Institucional da Atual CODIV (back office) Informações e Programas Planejamento e Execução Orçamentária Estatísticas Especiais Programação Orçamentária e Financeira - Gerar e fornecer - Executar emissões - Realizar a proposta - Realizar a informações e especiais (PROEX, orçamentária da Dívida programação financeira Estatísticas sobre a Dívida Agrária, FUNAD, Pública Federal; da Dívida Pública Dívida Pública Federal; FIES); Federal; - Administrar o Sistema -Elaborar os relatórios - Realizar interface de Controle da Dívida - Realizar os pagamentos mensais da dívida; com centrais de Externa (Sistema e a contabilização da custódia; Dívida); Dívida Pública Federal; - Efetuar os registros daASPECTOS INSTITUCIONAIS Dívida Pública Federal; - Administrar a dívida - Controlar as - Acompanhar a securitizada federal. Obrigações Garantidas Execução Financeira e - Gerir os Sistemas de Orçamentária da DPF; pelo Governo Federal. Registro da Dívida Pública Federal. - Realizar o pagamento das Dívidas garantidas pela União. 7
  8. 8. AGENDA Estrutura Institucional Plano Anual de Financiamento - PAF Gerenciamento da Dívida Pública e os Fundos de PensãoDÍVIDA PÚBLICA FEDERAL BRASILEIRA Índice de Mercado Anbima Mercado Secundário 8
  9. 9. Objetivo e Diretrizes da Gestão da Dívida Pública Federal - DPFFINANCIAMENTOPLANO ANUAL DE 9
  10. 10. Pressupostos e Diretrizes Necessidade de Financiamento do Governo Federal Necessidade Bruta Recursos Necessidade Líquida de Financiamento - Orçamentários = de Financiamento R$ 464,3 bilhões R$ 98,7 bilhões R$ 365,6 bilhõesFINANCIAMENTO Dívida Externa Dívida Interna em Encargos no Banco R$ 12,8 bilhões + Mercado + Central R$ 410,1 bilhões R$ 41,4 bilhõesPLANO ANUAL DE 10
  11. 11. Plano Anual de Financiamento – Resultados e Projeções Dívida Pública Federal* Limites para 2011 Indicadores 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 ** Mínimo Máximo Estoque da DPF* em Mercado (R$ bilhões) 1.013,9 1.157,1 1.237,0 1.333,8 1.397,0 1.497,4 1.694,0 1.695,1 1.800,0 1.930,0 Composição da DPF(%) Prefixados 16,1% 23,6% 31,9% 35,1% 29,9% 32,2% 36,6% 34,6% 36,0% 40,0% Índices de preços 11,9% 16,1% 19,9% 24,1% 26,6% 26,7% 26,6% 28,3% 26,0% 29,0% Selic 45,7% 43,9% 33,4% 30,7% 32,4% 33,4% 30,8% 32,3% 28,0% 33,0% Câmbio 24,2% 17,6% 12,7% 8,2% 9,7% 6,6% 5,1% 4,8% 4,0% 6,0% Demais 2,2% 1,8% 2,0% 1,9% 1,4% 1,1% 0,8% 0,0% 0,0% 1,0% Estrutura de vencimentos da DPFFINANCIAMENTO Prazo Médio (anos) 2,9 2,8 3,0 3,3 3,5 3,5 3,5 3,6 3,5 3,7 % Vincendo em 12 meses 39,3% 36,3% 32,4% 28,2% 25,4% 23,6% 23,9% 24,3% 21,0% 25,0% * Inclui a Dívida Doméstica (R$ 1.611,51 bilhões - mar/11) e da Dívida Externa (R$ 83,53 bilhões - mar/11) de responsabilidade do Tesouro Nacional. ** Obs: até março Percentual de títulos prefixados + índices de preços próximos a 60% do estoque;PLANO ANUAL DE % vincendo em 12 meses se mantendo abaixo de 30% e prazo médio estável. Nota: Tendo em vista o processo de integração plena entre as diretrizes e estratégias de financiamento nos mercados doméstico e internacional o Tesouro Nacional passou a divulgar as bandas do PAF apenas para a DPF. As estatísticas da DPF e suas desagregações em DPMFi e DPFe continuarão a ser acompanhadas no Relatório Mensal da DPF que pode ser acessado em http://www.tesouro.fazenda.gov.br/hp/relatorios_divida_publica.asp. 11
  12. 12. AGENDA Estrutura Institucional Plano Anual de Financiamento - PAF Gerenciamento da Dívida Pública e os Fundos de PensãoDÍVIDA PÚBLICA FEDERAL BRASILEIRA Índice de Mercado Anbima Mercado Secundário 12
  13. 13. Dívida Pública Mobiliária Federal Interna (DPMFi) - DetentoresDetentores por tipo de título (Mar 2011) 100% 2,1% 14,0% 90% 20,7% 19,1% 20,1% 3,8% 80% 53,5% 70% 29,0% 72,6% 60% 56,0% 50% 59,1% 40% 82,1% 24,3% 30% 46,7% 20% 12,9% Fonte: Tesouro Nacional. 24,8% 22,4% 10% 20,7% 14,4% 0% Bancos Fundos Pensão Não-residentes Governo Seguradoras Prefixados Pós-fixados Índice de preços Outros Com relação aos prazos, pode ser destacado que a carteira em posse da previdência é a com a maior duração .Fonte: Tesouro Nacional. 13
  14. 14. Dívida Pública Mobiliária Federal Interna (DPMFi) - Detentores Detentores por prazo (Mar 2011) 100% 10,5% 12,5% 11,7% 10,4% 90% 80% 15,9% 40,3% 19,8% 23,6% 23,8% 53,1% 70% 60% 50% 45,8% 17,6% 35,2% 43,8% 43,8% 40% 16,0% 30% 27,6% 20% 22,4% 27,8% 29,3% 25,9% 10% 20,1% 14,5% 8,5% 0% Bancos Fundos Previdência Não-residentes Governo Seguradoras Até 1 ano Entre 1 e 3 anos Entre 3 e 5 anos Mais de 5 AnosFonte: Tesouro Nacional. 14
  15. 15. Dívida Pública Mobiliária Federal Interna (DPMFi) - Detentores Detentores da NTNF 2021 (% ) 100% 90% 13,61 13,43 3,07 2,89 80% 70% 60% 52,22 51,8 50% 40% 30% 5,75 11,87 20% 12,28 7,02 10% 11,65 11,57 0% fev/11 mar/11 Bancos fundos Previdência Não-Residentes Seguradoras Governo OutrosFonte: Tesouro Nacional. 15
  16. 16. Oportunidades em títulos públicosPrevidência: peso crescente em títulos atrelados a índices de preço na carteira Jan/07 24,2% 51,6% 24,3% ÍNDICE DE PREÇO PÓS-FIXADO PREFIXADOFonte: Tesouro Nacional. 16
  17. 17. Oportunidades em títulos públicos Administração da dívida pública: prazos benchmark Objetivo é consolidar os vértices de referência, de acordo com as condições de mercado vigentes. LTN: 6, 12 e 24 meses. NTN-F: 3, 5 e 10 anos. LTN NTN-F Abr-12 Jul-13 Jan-15 Out09 Abr10 Jan11 Jan13 Jan-17 Jan-21 Jan17 Benchmarks 0 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 AnosFonte: Tesouro Nacional. 17
  18. 18. Oportunidades em títulos públicos Administração da dívida pública: prazos benchmark Objetivo é consolidar os vértices de referência, de acordo com as condições de mercado vigentes. NTN-B: 3, 5, 10, 20, 30 e 40 anos. Nov11 Ago-16 Ago-14 Ago14 Ago20 Ago24 Ago-20 Ago-30 Mai35 Ago-40 Mai45 Ago-50 Benchmarks 0 0 5 10 15 20 25 30 35 40 AnosFonte: Tesouro Nacional – Cronograma de leilões- Mai-11 18
  19. 19. Oportunidades em títulos públicosOperações da Dívida Pública: Leilões de NTN-B Cronograma mensal informa datas de realização dos leilões. Para NTN-B, duas operações por mês. A Mesa e a Gerência de Estratégia do Tesouro Nacional realizam pesquisa de demanda. Adequação do lote ofertado às condições de mercado. Segunda-feira Portaria informa lotes ofertados. Participantes do mercado colocam suas propostas. No leilão tradicional, cotação de compra. No leilão de resgate antecipado, cotação de venda ao Tesouro Terça-feira Nacional. Quarta-feira No leilão de troca, cotação/preço do título entregue. Tesouro Nacional anuncia resultado. 19
  20. 20. Oportunidades em títulos públicosEvolução da curva de juros prefixada –períodos selecionados 22% 20% 18% 16% 14% 12.6% 12% 10% 8% 6m 1 ano 2 anos 3 anos 4 anos 5 anos 6 anos 7 anos 8 anos 9 anos 10 anos mai-00 mai-02 mai-04 mai-06 mai-09 mai-11Fonte: Tesouro Nacional 20
  21. 21. Oportunidades em títulos públicos Evolução da curva de juros real –períodos selecionados 9,5% 9,0% 8,5% 8,0% 7,5% 7,0% 6,5% 6,0% 5,9% 5,8% 5,9% 5,5% 5 anos 10 anos 15 anos 20 anos 25 anos 30 anos 35 anos 40 anos dez-04 dez-06 mai-09 mai-11Fonte: Tesouro Nacional 21
  22. 22. Atuação do Tesouro Nacional - grandes oportunidades no mercado doméstico Estoque em mercado e Taxas das NTN-F e BRL’s (06/05/11) 14,0 92,4 13,0 12,6 12,6 12,7 12,6 12,6 12,4 12,0 11,0 51,9 % a. a. 45,8 10,0 36,2 9,0 9,1 20,3 8,9 15,6 7,8 8,0EVENTOS RECENTES 4,0 3,7 5,5 7,0 Jan-12 Jan-13 Jan-14 Jan-15 Jan-16 Jan-17 Jan-21 Jan-22 Jan-28 Estoque (R$ bi) Taxa NTN-F Taxa BRL Fonte: Bloomberg, Andima e Tesouro Nacional Obs.: As Yields das NTN-F utilizam o padrão 252 dias úteis, enquanto as Yields dos BRL utilizam o padrão 360 dias úteis. 22
  23. 23. Atuação do Tesouro Nacional - grandes oportunidades no mercado doméstico Estoque em mercado e Taxas das NTN-B (06/05/11) 6,8 7,0 6,7 6,7 6,6 6,6 6,4 6,4 6,3 6,5 6,2 6,2 58,1 5,9 6,0 51,9 5,8 5,9 6,0 51,4 5,5 38,3 36,6 5,0 % a.a. 33,5 28,7 29,8 28,5 4,5 23,1 20,8 4,0 13,3 3,5 8,7 4,4 4,2 3,0EVENTOS RECENTES 2,5 Mai Nov Ago Mai Ago Mai Ago Mai Ago Ago Ago Mai Ago Mai Ago 2011 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2020 2024 2030 2035 2040 2045 2050 Estoque R$ bi Taxa Fonte: Andima e Tesouro Nacional Nota 1: Atualmente, apenas a mai/13, mai/15, ago/20, ago/30, ago/40 e ago/50 são emitidas. Nota 2: Existem NTN-Bs com outros vencimentos. 23
  24. 24. Oportunidades em títulos públicosLiquidez: Leilões de Resgate Antecipado e de Troca Um leilão de resgate antecipado por mês para cada um dos seguintes: LTN de curto prazo Asseguram liquidez NTN-B do grupo II (longas) adicional NTN-F de longo prazo (títulos selecionados) Leilões de troca, com alongamento de prazos, envolvem: LTN por LTN LFT por LFT NTN-B (e diversos outros títulos) por NTN-B 24
  25. 25. Oportunidades em títulos públicosLiquidez: Leilões Simultâneos de Compra e Venda Tesouro Nacional atua em momentos de maior volatilidade. Leilão simultâneo de compra e venda é instrumento para fornecer parâmetros de preços. Em maio/2006, realização de três leilões de compra e venda de NTN-B. Em outubro/2008, realização de quatro leilões de compra e venda de NTN-F. R$ milhões Título Data leilão Emissão Recompra Recompra líquida NTN-B 24/5/2006 687,11 1.753,88 1.066,77 NTN-B 25/5/2006 677,90 1.103,32 425,41 NTN-B 26/5/2006 965,09 1.124,59 159,50 NTN-F 23/10/2008 - 206,05 206,05 NTN-F 24/10/2008 99,99 1.140,97 1.040,98 NTN-F 27/10/2008 - 228,74 228,74 NTN-F 29/10/2008 0,07 309,81 309,73 25
  26. 26. Oportunidades em títulos públicos Liquidez: Leilões Simultâneos de Compra e Venda Caso de maio/06 (NTN-B 2045) Caso de outubro/2008 (NTN-F 2017)9,50% 20,00% 19,00%9,00% 18,00% 17,00%8,50% 16,00% 15,00%8,00% 14,00%7,50% 13,00% -30 -25 -20 -15 -10 -5 0 5 10 15 20 25 30 Dia de realização do primeiro leilão compra/venda = 0 Sucesso em fornecer parâmetros de preços para o mercado secundário. Êxito em permitir realocação ordenada de carteiras. Mais segurança para os agentes que desejam manter seus títulos.Fonte: Tesouro Nacional. 26
  27. 27. AGENDA Estrutura Institucional Plano Anual de Financiamento - PAF Gerenciamento da Dívida Pública e os Fundos de PensãoDÍVIDA PÚBLICA FEDERAL BRASILEIRA Índice de Mercado Anbima Mercado Secundário 27
  28. 28. Oportunidades em títulos públicosBenchmarks IMA Índices conhecidos e com histórico desde dez/2001 (set/2003 para IMA-B). Um dos diversos IMA pode ser utilizado de acordo com o estilo seguido pela carteira sob gestão. Para instituição com passivo em índice de preços, um benchmark IMA-B é mais adequado que uma referência pela taxa de juro de um dia. Índices calculados e publicados diariamente. Os IMA identificam e ponderam precisamente os títulos constituintes. Gestor ativo pode aceitar a aplicação do benchmark e ter sua performance avaliada em relação a ele. Dos fundos IMA-B em mercado, há exemplos com alta aderência ao benchmark e exemplos com postura mais ativa (maiores desvios). 28
  29. 29. Oportunidades em títulos públicos IMA X CDI – Variação Diária 3 2,6 2,2 1,8 1,4 1 set/08 jan/06 jan/10 jul/06 jun/10 mai/04 out/04 ago/05 mai/07 abr/08 ago/09 mai/11 mar/05 dez/06 nov/07 fev/09 nov/10 CDI IMA - Geral IMA-BFonte: Andima, AE e Cetip 2931/04/2004 = 1.000
  30. 30. Oportunidades em títulos públicos IMA x CDI – Rentabilidade Acumulada desde 2004 175,1% 158,4% 156,4% 141,1% 138,2% IMA - Geral IRF-M IMA-S IMA-B CDIFonte: Andima, AE e Cetip31/04/2004 = 1.000 30
  31. 31. Oportunidades em títulos públicosRetorno dos Títulos Públicos Investidores não residentes seguem de perto esses indicadores 25% 22,0% 20% 19,5% 18,2% 18,6% 18,1% 17,5% 17,0% 15% 13,8% 13,8% 13,5% 13,0% 12,7% 12,3% % a.a. 12,4% 12,6% 11,9% 10,5% 10,7% 10% 5% 0% 2005 2006 2007 2008 2009 2010 IMA-Geral IRF-M IMA-BFonte: Índice de Mercado – ANBIMA 31
  32. 32. Oportunidades em títulos públicosRetorno dos Títulos Públicos acumulado em 12 meses 24,0% 22,3% 22,0% 20,9% 20,0% 18,0% 16,0% 14,1% 14,0% 13,6% 12,1% 11,8% 12,0% 11,0% 10,6% 10,3% 10,4% 10,0% 8,0% 6,0% IMA - Geral IRF-M IMA-C IMA-B IMA-S fev/11 mar/11Fonte: Índice de Mercado – ANBIMA 32
  33. 33. Oportunidades em títulos públicos Mudança Regulatória Set-09: CMN aprovou mudanças nas regras e diretrizes* de investimento aplicáveis a fundos de pensão e RPPS RPPS => Tipicamente, são fundos de pensão de estados e municípios Mínimo de 70% das cotas previdenciárias investidas em aplicações referenciadas pelo IMA (ou uma combinação de sub-índices), exceto o IMA-S Prazo de adequação: Mai-11Fonte: Tesouro Nacional * Resolução No.3.790 de 24/09/09 33
  34. 34. Oportunidades em títulos públicos Novos Benchmarks IMA : Preocupação com o gestor IMA líquido: família de índices compostos apenas pelos papéis com liquidez em mercado. Criação do IMA- Geral ex-C Facilita replicação Balanceamento mensal IRF-M 1 e IRF-M 1+Fonte: Índice de Mercado – ANBIMA 34
  35. 35. Oportunidades em títulos públicos 35 abr-10 fev-10 dez-09 out-09 ago-09 jun-09 abr-09 fev-09 dez-08 Estados out-08 ago-08 jun-08 abr-08 fev-08 Municípios dez-07 out-07 Evolução da carteira de RPPS (R$ bi) ago-07 jun-07 abr-07 fev-07 jun-05 jun-05 jun-05 Fonte: Previc 30 25 20 15 10 5
  36. 36. AGENDA Estrutura Institucional Plano Anual de Financiamento Gerenciamento da Dívida Pública e os Fundos de PensãoDÍVIDA PÚBLICA FEDERAL BRASILEIRA Índice de Mercado Anbima Mercado Secundário 36
  37. 37. Oportunidades em títulos públicos Sistema de Dealers: Ferramenta para Gestão da Dívida Dealers primários: instituições mais ativas nos leilões do Tesouro Nacional. Metas relacionadas à participação no mercado primário e secundário. Cumprimento de metas dá direito à compra de títulos em leilões não-competitivos (segunda volta) e à participação em leilões de recompra exclusivos para dealers.Fonte: Tesouro Nacional. 37
  38. 38. Oportunidades em títulos públicosLiquidez no Mercado Secundário 1,6% 1,48% 1,4% 1,2% 1,04%1,04% 1,00% 1,0% 0,93% 0,79% 0,80% 0,8% 0,72% 0,69% 0,67% 0,66% 0,6% 0,50% 0,4% 0,2% 0,0% LFT / LFT-A / LFT-B LTN / NTN-F NTN-C / NTN-B Total dez/10 fev/11 mar/11Fonte: Tesouro Nacional 38
  39. 39. Oportunidades em títulos públicosMercado secundário: transparência para spreads e preços Andima publica preços intraday de referência, tendo como fontes: corretoras (calls), plataformas eletrônicas de negociação e a própria Andima. Sistema Compare facilita comparação de taxas indicativas com negócios registrados no Selic. Dealers especialistas têm metas para colocação de preços em tela em intervalos específicos do dia. Sisbex, Cetipnet e Ebond estão em funcionamento. 39
  40. 40. Oportunidades em títulos públicosMercado secundário: empréstimo de títulos Sistema de Empréstimo de Títulos (SET) da BM&FBovespa permite que fundos emprestem títulos de suas carteiras. Para fundos e investidores institucionais, remuneração adicional para papéis de longo prazo. Para o mercado, precificação mais eficiente, pela venda a descoberto. Para market makers, maior flexibilidade em mostrar ponta de venda para clientes (menor necessidade de títulos em estoque). 40
  41. 41. Para maiores informações acesse o site do Tesouro Nacional: www.tesouro.fazenda.gov.brOu entre em contato com a Gerência de Relacionamento Institucional: stndivida@fazenda.gov.br COMPRE TÍTULOS DO TESOURO NACIONAL www.tesourodireto.gov.br 41

×