   População brasileira por volta de 1700: 350 mil    habitantes   Portugueses que vieram para as Minas Gerais    entre ...
   1729: descoberta de diamantes no Arraial do    Tijuco e criação do Distrito Diamantino   O contrabando   O Sistema C...
   Emboabas: aventureiros em busca do    enriquecimento   Paulistas versus emboabas: o episódio do    Capão da Traição e...
   Protesto contra as Casas de Fundição e o    Quinto   O tropeiro Filipe dos Santos Freire   Reivindiações: redução do...
   Escultura: Aleijadinho (Antônio Francisco    Lisboa), Mestre Ataíde (Manoel da Costa    Ataíde)   Literatura: Tomás A...
   Auge em 1730, declínio a partir de 1770   Causas: a exploração desenfreada e o contexto    econômico de Portugal, esg...
   A Guerra dos Mascates-   Senhores de Engenho de Olinda versus    comerciantes de Recife   A revolta de Beckman (Maran...
   O morgadio: o direito de primogenitura e o    papel da mulher   Uma sociedade dos poderosos: a justiça dos    mais fo...
A economia da mineração e a sociedade brasileir (.97a)
A economia da mineração e a sociedade brasileir (.97a)
A economia da mineração e a sociedade brasileir (.97a)
A economia da mineração e a sociedade brasileir (.97a)
A economia da mineração e a sociedade brasileir (.97a)
A economia da mineração e a sociedade brasileir (.97a)
A economia da mineração e a sociedade brasileir (.97a)
A economia da mineração e a sociedade brasileir (.97a)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A economia da mineração e a sociedade brasileir (.97a)

546 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
546
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A economia da mineração e a sociedade brasileir (.97a)

  1. 1.  População brasileira por volta de 1700: 350 mil habitantes Portugueses que vieram para as Minas Gerais entre 1700 e 1760: 60 mil Abastecimento: roças próximas às lavras, Bahia e capitanias do sul O sistema de datas, o Quinto e as Casas de Fundição Intendência das Minas (1702)
  2. 2.  1729: descoberta de diamantes no Arraial do Tijuco e criação do Distrito Diamantino O contrabando O Sistema Contratual O declínio: queda de preços na Europa, ineficiência administrativa, alto custo e esgotamento dos veios
  3. 3.  Emboabas: aventureiros em busca do enriquecimento Paulistas versus emboabas: o episódio do Capão da Traição e a atuação do governador Antônio de Albuquerque Legados do conflito: resistência à tirania, noção de direito à conquista e evidência do caráter contratualista da relação entre os vassalos e a Coroa portuguesa
  4. 4.  Protesto contra as Casas de Fundição e o Quinto O tropeiro Filipe dos Santos Freire Reivindiações: redução dos impostos, fim da obrigatoriedade da fundição do ouro, extinção do monopólio da carne, aguardente, fumo e sal
  5. 5.  Escultura: Aleijadinho (Antônio Francisco Lisboa), Mestre Ataíde (Manoel da Costa Ataíde) Literatura: Tomás Antônio Gonzaga, Cláudio Manoel da Costa e Alvarenga Peixoto Música: José Joaquim Américo Lobo de Mesquita, Marcos Coelho Neto e Francisco Gomes da Rocha
  6. 6.  Auge em 1730, declínio a partir de 1770 Causas: a exploração desenfreada e o contexto econômico de Portugal, esgotamento das jazidas e baixos conhecimentos técnicos
  7. 7.  A Guerra dos Mascates- Senhores de Engenho de Olinda versus comerciantes de Recife A revolta de Beckman (Maranhão)- Os jesuítas e a Companhia de Comércio do Maranhão- 1684: fim das atividades da Companhia, deposição do capitão-mor e do governador, expulsão dos jesuítas- A morte de Manoel Beckman e o exílio de Tomás Beckman
  8. 8.  O morgadio: o direito de primogenitura e o papel da mulher Uma sociedade dos poderosos: a justiça dos mais fortes, a miscigenação e os “filhos ilegítimos” “Casa-grande e senzala”

×