MARGARIDA BARBOSA TEIXEIRA
Catastrofismo e Uniformitarismo
PRINCÍPIOS BÁSICOS DO
RACIOCÍNIO GEOLÓGICO
História da vida na Terra
Extinções cíclicas
O que teria levado à extinção dos
dinossauros?
 Ao longo dos anos, mais de 60 hipóteses foram
formuladas.
 Há cientistas...
O que teria levado à extinção dos
dinossauros? Impacto meteorítico?
 Neste mapa da península do Yucatão
(México), pode ve...
O que teria levado à extinção dos
dinossauros? Impacto meteorítico?
Diferentes ideias têm surgido:
 atirou grandes quanti...
O que teria levado à extinção dos
dinossauros? Erupção vulcânica massiva?
 Existem, em numerosas regiões do globo, extens...
Erupção vulcânica massiva?
Impacto meteorítico?
Consequências comuns:
 Mudanças climáticas,
 Obscuridade,
 Limitações à...
O que teria levado à extinção dos
dinossauros? Outras explicações….
É preciso pensar na crise biológica no seu todo, para
...
O que teria levado à extinção dos
dinossauros? Outras explicações….
É preciso pensar na crise biológica no seu todo, para ...
Catastrofismo
 Georges Cuvier (pai da paleontologia),
principal defensor do Catastrofismo
Geológico.
 Baseou-se na inter...
Catastrofismo
 Considerava que a Terra esteve sujeita, a rápidas e
violentas alterações (grandes erupções, violentos sism...
Catastrofismo
 Aos períodos de extinção seguiam-se períodos
estáveis em que uma nova fauna e flora
voltariam a ocupar a s...
Uniformitarismo
 James Hutton (pai da Geologia Moderna).
 Principal defensor do Uniformitarismo.
 Foi o cientista que m...
Uniformitarismo
 Observações:
 As montanhas não são imutáveis;
 A erosão provoca desgaste lento nas rochas.
 Os espess...
Uniformitarismo
 Charles Lyell (1797-1875)
 Organiza as ideias uniformitaristas de Hutton e
apresenta uma teoria de anál...
Uniformitarismo
Teoria do Uniformitarismo
 Uniformidade das leis: as leis físicas da natureza são constantes no espaço e ...
Uniformitarismo
 Principio das causas actuais ou do actualismo geológico
 As causas que provocaram determinados fenómeno...
Neocatastrofismo
 O estudo de determinados fenómenos geológicos (sismos, erupções,
impactos meteoríticos,…) demonstraram ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Princípios básicos do raciocínio geológico

2.099 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.099
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
480
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Princípios básicos do raciocínio geológico

  1. 1. MARGARIDA BARBOSA TEIXEIRA Catastrofismo e Uniformitarismo PRINCÍPIOS BÁSICOS DO RACIOCÍNIO GEOLÓGICO
  2. 2. História da vida na Terra Extinções cíclicas
  3. 3. O que teria levado à extinção dos dinossauros?  Ao longo dos anos, mais de 60 hipóteses foram formuladas.  Há cientistas que supõem que a extinção dos dinossauros teria sido provocada por uma catástrofe global: • Impacto meteorítico (crateras de impacto) • Erupção vulcânica massiva (lavas do Decão na Índia)
  4. 4. O que teria levado à extinção dos dinossauros? Impacto meteorítico?  Neste mapa da península do Yucatão (México), pode ver-se a Norte um subtil, mas inequívoco, relevo que indica a presença da cratera de impacto Chicxulub.  Muitos cientistas estão de acordo em que este impacto esteve na origem do acontecimento que há 65 M.a. levou à extinção dos dinossauros e da maioria da vida na Terra. http://www.portaldoastronomo.org/noticia.php?id=194 Cratera de Impacto com 180 km de diâmetro Vestígios de: • rochas vitrificadas • esférulas • tsunami
  5. 5. O que teria levado à extinção dos dinossauros? Impacto meteorítico? Diferentes ideias têm surgido:  atirou grandes quantidades de poeira para a atmosfera bloqueando a luz solar, e impedindo o crescimento das plantas.  o enxofre libertado no impacto teria gerado nuvens de ácido sulfúrico à escala global que bloquearam a luz solar e provocaram chuvas ácidas.  incêndios à escala global provocados, após o impacto, pela entrada na atmosfera de restos do corpo responsável pela cratera. Como é que o impacto de Chicxulub causou na Terra as extinções em massa?
  6. 6. O que teria levado à extinção dos dinossauros? Erupção vulcânica massiva?  Existem, em numerosas regiões do globo, extensos mantos de lava com cerca de 65M.a.  As lavas de Decão, na Índia, que se supõe terem sido oriundas de um ponte quente situado actualmente na ilha de Reunião, no Índico.  A projecção de cinzas para a atmosfera terá reduzido a chegada de energia solar à Terra, causando a morte de muitas espécies.
  7. 7. Erupção vulcânica massiva? Impacto meteorítico? Consequências comuns:  Mudanças climáticas,  Obscuridade,  Limitações à fotossíntese,  Interrupções nas cadeias alimentares.
  8. 8. O que teria levado à extinção dos dinossauros? Outras explicações…. É preciso pensar na crise biológica no seu todo, para além dos dinossauros…  O impacto meteorítico parece coincidir com o fim do Cretácico.  A maior parte dos dinossauros não se extinguiu no final da Era Mesozóica: • Ao longo de todo o Jurássico e Cretácico ocorreu o aparecimento e extinção de muitas espécies. • O Cretácico Superior era já bastante pobre em dinossauros. • Nos últimos 3M.a do Cretácico, aparentemente, já só existia meia dezena de espécies de formas de grandes dimensões.
  9. 9. O que teria levado à extinção dos dinossauros? Outras explicações…. É preciso pensar na crise biológica no seu todo, para além dos dinossauros…  A crise terá sido selectiva, pois numerosos grupos de animais e plantas atravessaram esse período sem qualquer perturbação.  Observações feitas em Montana (EUA) levaram à conclusão que, aquando do impacto meteorítico, no fim do Cretácico, sobreviveram 64% das espécies de vertebrados.  Certos cientistas atribuem a crise biológica do final do Cretácico a um fenómeno lento e gradual – o recuo das águas marinhas, pois o nível da água do mar desceu 150 metros. O aumento das áreas continentais emersas, terá originado mudanças climáticas fatais para um grande número de espécies.
  10. 10. Catastrofismo  Georges Cuvier (pai da paleontologia), principal defensor do Catastrofismo Geológico.  Baseou-se na interpretação de sequências estratigráficas com fósseis:  Estratos da base com fósseis não existentes nos estratos superiores.  Estratos superiores com fósseis inexistentes na base. Georges Cuvier (1769-1832)
  11. 11. Catastrofismo  Considerava que a Terra esteve sujeita, a rápidas e violentas alterações (grandes erupções, violentos sismos, inundações avassaladoras, glaciações, …), pontuais, dirigidas e sem ciclicidade.  Estas catástrofes teriam provocado a extinção da fauna e da flora existentes.  De acordo com a Bíblia, o dilúvio era uma explicação para a extinção de espécies. Georges Cuvier (1769-1832)
  12. 12. Catastrofismo  Aos períodos de extinção seguiam-se períodos estáveis em que uma nova fauna e flora voltariam a ocupar a superfície da Terra.  As espécies extintas eram substituídas por outras, oriundas de locais não afectados.  As Pontes Continentais eram uma explicação para a passagem de seres vivos de uns locais para outros  O Catastrofismo reuniu o consenso da comunidade científica e religiosa da época, até meados do século XVIII.
  13. 13. Uniformitarismo  James Hutton (pai da Geologia Moderna).  Principal defensor do Uniformitarismo.  Foi o cientista que mais contestou o Catastrofismo.  Explica os fenómenos geológicos como o resultado de pequenas modificações acumuladas ao longo do tempo; os processos geológicos que ocorreram no passado são os mesmos que actuam no presente e actuaram com a mesma intensidade. James Hutton (1726-1797)
  14. 14. Uniformitarismo  Observações:  As montanhas não são imutáveis;  A erosão provoca desgaste lento nas rochas.  Os espessos estratos sedimentares resultam de materiais de rochas pré-existentes.  A espessura das rochas sedimentares e a elevada riqueza em fósseis de organismos extintos indicavam uma deposição lenta e gradual.
  15. 15. Uniformitarismo  Charles Lyell (1797-1875)  Organiza as ideias uniformitaristas de Hutton e apresenta uma teoria de análise e interpretação dos processos geológicos: - A Teoria do Uniformitarismo Charles Lyell (1797-1875)
  16. 16. Uniformitarismo Teoria do Uniformitarismo  Uniformidade das leis: as leis físicas da natureza são constantes no espaço e no tempo.  Uniformidade dos processos: os fenómenos geológicos do passado serão o resultado de processos idênticos aos que se observam no presente - “ O presente é a chave do passado”. ⤋ Princípio das causas actuais ou do actualismo geológico  Uniformidade na intensidade dos processos: os processos geológicos actuariam ao longo do tempo com a mesma intensidade e os fenómenos geológicos aconteceriam com velocidade uniforme. Assim, a maior parte das mudanças seriam o resultado de lentos e graduais processos geológicos. ⤋ Princípio do gradualismo
  17. 17. Uniformitarismo  Principio das causas actuais ou do actualismo geológico  As causas que provocaram determinados fenómenos no passado, são idênticas às que provocam o mesmo tipo de fenómenos no presente.  Os processos externos e internos actuais são os mesmos que actuaram ao longo da maior parte da História da Terra ⤋  Os aspectos geológicos podem ser explicados a partir de processos que decorrem actualmente. • Deve explicar-se o passado a partir do que se observa hoje – o presente é a chave do passado.  Princípio do gradualismo Geológico - As mudanças geológicas são lentas, cíclicas e graduais e decorrem de modo idêntico em diferentes etapas da história da Terra.
  18. 18. Neocatastrofismo  O estudo de determinados fenómenos geológicos (sismos, erupções, impactos meteoríticos,…) demonstraram que a Terra comporta acontecimentos graduais e catastróficos.  Há causas que podemos observar todos os dias e outras que só estão preservadas no registo geológico.  No sec. XX ressurgem as teorias catastrofistas – neocatastrofismo.  Aceita o princípio do Uniformitarismo, mas admite a existência de catástrofes, como principais agentes modeladores da vida e da geodinâmica terrestre.  A História da Terra é formada por uma série de fenómenos graduais intercalados com eventos catastróficos.

×