Medicina Legal Esquematizada

522 visualizações

Publicada em

Medicina Legal Esquematizada

Publicada em: Direito
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
522
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Medicina Legal Esquematizada

  1. 1. OBSTRUÇÃO CERVICAL Enforcamento Estrangulamento Esganadura Conceito Obstrução cervical (pescoço) por uma laço acionado pelo peso do corpo da vitima Obstrução cervical (pescoço) por uma laço acionado por outra força (que não seja o peso do corpo) Obstrução cervical (pescoço) direta pela agressor. Marcas Na parte alta do pescoço, é Obliquo, Descontínuo, Pergaminhado, + profundo na frente e superficial na parte de trás do pescoço. Na parte baixa do pescoço, é Horizontal, Contínuo e Não Pergaminhado (pque o agressor afrouxa o laço). Petéquias no rosto devido ao esforço da vítima. Normalmente ocorre em suicídio, logo há bolhas, equimoses, hematomas, sangue coagulado (reações de vida), mas pode ser utilizado para encobrir um crime. Enforcado Azul = enforcamento não violento, obstrução apenas da veia. Enforcado Branco = enforcamento violento, obstrução da veia e artéria. OBSTRUÇÃO DO TORAX INDIRETA FRATURAS MULTIPLAS DE COSTELAS FADIGA DOS MUSCULOS O tórax é impedido de expandir por causa de uma força externa. Toda vez que o tórax tenta se expandir as costelas se fecham.  Por Exaustão devido á crucificação.  Por Paralisia Flácida devido á drogas depressoras  Por Paralisia Espástica devido á corrente elétrica.
  2. 2. MODIFICAÇÃO NO MEIO CONFINAMENTO SOTERRAMENTO AFOGAMENTO O corpo está num ambiente com pouco O2 ou este não se renova, tornando impossível de respirar. Asfixia pela penetração de partículas solidas nos brônquios. Asfixia pela penetração de líquido nos brônquios e alvéolos. INTERMAÇÃO: é a elevação da temperatura do corpo acima do limite suportado. Ex. filho esquecido no carro O soterramento pode dar causa á outras formas:  Sufocação Direta - lama que impede a respiração.  Sufocação Indireta - enterrado até o pescoço, logo o tórax não expande. Sinais Característicos:  Pele Anserina (de ganso);  Mãos de lavadeira;  Cogumelo de espuma na boca e nariz;  Presença de suco gástrico no pulmão;  Hipóstases no rosto, pescoço e na parte anterior do tórax por causa do corpo ficar em decúbito ventral;  Mancha verde de putrefação aparecerá no tórax. TIPOS DE AFOGADOS: BRANCO – o choque com a água fria (choque térmico) ou susto, morre antes de afogar-se. Ex. pessoa é jogada na água, e de medo por não saber nadas tem um infarto. AZUL DE AGUA DOCE – a água passa dos alvéolos para a corrente sanguínea que aumenta de volume e sobrecarrega o coração, que pára. AZUL DE AGUA SALGADA – a água penetra nos alvéolos que impede a respiração, provocando parada respiratória.
  3. 3. QUANTIFICAÇÃO DO DANO CONCAUSA PREEXISTENTE  ANATOMICA: órgão em local anormal Ex. facada no lado direito do peito, o coração anormalmente esta tbem na direita e a vitima morre.  FISIOLOGICA: órgão oco, quando cheio rompe mais facilmente. Ex. bexiga cheia, com impacto explode.  PATOLOGICA: órgão maciço aumentado de tamanho por doença se torna mais frágil. Ex. vitima tem doença no baço e não sabe, ao levar um soco no baço ele se romperá + fácil. LESAO GRAVE LESAO GRAVISSIMA 1. Incapacidade por + 30 dias: Com exame complementar 30 dias após o fato. 2. Perigo de Vida: Probabilidade de morte (≠ de risco = mera possibilidade). 3. Debilidade Permanente de Orgão, Membro, Sentido ou Função. Debilidade é o enfraquecimento, mesmo quando o órgão é único, mas tem outro para exercer sua função, ainda que seja seu par ou outro órgão. Ex. perda da visão de um olho ou perda do baço. 4. Aceleração do Parto. Desde que o feto nasça vivo, continue vivo e tenha + de 16 / 22 / 500. 1. Incapacidade Permanente: Incapaz para qualquer trabalho genérico e não especifico, importando no remanejamento de função. Ex. trabalha em pé, mas ficou paraplégico, terá que ser remanejado para serviço administrativo. 2. Enfermidade Incurável. Comprometimento da saúde. Ex. devido a trauma cerebral o individuo tem convulsões freqüente, ou adquiriu HIV em operação. 3. Perda ou Inutilização de Membro, Órgão, Função ou Sentido. Perda é a amputação Inutilidade é a falta da atividade exercida por um órgão especifico. Ex. perde 01 órgão único, sem outro para substituí-lo. Perda da visão (cego), Paralisia das pernas. 4. Deformidade Permanente. Dano estético que cause vexame, constrangimento perante terceiros. 5. Aborto É a interrupção da gravidez com a morte do feto. CONCAUSA SUPERVENIENTE Causa posterior que agrava quadro anterior. Ex. vitima sofre um corte pequeno e superficial, mas pega tétano
  4. 4. PERÍCIA NA CONJUNÇÃO CARNAL VAGINAL ANAL  Ruptura do Hímen (hímen complacente = elástico)  Presença de esperma (exame de fosfatase acida / proteína P30)  Gravidez  Região sem lubrificação, controlada por um músculo (esfíncter) em forma de válvula.  Lesões recentes têm formato de fenda. Lesões Antigas têm formato triangular.  Em crianças, devido á elasticidade e a menor oposição é difícil apurar, por isso é preciso um avaliação psicológica. R U P T U R A E N T A L H E A ssimétrico S imétrico E sbranquiçado C or idêntica B ordas coaptam N ão coaptam PERÍCIA NA GRAVIDEZ SINAIS DE CERTEZA  Presença de batimentos cardíacos fetais;  Presença de movimentos fetais;  Presença de Colostro;  Ultrassonografia;  Exame de Urina e Sangue ANOMALIAS NA GRAVIDEZ  Gravidez Ectópica: gravidez nas trompas (fora do útero)  Superfecundação: fecundação de +1 ovulo no mesmo ciclo menstrual;  Superfetação: fecundação de +1 óvulo de ciclos menstruais diferentes;  Gravidez Molar: degeneração da placenta com a morte do feto e a transformação em câncer.
  5. 5. PERÍCIA NO PARTO SINAIS  Pigmentação nos auréolos das mamas  Colostro nos 3 primeiros dias  Orifício do útero entre aberto;  Sangramento que irá clareando até desaparecer. ABORTO  Só não punível em caso de aborto ou se há perigo de vida para a gestante.  Se a mulher recusar o reconhecimento caberá Exame de DNA Mitocondrial. INFANTICIDIO  Pericia Psiquiátrica na Mulher: para avaliar a presença do estado Puerperal PERICIA NA CRIANÇA  Feto Nascente: feto nasceu morto por provocação anterior da mãe.  Feto Natimorto: feto nasceu morto naturalmente, desde que com + de 16 / 22 / 500;  Infante Nascido: nasceu, respirou, mas não recebeu cuidados (coberto c/sangue, c/induto sebáceo, cordão umbilical brilhante);  Recém Nascido: Nasceu, respirou e recebeu cuidados (induto sebáceo nas dobras, cordão umbilical seco) PROVAS DE VIDA EXTRA UTERINA  Docimasia Pulmonar: o pulmão que respirou é maior, mais colorido (vermelho mais vivo) e tem bordas arredondadas.  Docimasia Hidrostática de Galeno: o pulmão que respirou quando submerso na água, flutuará. Se for comprimido crepitará (estalará)

×