Muito prazer! Sou Fah Mozão, oarquiteto premiado!
Fui convidado parapropor o projeto de     um cubo.
Sem terreno, sem norte e sem        função específica.     Terá 7,2 de largura, de    profundidade e de altura. Um espaço ...
Como eu tenho   pouco tempo,contratei um jovempara tocar o projeto.
É um aluno.Chama-se Ex-Tágiárus.
Pago a ele R$ 4,00por hora e ele está   muito feliz portrabalhar na minha      equipe.
Claro!
Gente, nosso cubo possui estruturametálica que se assentará sobre essas vigas baldrames, que são metal sobre concreto     ...
Aqui uma laje radiê servindode gabarito e apoio às vigas    para aumentar sua  estabilidade horizontal.
O Box-Uno é ummódulo em forma  de cubo que poderá suportar outras unidade  iguais acima.
Um espaço multifuncional é     diferente de um espaço sem  função definida. Multifuncional    significa que pode servir pa...
Pensamos, assim, no    ser humano,   todo o tempo. Afinal, não é esta afunção do Arquiteto?
O pilar é um conjunto de 3 perfis    metálicos. Isto gera boa resistência estrutural e permite       encaixe mais fácil na...
Note que além das   pontas que se projetam no topo  eles permitem afixação de consolos       em “L”.
Os apoios em “L” aceitam muito bem a        grelha metálica do assoalho.A fixação da grelha por parafusos reforça o     tr...
O assoalho pode ser uma peça única, como esta. Mas pode ser 36 placasde piso de 1,20 x 1,20m.Este módulo básico de1,20 x 1...
O Box-Uno tem, como se vê, uma  estrutura externa. Dirigimos nosso  estudo para solucionar a estrutura  primária, e ela, d...
Um projeto quenasceu da maquete. O desenho surge      depois.
Perfis laminados  com furos farão otravamento na parte          alta.
A cobertura não suportará carga extra. Sua  função será meramente cobrir a peça e       protegê-la das intempéries.
O maior desafio é o travamento vertical.  Como faremos para as colunas não              vergarem?
A forma mais segura é o          contraventamento.Aqui, destacamos seu tamanho para criar uma volumetria interessante. Faz...
Bem que tentei usar outrasolução, mas esta é, de longe, a mais segura e econômica.
O teto sugerido é de papelão    revestido com resina     impermeabilizante.
Papelão, sim.Se o Shieguro Ban pode, eu      também posso!
Esse telhado terá uma inclinação e ranhuras    para facilitar o escoamento da água. Note que os lados se projetam em beira...
Ao resolver a estrutura primária obtivemosuma peça tão segura que descobrimos algointeressantíssimo: é possível criarmos u...
Chegou a hora de ir para a  prancheta e resolver aestrutura primária do box         interno.
Croqui do box interno.   Estando protegido pelaestrutura externa, pensamos que a peça interna poderia        ser mais leve.
7,20 x 7,20 =  6 x 1,20
Fracionando uma peça de 1,2 x 1,2 obtemos 0,60 x 0,60.            Dividindo novamente, obtemos 0,30 x 0,30.               ...
Elevação frontal. Note que:1) Há um espaço entre os 2 tetos.2) Há um degrau, de 0,15m no     cubo menor.
A distância entreo cubo interno eo externo gerou   um espaço  valioso: uma   “varanda” contemplativa!
O pé direito nomezanino não é tão alto, mas   tudo bem! Pode ser bem  usado assim    mesmo.
Nosso cubo interno nasceu!6,0m de altura, 4,80m de largura e     4,8m de profundidade.
Um “brise”? Uma segunda    fachada?Não. Apenas umatela de proteger     mamão!
E a vedação das    paredes?  Ah, o cliente    resolve!
Além do meu Box-Uno, a  turma toda fez coisas      maravilhosas.Note que os professores pediram uma maquete         em cor...
Meu excelente professor:A. Wagner.Ensinou-me duas coisasmuito importantes:1) Não existe arquitetura     sem solução estrut...
Agora, um cubo doidomesmo foi o do Gabriel,    meu bróder.    Dá uma olhada.
Meu excelente professor:A. Wagner.Ensinou-me duas coisasmuito importantes:1) Não existe arquitetura     sem solução estrut...
Meu estagiário até que não se saiu  muito mal...
Todavia, terei de   demiti-lo.
É devagar no CAD!
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
O cubo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O cubo

1.296 visualizações

Publicada em

Fau-Mackenzie, 5. semestre: o desafio de apresentar um cubo, com arestas de7,20m. Veja nosso pensamento projetual e como outros colegas solucionarm o mesmo problema.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.296
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
20
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O cubo

  1. 1. Muito prazer! Sou Fah Mozão, oarquiteto premiado!
  2. 2. Fui convidado parapropor o projeto de um cubo.
  3. 3. Sem terreno, sem norte e sem função específica. Terá 7,2 de largura, de profundidade e de altura. Um espaço multifuncional: ocliente poderá usá-lo para uma infinidade de atividades.
  4. 4. Como eu tenho pouco tempo,contratei um jovempara tocar o projeto.
  5. 5. É um aluno.Chama-se Ex-Tágiárus.
  6. 6. Pago a ele R$ 4,00por hora e ele está muito feliz portrabalhar na minha equipe.
  7. 7. Claro!
  8. 8. Gente, nosso cubo possui estruturametálica que se assentará sobre essas vigas baldrames, que são metal sobre concreto armado.
  9. 9. Aqui uma laje radiê servindode gabarito e apoio às vigas para aumentar sua estabilidade horizontal.
  10. 10. O Box-Uno é ummódulo em forma de cubo que poderá suportar outras unidade iguais acima.
  11. 11. Um espaço multifuncional é diferente de um espaço sem função definida. Multifuncional significa que pode servir para várias coisas: show-room, espaço para eventos, exposição de arte,apresentação de música, jardim deinverno, estande de vendas, enfim: lugares que humanos irão usar para diversos fim. Isto é muito diferente de não ter função, certo?
  12. 12. Pensamos, assim, no ser humano, todo o tempo. Afinal, não é esta afunção do Arquiteto?
  13. 13. O pilar é um conjunto de 3 perfis metálicos. Isto gera boa resistência estrutural e permite encaixe mais fácil nas extremidades.
  14. 14. Note que além das pontas que se projetam no topo eles permitem afixação de consolos em “L”.
  15. 15. Os apoios em “L” aceitam muito bem a grelha metálica do assoalho.A fixação da grelha por parafusos reforça o travamento desta parte inferior da estrutura.
  16. 16. O assoalho pode ser uma peça única, como esta. Mas pode ser 36 placasde piso de 1,20 x 1,20m.Este módulo básico de1,20 x 1,20m pode serdecomposto, conformeveremos mais adiante.
  17. 17. O Box-Uno tem, como se vê, uma estrutura externa. Dirigimos nosso estudo para solucionar a estrutura primária, e ela, de modo um tantonatural, acomodou-se no perímetro da peça.
  18. 18. Um projeto quenasceu da maquete. O desenho surge depois.
  19. 19. Perfis laminados com furos farão otravamento na parte alta.
  20. 20. A cobertura não suportará carga extra. Sua função será meramente cobrir a peça e protegê-la das intempéries.
  21. 21. O maior desafio é o travamento vertical. Como faremos para as colunas não vergarem?
  22. 22. A forma mais segura é o contraventamento.Aqui, destacamos seu tamanho para criar uma volumetria interessante. Fazer o X fininho pareceu-nos pordemais óbvio e pobre visualmente.
  23. 23. Bem que tentei usar outrasolução, mas esta é, de longe, a mais segura e econômica.
  24. 24. O teto sugerido é de papelão revestido com resina impermeabilizante.
  25. 25. Papelão, sim.Se o Shieguro Ban pode, eu também posso!
  26. 26. Esse telhado terá uma inclinação e ranhuras para facilitar o escoamento da água. Note que os lados se projetam em beirais para conforto dos usuários.
  27. 27. Ao resolver a estrutura primária obtivemosuma peça tão segura que descobrimos algointeressantíssimo: é possível criarmos um segundo cubo, interno, completamente solto da casca externa! Isto significa dizer: liberdade total para o cliente! O Box-Uno ganhou extrema versatilidade com essa decisão.
  28. 28. Chegou a hora de ir para a prancheta e resolver aestrutura primária do box interno.
  29. 29. Croqui do box interno. Estando protegido pelaestrutura externa, pensamos que a peça interna poderia ser mais leve.
  30. 30. 7,20 x 7,20 = 6 x 1,20
  31. 31. Fracionando uma peça de 1,2 x 1,2 obtemos 0,60 x 0,60. Dividindo novamente, obtemos 0,30 x 0,30. E, por fim: 0,15 x 01,5cm.Equivale a um azulejo. É também a altura de um degrau confortável. Chegamos a fração elementar funcional donosso projeto!
  32. 32. Elevação frontal. Note que:1) Há um espaço entre os 2 tetos.2) Há um degrau, de 0,15m no cubo menor.
  33. 33. A distância entreo cubo interno eo externo gerou um espaço valioso: uma “varanda” contemplativa!
  34. 34. O pé direito nomezanino não é tão alto, mas tudo bem! Pode ser bem usado assim mesmo.
  35. 35. Nosso cubo interno nasceu!6,0m de altura, 4,80m de largura e 4,8m de profundidade.
  36. 36. Um “brise”? Uma segunda fachada?Não. Apenas umatela de proteger mamão!
  37. 37. E a vedação das paredes? Ah, o cliente resolve!
  38. 38. Além do meu Box-Uno, a turma toda fez coisas maravilhosas.Note que os professores pediram uma maquete em corte. Eu fiz inteira porque temia desabar a estrutura toda!
  39. 39. Meu excelente professor:A. Wagner.Ensinou-me duas coisasmuito importantes:1) Não existe arquitetura sem solução estrutural, ou apartada da engenharia.2) Preciso desenhar melhor!
  40. 40. Agora, um cubo doidomesmo foi o do Gabriel, meu bróder. Dá uma olhada.
  41. 41. Meu excelente professor:A. Wagner.Ensinou-me duas coisasmuito importantes:1) Não existe arquitetura sem solução estrutural, ou apartada da engenharia.2) Preciso desenhar melhor!
  42. 42. Meu estagiário até que não se saiu muito mal...
  43. 43. Todavia, terei de demiti-lo.
  44. 44. É devagar no CAD!

×