Power point webquest

529 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
529
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Power point webquest

  1. 1. O Sexo das Plantas Tudo o que você sempre quis saber e nunca teve coragem de perguntar...
  2. 2. INTRODUÇÃO Olá, aqui você desvendará de forma rápida e objetiva o sexo das plantas. As plantas superiores são divididas em dois grandes grupos, principalmente por características de seus órgãos sexuais: nas gimnospermas, os óvulos são nus, enquanto que nas angiospermas, eles estão protegidos pelos carpelos, no gineceu. As espécies de plantas angiospermas são maioria em número e apresentam uma arquitetura floral bastante característica. Os órgãos florais são arranjados concentricamente em verticilos. O verticilo mais externo é composto de sépalas. A seguir, mais internamente, encontra-se o verticilo das pétalas, envolvendo o verticilo que contém os órgãos sexuais masculinos, os estames. No centro da flor está o quarto verticilo, onde se encontram os carpelos, que protegem os óvulos.
  3. 3. TAREFA Através de um PowerPoint deverá ser mostrado as partes de uma flor assim como suas funções. As  angiospermas  apresentam um conjunto de características reprodutivas reunidas em uma estrutura exclusiva deste grupo, a  flor . Esta estrutura evoluiu tanto a ponto de promover o  sucesso  da diversidade das Angiospermas. A típica estrutura floral das Angiospermas é  monoclina , com  pistilos  e  estames  inseridos no mesmo  receptáculo . Neste caso as  sépalas  têm a função de proteger a estrutura e as  pétalas  de atrair polinizadores. A partir da flor primitiva (de estrutura básica) houve a evolução: redução do número de elementos; disposição espiralada dos elementos passando à disposição cíclica; sépalas indiferenciadas se diferenciando em cálice e corola; mudança de simetria da flor de actinomorfa para zigomorfa; formação de um hipanto que gradualmente se funde ao ovário com modificação do ovário súpero para ovário ínfero e reunião das flores em inflorescências. Considera-se a flor como sendo um ramo de crescimento determinado, que está localizado na porção terminal do caule , de um ramo caulinar ou axilar. Durante a evolução do vegetal como um conjunto, as folhas, os nós, os entrenós desse ramo foram se modificando profundamente, dando origem ao que  conhecemos  hoje como “flor”.
  4. 4. PROCESSO O processo envolverá duas partes distintas: Prática: Coletar flores, separar suas partes e nomear identificando suas funções. Em pesquisa: Buscar em sites plantas angiospermas evidenciando as flores e suas subdivisões. Para buscar (sugestões): http://www.infoescola.com/plantas/flor/ http://pt.wikipedia.org/wiki/Flor http://www.universitario.com.br/celo/topicos/subtopicos/botanica/anatomia_vegetal/flor/flor.html
  5. 5. RECURSOS Aqui indico algumas plantas para sua prática:   amendoim ,  feijão ,  soja ,  lentilha ,  ervilha , ipê , do  jacarandá , da  roseira , da  paineira , hibisco, copo de leite, orquídea... Para sua pesquisa utilize à vontade a web. Segue alguns sites: http://pt.wikipedia.org/wiki/Angiosperma http://www.sobiologia.com.br/conteudos/Reinos4/angiospermas2.php http://www.google.com.br/search?q=nomes+de+plantas+angiospermas&hl=ptBR&biw=1440&bih=799&prmd=imvns&tbm=isch&tbo=u&source=univ&sa=X&ei=IhC0Tqv2MonagQe556GFBA&sqi=2&ved=0CG8QsAQ
  6. 6. AVALIAÇÃO Avaliarei a apresentação do PowerPoint produzido pelo grupo, as ilustrações mostradas, os textos, as falas de cada um e se houver a prática apresentada.
  7. 7. CONCLUSÃO e CRÉDITOS Cada equipe deverá preparar um relatório onde irá expor o que foi acrescentado, o que aprenderam realmente e as possíveis dificuldades para maior trabalho posterior. A conclusão constitui-se de uma resposta à hipótese enunciada na introdução. O aluno manifestará seu ponto de vista sobre os resultados obtidos e sobre o alcance dos mesmos. Na verdade o objetivo é reconhecer e classificar os órgãos vegetais mais comuns bem como suas adaptações.   VIDAL, Waldomiro Nunes & VIDAL, Maria Rosária Rodrigues (1990). Botânica organografica: quadros sinóticos ilustrados de fanerógamos. (3 ed.). http://www.scribd.com/doc/4122853/Partes-de-Uma-Flor-Completa http://www.brasilescola.com/biologia/flor.htm http://pt.wikipedia.org/wiki/Angiosperma http://www.sobiologia.com.br/conteudos/Reinos4/angiospermas2.php http://www.google.com.br/search?q=nomes+de+plantas+angiospermas&hl=ptBR&biw=1440&bih=799&prmd=imvns&tbm=isch&tbo=u&source=univ&sa=X&ei=IhC0Tqv2MonagQe556GFBA&sqi=2&ved=0CG8QsAQ

×