Vinde a MimEscola Dominical 1Recursos de Aprendizado para os Jovens
ensino e aprendizado para conversãoEscola DominicalJaneiro–Março de 2013Sobre este Manual                                 ...
© 2012 Intellectual Reserve, Inc.Todos os direitos reservados.Aprovação do inglês: 9/12Aprovação da tradução: 9/12Tradução...
SumárioJaneiro: A Trindade Como o Espírito Santo me ajuda a aprender? Como o estudo das escrituras pode ajudar-me a aprend...
VISÃO GERAL DA UNIDADEJaneiro: A Trindade”Cremos em Deus, o Pai Eterno, e em Seu Filho, Jesus Cristo, e no Espírito Santo”...
Preparar-se espiritualmente                              AconselhamentoPara ajudar os jovens a compreender os princípios  ...
Janeiro: A Trindade                            Como o Espírito Santo me ajuda a                            aprender?      ...
Fazer associações                             Nos primeiros minutos de cada aula, ajude os jovens a fazer associações entr...
• Convide os jovens a ler “Aprender          como viram essas bênçãos se cumprir           Ensinar à maneira dopelo Espíri...
Recursos SelecionadosExtraído do discurso do Élder A. Roger Merrill, “Receber   lermos estas escrituras juntos? O que você...
Janeiro: A Trindade                               Como o estudo das escrituras                               pode ajudar-m...
Fazer associações                            Nos primeiros minutos de cada aula, ajude os jovens a fazer associações entre...
• Convide os jovens a lerem indivi-          diferente e peça-lhes para compartilhar      Ensinar à maneira dodualmente o ...
Recursos SelecionadosExtraído do discurso do Élder D. Todd Christofferson, “A   As escrituras também ampliam nossa memória...
Janeiro: A Trindade                             Como posso ajudar as pessoas a                             aprenderem sobr...
Fazer associações                               Nos primeiros minutos de cada aula, ajude os jovens a fazer associações en...
• Com a permissão do bispo, convide          mudou ou influenciou suas crenças.            Ensinar à maneira doum ou mais ...
Recursos Selecionados“Deus, o Pai”, Sempre Fiéis (2004), pp. 52–54            O Supremo CriadorDeus, o Pai, é o Ser Suprem...
Janeiro: A Trindade                              Como posso aprender a ver a                              mão do Pai Celes...
Fazer associações                               Nos primeiros minutos de cada aula, ajude os jovens a fazer associações en...
que os jovens poderiam acrescentar a        misericórdia pode passar-me desper-          Ensinar à maneira doessa lista qu...
Recursos SelecionadosExtraído do discurso do Élder David A. Bednar, “As      designação militar que recebera. Mas para ess...
Janeiro: A Trindade                               Como o Espírito Santo me ajuda a                               ensinar o...
Fazer associações                               Nos primeiros minutos de cada aula, ajude os jovens a fazer associações en...
• Convide os jovens a ler o discurso         próxima vez que eles tiverem a oportu-        Ensinar à maneira dode Matthew ...
Recursos Selecionados“O Poder do Espírito na Conversão”, Pregar Meu              Ensine conforme for guiado pelo Espírito ...
VISÃO GERAL DA UNIDADEFevereiro: O Plano de SalvaçãoOs esboços desta unidade ajudarão os jovens a compreender a importânci...
Fevereiro: O Plano de Salvação                             Por que o aprendizado é parte                             impor...
Fazer associações                             Durante os primeiros minutos de cada aula, ajude os jovens a fazer associaçõ...
• Peça aos jovens que leiam o “Plano         o que aprenderam e a discutir por que        Ensinar à maneira dode Salvação”...
Recursos Selecionados“Educação”, Para o Vigor da Juventude (2011), pp. 9–10   oportunidade que, sem ela, permaneceriam fec...
Fevereiro: O Plano de Salvação                            Por que o ensino do evangelho é                            impor...
Aprender juntosDica de ensino                Cada uma das atividades abaixo ajudará os jovens a compreender a importância ...
Recursos SelecionadosExtraído de Ensino, Não Há Maior Chamado (1999),          Cada Membro, um Professorpp. 3–4           ...
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Vinde a mim, escola domincal
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Vinde a mim, escola domincal

2.671 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.671
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.827
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vinde a mim, escola domincal

  1. 1. Vinde a MimEscola Dominical 1Recursos de Aprendizado para os Jovens
  2. 2. ensino e aprendizado para conversãoEscola DominicalJaneiro–Março de 2013Sobre este Manual Mais na InternetAs lições deste manual são organizadas em Você pode encontrar recursos adicionais e ideiasunidades que abordam fundamentos doutriná- de ensino para cada uma dessas lições emrios do evangelho restaurado de Jesus Cristo. LDS.org/youth/learn. As lições online incluem:Cada lição centraliza-se em questões que osjovens possam ter e princípios doutrinários que • Links para os mais recentes ensinamentospodem ajudá-los a encontrar as respostas. As dos profetas vivos, apóstolos e outros lídereslições são planejadas para ajudá-lo(a) a apren- da Igreja. Esses links são atualizados regular-der a doutrina por si mesmo(a) e a preparar-se mente, por isso, consulte-os com frequência.para envolver os jovens em vigorosas experiên- • Links para vídeos, imagens e outros meioscias de aprendizado. de comunicação que você pode usar para preparar-se espiritualmente e ensinar os jovens. • Vídeos que mostram exemplos de ensino eficaz para melhorar sua capacidade de ajudar os jovens a se converterem. • Ideias adicionais de ensino.Publicado por A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
  3. 3. © 2012 Intellectual Reserve, Inc.Todos os direitos reservados.Aprovação do inglês: 9/12Aprovação da tradução: 9/12Tradução de Come, Follow Me: Learning Resources for Youth, Sunday School 1–3Portuguese10696 059
  4. 4. SumárioJaneiro: A Trindade Como o Espírito Santo me ajuda a aprender? Como o estudo das escrituras pode ajudar-me a aprender sobre o Pai Celestial? Como posso ajudar as pessoas a aprenderem sobre o Pai Celestial? Como posso aprender a ver a mão do Pai Celestial em todas as coisas? Como o Espírito Santo me ajuda a ensinar o evangelho?Fevereiro: O Plano de Salvação Por que o aprendizado é parte importante do plano do Pai Celestial? Por que o ensino do evangelho é importante no plano de salvação? Qual é o papel do arbítrio no aprendizado do evangelho? Como posso ajudar outras pessoas a se engajarem no aprendizado? Como posso usar a música da Igreja para aprender sobre o plano de salvação?Março: A Expiação de Jesus Cristo Como posso usar as palavras dos profetas e apóstolos vivos para fortalecer minha fé na Expiação de Jesus Cristo? O que as escrituras podem ensinar-me sobre a Expiação de Jesus Cristo? Como o Livro de Mórmon pode ajudar-me a fortalecer minha fé na Expiação de Jesus Cristo? De que modo a confiança na graça do Salvador pode tornar-me um professor melhor? Como posso usar comparações para ensinar a respeito da Expiação?
  5. 5. VISÃO GERAL DA UNIDADEJaneiro: A Trindade”Cremos em Deus, o Pai Eterno, e em Seu Filho, Jesus Cristo, e no Espírito Santo”(Regras de Fé 1:1).Os esboços desta unidade vai ajudar os jovens a aprender a fortalecer a fé dos membrosna Trindade, ao estudar as escrituras e compartilhar seu testemunho com outras pes-soas. Eles vão adquirir experiência de seguir a orientação do Espírito Santo em seusesforços para aprender e ensinar o evangelho. Incentive-os a fazer perguntas sobre oque estão aprendendo, a buscar mais conhecimento e a ensinar suas descobertas aoutras pessoas.Esboços de aprendizado Como o Espírito Santo me ajuda a aprender? Como o estudo das escrituras pode ajudar-me a aprenderEscolha dentre os esboços a seguir. Deixe que as sobre o Pai Celestial?perguntas e os interesses dos jovens o(a) guiem Como posso ajudar as pessoas a aprenderem sobre oenquanto você decide qual esboço ensinará e quanto Pai Celestial?tempo gastará em cada tópico. Como posso aprender a ver a mão do Pai Celestial em todas as coisas?Estes esboços não são feitos para determinar o que você Como o Espírito Santo me ajuda a ensinar o evangelho?vai dizer e fazer em classe. Seu propósito é ajudá-lo(a)a aprender a doutrina por si mesmo(a) e a prepararexperiências de aprendizado adaptadas às necessida-des dos jovens a quem ensina. Visite LDS.org/youth/learn para ver essa unidade online.
  6. 6. Preparar-se espiritualmente AconselhamentoPara ajudar os jovens a compreender os princípios Aconselhe-se com outros professores e líderes a respeitodestes esboços, você deve entendê-los e vivê-los dos jovens da classe. O que estão aprendendo sobre apessoalmente. Estude as escrituras e os outros recur- Trindade em outras situações — em casa, no seminário,sos sugeridos, procurando frases, histórias e exemplos em outras aulas da Igreja? Que oportunidades terãoque sejam especialmente relevantes e inspiradores para ensinar? (Se informações sensíveis forem reveladaspara os jovens. Planeje maneiras de ajudá-los a nessas conversas, mantenha a confidencialidade.)descobrir esses princípios por si mesmos, a obter umtestemunho deles e a aplicá-los em seus esforços para Nota para o professoraprender e ensinar o evangelho. Ao longo desta unidade, você pode querer lembrar aos jovens que os nomes da Trindade são sagrados (ver D&C 63:61 ). Incentive-os a usar esses nomes com reverência e respeito.
  7. 7. Janeiro: A Trindade Como o Espírito Santo me ajuda a aprender? O Salvador prometeu que o Espírito Santo vai ensinar-nos todas as coisas e vai trazer todas as coisas a nossa lembrança (ver João 14:26). Parte de nossa respon- sabilidade como aprendizes do evangelho é buscar a companhia do Espírito Santo para inspirar-nos ao estudar o evangelho: em sala de aula, em nosso estudo pessoal e em outras circunstâncias relacionadas ao evangelho. Aprender pelo Espírito envolve orar por Sua influência e ouvir Seus sussurros para iluminar nosso entendimento (ver Alma 32:28). Preparar-se espiritualmenteComo o Espírito Santo tem Leia em espírito de oração estas escrituras e estes recursos. O que você sente que inspiraráajudado você a aprender o os jovens a procurar aprender pelo Espírito?evangelho? Que experiên- João 16:13 (O Espírito Santo nos guiará D&C 11:12–14 (O Espírito iluminacias você poderia contar à verdade) nossa mente)aos jovens? I Coríntios 2:9–14 (As coisas de Deus Donald L. Hallstrom, “Convertidos aOs jovens vêm à aula são compreendidas somente pelo Seu Evangelho por Intermédio de Suaespiritualmente prepara- Espírito Santo) Igreja”, Ensign ou A Liahona, maio dedos para aprender? Como 2012, pp. 13–15o aprendizado deles 1 Néfi 10:19 (Se procurarmos diligente-aumentará ao buscarem o mente, o Espírito Santo revelará os A. Roger Merrill, “Receber peloEspírito? mistérios de Deus) Espírito”, Ensign ou A Liahona, novem- bro de 2006, pp. 92–94 Alma 5:45–46; Morôni 10:3–5 (Por meio do Espírito Santo podemos “Aprender pelo Espírito Santo”, Pregar adquirir um testemunho da verdade) Meu Evangelho, 2004, p. 18
  8. 8. Fazer associações Nos primeiros minutos de cada aula, ajude os jovens a fazer associações entre as coisas que estão aprendendo em vários locais e em várias situações (estudo pessoal, seminário, outras aulas da Igreja ou experiências com os amigos). Como você pode ajudá-los a ver a importância do evangelho em seu cotidiano? As ideias a seguir podem ajudá-lo(a): • Convide os jovens a compartilhar Seu Evangelho por Intermédio de Sua uma experiência, em suas respectivas Igreja”). Por que o Presidente Kimball famílias, de algo que eles tenham disse que nunca esteve em uma aprendido sobre Deus. reunião sacramental assim? Peça aos jovens que compartilhem experiências • Convide os jovens a lerem sobre a nas quais sentiram o Espírito durante a resposta do Presidente Spencer W. reunião sacramental ou em uma aula Kimball à pergunta: “O que você faz da Igreja. O que fizeram para prepa- quando está numa reunião sacramental rar-se espiritualmente para essas entediante?” (no discurso do Élder experiências? Convide-os a relacionar Donald L. Hallstrom “Convertidos a suas respostas na lousa. Aprender juntosDica de ensino Cada uma das atividades a seguir vai ajudar os jovens a entender o que significa aprender pelo Espírito. Seguindo a inspiração do Espírito Santo, selecione uma ou mais delas que“O Espírito deve estar melhor funcionem em sua classe:presente para que umamensagem do evangelho • Peça a cada membro da classe para • Convide os jovens a ler a lista de A.seja levada ao coração dos ler uma das escrituras sugeridas neste Roger Merrill de três coisas quealunos (ver 2 Néfi 33:1; esboço e identificar os papéis do devemos fazer para receber peloD&C 42:14). Portanto, Espírito Santo em ajudar-nos a apren- Espírito (em seu discurso “Receberutilize métodos que der o evangelho. Quais são algumas pelo Espírito”). Peça a cada membro daproporcionem um clima possíveis consequências de estudar classe que escolha uma das três coisasadequado à aula e convi- o evangelho sem a influência do e compartilhe uma escritura oudem o Espírito.” (Ensino, Espírito? Considere a possibilidade de experiência pessoal que se relacionaNão Há Maior Chamado, compartilhar uma experiência pessoal com ela. Convide os jovens a comparti-1999, p. 91). em que você sentiu a influência do lhar suas ideias sobre como podem Espírito Santo enquanto estava aplicar os conselhos do irmão Merrill aprendendo o evangelho. Convide os em seu estudo pessoal, na Escola jovens a compartilhar experiências Dominical e em outras circunstâncias semelhantes. em que aprendam o evangelho.
  9. 9. • Convide os jovens a ler “Aprender como viram essas bênçãos se cumprir Ensinar à maneira dopelo Espírito Santo” em Pregar Meu ao procurarem aprender pelo Espírito. SalvadorEvangelho (página 18) e a identificar as Peça aos jovens que compartilhem O Salvador confiava embênçãos que recebemos quando maneiras específicas em que aprender Seus discípulos. Eleaprendemos pelo Espírito. Com a pelo Espírito pode abençoar a vida deu-lhes responsabilida-permissão do bispo, convide os deles agora. O que vão fazer para des para ensinar, abençoarmissionários de tempo integral (ou um convidar o Espírito para seu aprendi- e servir ao próximo. Queex-missionário que regressou recente- zado do evangelho? oportunidades você podemente) para compartilhar com a classe dar aos jovens de compar-Peça aos jovens que compartilhem o que aprenderam hoje. Quais são os sentimentos ou as tilhar com outras pessoas oimpressões que eles têm? Eles compreendem o que significa aprender pelo Espírito? Eles que eles estãotêm mais alguma pergunta? Valeria a pena despender mais tempo nesse assunto? aprendendo?Convidar a agirPergunte aos jovens o que se sentem inspirados a fazer por causa do que aprenderam hoje.Incentive-os a agir de acordo com esses sentimentos. Busque o Espírito ao pensar, emespírito de oração, em maneiras pelas quais você pode fazer um acompanhamento.
  10. 10. Recursos SelecionadosExtraído do discurso do Élder A. Roger Merrill, “Receber lermos estas escrituras juntos? O que você sente quepelo Espírito”, Ensign ou A Liahona, novembro de 2006, o Espírito está inspirando-o a fazer?” São boaspp. 92–94 perguntas para todos nós. Deixam transparecer o desejo de receber.Em nossas reuniões da Igreja, em nosso estudopessoal e familiar das escrituras e mesmo hoje ao Em terceiro lugar, aqueles que recebem pelo Espíritoouvirmos os profetas e apóstolos do Senhor, alguns estão dispostos a agir. Conforme ensinou o profetade nós “receberão” mais do que outros. Por quê? Morôni, a fim de recebermos um testemunho doEstou aprendendo que aqueles que verdadeiramente Livro de Mórmon, precisamos pedir “com realrecebem fazem pelo menos três coisas que os outros intenção” (Morôni 10:4). O Espírito ensina quandotalvez não façam. demonstramos o desejo sincero de pôr em prática o que aprendermos.Primeiro, eles buscam. Vivemos num mundo deentretenimento, num mundo de espectadores. Sem Extraído de “Aprender pelo Espírito Santo”, Pregar Meunos darmos conta, podemos acabar vindo à conferên- Evangelho (2004), p. 18cia ou indo à Igreja com a atitude de: “Aqui estou, Seu estudo do evangelho será mais eficaz quandoagora me inspirem”. Tornamo-nos espiritualmente você for ensinado pelo Espírito Santo. Semprepassivos. comece seu estudo do evangelho orando para que oQuando, em vez disso, nos concentramos em buscar Espírito Santo o ajude a aprender. Ele proporcionaráe receber o Espírito, não esperamos que os professo- conhecimento e convicção que abençoarão sua vida eres ou oradores conquistem nossa atenção; empenha- permitirão que você abençoe a vida de outras pes-mo-nos para dar nossa atenção ao Espírito. Recordem soas. Sua fé em Jesus Cristo aumentará. Seu desejo deque “receber” é um verbo. É um princípio de ação. É arrepender-se e de melhorar aumentará.uma expressão fundamental de fé. Esse tipo de estudo irá prepará-lo para o trabalho,Em segundo lugar, aqueles que recebem, sentem. proporcionará consolo, resolverá problemas e lhe daráEmbora a revelação chegue à mente e ao coração, na forças para perseverar até o fim. O estudo bem-suce-maioria das vezes ela é sentida. Enquanto não dido do evangelho exige desejo e ação. “Pois aqueleaprendermos a prestar atenção a esses sentimentos que procurar diligentemente, achará; e os mistérios deespirituais, nem sequer reconheceremos o Espírito. Deus ser-lhe-ão desvendados pelo poder do Espírito Santo, tanto agora como no passado” (1 Néfi 10:19).Ao conversar recentemente com uma de nossas Tal como Enos, se você tiver um grande desejo denoras, ela sugeriu que podemos ajudar até mesmo as conhecer as palavras de vida eterna e permitir quecrianças pequenas a tomarem consciência desses essas palavras “[penetrem] profundamente em [seu]sentimentos do Espírito. Podemos fazer-lhes as coração” (Enos 1:3), o Espírito Santo abrirá sua menteseguintes perguntas: “Como vocês se sentem ao e seu coração para maior luz e compreensão.
  11. 11. Janeiro: A Trindade Como o estudo das escrituras pode ajudar-me a aprender sobre o Pai Celestial? Ao longo das eras, os profetas têm revelado verdades sobre a natureza de Deus. Ao estudarmos diligentemente o testemunho das escrituras, podemos aprender sobre os atributos do Pai Celestial e aumentar nossa fé e nosso testemunho. Quanto mais compreendemos a natureza de nosso Pai Celestial, melhor com- preendemos nosso próprio potencial divino, como Seus filhos espirituais.Como seu estudo pessoal Preparar-se espiritualmentedas escrituras fortaleceu Ao estudar fervorosamente as escrituras e os outros recursos, procure passagens ousua fé no Pai Celestial e declarações que os jovens podem usar para aprender mais sobre a natureza do Paiseu testemunho Dele? Que Celestial.métodos você usou paraestudar as escrituras que Ômni 1:17; Mosias 1:3–7; Alma 37:8–9 Guia para Estudo das Escrituras, “Deus”podem ser benéficos para (as escrituras nos ajudam a compreen-os jovens? D. Todd Christofferson, “A Bênção das der a natureza de Deus) Escrituras”, Ensign ou A Liahona, dePor que é importante que D&C 1:37–39; 18:34–36 (Nas escrituras maio de 2010, p. 32; ver também oos jovens conheçam e podemos ouvir a voz de Deus) vídeo ”A Bênção das Escrituras”compreendam a naturezado Pai Celestial? Queescrituras você acha queseriam mais úteis para eles?
  12. 12. Fazer associações Nos primeiros minutos de cada aula, ajude os jovens a fazer associações entre as coisas que estão aprendendo em vários locais e em várias situações (estudo pessoal, seminário, outras aulas da Igreja ou experiências com os amigos). Como você pode ajudá-los a ver a importância do evangelho em seu cotidiano? As ideias a seguir podem ajudá-lo(a): • Convide um dos rapazes na classe a que não têm ou não usam as escritu- compartilhar com as moças algo que ras?” Convide-os a procurar as respos- aprendeu sobre a Trindade em uma tas para essa pergunta ao lerem as recente reunião de quórum do Sacer- escrituras sugeridas neste esboço ou a dócio Aarônico. Em seguida, convide seção intitulada “As Escrituras uma moça para compartilhar com os Ampliam Nossa Memória”, no dis- rapazes algo que aprendeu em sua curso do Élder D. Todd Christofferson, classe das Moças. “A Bênção das Escrituras.” Convide-os a compartilhar o que encontraram. • Peça aos jovens para refletir sobre a questão “O que acontece com aqueles Aprender juntosDica de ensino Cada uma das atividades a seguir vai ajudar os jovens a entender como usar as escrituras para aprofundar sua compreensão da Trindade. Seguindo a orientação do Espírito,“Muitas vezes, uma aula selecione uma ou mais delas que melhor funcionem em sua classe:contém mais informaçõesdo que você conseguirá • Convide os jovens a listarem na • Selecione um capítulo ou umapassar no tempo de que lousa algumas verdades que eles passagem das escrituras e demonstredispõe. Nesses casos, sabem sobre Deus. Pergunte-lhes como aos jovens o que eles podem aprenderescolha o que será de aprenderam essas verdades. Mostre- sobre o Pai Celestial com esse capítulo.maior utilidade para seus lhes como usar o Guia para Estudo das Por exemplo, você pode mostrar-lhesalunos.” (Ensino, Não Há Escrituras para encontrar escrituras que como 1 Néfi 1 ensina a respeito de SuaMaior Chamado , 1999, ensinam as verdades sobre Deus que glória (ver versículos 8–9) e Suapp. 98–99). tenham listado (por exemplo, podem misericórdia (ver versículos 14 e 20). Pesquisar “Trindade, Deus, o Pai” ou Dê tempo ao jovens na classe para “Trindade, Deus, o Filho”). Convide-os lerem um capítulo ou uma passagem a escrever na lousa as referências que das escrituras e tomem nota de qual- encontrarem. Incentive os jovens a quer coisa que aprenderem sobre o Pai compartilhar quaisquer outras verda- Celestial quando lerem. Você pode des que aprenderem sobre o Pai sugerir as seguintes passagens: Isaías Celestial ao ler estas escrituras e 55; 2 Néfi 26:23–33; Mosias 2:19–25; escrevê-las na lousa. Por que as Doutrina e Convênios 1:17–39. Eles escrituras são importantes para podem fazer isso individualmente, em ajudar-na compreender Deus? grupos, ou como uma classe inteira. Convide os jovens a compartilhar com os outros o que escreveram.
  13. 13. • Convide os jovens a lerem indivi- diferente e peça-lhes para compartilhar Ensinar à maneira dodualmente o verbete “Trindade” no com os outros o que aprenderam SalvadorGuia para Estudo das Escrituras e a (inclusive quaisquer escrituras que O Salvador usava asescreverem uma coisa que aprenderem tenham encontrado). Compartilhe escrituras para ensinar esobre Deus, o Pai, naquilo que leram. como você veio a conhecer o Pai testificar sobre Sua missãoIncentive-os a procurar escrituras Celestial por meio da leitura das no plano do Pai. Comorelacionadas a esse verbete. Quando escrituras e convide alguns dos jovens você pode ajudar os jovenstodos tiverem terminado, peça a cada para compartilhar suas próprias a aprender a usar asmembro da classe para encontrar experiências. escrituras para saber maisalguém da classe que tenha escrito algo sobre o Pai Celestial?Peça aos jovens que compartilhem o que aprenderam hoje. Quais são os sentimentos ou asimpressões que eles têm? Eles entendem como estudar as escrituras pode ajudá-los aaprender sobre o Pai Celestial? Eles têm mais alguma pergunta? Valeria a pena despendermais tempo nesse assunto?Convidar a agirIncentive os jovens a usar o que aprenderam hoje para melhorar seu estudo pessoal dasescrituras. Em futuras lições, convide-os a compartilhar qualquer conhecimento queadquirirem em seu estudo sobre o Pai Celestial.
  14. 14. Recursos SelecionadosExtraído do discurso do Élder D. Todd Christofferson, “A As escrituras também ampliam nossa memóriaBênção das Escrituras”, Ensign ou A Liahona, maio de ajudando-nos a não esquecer o que nós e as gerações2010, pp. 32–35 anteriores aprendemos. Aqueles que não têm ou que ignoram a palavra escrita de Deus acabam deixandoAs escrituras ampliam nossa memória ajudando-nos de acreditar Nele e esquecem o propósito de suaa lembrar sempre do Senhor de nosso relacionamento existência. Vocês devem lembrar como foi importantecom Ele e com o Pai. Lembram-nos do que sabíamos para o povo de Leí levar consigo as placas de latãoem nossa vida pré-mortal. Ampliam nossa memória quando deixaram Jerusalém. Aquelas escriturasem outro sentido ensinando-nos sobre épocas, povos foram essenciais para o seu conhecimento de Deus ee acontecimentos que não vivenciamos pessoalmente. da Redenção de Cristo que estava por vir. O outroNenhum de nós estava presente para ver o Mar grupo que “saíra de Jerusalém” pouco depois de LeíVermelho se abrir nem o cruzou com Moisés, em não tinha as escrituras, e, quando os descendentes demeio a paredes de água, até a outra margem. Não Leí os encontraram, cerca de 300 ou 400 anos maisestávamos lá para ouvir o Sermão da Montanha, para tarde, lemos que “seu idioma corrompera-se; (…) ever Lázaro ser levantado de entre os mortos, para ver negavam a existência de seu Criador” (Ômni 1:15, 17).o sofrimento do Salvador no Getsêmani e na cruz,nem estávamos com Maria, para ouvir os dois anjos Na época de Tyndale, a ignorância em relação àstestificar no sepulcro vazio que Jesus havia ressusci- escrituras abundava porque o povo não tinha acessotado. Não nos aproximamos, um a um, com a multi- à Bíblia, principalmente em um idioma que pudes-dão na terra de Abundância, a convite do Salvador sem compreender. Hoje em dia, a Bíblia e outrasressuscitado, para tocar as marcas dos cravos e escrituras estão prontamente disponíveis, mas há umbanhar Seus pés com nossas lágrimas. Não nos crescente desconhecimento das escrituras, porque asajoelhamos ao lado de Joseph Smith no Bosque pessoas não abrem os livros e consequentementeSagrado e nem contemplamos o Pai e o Filho lá. Mas esquecem as coisas que seus avós sabiam.sabemos de todas essas coisas e muitíssimo maisporque temos o registro das escrituras para ampliar-nos a memória, para ensinarmos o que não sabíamos.E à medida que essas coisas nos penetram a mente eo coração, a fé que temos em Deus e em Seu FilhoAmado cria raízes.
  15. 15. Janeiro: A Trindade Como posso ajudar as pessoas a aprenderem sobre o Pai Celestial? Muitas pessoas no mundo de hoje não têm nenhum conceito de Deus ou têm uma percepção da divindade que é muito diferente da Sua verdadeira natureza. Por termos a plenitude do evangelho, podemos ajudar outras pessoas a com- preender a verdadeira natureza do Pai Celestial e seu relacionamento com Ele. Preparar-se espiritualmenteQue experiências você teve Em espírito de oração, estude as seguintes escrituras e recursos. A seu ver, o que seráao ensinar outras pessoas mais proveitoso para os jovens a quem ensina?ou ao ser ensinado sobre Alma 18:24–40; 22:4–23 (Amon e Aarão “Compreender os Alunos”, Ensino, NãoDeus, o Pai? Por que você ensinam os reis lamanitas sobre Deus) Há Maior Chamado (1999), pp. 33–34acha que seria útil enten-der as crenças das pessoas Alma 30:12–15, 37–53 (Corior contende “Deus, o Pai”, Sempre Fiéis, 2004, pp.que você está ensinando? com Alma sobre a existência de Deus) 52–54Que oportunidades os “Deus É Nosso Amoroso Pai Celestial”,jovens têm de explicar a Pregar Meu Evangelho (2004), pp. 31–32outras pessoas suascrenças sobre Deus, o Pai?Como você pode ajudá-losa preparar-se para essasoportunidades?
  16. 16. Fazer associações Nos primeiros minutos de cada aula, ajude os jovens a fazer associações entre as coisas que estão aprendendo em vários locais e em várias situações (estudo pessoal, seminário, outras aulas da Igreja ou experiências com os amigos). Como você pode ajudá-los a ver a importância do evangelho em seu cotidiano? As ideias a seguir podem ajudá-lo(a): • Peça aos jovens para compartilhar Pregar Meu Evangelho, 31–32; ou “Deus, algo que aprenderam recentemente o Pai”, Sempre Fiéis, 52–54). Convide sobre a Trindade. Que perguntas eles alguns dos jovens para compartilhar o têm? Como podem ajudar uns aos que escreveram. Peça aos jovens para outros a encontrar respostas para suas compartilhar quaisquer experiências perguntas? que tiveram na qual discutiram suasDica de ensino crenças sobre Deus com a pessoa que • Convide os jovens a passar cerca de tem crenças diferentes (ou você“Receba as respostas um minuto escrevendo as coisas em poderia compartilhar uma experiênciaincorretas de forma respei- que acreditamos sobre o Pai Celestial própria). O que aprenderam com essatosa e educada. Certifi- (caso seja necessário, indique-lhes experiência?que-se de que a pessoa “Deus É Nosso Amoroso Pai Celestial”,continue a sentir-se àvontade para participar.Você pode optar por tomar Aprender juntossobre si mesmo a responsa-bilidade, dizendo algo Cada uma das atividades a seguir vai ajudar os jovens a aprenderem a explicar seuscomo: “Sinto muito. Acho padrões para os outros. Seguindo a orientação do Espírito, selecione uma ou mais delasque não fiz a pergunta de que melhor funcionem em sua classe:forma muito clara. Vou • Em turma ou em pequenos grupos, • Convide metade da classe a ler Almatentar novamente”. Ou analisem Alma 30:12–15, 37–53. Peça a 18:24–40 e a outra metade a ler Almapode ajudar a pessoa alguns dos jovens para identificar os 22:4–23. O que eles aprendem sobre odizendo: “Talvez você esteja motivos pelos quais Corior não acredi- ensino com o exemplo de Amon ereferindo-se a outra coisa” tava em Deus e peça aos outros para Aarão? O que Amon e Aarão fizeramou “Obrigado por tocar procurar motivos pelos quais Alma para ajudar Lamôni e seu pai a com-nesse assunto, mas acho acreditava. Os jovens conhecem pessoas preender a natureza de Deus? Por queque minha pergunta talvez que têm opiniões semelhantes às de Amon e Aarão começaram ambosnão tenha sido muito clara”. Corior? Convide os jovens a considerar perguntando a Lamôni e a seu paiEssas respostas ajudarão como poderiam ajudar um amigo ou sobre suas crenças sobre Deus? Peçaseus alunos a sentirem-se amiga que não sabe sobre a existência aos jovens para compartilhar o quecada vez mais à vontade de Deus. Use algum tempo ajudando os aprenderam e debata com eles comopara participar, até mesmo jovens a planejar o que poderiam fazer poderiam aplicá-lo quando tiverem aquando acharem que nessa situação. Quais escrituras pode- oportunidade de explicar suas crençascorrem o risco de dar uma riam compartilhar? Como podem sobre Deus a outras pessoas.resposta errada” (Ensino, devidamente prestar testemunho?Não Há Maior Chamado,1999, p. 69).
  17. 17. • Com a permissão do bispo, convide mudou ou influenciou suas crenças. Ensinar à maneira doum ou mais conversos para a aula para Convide os jovens a procurar escritu- Salvadorcompartilharem o que acreditavam ras que dão suporte à nova compreen- O Salvador conhecia esobre Deus antes de se filiar à Igreja e são que os conversos adquiriram sobre compreendia aqueles acomo aprender o evangelho restaurado o Pai Celestial. quem ensinava. ElePeça aos jovens que compartilhem o que aprenderam hoje. Quais são os sentimentos ou as encontrou meios incompa-impressões que eles têm? Eles compreendem como ajudar outros a aprender sobre o Pai ráveis de ajudá-los aCelestial? Eles têm mais alguma pergunta? Valeria a pena despender mais tempo nesse aprender e crescer. O queassunto? você sabe sobre os jovens a quem ensina? Como você pode vir a compreendê-los melhor? Como isso afetaráConvidar a agir a maneira de ensinar- lhes?Pergunte aos jovens o que se sentem inspirados a fazer por causa do que aprenderam hoje.Incentive-os a agir de acordo com esses sentimentos. Busque o Espírito ao pensar, emespírito de oração, em maneiras pelas quais você pode fazer um acompanhamento.
  18. 18. Recursos Selecionados“Deus, o Pai”, Sempre Fiéis (2004), pp. 52–54 O Supremo CriadorDeus, o Pai, é o Ser Supremo no qual acreditamos e O Pai Celestial é o Supremo Criador. Por meio dea quem adoramos; é o supremo Criador, Legislador Jesus Cristo, Ele criou os céus e a Terra e todas ase Preservador de todas as coisas; é perfeito, Todo- coisas que neles há (ver Moisés 2:1). Alma disse: “(…)Poderoso e conhece todas as coisas e “tem um corpo todas as coisas mostram que existe um Deus; sim, atéde carne e ossos tão tangível como o do homem” mesmo a Terra e tudo que existe sobre a sua face,(D&C 130:22). sim, e seu movimento, sim, e também todos os planetas que se movem em sua ordem regularNosso Pai Celestial é um Deus de justiça, força, testemunham que existe um Criador Supremo”conhecimento e poder, mas Ele é também um Deus (Alma 30:44).de misericórdia, bondade e caridade perfeitas.Mesmo que nós não conheçamos “o significado de De vez em quando, pondere sobre as belezas datodas as coisas”, encontramos paz no conhecimento criação: árvores, flores, animais, montanhas, as ondasinquestionável de que Ele nos ama (ver 1 Néfi 11:17). do mar, um recém-nascido. Reserve algum tempo para contemplar o céu, onde o curso das estrelas eO Pai de Nosso Espírito dos planetas são a evidência de “Deus movendo-seUma das grandes questões da vida é “Quem sou em sua majestade e poder” (D&C 88:41–47).eu?” Uma das músicas preferidas da Primária ajuda O Autor do Plano de Salvaçãoaté os pequeninos a responder a essa pergunta.Cantamos “Sou um filho de Deus, por Ele estou Nosso Pai Celestial deseja que vivamos com Eleaqui”. O conhecimento de que somos filhos de Deus eternamente. Sua obra e Sua glória é “levar a efeito adá-nos força, consolo e esperança. imortalidade e vida eterna do homem” (Moisés 1:39). Para tornar isso possível, Ele preparou o plano deVocê é filho literal de Deus, gerado espiritualmente salvação. Ele enviou Seu Filho Amado, Jesus Cristo,na vida pré-mortal. Como filho Dele, você pode ter para que Ele afrouxasse os laços da morte e expiassecerteza de ter em si um potencial divino e eterno e pelos pecados do mundo. “Porque Deus amou oque Ele o ajudará em seus esforços sinceros de atingir mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito,esse potencial. para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16). Esse sacrifício é a maior expressão do amor que nosso Pai tem por nós.
  19. 19. Janeiro: A Trindade Como posso aprender a ver a mão do Pai Celestial em todas as coisas? O Profeta Alma ensinou: “Todas as coisas mostram que existe um Deus” (Alma 30:44). O Pai Celestial nos ama e nos abençoa todos os dias. Se formos observadores, podemos ver a evidência de Seu poder e de Sua influência em nossa vida e no mundo ao nosso redor. Apesar de não podermos vê-Lo pessoalmente, reconhecer Sua mão em todas as coisas pode fortalecer nosso testemunho de que ele vive. Preparar-se espiritualmenteQuando você já percebeu a Estude em espírito de oração estas escrituras e estes recursos. O que vai ajudar os jovensinfluência do Pai Celestial a reconhecer a mão de Deus em sua vida?em sua vida? O que você Salmos 145:9; 1 Néfi 1:20 (As ternas David A. Bednar, “As Ternas Misericór-faz para reconhecer suas misericórdias do Senhor estão sobre dias do Senhor”, Ensign ou A Liahona,ternas misericórdias? todas as Suas obras) maio de 2005, p. 99; ver também oDe que maneiras você já vídeo “As Ternas Misericórdias do Alma 30:44; Moisés 6:63 (Todas asviu a mão do Pai Celestial Senhor” coisas testificam que existe um Deus)na vida dos jovens? O que David A. Bednar, “Percepção Rápida”,pode impedir os jovens de D&C 59:21 (Deus Se ofende quando Ensign ou A Liahona, dezembro dereconhecerem a influência deixamos de reconhecer Sua mão em 2006, pp. 15–20do Pai Celestial em sua todas as coisas)vida? Como aprender a Vídeos: “Deus É Nosso Pai”, “Vivía-reconhecer Sua influência Henry B. Eyring, “Oh! Lembrai-vos, mos com Deus” (nenhum downloadvai abençoá-los agora e no Lembrai-vos,” Ensign e A Liahona, disponível)futuro? novembro de 2007, pp. 66–69; ver também o vídeo “Oh! Lembrai-vos, Grandioso És Tu Hinos, nº 43 Lembrai-vos,” LDS.org / Media-Library..
  20. 20. Fazer associações Nos primeiros minutos de cada aula, ajude os jovens a fazer associações entre as coisas que estão aprendendo em vários locais e em várias situações (estudo pessoal, seminário, outras aulas da Igreja ou experiências com os amigos). Como você pode ajudá-los a ver a importância do evangelho em seu cotidiano? As ideias a seguir podem ajudá-lo(a): • Peça aos jovens para compartilhar • Compartilhe uma experiência experiências que tiveram na semana pessoal de quando você tenha reconhe- anterior que fortaleceram seu testemu- cido provas de que Deus guia sua vida, nho do evangelho. protege-o ou o tenha abençoado. Preste testemunho do Pai Celestial. Aprender juntosDica de ensino Cada uma das atividades a seguir vai ajudar os jovens a entender como reconhecer a mão de Deus em sua vida. Seguindo a orientação do Espírito, selecione uma ou mais delas que“Quando uma pessoa melhor funcionem em sua classe:estiver lendo em voz alta,incentive as demais a • Mostre um dos vídeos (ou os dois) estão tendo e a responder por siacompanhá-la nas escritu- sugeridos neste esboço. Peça aos jovens mesmos às perguntas sugeridas peloras. Peça-lhes que identifi- para prestar atenção às razões pelas Presidente Eyring: “Deus enviou umaquem ideias e princípios quais as pessoas no vídeo acreditam em mensagem que era só para mim? Viespecíficos. Se uma Deus. Que evidência de Sua mão essas Sua mão agir em minha vida?” Incenti-passagem contiver pala- pessoas veem no mundo ao seu redor? ve-os a compartilhar suas respostas emvras ou expressões difíceis Que evidência adicional os jovens duplas ou em pequenos grupos.ou incomuns, explique-as veem? Convide os jovens a comparti- Convide os jovens a determinar o queantes de lê-la.” (Ensino, lhar seu testemunho da influência do farão para “encontrar maneiras deNão Há Maior Chamado, Pai Celestial em sua vida. reconhecer e recordar a bondade de1999, p. 56). Deus”. • Convide os jovens a ler o discurso do Presidente Henry B. Eyring “Oh • Convide os jovens a cantar, ouvir ou Lembrai-vos, Lembrai-vos” ou a ler o hino “Grandioso És Tu”. Peça-lhes assistir ao vídeo relacionado. Que para fazer uma lista ou desenhar na bênçãos recebeu o Presidente Eyring lousa coisas desse hino que indicam a quando procurou ver a mão de Deus grandeza de Deus (eles podem tam- em sua vida? Convide os jovens a bém ler as escrituras citadas no final do pensar sobre as experiências que eles hino). Quais são algumas outras coisas
  21. 21. que os jovens poderiam acrescentar a misericórdia pode passar-me desper- Ensinar à maneira doessa lista que testificam-lhes do poder cebida se __________”. Convide os Salvadore do amor de Deus? Convide os jovens jovens a pensar em como completa- O Salvador compartilhoua pensar em maneiras criativas de riam essas frases ao lerem a seção histórias simples e exem-poderem expressar seu testemunho do intitulada “Quais são as ternas plos da vida real. ElePai Celestial. Por exemplo, poderiam misericórdias do Senhor?” no dis- ajudou seus seguidores ausar suas listas para escrever um breve curso do Élder David A. Bednar “As descobrirem as lições dohino de sua própria autoria ou pode- Ternas Misericórdias do Senhor” (ou evangelho em sua vidariam tirar fotografias e preparar uma assistam ao vídeo do mesmo título). diária e no mundo ao seuapresentação de slides. Incentive-os a Peça que eles compartilhem suas redor. Há exemplos oucompartilharem, nas aulas futuras, as ideias. Que exemplos das ternas experiências em sua vidacoisas que aprenderem. misericórdias os jovens perceberam que poderiam ajudar os em sua vida? Como essas experiên-• Escreva as seguintes sentenças jovens a ver como todas as cias fortaleceram seu testemunho doincompletas na lousa: “Eu definiria coisas testificam que existe Pai Celestial? Convide-os a pensar emuma terna misericórdia como um Deus? Os jovens têm alguém com quem podem comparti-_________. Um exemplo de uma terna alguma experiência que lhar suas experiências para ajudar amisericórdia é ________. Uma terna possam compartilhar uns fortalecer sua fé. com os outros?Peça aos jovens que compartilhem o que aprenderam hoje. Quais são os sentimentos ou asimpressões que eles têm? Eles compreendem como reconhecer a mão do Pai Celestial emsua vida? Eles têm mais alguma pergunta? Valeria a pena despender mais tempo nesseassunto?Convidar a agirIncentive os jovens a procurar reconhecer a mão de Deus em sua vida durante a semanaque vem. No início da aula na semana seguinte, convide-os a compartilhar suasexperiências.
  22. 22. Recursos SelecionadosExtraído do discurso do Élder David A. Bednar, “As designação militar que recebera. Mas para essa irmã,Ternas Misericórdias do Senhor”, Ensign ou A Liahona, como uma voz vinda do pó, de um companheiromaio de 2005, pp. 99–102 eterno e pai que se fora, chegara uma garantia e um testemunho espirituais tão necessários. Como disseEm uma recente conferência de estaca, as ternas antes, as ternas misericórdias do Senhor não ocorremmisericórdias do Senhor eram claras no testemunho ao acaso ou por mera coincidência. A fidelidade, atocante de uma jovem esposa e mãe de quatro obediência e a humildade convidam as ternas miseri-crianças cujo marido foi morto no Iraque em dezem- córdias a virem a nossa vida e é frequentemente obro de 2003. Essa irmã resoluta narrou como, após ter sincronismo do Senhor, que nos permite reconhecer esido notificada da morte do marido, recebeu o cartão guardar na lembrança essas importantes bênçãos.de Natal e a mensagem que ele enviara. Em meio àinesperada realidade de uma vida alterada dramati- Não devemos subestimar nem deixar as ternascamente, essa boa irmã recebeu um lembrete doce e misericórdias do Senhor passar em branco. A simpli-no momento exato de que, de fato, as famílias podem cidade, a doçura e a constância das ternas misericór-ser eternas. Com sua permissão, lerei a mensagem dias do Senhor muito farão para fortalecer-nos edaquele cartão de Natal. proteger-nos nos tempos difíceis em que hoje vivemos e que ainda virão. Quando as palavras não podem“À melhor família do mundo! Divirtam-se muito oferecer o consolo de que necessitamos nem expressarjuntos e lembrem-se do verdadeiro significado do a alegria que sentimos, quando é simplesmente fútilNatal! O Senhor fez com que fosse possível vivermos tentar explicar o que é inexplicável, quando a lógica ejuntos para sempre. Então, mesmo quando estamos a razão não conseguem fornecer aplicações adequa-separados, ainda estamos juntos como família. das sobre as injustiças e as desigualdades da vida,Deus os abençoe e proteja e permita que este Natal quando a experiência mortal e a estimativa foremseja nosso presente de amor para Ele no céu!!! insuficientes para gerar o resultado desejado e quando parecer que estamos completamente sozi-Com todo meu amor, Papai e seu esposo amoroso!” nhos, verdadeiramente seremos abençoados pelas ternas misericórdias do Senhor e elas nos tornarãoNitidamente, a observação do marido em seu cartão fortes com o poder de libertação (ver 1 Néfi 1:20).de Natal referia-se à separação causada pela
  23. 23. Janeiro: A Trindade Como o Espírito Santo me ajuda a ensinar o evangelho? Ao ensinarmos o evangelho, devemos reconhecer humildemente que o Espírito Santo é o verdadeiro professor. Nosso privilégio é servir como instrumentos por meio de quem o Espírito Santo pode ensinar, testificar, consolar e inspirar outras pessoas. Devemos viver dignos de receber o Espírito, orar por Sua orientação ao preparar e ensinar e criar uma atmosfera em que aqueles a quem ensinamos possam sentir Sua influência. Preparar-se espiritualmenteComo você sabe que está Estude em espírito de oração estas escrituras e estes recursos. O que você sente inspiradoensinando pelo Espírito? a compartilhar com os jovens?Você teve alguma expe- João 15:26; D&C 50:13–22 ; 52:9 (O D&C 42:11–17 (Se não tivermos oriência espiritual no ensino Consolador é enviado para ensinar a Espírito, não devemos ensinar)que poderia compartilhar verdade)adequadamente com os Dallin H. Oaks, “Ensinar e Aprenderjovens? 2 Néfi 33:1–2 (O Espírito Santo leva pelo Espírito”, A Liahona, março de nossas palavras ao coração dos filhos 1997, pp. 6–14Que oportunidades os dos homens)jovens têm de ensinar Matthew O. Richardson, “Ensinar àsobre o evangelho a outras Alma 17:3 (Os filhos de Mosias prepa- Maneira do Espírito”, Ensign ou Apessoas? Eles compreen- raram-se para ensinar com poder e Liahona, novembro de 2011, p. 94dem o que significa ensinar autoridade)pelo Espírito? Como você “O Poder do Espírito na Conversão”,pode ajudá-los a sentir a D&C 11:21; 84:85 (O Espírito vai nos Pregar Meu Evangelho (2004), pp. 94–95importância de seguir o ajudar a saber o que dizer, se buscar- “Ensinar pelo Espírito”, Ensino, Não HáEspírito ao ensinar? mos obter a palavra de Deus) Maior Chamado (1999), pp. 40–48
  24. 24. Fazer associações Nos primeiros minutos de cada aula, ajude os jovens a fazer associações entre as coisas que estão aprendendo em vários locais e em várias situações (estudo pessoal, seminário, outras aulas da Igreja ou experiências com os amigos). Como você pode ajudá-los a ver a importância do evangelho em seu cotidiano? As ideias a seguir podem ajudá-lo(a): • Peça aos jovens para pensar em uma não planejado, bem como designações ocasião em que sentiram o Espírito de ensino formal. Escreva na lousa, “O durante uma aula da Igreja, no seminá- que significa ensinar pelo Espírito?” rio ou em uma noite familiar. O que o Convide os jovens a ponderar, durante professor fez para convidar o Espírito? a aula, sobre como podem responder a essa pergunta, no tocante às oportuni- • Convide os jovens a listar as oportu- dades de ensino que têm listadas. No nidades que tiverem para ensinar o final da lição, convide-os a comparti- evangelho aos outros. Ajude-os a lhar seus pensamentos. incluir momentos de ensino informal, Aprender juntosDica de ensino Cada uma das atividades a seguir vai ajudar os jovens a entender o que significa aprender pelo Espírito. Seguindo a inspiração do Espírito Santo, selecione uma ou mais delas que“Não tenha medo do melhor funcionem em sua classe:silêncio. As pessoas muitasvezes precisam de tempo • Peça aos jovens que selecionem • Em espírito de oração, selecionepara pensar nas perguntas, uma das seguintes perguntas: por que seções do discurso do Élder Dallin H.responder a elas ou é importante ensinar pelo Espírito? Oaks “Ensinar e Aprender pelo Espí-externar seus sentimentos. Como o Espírito nos abençoa como rito” ou de Ensino, Não Há MaiorVocê pode fazer uma pausa professores? Como o Espírito abençoa Chamado, páginas 40–48, que você sintadepois de lançar uma aqueles a quem ensinamos? O que que ajudaria os jovens a compreender opergunta, após o relato de devemos fazer para convidar o que significa ensinar pelo Espírito.uma experiência espiritual Espírito em nosso ensino? Peça a cada Divida a classe em pequenos grupos eou quando uma pessoa membro da classe para ler uma peça a cada grupo que leia uma dasestiver tendo dificuldade escritura sobre o ensino pelo Espírito seções juntos e faça uma lista das coisaspara expressar-se.” (Ensino, (como as sugeridas neste esboço) e que podem fazer para ensinar peloNão Há Maior Chamado, encontre nas escrituras uma resposta Espírito. Convide os grupos a compar-1999, p. 67). para a pergunta que selecionou. Dê tilhar uns com os outros o que aprende- aos alunos a oportunidade de compar- ram e incentive-os a acrescentar à sua tilhar suas escrituras e as respostas lista ao ouvir os outros grupos. Peça- que encontraram. lhes para refletir sobre como podem aplicar o que aprenderam em uma oportunidade de ensino futura.
  25. 25. • Convide os jovens a ler o discurso próxima vez que eles tiverem a oportu- Ensinar à maneira dode Matthew O. Richardson “Ensinar à nidade de ensinar. SalvadorManeira do Espírito”, à procura de • Entregue a cada aluno uma cópia de O Salvador fazia pergun-respostas para as perguntas “Como o “O Poder do Espírito na Conversão”, tas que levavam SeusEspírito ensina?” e “Como podemos de Pregar Meu Evangelho (páginas ouvintes à reflexão pro-fazer o mesmo em nosso ensino?” 94–95). Peça-lhes para lê-la individual- funda. Deu-lhes oportuni-Incentive-os a relatar uns aos outros o mente em busca de respostas para a dades de fazer suasque aprenderem. Que experiências pergunta “O que significa ensinar pelo próprias perguntas etiveram em que um professor ensinou Espírito?” Convide-os a compartilhar o compartilhar suas próprias“à maneira do Espírito”? Como eles que encontraram. Pergunte aos jovens ideias. Porque Ele ospodem seguir o exemplo do professor por que sentem que é importante saber amava, sentiram-seda próxima vez que ensinarem? sobre isso agora, antes que sirvam uma seguros de compartilhar• Como classe, leiam a experiência do missão de tempo integral. Incentive-os seus pensamentos eÉlder Richard G. Scott nas páginas 41 e a completar as atividades “Estudo sentimentos pessoais.42 de Ensino, Não Há Maior Chamado. pessoal” e “Estudo das Escrituras” por Como você pode ajudar osPeça aos jovens para comparar as duas conta própria (se possível, dê-lhes jovens a se sentiremexperiências. Por que o Espírito Santo tempo na sala de aula para começar). seguros em compartilharesteve presente durante a primeira Convide-os a tomar notas de qualquer seus pensamentos elição? O que foi diferente na segunda coisa que os inspire ao ler essas sentimentos pessoais?lição? Convide os jovens a comparti- escrituras e a compartilhá-las com alhar como planejam aplicar o que classe em uma aula futura.aprenderam com essas experiências naPeça aos jovens que compartilhem o que aprenderam hoje. Quais são os sentimentos ou asimpressões que eles têm? Eles compreendem como ensinar pelo Espírito? Têm maisalguma pergunta? Valeria a pena despender mais tempo nesse assunto?Convidar a agirPergunte aos jovens o que se sentem inspirados a fazer por causa do que aprenderam hoje.Incentive-os a agir de acordo com esses sentimentos. Busque o Espírito ao pensar, emespírito de oração, em maneiras pelas quais você pode fazer um acompanhamento.
  26. 26. Recursos Selecionados“O Poder do Espírito na Conversão”, Pregar Meu Ensine conforme for guiado pelo Espírito eEvangelho (2004), pp. 94–95 testifique que sabe pelo poder do Espírito Santo que o que você está ensinando é verdadeiro.O poder do Espírito Santo é essencial para a conver-são. Procure compreender a doutrina da conversão e • Siga a orientação do Espírito ao adaptar atambém o processo da conversão. O Élder Boyd K. mensagem às necessidades de cada pessoa.Packer explicou o papel fundamental do Espírito na • Convide as pessoas a agirem. A fé que elasconversão: tiverem irá crescer se elas se arrependerem,“Quando acontece a conversão, ela vem por meio do obedecerem aos mandamentos, fizerem convêniospoder do Espírito. Para termos sucesso no trabalho e cumprirem esses convênios.missionário, é preciso que aconteçam estas três coisas: O Élder M. Russell Ballard disse o seguinte sobre oTemos que compreender o que o pesquisador precisa poder do Espírito: “A verdadeira conversão acontecesentir para receber a conversão. pelo poder do Espírito. Quando o Espírito toca o coração, o coração sofre uma mudança. Quando oTemos que compreender o que o missionário precisa indivíduo (…) sente o Espírito trabalhando nele, ousentir para ensinar com o poder de conversão do quando vê uma evidência do amor e da misericórdiaEspírito. do Senhor em sua vida, ele é edificado e fortalecidoE depois disso, temos que compreender o que o espiritualmente e sua fé Nele aumenta. Essas expe-membro precisa sentir para ter sucesso em sua riências com o Espírito são uma consequência naturalparticipação no processo da conversão” (Conferência da disposição mostrada pela pessoa de pôr a palavrade presidentes de missão, 3 de abril de 1985). à prova. É assim que chegamos a sentir que o evan- gelho é verdadeiro”(“Agora É o Momento”, AQuanto mais você compreender o que os pesquisado- Liahona, janeiro de 2001, p. 89).res, missionários e membros sentem quando recebemo testemunho do Espírito, melhor você compreen- O Espírito Santo age no coração das pessoas paraderá o seu próprio papel, que é: fazer com que aconteçam essas mudanças. À medida que as pessoas decidem cumprir os compro- • Ser edificado e ter sua mente iluminada ao missos, elas sentem o poder do Espírito Santo com pesquisar as escrituras e ensinar a doutrina. mais força e desenvolvem a fé para obedecer a Cristo. Por isso, você deve ajudar as pessoas com • Ao ensinar, criar um ambiente no qual o quem estiver trabalhando a aumentarem sua fé, Espírito Santo possa prestar testemunho. Você convidando-as a se arrependerem e a assumirem e pode fazer isso ensinando a mensagem da cumprirem compromissos. Restauração e prestando testemunho dela.
  27. 27. VISÃO GERAL DA UNIDADEFevereiro: O Plano de SalvaçãoOs esboços desta unidade ajudarão os jovens a compreender a importância que o apren-dizado e o ensino têm no plano de salvação. O Élder David A. Bednar, do Quórum dosDoze Apóstolos, ensinou que “aprender pela fé e pela experiência são duas característi-cas centrais do plano de felicidade do Pai” (“Aprender pela Fé”, A Liahona, setembro de2007, p. 19). Você terá a oportunidade de ajudar os jovens a obterem um testemunhomais forte do plano de salvação e a desenvolverem maior confiança na habilidade deensiná-lo a outras pessoas. Incentive-os a fazer perguntas sobre o que estão aprendendo,a buscar mais conhecimento e ensinar suas descobertas a outras pessoas.Esboços de aprendizado Preparar-se espiritualmenteBusque a inspiração do Espírito ao escolher dentre os Para ajudar os jovens a compreender os princípios destesesboços abaixo. Deixe que as perguntas e os interes- esboços, você deve entendê-los e vivê-los pessoalmente.ses dos jovens sejam seu guia ao decidir qual esboço Estude as escrituras e os outros recursos sugeridos,ensinará nesta unidade e o tempo que gastará em procurando frases, histórias e exemplos que sejamcada tópico. especialmente relevantes e inspiradores para os jovens. Planeje maneiras de ajudá-los a descobrir esses princípiosEstes esboços de aprendizado não são feitos para por si mesmos, obter um testemunho deles e aplicá-losdeterminar o que você vai dizer e fazer em classe. Seu em seus esforços para aprender e ensinar o evangelho.propósito é ajudá-lo(a) a aprender a doutrina por simesmo(a) e a preparar experiências de aprendizado Aconselhamentoadaptadas às necessidades dos jovens que você ensina. Aconselhe-se com outros professores e líderes a res-Por que o aprendizado é parte importante do plano do peito dos jovens da classe. O que estão aprendendo Pai Celestial? sobre o plano de salvação em outras situações: em casa,Por que o ensino do evangelho é importante no plano de no seminário, em outras aulas da Igreja? Que oportuni- salvação? dades poderiam ter para ensinar? (Se informaçõesQual é o papel do arbítrio no aprendizado do evangelho? delicadas forem reveladas nessas conversas, mantenhaComo posso ajudar outras pessoas a se engajarem no a confidencialidade.) aprendizado?Como posso usar a música da Igreja para aprender sobre o plano de salvação? Visite LDS.org/youth/learn para ver essa unidade online.
  28. 28. Fevereiro: O Plano de Salvação Por que o aprendizado é parte importante do plano do Pai Celestial? Um dos principais motivos pelos quais o Pai Celestial nos enviou à Terra foi para dar-nos experiências que nos ajudariam a aprender e a tornar-nos mais seme- lhantes a Ele. Se formos obedientes e doutrináveis, Ele nos ajudará a aprender o que precisamos saber, linha sobre linha, ao longo da vida. O Pai Celestial espera que usemos o conhecimento que adquirimos para abençoar o próximo e edificar Seu Reino. Preparar-se espiritualmenteQue oportunidades você Estude em espírito de oração estas escrituras e estes recursos. O que o inspira a ser umtem de aprender continua- aprendiz por toda a vida?mente? Como isso tem 2 Néfi 28:27–30; D&C 98:11–12 (O Dallin H. Oaks e Kristen M. Oaks, “Oabençoado sua vida? Senhor prometeu ensinar-nos “linha Aprendizado e os Santos dos ÚltimosComo você pode ajudar os sobre linha” ao estudarmos e vivermos Dias”, A Liahona, abril de 2009, pp.jovens a compreenderem a o que aprendemos) 22–27importância de continuar a Alma 12:9–11; D&C 50:40 (Se formos “Educação”, Para o Vigor da Juven-aprender ao longo da obedientes e doutrináveis, aprendere- tude (2011), pp. 9–10vida? O que você pode mos continuamente ao longo da vida)fazer para ajudá-los a “Plano de Salvação”, Sempre Fiéisperceberem o valor do D&C 88:77–80 (O Senhor deseja que (2004), pp. 134–137aprendizado secular e do aprendamos a fim de estarmos prepa-evangelho? Vídeo: “Você Sabe o Suficiente” (O rados para magnificar nossos Élder Neil L. Andersen ensina que o chamados) aprendizado se dá linha sobre linha)
  29. 29. Fazer associações Durante os primeiros minutos de cada aula, ajude os jovens a fazer associações entre as coisas que estão aprendendo em vários locais e situações (estudo pessoal, seminário, outras aulas da Igreja ou experiências com os amigos). Como você pode ajudá-los a ver a importância do evangelho em seu cotidiano? As ideias a seguir podem ajudá-lo(a): • Que aspectos do plano de salvação Pai Celestial?” Dê tempo aos jovens os jovens têm aprendido (como durante a aula para refletirem sobre convênios, obediência, a Expiação ou a essa pergunta e escreverem algumas vida após a morte)? O que podem possíveis respostas. No final da aula, compartilhar uns com os outros? convide-os a compartilhar o que escreveram. • Escreva na lousa: “Por que o apren- dizado é parte importante do plano do Aprender juntosDica de ensino Cada uma das atividades abaixo ajudará a inspirar os jovens a buscar o aprendizado ao longo de toda a vida. Seguindo a orientação do Espírito, selecione uma ou mais delas que“Quando alguém fizer melhor funcionem em sua classe:uma pergunta, pense napossibilidade de pedir que • Peça a todos os jovens que leiam uma Convide-os a compartilhar o queoutro aluno responda, em das escrituras do esboço, à procura de encontrarem e escolham algo no qualvez de fazê-lo você princípios de aprendizado. Convide sentem que precisam melhorar. Discutamesmo. Você pode, por todos a fazerem um desenho ou com a classe as maneiras de se aperfei-exemplo, dizer: ‘Essa diagrama que represente os princípios çoarem nessas áreas e incentive ospergunta é interessante. O contidos na passagem das escrituras. jovens a traçar metas pessoais paraque o restante da turma Peça aos jovens que usem os desenhos aplicarem o conselho do Senhor.acha?’ ou ‘Alguém poderia para ensinar uns aos outros sobre o que • Mostre o vídeo “Você Sabe o Sufi-ajudar a responder?’ ” leram. O que essas escrituras lhes ciente”, e convide os jovens a relatar o(Ensino, Não Há Maior ensinam sobre a importância do que aprenderam com o Élder Neil L.Chamado, 1999, p. 64). aprendizado no plano do Pai Celestial? Andersen sobre o modo de adquirir • Convide os jovens a ler a seção conhecimento. O que eles diriam a um “Educação” em Para o Vigor da Juven- amigo que está passando por dificul- tude, inclusive as referências das escritu- dades porque ele ou ela não entende ras. Peça à metade da classe que procure tudo sobre o evangelho? Como eles coisas que o Pai Celestial deseja que ajudaram seu amigo a compreender o façamos e peça à outra metade para papel de aprendizado no plano do Pai identificar as bênçãos que Ele prometeu. Celestial?
  30. 30. • Peça aos jovens que leiam o “Plano o que aprenderam e a discutir por que Ensinar à maneira dode Salvação” em Sempre Fiéis (páginas o Pai Celestial deseja que aprendamos Salvador134–137) e encontrem algo que ainda continuamente. O Salvador foi o exemplonão sabiam. Convide-os a compartilhar perfeito de tudo o quePeça aos jovens que compartilhem o que aprenderam hoje. Eles compreendem a importân- ensinou. Ensinou Seuscia do aprendizado no plano do Pai Celestial? Quais são os sentimentos ou as impressões discípulos a orar orandoque eles têm? Eles têm mais alguma pergunta? Valeria a pena despender mais tempo com eles. Ensinou-os anessa doutrina? amar e a servir pelo modo como os amou e os serviu. O que você pode fazer para dar aos jovens aConvidar a agir quem ensina um exemplo• Peça aos jovens que pensem numa • Preste testemunho das bênçãos que de amor ao aprendizado?parte do plano de salvação que gosta- recebemos quando procuramosriam de ensinar a um amigo ou aprender ao longo da vida.familiar. O que podem fazer paraaprender sobre esse assunto?
  31. 31. Recursos Selecionados“Educação”, Para o Vigor da Juventude (2011), pp. 9–10 oportunidade que, sem ela, permaneceriam fechadas para você. Planeje agora a educação que vai adquirir.A educação é uma parte importante do plano do Pai Tenha disposição para trabalhar diligentemente eCelestial para ajudar você a tornar-se mais seme- para fazer sacrifícios, se necessário. Compartilhe aslhante a Ele. Ele quer que você eduque a mente e metas educacionais com sua família, seus amigos edesenvolva seus talentos e suas aptidões, sua habili- líderes para que eles possam apoiar e incentivar você.dade de agir bem em suas responsabilidades e suacapacidade de apreciar a vida. A educação que Mantenha o entusiasmo pelo aprendizado, por toda aadquirir será valiosa para você na mortalidade e no vida. Sinta alegria em continuar aprendendo emundo vindouro. expandindo seus interesses. Participe ativamente das oportunidades de aprendizado a seu alcance. SuaA educação vai preparar você para prestar maior educação inclui o aprendizado espiritual. Estude asserviço no mundo e na Igreja. Ela vai ajudar você a escrituras e as palavras dos profetas modernos.prover melhor o seu sustento, o de sua família e dos Participe do seminário e do instituto. Continue pornecessitados. Também vai ajudar você a ser um(a) toda a vida a aprender a respeito do plano do Paiconselheiro(a) e companheiro(a) sábio(a) para seu Celestial. Esse aprendizado espiritual vai ajudar vocêfuturo cônjuge e um(a) professor(a) bem- a encontrar respostas para os desafios da vida e vaiinformado(a) e eficaz para seus futuros filhos. convidar a companhia do Espírito Santo.A educação é um investimento que proporciona Alma 37:35; Doutrina e Convênios 88:77–80grandes recompensas e abre as portas da
  32. 32. Fevereiro: O Plano de Salvação Por que o ensino do evangelho é importante no plano de salvação? A fim de cumprir os propósitos do plano de felicidade, os filhos do Pai Celestial precisam aprender sobre o evangelho. Por esse motivo, Deus precisa que cada um de nós ensine o evangelho a nossa família, aos demais membros da Igreja e àqueles que ainda não receberam o evangelho. Preparar-se espiritualmenteComo você foi influen- Estude em espírito de oração estas escrituras e estes recursos. O que você sente inspiradociado por um professor do a compartilhar com os jovens?evangelho? Qual é sua Lucas 2:46–52 (Ainda menino, o D&C 43:8; 88:77–80 (O Senhor ordenainfluência com relação Salvador ensinou as verdades do que ensinemos uns aos outros)àqueles a quem você evangelho a outras pessoas)ensina? Ensino, Não Há Maior Chamado (1999), 2 Néfi 2:8 (A importância de tornar pp. 3–4Quem são os outros essas coisas conhecidas é grande)professores dos jovens de Vídeo: “O Ensino Ajuda a Salvarsua classe? De que Vidas”maneira esses professorestêm influenciado a vidados jovens? Fazer associaçõesQue oportunidades os Durante os primeiros minutos de cada aula, ajude os jovens a fazer associações entre asjovens tiveram para coisas que estão aprendendo em vários locais e situações (estudo pessoal, seminário,ensinar? Como eles outras aulas da Igreja ou experiências com os amigos). Como você pode ajudá-los a ver aajudaram outras pessoas? importância do evangelho em seu cotidiano? As ideias a seguir podem ajudá-lo(a): • Faça um acompanhamento sobre o também pode contar uma experiência que os jovens aprenderam na Escola pessoal. Dominical semana passada. De que • Peça aos jovens que relatem ocasiões modo eles continuaram seu aprendi- em que ensinaram o evangelho (por zado durante a semana? exemplo, em casa, a um amigo ou na • Peça aos jovens que relatem uma igreja). Por que o ensino é importante experiência em que alguém os tenha no plano de Deus para Seus filhos? ensinado de modo marcante. Você
  33. 33. Aprender juntosDica de ensino Cada uma das atividades abaixo ajudará os jovens a compreender a importância do ensino do evangelho no plano do Pai Celestial. Seguindo a orientação do Espírito, selecione uma“Sua principal preocupa- ou mais delas que melhor funcionem em sua classe:ção deve ser ajudar aspessoas a aprenderem o • Mostre uma gravura do Salvador evangelho que tiveram, inclusive osevangelho e não fazer uma ensinando no templo (ver Livro de pais e outros familiares. Divida-os emapresentação de impacto. Gravuras do Evangelho, p. 34) e convide duplas e convide-os a falar uns aosParte disso inclui dar aos os jovens a ler Lucas 2:46–52. O que o outros sobre os professores em quemalunos a oportunidade de Salvador sentia desde pequeno sobre a pensaram. O que fez deles professoresensinar uns aos outros” importância do ensino? O que essa eficientes? Como esses professores(Ensino, Não Há Maior história nos ensina sobre a importância ajudaram a cumprir o plano do PaiChamado, 1999, p. 64). do ensino no plano do Pai Celestial? Celestial? O que os jovens podem fazer Peça aos jovens que pensem e façam para seguir o exemplo deles? uma lista de todas as oportunidades de • Convide os jovens a ler as páginas 3 ensino que eles têm atualmente e 4 de Ensino, Não Há Maior Chamado e (incentive-os a incluir ambientes procurar uma frase que responda à informais, como as conversas com os pergunta “Por que o ensino do evange- amigos). Convide os jovens a escolher lho é importante no plano de salva- algo da lista e ponderar sobre essa ção?” Peça-lhes que escrevam suas pergunta: “Como posso ajudar a frases em cartões e, em seguida, cumprir o plano do Pai Celestial ao recolha-os. Leia um dos cartões e aproveitar essa oportunidade de convide o aluno, que escreveu a frase, ensino?” Peça-lhes para compartilhar a vir para frente da classe e explicar seus pensamentos. por que escolheu essa frase. Incenti- • Mostre o vídeo “O Ensino Ajuda a ve-os a compartilhar uma experiência Salvar Vidas”, e peça aos jovens que que tiveram que ilustre a frase que pensem em bons professores do escolheram.Ensinar à maneira do Peça aos jovens que compartilhem o que aprenderam hoje. Eles compreendem o papel doSalvador ensino do evangelho no plano de salvação? Quais são os sentimentos ou as impressões queO Salvador preparava-Se eles têm? Eles têm mais alguma pergunta? Valeria a pena despender mais tempo nessapara ensinar o evangelho doutrina?às pessoas. Ele passavamuito tempo sozinho emoração e jejum. Em Convidar a agirmomentos de solidão,buscava a orientação do Pai • Pergunte aos jovens quais foram as • Preste testemunho da importânciaCelestial. Como você pode impressões que receberam hoje a do ensino.se preparar espiritualmente respeito do ensino. O que podem fazerpara ensinar os jovens? para pô-las em prática?
  34. 34. Recursos SelecionadosExtraído de Ensino, Não Há Maior Chamado (1999), Cada Membro, um Professorpp. 3–4 Quando o Salvador ressurreto ensinou os nefitas,O Papel do Ensino no Plano do Pai Celestial disse: “Levantai vossa luz para que brilhe perante o mundo. Eis que eu sou a luz que levantareis —Para podermos exercer plenamente nosso arbítrio em aquilo que me vistes fazer” (3 Néfi 18:24). Nessaretidão, precisamos aprender a respeito do Salvador instrução, o Senhor não fez distinção entre os quee das doutrinas de Seu evangelho. Assim, o ensino do ouviram Sua voz: todos receberam o mandamentoevangelho sempre desempenhou um papel primor- de ensinar.dial no plano do Pai Celestial para Seus filhos. O mesmo é válido hoje em dia. A responsabilidade deNo mundo espiritual pré-mortal, “[recebemos ensinar o evangelho não se restringe aos que tenham onossas] primeiras lições (…) e [fomos] preparados chamado formal de professor. Na condição de membropara nascer no devido tempo do Senhor, a fim de de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos[trabalharmos] em sua vinha para a salvação da alma Dias, você tem a responsabilidade de ensinar o evange-dos homens” (D&C 138:56). Depois de expulsar Adão lho. Como pai, filho, filha, marido, esposa, irmão, irmã,e Eva do Jardim do Éden, o Senhor enviou anjos para líder da Igreja, professor de uma classe, mestre familiar,ensinar-lhes o plano de redenção (ver Alma 12:27– professora visitante, colega de trabalho, vizinho ou32). Posteriormente, ordenou a Adão e Eva que amigo, você depara-se com a oportunidade de ensinar.“[ensinassem] estas coisas liberalmente” a seus filhos Às vezes, poderá ensinar de forma aberta e direta por(ver Moisés 6:57–59). meio do que disser e do testemunho que prestar. EEm todas as dispensações do evangelho, o Senhor sempre ensinará pelo exemplo.dirige pessoalmente o ensino do plano de redenção. O Senhor disse: “Esta é minha obra e minha glória:Ele envia anjos (ver Mosias 3:1–4; Morôni 7:29–32; Levar a efeito a imortalidade e vida eterna doJoseph Smith—História 1:30–47), chama profetas (ver homem” (Moisés 1:39). Ao pensar no papel do ensinoAmós 3:7), fornece escrituras (ver D&C 33:16) e ajuda do evangelho na salvação e exaltação dos filhos deas pessoas a conhecer a verdade pelo poder do Deus, você pode conceber um dever mais nobre ouEspírito Santo (ver 1 Néfi 10:19; Morôni 10:5). Ele deu sagrado? Ele exige seus mais diligentes esforços paraa Seus seguidores o mandamento de ensinar o conseguir aumentar sua compreensão e melhorarevangelho à família (ver Deuteronômio 6:5–7, Mosias suas técnicas, sabendo que o Senhor o magnificará4:14–15, D&C 68:25–28), aos demais membros da caso ensine da forma ordenada por Ele. É um traba-Igreja (ver D&C 88:77–78, 122) e às pessoas que ainda lho de amor, uma oportunidade de ajudar as pessoasnão receberam a plenitude do evangelho (ver Mateus a exercerem seu arbítrio em retidão, virem a Cristo e28:19–20; D&C 88:81). (…) receberem as bênçãos da vida eterna.

×