Missoes Portas Abertas 18492e4a53c4799e1ta61f7105ea1dd736

513 visualizações

Publicada em

Missoes

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
513
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
38
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Missoes Portas Abertas 18492e4a53c4799e1ta61f7105ea1dd736

  1. 1. Cerca de 100 milhões de cristãos ao redor do mundo são perseguidos por causa de sua fé em Jesus. www.portasabertas.org.br
  2. 2. vivem em países em que há alto índice de restrições religiosas. (Segundo levantamento do Pew Forum, concluído em 2009) www.portasabertas.org.br Dois terços da população mundial
  3. 3. Isso significa que viver em países como o Brasil é fazer parte de uma minoria privilegiada.
  4. 4. Definições de perseguição religiosa “Perseguição é o sofrimento ou pressão mental, moral ou física que autoridades, indivíduos ou grupos infligem a outros, especialmente em razão de opiniões ou crenças, visando a sua sujeição pela retratação, pelo silêncio ou, como último recurso, pela execução.”. (Geoffrey Bromily, International Standard Bible Encyclopedia) Perseguição cristã é qualquer hostilidade provinda do mundo, como resultado da identificação de alguém com Cristo. Isso pode incluir sentimentos, atitudes, palavras e ações hostis. (Ron Boyd-MacMillan, A fé que persevera) www.portasabertas.org.br
  5. 5. Formas  Calúnia (Mt 5.11)  Humilhação (Mc 15.16-20)  Expulsão (Lc 6.22)  Depreciação (Jo 8.48)  Zombaria (Hb 11.36) Algumas formas e fontes de perseguição segundo a Bíblia Fontes  Governantes (At 12.1-2)  Sacerdotes (Mt 26.3-4; At 4.1-21; At 7.54-59)  Mercadores (At 16.16-24 ; 19.23-41)  Agitadores (At 17.1-9)  Família (Mt 10.35-36) www.portasabertas.org.br
  6. 6. Os aspectos espirituais da perseguição João 15.20 “Se me perseguiram, também perseguirão vocês.” 2 Timóteo 3.12 “De fato, todos os que desejam viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos”. Mateus 5.11-12 “Bem-aventurados serão vocês quando, por minha causa, os insultarem, os perseguirem e levantarem todo tipo de calúnia contra vocês. Alegrem-se e regozijem-se, porque grande é a sua recompensa nos céus, pois da mesma forma perseguiram os profetas que viveram antes de vocês.” www.portasabertas.org.br
  7. 7. Os aspectos espirituais da perseguição “Primeiro, nas palavras de um pregador palestino: ‘Isso não diz respeito a nós’. A perseguição diz respeito a Cristo. A trindade do mal (carne, mundo, diabo) está tentando chegar até Cristo por meio de nós. Não somos nós, estritamente falando, o objeto da perseguição. Nós somos as vítimas dela.” “Segundo, a perseguição é universal. Essa trindade do mal está perseguindo Cristo, o nosso novo Senhor, estejamos nós definhando num campo de trabalhos forçados ou deitados no convés de um iate. Bastante simples: se levamos conosco a nossa nova identidade de Cristo, seremos perseguidos.” Ronald Boyd-MacMillan A fé que persevera – guia essencial sobre a perseguição à Igreja www.portasabertas.org.br
  8. 8. Fontes de perseguição: Governo/Estado O Estado é um dos principais perseguidores da Igreja. Os governantes são os personagens mais poderosos de uma nação ou império, pois fazem as leis e controlam os exércitos. A perseguição realizada pelo Estado normalmente está atrelada a algum discurso ideológico com fundamentos religiosos, políticos ou econômicos. www.portasabertas.org.br
  9. 9. Fontes de perseguição: Família Este tipo de perseguição é comum na maioria dos países. Novos convertidos encontram algum tipo de perseguição e discriminação primeiramente em sua família, principalmente entre muçulmanos. Para os muçulmanos, quebrar o vínculo com a religião é o mesmo que negar seu lugar de origem, sobrenome e os ensinamentos passados por gerações. No Brasil, ainda hoje é comum ouvirmos sobre novos convertidos “perseguidos” por suas famílias. www.portasabertas.org.br
  10. 10. Fontes de perseguição: Religiões/Líderes religiosos Os sacerdotes, clérigos ou líderes religiosos compõem o grupo que mais persegue a Igreja, motivados primeiro por seu zelo religioso e, depois, por poder. Em muitos países como Rússia e Grécia, a Igreja é perseguida pela própria Igreja ─ isto é, líderes religiosos de igrejas tradicionais, insatisfeitos com as práticas e os discursos evangélicos, alegam que são uma seita, perseguindo seus membros e líderes. www.portasabertas.org.br
  11. 11. Tipos de perseguição: Vizinhos/Cultura Em muitos países da África e da Ásia, em tribos e vilarejos, a cultura é formada por tradições religiosas milenares. Para a comunidade desses lugares, aceitar outra religião é enfurecer os deuses e trazer sobre si a ira deles. É um grande desafio seguir a Cristo, pois tem de se enfrentar ira, zombaria e discriminação de vizinhos e amigos. www.portasabertas.org.br
  12. 12. Fontes de perseguição: Interesses econômicos A perseguição pode acontecer também motivada por interesses econômicos e por indivíduos corruptos. É comum que aqueles que sobrevivem do comércio religioso ou de ações criminosas sintam-se lesados pelo avanço do cristianismo. www.portasabertas.org.br
  13. 13. Como o Corpo deve agir diante da perseguição? Mateus 10.22 “Todos odiarão vocês por minha causa, mas aquele que perseverar até o fim será salvo.” 2 Timóteo 2.12a “Se perseverarmos, com ele também reinaremos.” Resistindo e perseverando www.portasabertas.org.br
  14. 14. Como o Corpo deve agir diante da perseguição? Hebreus 13.3 “Lembrem-se dos que estão na prisão, como se aprisionados com eles; dos que estão sendo maltratados, como se vocês mesmos estivessem sendo maltratados.” 1Coríntios 12.26 “Quando um membro sofre, todos os outros sofrem com ele.” Apoiando uns aos outros www.portasabertas.org.br
  15. 15. www.portasabertas.org.br

×