Perfil do Adulto para RVCC.

3.685 visualizações

Publicada em

Reflexão para Perfil Adulto RVCC

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.685
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
48
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
127
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Perfil do Adulto para RVCC.

  1. 1. O Perfil do Adulto - RVCC Reflexões, Práticas e Modelos
  2. 2. Perfil do Adulto: O que deve ser? <ul><li>Acima de tudo é um princípio orientador e organizador. O desenho do Perfil do Adulto é um conjunto de linhas directivas para a integração de um adulto candidato ao processo RVCC para o nível Básico ou Secundário de acordo com as competências iniciais e expectativas futuras. </li></ul><ul><li>É um instrumento flexível e promotor da Qualidade nos CNO. </li></ul>
  3. 3. Perfil do Adulto: Princípios. <ul><li>O Perfil do Adulto tem em conta 3 princípios essenciais: </li></ul><ul><li>A clareza objectiva; </li></ul><ul><li>A organização orientadora; </li></ul><ul><li>A Qualidade. </li></ul><ul><li>Estes princípios regulam a actividade levada a cabo pelos CNO, assim como, podem servir de base à construção deste perfil. </li></ul>
  4. 4. Perfil do Adulto: Razão. <ul><li>Com a implementação do processo RVCC para o nível Secundário, os CNO e as suas equipas vão encontrar dois públicos para uma mesma metodologia. O perfil do adulto permite uma seriação mais concreta e objectiva de qual o perfil adequado para o nível Básico e qual o perfil adequado para o nível Secundário para a frequência do RVCC. </li></ul>
  5. 5. Perfil do Adulto: Razão. <ul><li>É também a partir deste instrumento que os profissionais e equipa podem criar guiões de entrevista ou outros instrumentos de diagnóstico para o adulto candidato ao processo RVCC Básico ou Secundário. Este perfil do adulto é essencialmente um recurso que permite objectividade na selecção dos adultos para processo. </li></ul>
  6. 6. Perfil do Adulto: Lógica <ul><li>Este esquema permite observar duas realidades: Uma selecção com e sem um perfil definido. </li></ul>Adulto CNO sem Perfil do Adulto definido. CNO com Perfil do Adulto definido. Dúvidas! Opções ! EFA? RVCC Básico? RVCC Secundário? Curso Técnico? Módulos? RVCC Secundário.
  7. 7. Perfil do Adulto: Lógica. <ul><li>A definição de um Perfil de Entrada permite ao CNO orientar o adulto para um caminho de qualificação mais claro e de acordo com a análise diagnóstica inicial. Isto permite que o adulto e a equipa deixe de ter dúvidas sobre se aquele percurso é ou não adequado aquela pessoa. Torna-se um processo de orientação inicial associado a metodologias de selecção adequadas. </li></ul>
  8. 8. Perfil do Adulto: Construção <ul><li>Na construção do Perfil do Adulto para o RVCC devem participar todos os elementos da equipa do RVCC, incluindo ou tendo conhecimento, o Avaliador Externo. A contribuição de todos permite a construção de um perfil mais ajustado ao espírito do processo RVCC, assim como, aos factores a ter em conta na sua elaboração. </li></ul>
  9. 9. Perfil do Adulto: Factores a ter em conta. <ul><li>São factores a ter em conta na construção do perfil do adulto para RVCC: </li></ul><ul><li>O meio socio-económico e profissional onde o CNO se integra. </li></ul><ul><li>As expectativas dos adultos inscritos, assim como da equipa em relação à qualidade desejada. </li></ul><ul><li>As metas e objectivos. </li></ul><ul><li>A relação entre a eficácia e eficiência do CNO. </li></ul><ul><li>Os recursos humanos existentes. </li></ul>
  10. 10. Perfil do Adulto: Modelo <ul><li>Aqui fica um modelo em branco de um Perfil de Adulto para RVCC </li></ul>Nível Secundário (12.º Ano). Nível Básico (4.º, 6.º e/ou 9.º Ano). Princípios Orientadores. Objectivos. Nível: Perfil do Adulto para RVCC CNO:
  11. 11. Perfil do Adulto: Exemplo. <ul><li>Exemplo de um Perfil de Adulto para RVCC (Nível Secundário): </li></ul><ul><li>Objectivos: - Promover a articulação entre a qualidade e a exigência na realização de um processo RVCC de nível Secundário; - Evidenciar competências essenciais para a frequência do processo RVCC Secundário. </li></ul><ul><li>Princípios Orientadores: </li></ul><ul><li>Ter mais de 18 anos. </li></ul><ul><li>Ter pelo menos 3 anos de experiência profissional comprovada. </li></ul><ul><li>Ter, pelo menos, frequência de um nível do ensino Secundário. </li></ul><ul><li>Ter frequentado pelo menos 3 acções de formação profissional relevantes para o desempenho de funções. </li></ul><ul><li>Ter conhecimentos consolidados em TIC. </li></ul><ul><li>Ter conhecimento de uma Língua Estrangeira. </li></ul>
  12. 12. Perfil do Adulto: Conclusão <ul><li>Devemos ter em conta que existem condições de acesso garantidas pelo ME aos adultos. O Perfil do Adulto não deve nunca servir de modo de não cumprimento dessas garantias. Deve sim servir como instrumento de organização, como critérios de selecção e principalmente como instrumento potenciador de um diagnóstico de entrada mais concreto e eficaz para os adultos e para as equipas dos CNO. Pensamos que este instrumento é uma mais-valia para a promoção da qualidade do processo RVCC na sua globalidade. </li></ul>
  13. 13. FIM

×