Clipping Informativo
Edição nº 01, 01/Julho/2012
Produtores de morango aprovam sistema semi-hidropônico
Alternativa de pla...
Clipping Informativo
Edição nº 01, 01/Julho/2012
BRF vai ampliar unidade de lácteos
no Paraná
Serão investidos R$ 40 milhõ...
Curso Mulher Atual – Junho de 2012
Já concluímos o 4° Encontro
do Curso Mulher Atual
ministrado na Sede do
Sindicato Rural...
Clipping Informativo
Edição nº 01, 01/Julho/2012
Parabéns a todos os Agricultores
O Sindicato Rural de
Piraí do Sul
parabe...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Clipping Piraí do Sul

243 visualizações

Publicada em

Clipping Piraí do Sul - 01 de Julho de 2012 Edição N° 1

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
243
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Clipping Piraí do Sul

  1. 1. Clipping Informativo Edição nº 01, 01/Julho/2012 Produtores de morango aprovam sistema semi-hidropônico Alternativa de plantio foi proposta pela secretaria de Agricultura Depois de apresentar aos produtores piraienses uma alternativa para o plantio de morango conhecido como sistema elevado semi- hidropônico, a secretaria de Agricultura e Abastecimento realizou reunião para expor os resultados obtidos com o novo sistema. A secretaria trouxe a Piraí do Sul uma alternativa aos produtores da fruta exposta na ExpoTrade (que aconteceu em abril de 2011). O sistema elevado obteve resultados positivos entre os produtores que aderiram ao processo e pode ser também uma forma de reaproveitar aviários inutilizados na região. O produtor de morango orgânico, Luciano Solek, pioneiro no município no novo sistema, considera a proposta da secretaria de Agricultura excelente. “No começo não acreditei muito na idéia, somos produtores tradicionais de morango há 13 anos, mas a secretaria trouxe todo o material mostrando que é possível. O pessoal pode achar que é um sonho, mas é muito provável que dê certo, inclusive a idéia de produzir dentro das granjas que é uma excelente alternativa”, reforça. Emerson Luis da Cruz, produtor de morango no modo convencional há quatro anos, acredita que a idéia de trazer o novo sistema a Piraí do Sul foi muito feliz. “Aprovamos e compramos a idéia”, diz. Ele, que iniciou plantio no sistema elevado, conta que é necessário aprimorar a técnica. “O potencial de produção é grande. Precisamos aprimorar algumas coisas, embora esteja produzindo satisfatoriamente. A intenção é ampliar nesse sistema e diminuir no convencional, por causa da mão de obra e comodidade”. Fortalecer a produção Para a reunião com os produtores, a secretaria trouxe representantes de segmentos: de mudas nacionais, de indústria de substrato, de banco para possíveis financiamentos. “Nós trouxemos esse sistema para o município, dando apoio na parte de assistência técnica, na montagem da estrutura; as bolsas onde ficam os substratos foram também fornecidas pela secretaria e todo o acompanhamento durante o processo”, ressalta o secretário municipal de Agricultura e Abastecimento, Luiz Fernando Tonon. Tonon ainda explica que a idéia é fortalecer os produtores de morango, através da criação de uma associação. A experiência deu certo com os criadores de ovinos do município, pois facilita as negociações de compra e venda. “A produção no sistema elevado foi muito aceita, o pessoal gostou e se interessou também por poder aproveitar os aviários. A intenção é fazer a associação para que se tenha uma quantidade maior e uma uniformidade na qualidade do produto”, avalia Fonte: Prefeitura de Piraí do Sul
  2. 2. Clipping Informativo Edição nº 01, 01/Julho/2012 BRF vai ampliar unidade de lácteos no Paraná Serão investidos R$ 40 milhões na modernização da fábrica da Batavo, em Carambeí. A BRF vai investir R$ 40 milhões para ampliar e modernizar a unidade de lácteos de Carambeí (PR). A planta produz, majoritariamente, itens da marca Batavo, entre elas, as novas linhas de iogurtes de copo da marca: ‘Pedaços’, ‘Grãos’ e ‘Camadas’, lançados recentemente. A execução do projeto está agendada para o primeiro semestre do ano (maio/junho) e deve durar aproximadamente 18 meses. “Com este investimento será possível adaptar toda a linha de produção da unidade ao novo conceito da marca”, explica Fábio Medeiros, vice-presidente da unidade de lácteos da BRF. “A nova proposta da marca traz visibilidade frente à concorrência e destaca o valor agregado dos nossos produtos", completa o executivo. Aproximadamente 1,5 mil funcionários trabalham na unidade de Carambeí. A cidade possui uma forte influência holandesa, que também é o ícone de destaque da marca. Novo conceito A Batavo usou como norte para o reposicionamento da marca aplicar soluções da natureza ao cotidiano. “As pessoas estão com déficit ‘de’ e ‘com’ a natureza”, revela Matiello. “Entendemos que a alimentação é uma forma de estabelecer esta conexão”, afirma. Para materializar este conceito, foram desenvolvidas três linhas de iogurtes adoçados com frutose – o açúcar da fruta – que é natural e tem vantagens em relação aos demais tipos de açúcar e adoçantes utilizados pela indústria de lácteos, entre elas, menor índice glicêmico, não necessita de digestão e não depende de insulina para ser metabolizada. Fonte: Globo Rural Plantio Direto é destaque no Paraná Dentre as atitudes sustentáveis enfatizadas pelo programa Agricultura de Baixo Carbono, o Plantio Direto na Palha é o mais disseminado entre os agricultores paranaenses. O pesquisador do Iapar, Sérgio José Alves, informa que o Estado possui 5 milhões de hectares plantados no sistema. O produtor Cláudio Vicente D'Agostini foi um dos pioneiros a aderir ao plantio direto. Em sua propriedade de 387 hectares, localizada em Sabáudia, D'Agostini utiliza a técnica há 20 anos. ''Não sei se ficaria na roça sem o plantio direto'', ressalta. Com o ABC, o Ministério da Agricultura pretende ampliar a área ocupada com a técnica em 8 milhões de hectares. A semeadura direta na palha faz com que a terra não fique exposta ao sol. Além disso, ao dispensar o revolvimento da terra, o sistema preserva a matéria orgânica no solo, o que representa mais carbono fixado. De acordo com o engenheiro agrônomo do Instituto Emater, Geraldo Moreli, a lavoura de Cláudio D'Agostini possui elevado nível de carbono por metro cúbico de solo, devido ao processo contínuo de plantio direto e à realização de rotação de culturas. ''Ao manter a palha no solo o produtor evita erosão e os microorganismos agem com mais intensidade'', explica Moreli. Segundo Sérgio Alves, com o plantio direto a taxa de apodrecimento da palha que fica na superfície é menor se comparado ao solo arado. ''Quando a palhada apodrece, uma parte do carbono é absorvida pelo solo e outra volta para a atmosfera'', elucida. Alves afirma que a média de presença de matéria orgânica do solo em Londrina é de 1,8%. ''Já registramos índices de 3% de matéria orgânica em áreas com plantio direto'', salienta. Fonte: Agrolink
  3. 3. Curso Mulher Atual – Junho de 2012 Já concluímos o 4° Encontro do Curso Mulher Atual ministrado na Sede do Sindicato Rural a qual cito Rua: XV de Novembro 373, e podemos observar a melhoria a qual vem nos beneficiando pelo aprendizado do mesmo, o Curso traz inúmeras informações para as mulheres de Piraí do Sul e será concluído no dia 08 de Agosto de 2012, a qual contará com um certificado de 80 horas. O Sindicato Rural de Piraí do Sul está com inscrições abertas para o Curso de Trator Básico. Faça já a sua inscrição! PARA MAIORES INFORMAÇÕES ENTRE EM CONTATO: Fone: (42) 3237-1241 Email: sindipatronalpirai@hotmail.com : Sindicato Rural de Piraí do Sul Rua: XV de Novembro, 373
  4. 4. Clipping Informativo Edição nº 01, 01/Julho/2012 Parabéns a todos os Agricultores O Sindicato Rural de Piraí do Sul parabeniza a todos os Agricultores do Brasil.

×