Sistema Respiratório Humano
O sistema respiratório humano é
constituído por um par de pulmões
e por vários órgãos que cond...
Doenças Respiratórias
As doenças respiratórias são as que
afetam o trato e os órgãos do
sistema respiratório.
Quais são os...
Bronquite
A bronquite consiste na inflamação
dos brônquios: canais que
conduzem o ar da traqueia até os
alvéolos pulmonare...
Bronquite aguda
● Está relacionada à inalação de
substâncias tóxicas, irritantes ou
alergênicas. É, geralmente, rápida e
s...
Bronquite crônica
● Também conhecida por doença
pulmonar obstrutiva crônica, a
bronquite crônica se caracteriza
quando o p...
Rinite
● Rinite é uma inflamação das mucosas
do nariz. Várias pessoas têm a doença,
cuja incidência é de 4 em cada 10
paci...
Rinite
● A rinite medicamentosa é muito freqüente,
pois as pessoas usam medicamentos no nariz
sem orientação médica. Muito...
Rinite
● A rinite vasomotora é também comum em
ambientes poluídos, mas pode acontecer em
outras áreas. Quem tem rinite vas...
Asma
● A asma é uma doença inflamatória crónica das
vias aéreas que, em indivíduos susceptíveis,
origina episódios recorre...
Asma
● Suspeita-se de asma em presença de
historial de um dos seguintes sinais ou
sintomas: tosse com predomínio nocturno,...
Asma
● Os sintomas de asma podem ocorrer ou
agravar-se em presença de:
● Exercício físico;
● Infecção viral;
● Animais com...
Asma
● A asma pode ter vários graus de gravidade,
consoante a frequência, a intensidade dos
sintomas e a necessidade de ut...
Asma
● A asma pode ter vários graus de gravidade,
consoante a frequência, a intensidade dos
sintomas e a necessidade de ut...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Doenças respiratórias

509 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
509
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
18
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Doenças respiratórias

  1. 1. Sistema Respiratório Humano O sistema respiratório humano é constituído por um par de pulmões e por vários órgãos que conduzem o ar para dentro e para fora das cavidades pulmonares. Esses órgãos são as fossas nasais, a boca, a faringe, a laringe, a traquéia, os brônquios, os bronquíolos e os alvéolos, os três últimos localizados nos pulmões.
  2. 2. Doenças Respiratórias As doenças respiratórias são as que afetam o trato e os órgãos do sistema respiratório. Quais são os factores de risco? O tabagismo, a poluição, a exposição profissional a poluentes atmosféricos, as condições alérgicas e doenças do sistema imunitário, entre outros.
  3. 3. Bronquite A bronquite consiste na inflamação dos brônquios: canais que conduzem o ar da traqueia até os alvéolos pulmonares. Nestas condições, o paciente tem tosses persistentes, acompanhadas de secreção. Essa doença pode ser aguda ou crônica. A duração e o agravamento das crises é o que diferencia uma da outra.
  4. 4. Bronquite aguda ● Está relacionada à inalação de substâncias tóxicas, irritantes ou alergênicas. É, geralmente, rápida e se cura por completo após a recuperação pulmonar do indivíduo. ● Manifesta-se, muitas vezes, após um resfriado ou gripe: momento em que os pulmões já se apresentam irritados e a imunidade está baixa. Inicialmente, mal estar, aumento das secreções nasais e tosse seca a caracterizam. Essa tosse, com o passar do tempo, passa a eliminar muco e dores no peito e/ou costelas podem surgir. specifique a meta pretendida
  5. 5. Bronquite crônica ● Também conhecida por doença pulmonar obstrutiva crônica, a bronquite crônica se caracteriza quando o portador tem tosse com muco pelo menos três meses ao ano, por dois anos consecutivos. ● É consequência da alteração da mucosa dos brônquios em razão da exposição prolongada de agentes irritantes, como o cigarro (a principal causa de sua manifestação). Esta se apresenta com suas glândulas de muco aumentadas e bronquíolos inflamados. Febre, tosse com expectoração espessa, chiado no peito e respiração dificultada são os sintomas principais em momentos de crise.
  6. 6. Rinite ● Rinite é uma inflamação das mucosas do nariz. Várias pessoas têm a doença, cuja incidência é de 4 em cada 10 pacientes, tanto adultos quanto crianças. ● As causas são várias: desde resfriados, produtos químicos, irritantes, até medicamentos e alergia. Seus sintomas são muito parecidos levando as pessoas a pensar que rinite é um resfriado que não passa ou uma “sinusite” acompanhada de dor de cabeça crônica. ● A rinite alérgica é muito comum, especialmente em cidades grandes, cujo ambiente é poluído e onde a poeira doméstica é abundante, e em locais úmidos, com mofo.
  7. 7. Rinite ● A rinite medicamentosa é muito freqüente, pois as pessoas usam medicamentos no nariz sem orientação médica. Muitos medicamentos usados no nariz podem causar rinite, ao invés de curá-la. ● A rinite irritativa é comum nas grandes cidades, em locais muito poluídos e com agentes irritantes na atmosfera. Os sintomas podem acontecer em pessoas que trabalham sem usar máscaras em fábricas onde são manipulados materiais industriais ou em ambientes com muita poeira, ou que trabalham com tecidos. As crianças que estudam em locais poluídos, ou locais que estão em reforma, podem ter rinite irritativa.
  8. 8. Rinite ● A rinite vasomotora é também comum em ambientes poluídos, mas pode acontecer em outras áreas. Quem tem rinite vasomotora pode apresentar os sintomas quando fica nervoso ou quando está cansado ou com estresse. ● A rinite alérgica é muito comum, especialmente em cidades grandes, cujo ambiente é poluído e onde a poeira doméstica é abundante, e em locais úmidos, com mofo.
  9. 9. Asma ● A asma é uma doença inflamatória crónica das vias aéreas que, em indivíduos susceptíveis, origina episódios recorrentes de pieira, dispneia (dificuldade na respiração), aperto torácico e tosse, particularmente nocturna ou no início da manhã. ● Estes sintomas estão geralmente associados a uma obstrução generalizada, mas variável, das vias aéreas, a qual é reversível espontaneamente ou através de tratamento. ● A asma pode afectar qualquer pessoa, mas tem maior prevalência na população infantil e juvenil.
  10. 10. Asma ● Suspeita-se de asma em presença de historial de um dos seguintes sinais ou sintomas: tosse com predomínio nocturno, pieira recorrente, dificuldade respiratória recorrente e aperto torácico recorrente. ● Eczema, rinite alérgica, história familiar de asma ou de doença atópica estão frequentemente associados à asma. ● Uma observação torácica normal não exclui a hipótese de asma.
  11. 11. Asma ● Os sintomas de asma podem ocorrer ou agravar-se em presença de: ● Exercício físico; ● Infecção viral; ● Animais com pêlo; ● Penas dos pássaros; ● Exposição prolongada aos ácaros do pó doméstico (existentes principalmente em colchões, almofadas e carpetes); ● Fumo, principalmente de tabaco e lenha; ● Pólen, sobretudo na Primavera; ● Alterações de temperatura do ar; ● Emoções fortes, principalmente quando desencadeiam o riso ou choro; ● Produtos químicos inaláveis; ● Fármacos, principalmente ácido acetilsalicílico e beta-bloqueantes.
  12. 12. Asma ● A asma pode ter vários graus de gravidade, consoante a frequência, a intensidade dos sintomas e a necessidade de utilizar medicamentos. – Grau 1: Asma intermitente Os sintomas surgem menos de uma vez por semana ou o doente acorda com os sintomas duas ou menos vezes por mês, ficando assintomático nos períodos entre os sintomas. – Grau 2: Asma persistente ligeira Os sintomas surgem uma ou mais vezes por semana, mas menos de uma vez por dia. O doente acorda com os sintomas durante a noite mais de duas vezes por mês.
  13. 13. Asma ● A asma pode ter vários graus de gravidade, consoante a frequência, a intensidade dos sintomas e a necessidade de utilizar medicamentos. – Grau 3: Asma persistente moderada Os sintomas são diários. O doente acorda com os sintomas durante a noite mais de uma vez por semana e necessita de utilizar diariamente agonistas ß2. As crises afetam a sua atividade diária habitual. – Grau 4: Asma persistente grave Os sintomas são permanentes. O doente acorda frequentemente com os sintomas durante a noite e a sua atividade diária encontra-se limitada.

×