APRENDIZAGEM 
 Processo neuropsicocognitivo que ocorre em um 
determinado momento histórico, em uma 
determinada sociedad...
CONTRIBUIÇÕES DE WALLON 
 Integrar as dimensões afetivas, psicomotoras e 
cognitivas do ser humano de maneira articulada....
FUNCIONAMENTO DO CÉREBRO 
 Segundo pesquisas da neurociência a aprendizagem 
modifica a estrutura física do cérebro. Ele ...
JANELAS DE OPORTUNIDADE 
0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 
DESENVOLVIMENTO MOTOR 
CONTROLE EMOCIONAL 
VOCABULÁRIO 
LINGUAGEM 
MATEMÁ...
CONDIÇÕES NECESSÁRIAS PARA 
APRENDER 
 Cada indivíduo aprende de forma particular, 
dependendo de fatores cognitivos e af...
ESTILOS DE APRENDIZAGEM 
Área observada Visual Auditivo Cinestésico 
Estilos de aprendizagem Aprende por meio da 
observaç...
A leitura e a escrita: processos e 
dificuldades na sua aquisição 
Silvia Deflor Citoler 
Rolando Ortuzar Sonz 
 A leitur...
Fatores que influem na 
aquisição da leitura e escrita: 
 Fatores intrapessoais: capacidades cognitiva, 
personalidade, e...
O que é ler? 
 É uma atividade complexa composta por uma série de 
processos psicológicos de diferentes níveis que começa...
O que acontece com a escrita? 
 A finalidade da expressão escrita é a comunicação 
através de uma mensagem escrita. A sua...
Dislexia e Disgrafia 
 Dislexia: problemas específicos de leitura. No enfoque 
da inclusão, são disléxicos aqueles que po...
Atraso na leitura de escrita 
Déficit linguístico – os leitores com atrasos executam pior 
uma série de tarefas verbais q...
Fases de aquisição da leitura e 
escrita 
 No ensino-aprendizagem, globalmente existem três 
fases: 1) preparação: denomi...
Processodeaquisiodaleituraeescrita 120809091716-phpapp01
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Processodeaquisiodaleituraeescrita 120809091716-phpapp01

100 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
100
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • or
  • Processodeaquisiodaleituraeescrita 120809091716-phpapp01

    1. 1. APRENDIZAGEM  Processo neuropsicocognitivo que ocorre em um determinado momento histórico, em uma determinada sociedade e uma cultura particular. Integra o cerebral, o psíquico, o cognitivo e o social.  SegundoWallon o desenvolvimento da criança aparece descontínuo, marcado por contradições e conflitos, resultado da maturação e das condições ambientais, provocando alterações qualitativas no seu comportamento em geral. O desenvolvimento integrado envolve os campos da afetividade, motricidade e inteligência.
    2. 2. CONTRIBUIÇÕES DE WALLON  Integrar as dimensões afetivas, psicomotoras e cognitivas do ser humano de maneira articulada.  Ressaltar a organização escolar como espaço privilegiado de desenvolvimento humano.  Planejar ações e atividades em que se priorize o movimento e o agir do sujeito que aprende.
    3. 3. FUNCIONAMENTO DO CÉREBRO  Segundo pesquisas da neurociência a aprendizagem modifica a estrutura física do cérebro. Ele realiza novas conexões de acordo com as necessidades que enfrenta. Está constantemente reorganizando-se. É flexível, capaz de aprender e adaptar-se, de melhorar e aperfeiçoar as habilidades mais utili-zadas em consequência da estimula-ção.
    4. 4. JANELAS DE OPORTUNIDADE 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 DESENVOLVIMENTO MOTOR CONTROLE EMOCIONAL VOCABULÁRIO LINGUAGEM MATEMÁTICA/LÓGICA MÚSICA INSTRUMENTAL 10 4 10 6 2.7 6 MÚSICA INSTRUMENTAL MATEMÁTICA/LÓGICA LINGUAGEM VOCABULÁRIO CONTROLE EMOCIONAL DESENVOLVIMENTO MOTOR
    5. 5. CONDIÇÕES NECESSÁRIAS PARA APRENDER  Cada indivíduo aprende de forma particular, dependendo de fatores cognitivos e afetivos.  Os fatores neuropsicocognitivos complexos que interferem na aprendizagem são: processamento perceptivo, psicomotor, atenção, memória, pensamento e linguagem.
    6. 6. ESTILOS DE APRENDIZAGEM Área observada Visual Auditivo Cinestésico Estilos de aprendizagem Aprende por meio da observação Aprende por meio de instruções verbais Aprende fazendo as coisas. Envolve-se diretamente. Leitura Gosta das descrições, desfruta imaginando as cenas. Boa capacidade de concentração. Desfruta do diálogo. Evita descrições longas. Não se fixa nas ilustrações. Prefere as histórias nas quais há ação. Movimenta-se enquanto lê. Não é um grande leitor. Ortografia Tem boa ortografia porque visualiza a palavra. Não costuma ter boa ortografia porque escreve como ouve. Com frequência tem má ortografia. Escreve as palavras como sente Memória Gosta de tomar notas, escreve as coisas para recordar. Lembra-se de rostos mas não de nomes. Lembra de nome mas se esquece dos rostos. Retém por repetição. Recorda mais o que fez e não o que viu ou falou. Resolução de problemas Planeja antecipadamente, orga-niza seus pensamentos escrevendo. Fala de seus problemas, coloca possíveis soluções oralmente. Impulsivo. Com frequência escolhe a solução que envolve maior atividade física.
    7. 7. A leitura e a escrita: processos e dificuldades na sua aquisição Silvia Deflor Citoler Rolando Ortuzar Sonz  A leitura e a escrita são uma aquisição fundamental para as aprendizagens posteriores, já que, na escola, faz-se necessário ler e escrever para aprender.  1- Processos implicados nas capacidades de leitura e escrita  2- diferentes tipos de atrasos e as explicações de sua origem  3- metodologia utilizada para a iniciação à leitura.  4- maturidade para a aprendizagem da leitura e escrita
    8. 8. Fatores que influem na aquisição da leitura e escrita:  Fatores intrapessoais: capacidades cognitiva, personalidade, estilos e estratégias de aprendizagem, motivação;  Fatores interpessoais: situações de ensino-aprendizagem: características do professor, estilos de ensino, interações aluno- aluno, aluno-professor;  Fatores contextuais: contexto educativo e familiar.
    9. 9. O que é ler?  É uma atividade complexa composta por uma série de processos psicológicos de diferentes níveis que começa com um estímulo visual e permite através de uma atuação global e coordenada a compreensão do texto.  Embora os processos psicológicos sejam múltiplos os autores agrupam em dois grupos: 1º o reconhecimento das palavras ( são aqueles que traduzem a letra impressa para a letra falada) e 2º a compreensão (tem como finalidade captar a mensagem ou a informação que nos proporcionam os texto escritos)
    10. 10. O que acontece com a escrita?  A finalidade da expressão escrita é a comunicação através de uma mensagem escrita. A sua aquisição requer a integração de diferentes subprocessos.  A produção de palavras trata-se de codificar ou converter significados e sons em sinais, que é a operação inversa da leitura.
    11. 11. Dislexia e Disgrafia  Dislexia: problemas específicos de leitura. No enfoque da inclusão, são disléxicos aqueles que possuem uma leitura abaixo do nível esperado, independente da causa. Do ponto de vista do ensino deve-se considerar um problema educativo e não médico, e avaliar quais são os processos e operações que não funcionam adequadamente  Disgrafia: dificuldades na produção de palavras que podem ou não estar associadas a problemas na execução motora.
    12. 12. Atraso na leitura de escrita Déficit linguístico – os leitores com atrasos executam pior uma série de tarefas verbais que implicam a produção, percepção, memória, decodificação e segmentação da linguagem. Em geral todos os sintoma apontam para um problema em nível fonológico no reconhecimento das palavras. A investigação dos movimentos oculares e a análise da percepção é uma linha importante de trabalho.
    13. 13. Fases de aquisição da leitura e escrita  No ensino-aprendizagem, globalmente existem três fases: 1) preparação: denominada como maturidade para, 2) aprendizagem propriamente dita e 3)Consolidação.  Aquisição da leitura e escrita que realçam os aspectos metacognitivos: 1) fase cognitiva: compreensão das tarefas que são exigidas, investigação dos processos metacognitivos na aprendizagem em geral, 2) fase de aquisição: prática da tarefa até estar dominada, 3) fase da automatização: a tarefa é executada

    ×