POLUiÇÃO E              ESENVOLVlMENTO:                 PARCERIA QUE                    ÃO DÁ CERTO                 ocê pe...
Ao quebrar                                                                   o concreto, a britadeira                     ...
Mas nem sempre é fá iI                                                                               quanto de uma substân...
Até meados                                                                                       da década de 80,         ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

1 poluição e desenvolvimento

5.294 visualizações

Publicada em

Texto extraído do livro química e sociedade - "pequis".

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.294
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
414
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1 poluição e desenvolvimento

  1. 1. POLUiÇÃO E ESENVOLVlMENTO: PARCERIA QUE ÃO DÁ CERTO ocê pense que a Química só existe paratDliDPÜCéif sua dura vida de estudante. Puro precon- Ietívo dessa Ciência é exatamente o opos- r a vida em sociedade e torná-Ia mais~ladtáViel. Afinal, é estudando as substâncias queas QlJlÍTlico~ ajudam a melhorar as condições de tra- rvar a saúde, aumentar o conforto e até "ar formas de diversão. Desetrwolver novas fontes de energia é outro cientistas. A grande maioria das ativida- humemas depende da energia liberada por rea-àiesotlÍÍT1licas. Sem elas, o mundo moderno não te- er funcionando seu fantástico arsenal en~ia elétrica que faz funcionar elevadores, computadores e lâmpadas é obtida íses por meio de usinas terrnelé- eimam combustíveis fós- petróleo. Já os telefones telefones sem fio, os troles remotos e aparelhos funcionam e obtêm energia reações de materiais exemplo, lítio e são apenas dois - eras utilizações da "r.lC:C:.DC. exemplos. vemos que as rea- pelos químicos para obter a trazem mais conforto e 000 esse progresso costu- s com uma perigosa amea- sf , o nome de poluição.
  2. 2. Ao quebrar o concreto, a britadeira provoca ruídos em níveis acima do recomendado ao ouvido humano. Apesar desse serviço ser feito para melhorar o ambiente urbano, ele não deixa de ser uma forma de poluição sonora. Existem vanos significadospara a palavra poluição. O que éconsiderado poluição para umapessoa pode não ser para outra.Um pichador, por exemplo, não vêseus rabiscos como polúição vi-sual, mas como uma forma deexpressão ou arte. as não é osenso estético que está em dis-cussão aqui. O grande problemaé que as pichações prejudicam apopulação, pois descarac erizamedificações, danificam mo umen-tos e prejudicam a leitura de la-cas de sinalização, o que s áuma pista para qualificar polui-ção: é uma modificação ambien-tal que contraria os interesses da ades sociais e econômicas ou, ·nda. e cause degradação aocoletividade. ie e. poluição química pro- o Quando os efeitos ambien- voca a s bstâncias ou mate-tais de uma ação prejudicam os ~ riais q e p ej dicam a natureza édemais indivíduos, podemos dizer ~O m bom e emplo: ela pode afetarque há alguma forma de poluição. Nesse sentido, a poluiçãoambiental é vista sempre comouma interferência no equilíbrio danatureza. No ambiente, energia e o ar. as ág as e o solo. !fr )0matéria são utilizadas de formaequilibrada, de acordo com as ne-cessidades de cada ecossistema.Porém, quando um ecossistemanão consegue assimilar uma quan-tidade de matéria e/ou energia,ele fica sobrecarregado e dese-quilibra-se. Dizemos, então, queele está poluído. Dessa forma, oconceito de poluição ambiental,do ponto de vista biológico, é acolocação de matéria ou energiaem lugar errado. Poluição pode ser vista tam- bém como toda atividade que pre-judique a saúde, a segurança ou o bem-estar da população, crie condições adversas para as ativi-
  3. 3. Mas nem sempre é fá iI quanto de uma substância é capazContaminante I Efeitos à saúde Principais fontes prejudicar o ambiente. Quanto r o . dustrial um rio pode receber até q e chamemos de poluído? Depende padrão de tolerância adotado, ou seja, dos valores máximos permitidos para os níveis de contaminação de diferen- tes substâncias. São esses valores que servem como parâmetros para a Combustão de carvão identificação de poluição. Doenças cardiovascu- e petróleo contendo A definição de poluente também lares e respiratórias. enxofre. está ligada a determinadas condições e à concentração da substância no Combustão do gás ni-ÓXidos de ambiente. Podemos dizer que toda Danos ao aparelho res- trogênio a altas tem-nitrogênio substância é tóxica em potencial, pois piratório. peraturas na queima(NO e N02) I de combustíveis. seu grau de toxicidade dependerá de ~~~~--~--~ L sua concentração em um determinado lugar. Até o gás oxigênio em excessoHidrocarbonetos mata. Isso mesmo: se respirado em:. H-) elevadas concentrações, esse gás tão essencial à sobrevivência pode agredir Danos aos sistemas nossas células. ° dióxido de carbono, • Ias Atividades industriais, conhecido como gás carbônico (C02), respiratório, gastroin- se inalado em ambiente que o conte- transporte e combus- . testinal, nervoso cen- nha em concentração superior a 10%, tão. tral, renal, etc. pode levar à inconsciência ou até à morte por asfixia. Por outro lado, esse gás é essencial para a vida no globo terrestre, que, sem ele, seria um planeta gelado e vazio. . Há poluição atmos- férica quando ocorre um aumento da quantidade de determinados gases ou de materiais sólidos em suspensão acima de limites definidos. A concentração de poluentes na atmosfera depende de mecanismos de retenção ou tíispersão. Como o volume da atmosfera é muito grande, a fumaça que sai de uma chaminé pode se espa- lhar por uma área vasta, o que atenua seus efeitos poluidores no local da emissão. Contudo, se a liberação de gases tóxicos for muito elevada e a dis- persão não ocorrer adequadamente, instala-se um quadro mais sério de po- luição atmosférica, com grandes danos à saúde da população (veja a tabela acima e à esquerda).
  4. 4. Até meados da década de 80, o ar de Cubatão era quase irrespirável. Entre os fatores que dificul-tam a dispersão de poluentes, orelevo é um dos mais comuns.Cubatão, cidade industrial doEstado de São Paulo, conhecebem esse problema. Esse foi, porvários anos, um dos municípiosbrasileiros de maior concentra-ção de gases tóxicos, emitidospor indústrias da região. Além dafalta de controle das indústrias, oproblema era agravado pela topo-grafia montanhosa, que dificultaa dispersão dos gases. A compreensão de todos es-ses problemas depende do estu-do das propriedades dos gases ede modelos químicos que iremosdesenvolver no decorrer destemódulo. -- ------------ ---" ----" ----- Medidas ~. : PENSE, DEBATA E ENTENDA como a instalação , . de filtros nas indústrias diminuíram os níveis o Baseando-se na leitura do Tema em Foco, justifique o títu- lo "Poluição e desenvolvimento: uma parceria que não dá de poluição atmosférica certo". Você concorda com ele? Por quê? na cidade de Cubatão. fJ Explique, com suas palavras, o que é poluição. Dê exem- plos de poluição presentes em seu dia-a-dia. li Quais os tipos de poluição mencionados no texto? Explique cada um deles. OA prática de grafitagem e de pichação é considerada crime pelo Código Penal brasileiro. Há, no entanto, estu- diosos que vêem as pichações e grafitagens como for- mas de manifestações culturais. E você, o que pensa a respeito? Por que essa prática leva à poluição visual? 11 Por que rodoviárias devem ter telhados bastante eleva- dos? Por que as indústrias possuem chaminés bem altas? Você acha que elas resolvem o problema da poluição? Justifique sua resposta. B Comente as afirmações: "Onde há química, há poluição." "Tudo que é natural é bom. O que é artificial é ruim."

×