3º Apresentação TFG*

15.274 visualizações

Publicada em

3º Apresentação TFG ainda não concluida :B

Publicada em: Educação
1 comentário
3 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
15.274
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
271
Comentários
1
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

3º Apresentação TFG*

  1. 1. FACULDADE DA AMAZÔNIA OCIDENTALCURSO DE ARQUITETURA E URBANISMOProposta De Integração Arquitetônica e Urbanística Da Tentamen E Seu Entorno Para Criação do Centro de Cultura Acriana  Dissertação de TFG  Carla Raíssa G. Dos Santos<br />
  2. 2. <ul><li>TEMAINTERVENÇÃO URBANA E ARQUITETÔNICA
  3. 3. DELIMITAÇÃO DO TEMA</li></ul>Proposta de integração arquitetônica e urbanística da TENTAMEN e seu entorno para criação do centro de cultura acriana.<br />
  4. 4. CENTRO CULTURAL DE ARARASSÃO PAULO.<br />Projeto resultado de um concurso cultura, para a recuperação da historia da estação ferroviária de araras para implantação de um centro cultura municipal.<br />A intervenção teve como principal objetivo, resgatar e valorizar as características histórica de cada construção, através da restauração de seus elementos construtivos e da inserção de novos atributos relativos a mudança de uso.<br />A postura adotada para a intervenção no conjunto pautou-se na distinção dos diversos momentos históricos das construções, através da valorização das características mais significativas que resistiram ao tempo.<br />
  5. 5. PLANTA – CENTRO CULTURAL ARARAS – SÃO PAULO<br />LEGENDA: <br />Plataforma<br />Edifício de serviços: Auditório e Sala de Exposições.<br />Edifício administrativo <br />Edifício de serviços<br />Biblioteca<br />
  6. 6. Centro Cultural de Araras – São Paulo<br />Edifício do Auditório<br />Salão de Exposições<br />Fonte: Centro Cultural de Araras – São Paulo « concursosdeprojeto.org <br />
  7. 7. CENTRO DE DANÇAArchi 5 Arquitetos Associados.<br />Sala de Aula<br />Destaque as aberturas na parede central do sobrado, à direita<br />Construção, que no final do século 19 foi a residência do pintor Victor Meirelles, sobrado oitocentista de estilo eclético , no bairro da Glória, foi eleito pelos arquitetos do escritório carioca Archi 5 para abrigar a nova sede da companhia de dança de Deborah Colker. A escolha do imóvel se revelou adequada não só às demandas do programa, mas também às solicitações da bailarina e coreógrafa em relação a fácil acessibilidade, preservação arquitetônica e revitalização cultural de trecho do núcleo histórico da cidade.<br />“O projeto simboliza a relação entre passado e presente, característica de toda criação artística”, declara o arquiteto Bruno Fernandes. <br />
  8. 8. PLANTAS – CENTRO DE DANÇA - Archi 5 Arquitetos Associados.<br /><ul><li>Legenda
  9. 9. Legenda</li></ul>Hall<br />Secretaria<br />Figurinos<br />Cenotécnica<br />Área Livre<br />Diretoria<br />Estar<br />Galpão de Ensaios<br />Salas de Aula<br />Aquecimento<br />Vazio<br />CORTE E FACHADA<br />
  10. 10. CENTRO DE DANÇA - Archi 5 Arquitetos Associados.<br />Hall de Entrada com a modificação para um pé direito duplo.<br />Espaço de ensaio dos bailarinos - Luminosidade natural, pé-direito elevado e cobertura metálica.<br />Fonte: ARCOWEB - Archi 5 Arquitetos Associados<br />
  11. 11. CAFETERIA Flávio Agostini, Frederico Bernis e Juliana MyrrhaCafé e Charutaria, Belo Horizonte - MG.<br />Foi em Meca que surgiram as primeiras cafeterias. Cidades como essas, eram centros religiosos para reza e meditação e a religião muçulmana proibia o consumo de qualquer tipo de bebida alcoólica. Desta forma, os cafés se transformaram em casas onde era possível se passar à tarde conversando, ouvindo música e bebendo café. A bebida conquistou o mundo. As cafeterias tornaram-se famosas no Oriente pelo seu luxo e suntuosidade e pelos encontros entre comerciantes, para a discussão de negócios ou reuniões de lazer.<br /><ul><li>Legenda</li></ul>Acesso Principal<br />Área para mesas<br />Bancada de Apoio<br />Balcão<br />Área para fumantes <br />Umidor<br />Fonte: ARCOWEB - Flávio Agostini, Frederico Bernis e Juliana Myrrha / AS CAFETERIAS - Café Historia. <br />
  12. 12. PROPOSTA<br />Proposta de integração arquitetônica e urbanística da TENTAMEN e seu entorno para criação do centro de cultura acriana.<br />
  13. 13. LOCALIZAÇÃO<br />CINE TEATRO<br />TENTAMEN<br />
  14. 14. TENTAMEN<br />Criada em 1924, pela necessidade de espaços recreativos , algumas famílias resolveram criar um clube recreativo. Construída de madeira de lei, a TENTAMEM é o símbolo de valorização do projeto.<br />
  15. 15.
  16. 16. CINE TEATRO RECREIO<br />Antes de se tornar Cine Teatro Recreio, em 1928 havia o Cine Éden um cinema que projetava filmes mudos. Depois o proprietário do Cine Éden vendeu os maquinários e a razão social para a diretoria da sociedade recreativa TENTAMEN, que cria o Cine Teatro, fazendo assim parte da vida, da cultura e da arte do estado do acre. <br />O Cine passou por várias reformas. Antes com estruturas de madeira e assoalho de cambril. Hoje em sua atual reforma, valorizando e conservando a fachada e fazendo a junção dos cines com a Galeria de Artes e todo o entorno, o Cine se torna assim um ponto de encontro da população como se era antigamente.<br />
  17. 17. PLANTA TÉRREO – CINE TEATRO RECREIO<br />Pátio Coberto – Bar/ Bomboniere – Banheiros e Bilheteria.<br />Depósito – Subestação e Sala de Projeção<br />Funcionários: Depósito – Administração – Copa – Área Aberta de Convivência e Sanitários. <br />LEGENDA: <br />Sala Memória do Cine Teatro Recreio<br />Circulação<br />Artístico: Palco – Camarim e Sanitários.<br />Camarote e Platéia<br />ACESSO AO PÚBLICO<br />ACESSO DE FUNCIONÁRIOS<br />CIRCULAÇÃO<br />ACESSO A GALERIA DE ARTE<br />
  18. 18. PLANTA TÉRREO – CINE TEATRO RECREIO<br />Cobertura<br />Sala de Projeção<br />Hall de Entrada e Cabine de Projeção<br />LEGENDA: <br />Circulação – Sala de Som/Iluminação e Sala de Apoio<br />Administração<br />Camarote – platéia - Palco e Camarim.<br />
  19. 19. CORTES– CINE TEATRO RECREIO<br />CORTE AA<br />CORTE BB<br />CABINE DE PROJEÇÃO<br />SALA DE EXIBIÇÃO<br />
  20. 20. CORTES– CINE TEATRO RECREIO<br />CORTE CC<br />CORTE DD<br />FORRO ACÚSTICO/ PLATÉIA E BANHEIROS<br />SALA DE EXIBIÇÃO - PALCO<br />
  21. 21. PLANTA – CAFÉ<br />Área de Mesas Área: 162,75m²<br />Cozinha <br />Área: 26,59m²<br />Carga/Desc.<br />Área: 2,25m²<br />Lixo<br />Área: 1,66m²<br />Legenda: <br />Banheiros:<br />Área: 10,0m²<br />Depósito<br />Área: 4,12m²<br />WcFunc.<br />Área: 162,75m²<br />Espaço Aberto<br />Área: 76,65m²<br />
  22. 22. PLANTA – CAFÉ<br />ENTRADA PRINCIPAL<br />Exposição de Livros<br />Área: 116,17m²<br />Espaço Administrativo <br />Área: 10,50m²<br />Brinquedoteca<br />Área: 66,56m²<br />Legenda: <br />ACESSOS A CAFETERIA<br />Espaço para Leitura:<br />Área: 55,68m²<br />Caixa<br />Área: 8,76m²<br />Leitura de Periódicos<br />Área: 25,26m²<br />VENTILAÇÃO<br />
  23. 23.
  24. 24. j<br />

×