O relato do milagre a cura do filho do Oficial do Rei (João 4:46-54), e a
 Home > Milagres de Jesus > A cura do filho do Of...
O relato do milagre a cura do filho do Oficial do Rei (João 4:46-54), e a
cura do servo do centurião (Mateus 8:5-13; Lucas 7...
e Marta, que também pensou que Cristo tinha que estar presente para
curar seu irmão Lázaro (João 11:21, 32).
Jesus elogia ...
elas correm para ouvir o que os médicos e psiquiatras têm a dizer. Hoje,
muitos que professam igrejas cristãs não demostra...
JURACI ROCHA
Juraci Rocha, um paulistano já cinquentão. Escrevo neste blog
onde procuro captar os anseios e expectativas d...
Escreva o seu comentário aqui...Escreva o seu comentário aqui...
Filhos de Ezequiel Copyright © 2015.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A cura do filho do funcionário real

464 visualizações

Publicada em

O relato do milagre da cura do filho do Oficial do Rei, e a cura do servo do centurião revela Jesus como capaz de curar a partir de uma distância

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
464
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A cura do filho do funcionário real

  1. 1. O relato do milagre a cura do filho do Oficial do Rei (João 4:46-54), e a  Home > Milagres de Jesus > A cura do filho do Oficial do Rei A cura do filho do Oficial do Rei Facebook® Account Sign Up AUTO-AJUDA CULTURA & VARIEDADES ESTUDO BÍBLICO MILAGRES DE JESUS REFLEXÕES CRISTÃS SALMOS VIDA CRISTÃ     Estudo de bíblia grátis como nascer novamente da água e do Espírito HOME SOBRE TERMOS DE USO PRIVACIDADE COMENTÁRIOS CONTATO
  2. 2. O relato do milagre a cura do filho do Oficial do Rei (João 4:46-54), e a cura do servo do centurião (Mateus 8:5-13; Lucas 7:1-10) revela Jesus como capaz de curar a partir de uma distância, apenas pelo poder de sua Palavra. Por causa de sua experiência como comandante, o centurião sabia que não era necessário que Jesus fosse à sua casa para visitar o servo doente e orar por ele. Então, como agora, a distância não é um fator de capacidade de Cristo para curar; sua Palavra é suficiente, se perto ou longe. A verdadeira fé não requer nenhum sinal visível. A fé do centurião era na capacidade espiritual de Jesus; ele tinha a confiança na eficácia da Palavra de Cristo para curar os doentes e moribundos. Como um homem de autoridade, ele acreditou e entendeu que as doenças tinham que obedecer a ordem de Jesus, assim como os seus homens tinham de obedecer- lhe como seu oficial superior. Ele sabia que a autoridade transcende distância. Um oficial não precisa estar pessoalmente presente para comandar seus soldados para realizar suas ordens. Foi suficiente para Cristo para exercer sua vontade através de sua palavra, e ela é realizada. No entanto, a rápida cicatrização de uma pessoa doente à distância é uma ocorrência rara na cura de milagres da Bíblia (ver Mateus 15:21-28; Marcos 7:24-30). A fé do centurião é louvável porque ele tinha recebido a Palavra de Deus. Ao pedir a Cristo para curar seu servo por sua palavra, ele mostra que confiou na Palavra de Deus. Ele acredita que tudo o que é necessário é a Palavra de Deus ser falada para que ocorra a cicatrização em até mesmo o caso mais desesperado. A fé do centurião é perfeita, pois não exigem a presença corporal de Cristo para curar, superando até mesmo a do nobre, cujo filho foi curado (João 4:49). Sua fé também é mostrada para ser maior do que o de Maria e Marta, que também pensou que Cristo tinha que estar presente para O homem da mão mirrada encontra-se com Jesus As sete fases da vida de Abraão O que a Bíblia diz AS 10 PÁGINAS MAIS ACESSADAS Estudo de bíblia grátis como nascer novamente da água e do Espírito Sign Up Connect with Family and Friends. Sign Up & Join The Community Now!
  3. 3. e Marta, que também pensou que Cristo tinha que estar presente para curar seu irmão Lázaro (João 11:21, 32). Jesus elogia a fé do centurião, porque é a fé em sua Palavra. Quando o centurião diz que ele não é digno da sua presença, ele diz que ele acreditava que tudo o que tinha que feito era falar e o milagre iria acontecer. Para explicar a sua compreensão do princípio, o centurião diz: “Pois eu também sou homem sujeito à autoridade, e tenho soldados às minhas ordens, e digo a este homem, ‘Vai’, e ele vai” (Mateus 08:09). Ele reconhece o poder da palavra falada, porque ele está familiarizado com autoridade, mas ele também acredita que a palavra de Cristo tem poder e autoridade até mesmo sobre a doença. Ao pedir a Jesus que curasse simplesmente falando, o centurião mostra que ele aceitou a autoridade da palavra de Cristo. Ninguém pode ter a fé verdadeira, se eles rejeitam a Palavra de Deus. Imagem – Cura do filho de um oficial do rei (1752), Joseph-Marie Vien 1716-1809 É impossível agradar a Deus sem fé (Hebreus 11:6). Muitas pessoas duvidam que a Palavra de Deus seja suficiente. Se elas têm um problema, elas correm para ouvir o que os médicos e psiquiatras têm a dizer. Hoje, O que a Bíblia diz sobre sexo anal entre casados? Três passos para amar os inimigos A cura dos dez leprosos Abigail, um exemplo de mulher sábia O que é o Amor Ágape? É certo o cristão orar no monte? Os 10 homens mais inteligentes da Bíblia Como se manifesta o chamado de Deus
  4. 4. elas correm para ouvir o que os médicos e psiquiatras têm a dizer. Hoje, muitos que professam igrejas cristãs não demostram muita confiança na Palavra de Deus. O centurião “dize somente uma palavra” não é um comando aplicável para a maioria dos cristãos. Nos dias de hoje, as igrejas usam um monte de entretenimento para atrair as pessoas para as suas reuniões, acreditando que é essencial para seu sucesso. No entanto, “só fala uma palavra” é a verdadeira essência do sucesso espiritual. Sem a Palavra de Deus, a igreja não irá manter uma base sólida de verdade e crescer. QUE TIPO DE EVIDÊNCIA COMPROVA QUE A CURA OCORREU? Aqueles que foram enviados para a casa onde o servo doente estava, encontraram-no completamente curado. A evidência de cura do servo era abundante, excelente, e muito visível; eles não precisaram olhar através de um microscópio para provar que ele fora curado. Ele havia sido paralisado, com muita dor, e perto da morte, mas agora ele estava completamente bom. Eles não precisavam de nenhuma outra prova para convencê-los de que um verdadeiro milagre havia ocorrido. Jesus forneceu muitas provas incontestáveis durante o seu ministério que confirmam a sua capacidade sobrenatural e propósito divino (Atos 1:3). Todo o mundo faz todos os esforços para desacreditar a Jesus Cristo e suas obras milagrosas, quando a prova de sua soberania e poder são vistos em coisas cotidianas. “Pois os seus atributos invisíveis, ou seja, o seu eterno poder e sua natureza divina, têm sido claramente percebido, desde a criação do mundo, nas coisas que foram feitas. Então eles fiquem inescusáveis” (Romanos 1:20-21). Vemos Deus agindo em nossas vidas? Deixe registrado o seu relato logo abaixo na área de comentários. Artigo traduzido do original em inglês Healing a centurion’s servant PESQUISAR
  5. 5. JURACI ROCHA Juraci Rocha, um paulistano já cinquentão. Escrevo neste blog onde procuro captar os anseios e expectativas dos leitores que por aqui passam. Assim, procuro oferecer artigos de auto-ajuda, reflexões, mensagens, estudos bíblicos, cultura e variedades, tudo centrado numa perspectiva cristã. Um comentário Participe da discussão, deixe o seu comentário Responder Dilcimar Se você tem um problema seja qual for clame a Deus com fé pois ele te ouvirar Deus pai me curou me deu minha saude de volta se você cre fassa como eu. E irei contar esse livramento para todos onde eu for porque so existe um Deus ele e o medico dos medicos gloria a Deus
  6. 6. Escreva o seu comentário aqui...Escreva o seu comentário aqui... Filhos de Ezequiel Copyright © 2015.

×