Jacques Delors

12.060 visualizações

Publicada em

Apresentação de pesquisa sobre o autor.

1 comentário
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
12.060
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
102
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
81
Comentários
1
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jacques Delors

  1. 1. <ul><li>“ Licenciatura em Química ” </li></ul><ul><li>Propostas Curriculares e Questões de Didática </li></ul><ul><li>“ PENSADORES DA EDUCAÇÃO” </li></ul><ul><li>Grupo: Daniel </li></ul><ul><li>Graziela </li></ul><ul><li>Patrícia </li></ul>Faculdades Oswaldo Cruz
  2. 2. <ul><li>Jacques Delors </li></ul><ul><li>20 Julho de 1925 </li></ul>
  3. 3. Jacques Delors <ul><li>Nasceu em Paris. </li></ul><ul><li>Político europeu de nacionalidade francesa. </li></ul><ul><li>De origem humilde. </li></ul><ul><li>Foi funcionário do Banco de França. </li></ul><ul><li>Estudou Economia na Sorbonne. </li></ul><ul><li>Filiou-se ao Partido Socialista Francês. </li></ul><ul><li>Foi nomeado ministro da Economia e Finanças de França. </li></ul><ul><li>Assumiu a Presidência da Comissão Europeia (CE) e assegurou três mandatos (1985 – 1995). </li></ul><ul><li>Aprovou o Acto Único Europeu (1986). </li></ul>
  4. 4. Jacques Delors <ul><li>27 de março de 1995 – foi inaugurado o Centro com seu nome – CIEJD – Centro de Informação Européia Jacques Delors. </li></ul><ul><li>Presidiu a Comissão Internacional sobre a educação para o século XXI (1992 – 1996). </li></ul><ul><li>Foi presidente do Conselho de Administração do Colégio Europe de Burges. </li></ul><ul><li>Atualmente é também Presidente do Conselho de Emprego, de Receitas e da Coesão Social (CERC) – (Desde maio de 2000). </li></ul>
  5. 5. Principais Contribuições para a Construção Européia <ul><li>Envolveu um profundo relançamento da construção européia – Propôs o “Objectivo 1992” (Suspensão das fronteiras aduaneiras e fiscais entre os estados membros). </li></ul><ul><li>Principal inspirados do Acto Único, o qual levou à criação do Mercado Único Europeu. </li></ul><ul><li>Foi protagonista na transformação da Comunidade Européia em União Européia, encaminhando as nações da Comunidade para a moeda única e para maior cooperação ao nível de defesa. </li></ul><ul><li>Foi também o iniciador das políticas estruturais da União “Pacote Delors”, da Carta Social Européia e do Programa Educativo Erasmus. </li></ul>
  6. 6. “ Rejeito uma Europa que seja apenas um mercado, uma zona de livre troca sem alma, sem consciência, sem vontade política, sem dimensão social. Se é essa a direção para onde vamos, lanço um grito de alarme”.
  7. 7. <ul><li>Educação do Século XXI - Educação do Futuro - Educação Permanente </li></ul><ul><li>“À Educação cabe fornecer, de algum modo, os mapas de um mundo complexo e constantemente agitado e, ao mesmo tempo, a bússola que permite navegar através dele.” </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Educação </li></ul><ul><li>Aponta como principal conseqüência da sociedade do conhecimento, a necessidade de uma aprendizagem ao longo de toda a vida fundamentada em quatro pilares, que são, concomitantemente, do conhecimento e da formação continuada, ou seja, os 4 Pilares da Educação. </li></ul>
  9. 9. Os quatro pilares da educação <ul><li>Aprender a conhecer – Indica o interesse, a abertura para o conhecimento, que verdadeiramente liberta da ignorância. </li></ul><ul><li>Aprender a fazer – Mostra a coragem de executar, de correr riscos, de errar mesmo na busca de acertar. </li></ul><ul><li>Aprender a conviver – Traz desafios da convivência que apresenta o respeito a todos e o exercício de fraternidade como caminho do entendimento. </li></ul><ul><li>Aprender a ser – O mais importante por explicitar o papel do cidadão e o objetivo de viver. </li></ul>
  10. 10. “ Conhecer não é acumular conhecimentos, informações ou dados. Conhecer implica mudança de atitudes, saber pensar e não apenas assimilar conteúdos escolares do saber universal ”. <ul><li>Rompimento da noção clássica de “aula” confinada entre quatro paredes. </li></ul>
  11. 11. Modelo de escola <ul><li>O professor deve desenvolver o aluno, e não simplesmente matar a sua curiosidade ou espírito crítico. </li></ul><ul><li>Deve estimular a capacidade de abertura à atividade e de enfrentar as inevitáveis tensões entre pessoas, grupos e nações. </li></ul><ul><li>Deve estimular o confronto através do diálogo e da troca de argumentos. </li></ul><ul><li>Deve estimular a criatividade e a inovação. </li></ul><ul><li>Deve estimular a participação de professores e alunos em projetos comuns, visando enriquecer a relação professor/aluno. </li></ul>
  12. 12. Obra mais conhecida <ul><li>Educação: Um Tesouro a Descobrir </li></ul>

×