A INDÚSTRIA DE ANIMAÇÃO PARA A TV: UM
ESTUDO EXPLORATÓRIO
SOBRE AS INICIATIVAS BRASILEIRAS NO SETOR
WILIAN GATTI JUNIOR
UN...
Este artigo procura entender como as
produtoras nacionais conseguiram
produzir e exibir seu conteúdo na TV, num
mercado hi...
Método utilizado
• Estudo de Casos Múltiplos
Data Empresa Duração da Entrevista Entrevistados Posição do Entrevistado
17/0...
Caso Flamma
Caso TV Pinguim
Caso 2DLab
Conclusões
As produtoras estudadas desenvolveram
conhecimento por meio da experiência prática
acumulada pelos sócios, ao l...
Conclusões
• O ambiente formado pelos agentes dessa cadeia
produtiva, após a introdução das TVs pagas no
Brasil, favoreceu...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A INDÚSTRIA DE ANIMAÇÃO PARA A TV: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO

359 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
359
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A INDÚSTRIA DE ANIMAÇÃO PARA A TV: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO

  1. 1. A INDÚSTRIA DE ANIMAÇÃO PARA A TV: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO SOBRE AS INICIATIVAS BRASILEIRAS NO SETOR WILIAN GATTI JUNIOR UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI gatti.wilian@gmail.com/wilian.gatti@anhembimorumbi.edu.br MARILSON ALVES GONÇALVES (in memoriam) UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ANA PAULA FRANCO PAES LEME BARBOSA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO afleme@gmail.com
  2. 2. Este artigo procura entender como as produtoras nacionais conseguiram produzir e exibir seu conteúdo na TV, num mercado historicamente dominado por estúdios internacionais, ao mesmo tempo em que procura incentivar pesquisas nessa área. Objetivos
  3. 3. Método utilizado • Estudo de Casos Múltiplos Data Empresa Duração da Entrevista Entrevistados Posição do Entrevistado 17/05/2011 TV PinGuim 1h Célia Catunda Sócia proprietária 07/07/2011 TV PinGuim 1h Kiko Mistrorigo Sócio proprietário 19/09/2011 2DLab 1h André Breitman Sócio proprietário 30/09/2011 Flamma 0h30 Fábio Yabu Ex-sócio proprietário 06/10/2011 2DLab 1h Andrés Lieban Sócio proprietário 13/10/2011 Flamma 0h45 Reynaldo Marchezini Sócio proprietário 14/10/2011 ABCA 1h Marta Machado Ex-presidente ABCA • Dados (relatos) coletados x Dados Imprensa • Comparativo entre os casos
  4. 4. Caso Flamma
  5. 5. Caso TV Pinguim
  6. 6. Caso 2DLab
  7. 7. Conclusões As produtoras estudadas desenvolveram conhecimento por meio da experiência prática acumulada pelos sócios, ao longo de vários anos atuando na indústria criativa. Essa experiência, aliada a visão de negócio, foi decisiva para tornar o conceito das séries em produtos de sucesso na TV.
  8. 8. Conclusões • O ambiente formado pelos agentes dessa cadeia produtiva, após a introdução das TVs pagas no Brasil, favoreceu a produção de animações no país. • Canais dedicados a desenhos aumentaram a demanda por animações e o setor iniciou um movimento articulado, que culminou na criação de uma associação com clara intenção de promover e exportar a produção nacional.

×