Apresentação cobrapi puc fev_2013

594 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
594
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação cobrapi puc fev_2013

  1. 1. PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1° semestre – 2013 Arcos | Barreiro | Betim | Contagem | Coração Eucarístico | Divinópolis | IBAPE | Ipatinga | ISTA | Juiz de Fora | Praça da Liberdade | São Gabriel | Sete LagoasCoordenação técnica:
  2. 2. ApresentaçãoMissão• Aprimorar as competências humanas e técnicas de profissionais de diversas áreas do conhecimento visando atender a uma sociedade em constante evolução• Formação de profissionais desde 1995• Mais de 300 cursos por ano• Cerca de 4.500 alunos por ano
  3. 3. AtividadesEducação Continuada:• Pós-graduação lato sensu (especialização)• Atualização• Capacitação• Eventos (jornadas, workshops, etc.)
  4. 4. Resultados• Aumento da empregabilidade• Ampliação do horizonte profissional• Aprimoramento teórico, articulado com a prática• Networking: relacionamento e troca de experiências com profissionais da área
  5. 5. Diferenciais• Pluralidade de programas• Excelência de corpo docente• Interdisciplinaridade• Tradição de ensino PUC Minas, que completou 50 anos, em 2008• Considerada a melhor universidade privada do Brasil, segundo Guia do Estudante/edições 2006,2010, 2011 e 2012, e a maior universidade católica do mundo, de acordo com a Congregação para Educação Católica/Vaticano. Também foi primeiro lugar entre as universidades particulares brasileiras no que se refere à preferência das empresas no que diz respeito à origem dos recém- formados participantes em seus processos seletivos, segundo o ranking Universitário Folha (RUF), de 2012.
  6. 6. Áreas• Artes • Engenharia e Arquitetura• Ciências da Religião • Fisioterapia• Ciências Sociais • Fonoaudiologia• Comunicação • Gestão• Contabilidade • Informática e Tecnologia• Direito • Meio Ambiente• Educação | PREPES • Nutrição• Educação Física • Odontologia• Enfermagem • Psicologia • Saúde
  7. 7. Alguns parceirosInstituições Privadas Órgãos Públicos • FHEMIG• ABPMP/ELOGROUP • IMPP• CBF • OAB• COBRAPI • Secretaria de Saúde do Estado de• Fundação São Francisco Xavier Minas Gerais• Hospital Felício Rocho • TCE – Tribunal de Contas do Estado• Iveco de Minas Gerais• Reliasoft • Tribunal de Justiça do Estado de• TOTVS Minas Gerais• Vale
  8. 8. Alguns parceiros• Federações e Associações• ABM• ABRAMAN• IBAPE-MG
  9. 9. LocalizaçãoIEC PUC MINAS EM ARCOSAv. Yolando Sebastião Logli, 255 • Prédio I • Sala 22235588-000 • Distrito Industrial II • Arcos • MGTelefone: (37) 3352-2638IEC PUC MINAS NO BARREIROAv. Afonso Vaz de Melo, 1.200Prédio 5 • Sala 501• 30640-070Barreiro • Belo Horizonte • MGTelefone: (31) 3319-4444 | (31) 3328-9545
  10. 10. LocalizaçãoIEC PUC MINAS EM BETIMRua do Rosário, 1.081 • Prédio I • Sala 104 • 32604-115Angola • Betim • MGTelefones: (31) 3319-4444 | (31) 3539-6857IEC PUC MINAS EM CONTAGEMRua Rio Comprido, 4580 • Prédio 07 • Sala 102 • 32010-025Bairro Cinco • Contagem • MGTelefone: (31)3319-4444 | (31)3399-5921
  11. 11. LocalizaçãoIEC PUC MINAS NO CORAÇÃO EUCARÍSTICOAv. Dom José Gaspar, 500 • Prédio 3 • Sala 22730535-901 • Coração Eucarístico • Belo Horizonte • MGTelefone: (31) 3319-4444 | (31) 3319-4547/4303/4545DEPARTAMENTO DE ODONTOLOGIAAv. Dom José Gaspar, 500 • Prédio 46Sala 214 • 30535-901 • Coração EucarísticoBelo Horizonte • MGTelefone: (31) 3319-4444 | (31) 3319-4409 / 4411
  12. 12. LocalizaçãoIEC PUC MINAS EM DIVINÓPOLISRua Maranhão, 390 • Centro • Divinópolis • MG • 35500-066Telefone: 0800 283 0165 | (37) 3212-7090IEC PUC MINAS NO IBAPEAv. Álvares Cabral, 1.600 • Santo Agostinho • MG • 30170-001Telefone: (31) 3319-4444
  13. 13. LocalizaçãoIEC PUC MINAS EM IPATINGAParceria com o Colégio São Francisco Xavier Avenida Itália, 1910, Secretaria Escolar • Cariru Ipatinga • MG • 35160-114 Telefone: (31) 3829-9818 / (31) 3829-9800 IEC PUC MINAS NO ISTAInstituto Santo Tomás de AquinoRua Itutinga, 300 • Minas Brasil • Belo Horizonte • MG • 30535-640
  14. 14. LocalizaçãoIEC PUC MINAS EM JUIZ DE FORAParceria Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora – CESCampus Verbum DivinumAvenida Rio Branco, 3520 • Passos36016-000 • Juiz de Fora • MGTelefone: (32)3250-3850/3851/3852 | (31) 3319-4444
  15. 15. LocalizaçãoIEC PUC MINAS NA PRAÇA DA LIBERDADE• Unidade 1Av. Brasil, 2023 • 7º andar • 30140-002Funcionários • Belo Horizonte • MGTelefones: (31) 3319-4444 / 3269-3259• Unidade 2Rua Cláudio Manoel, 1205 • 30140-100Funcionários • Belo Horizonte • MG
  16. 16. LocalizaçãoIEC PUC MINAS NO SÃO GABRIELRua Walter Ianni, 255 • Bloco L • 2° andar31980-110 • São Gabriel • Belo Horizonte • MGTelefone: (31) 3319-4444 / (31) 3439-5223IEC PUC MINAS EM SETE LAGOASRua Marechal Deodoro, 61 • 35700-047Centro • Sete Lagoas • MGTelefone: (31) 3319-4444 / (31) 3774-9686 / 3775-0019
  17. 17. TítuloSub-títuloTexto
  18. 18. Parceria PUC Minas-COBRAPI• Negócio: Gerenciamento, Consultoria, Projetos e Auditorias em Empreendimentos Industriais• Segmentos: siderurgia, mineração, óleo e gás, celulose entre outros• Presente no mercado desde 1963• Administração é a voltada para as pessoas• Valorização da capacitação técnica e da educação corporativa• É responsável pela formação de mais de 7.000 profissionais, hoje espalhados por todo o País www.cobrapi.com.br
  19. 19. Engenharia:apagão da mão de obra ou da qualificação?
  20. 20. Um pouco da história da engenharia...
  21. 21. Cenário nacional Um contingente razoável deprofissionais desatualizados e ummercado de trabalho aquecido que não consegue absorvê-los.
  22. 22.  Novas exigências com relação ao desempenho profissional na área de engenharia de projetos. Aquecimento do mercado:  Retorno dos investimentos, principalmente nos segmentos de óleo e gás, siderurgia e mineração.  Construção civil.  Programas federais (PAC, Minha casa, minha vida).  Esporte: Copa 2014, Olimpíadas 2016.
  23. 23.  O equilíbrio econômico gera confiança... Confiança gera investimento... Investimento gera desenvolvimento... Para fomentar o desenvolvimento, são necessários ENGENHEIROS
  24. 24. O problema Escassez de engenheiros?Falta de mercado de trabalho? Falta de qualificação?
  25. 25.  IPEA aponta que, caso a economia cresça mais de 4,5% ao ano, em 2020 a oferta de engenheiros não será suficiente para suprir a demanda da indústria, da agroindústria, do comércio e das áreas de tecnologia.
  26. 26. Para um crescimento do Brasil de 5% aoano, é necessárioalgo em torno de 25 engenheirospara cada 100.000 habitantes.
  27. 27.  Em 2009 (Ipea), apenas 38% dos formados em engenharia estavam no mercado nas suas ocupações de formação. OU SEJA: Seis em cada dez engenheiros atuam em outras funções que não engenharia. Em 2020, a previsão é de que esse número aumente para 45%.
  28. 28.  É possível que, em alguns setores, como construção civil, mineração, petróleo e gás, haja um gargalo na oferta de profissionais, caso a economia cresça a níveis elevados
  29. 29.  Porém, o problema não é apenas quantitativo (com possível falta de mão de obra em determinadas especialidades e segmentos): Evasão: a incapacidade do estudante em concluir o curso (= 60%, dos 40% q se formam, apenas 15% formam "direitinho" em 5 anos. A média de o engenheiro formar é em 7 anos) Desvio de área Nível de qualificação do engenheiro (especialização e educação continuada)
  30. 30.  Assim, ...o Brasil pode vir a precisar:  Ou investir ainda mais na formação de novos engenheiros, arquitetos e afins (quantidade) em segmentos estratégicos  Ou contar com mudanças na estrutura de empregos e salários, de forma a gerar menor migração ocupacional desses graduados  Ou Reduzir a evasão  Ou melhorar a qualificação (especialização) dos profissionais já graduados para atender a demanda existente
  31. 31. Talvez...Muito mais que um “apagão” da mão de obra(quantidade) na engenharia, estamos vivendo um apagão da qualificação. qualificação
  32. 32. Para analisar... Como a média da expectativa de vida do brasileiro subiu para 73 anos (100 anos atrás eram 35), o jovem não precisa necessariamente começar a carreira profissional cedo, antes dos 25 anos. Deve sim estudar bem, se qualificar, dedicar tempo aos estudos.
  33. 33. Assim como na vida, na profissão também tudo é uma questão de PRIORIDADE. A educação continuada deve fazer parte permanente dos projetos de investimento dos profissionais de engenharia.Acompanhar os avanços da engenharia é sua prioridade?
  34. 34. SE BEBER, NÃO DIRIGA.
  35. 35. CURSOS Engenharia de Projetos IndustriaisGerenciamento de Projetos Industriais
  36. 36. Projeto Pedagógico• Modular• Baseado nas fases do empreendimento industrial• Corpo docente com experiência e qualificação na área foco do cursoGPI EPI Montagens Ind.
  37. 37. Projeto PedagógicoNúcleo de Metodologia Científica/TCC Disciplinas comuns (conhecimentos básicos) Núcleo de Fundamentação Disciplinas específicas para Núcleo de Especialização cada curso de pós-graduação EPI GPI MGI
  38. 38. EPI Núcleo de Metodologia Científica Disciplinas comuns Núcleo de Fundamentação Disciplinas específicas para o Núcleo de Especialização curso de Engenharia de Projetos Industriais Turma 4: Oferta em 2013/1EPI GPI MGI
  39. 39. GPI Núcleo de Metodologia Científica Disciplinas comuns Núcleo de Fundamentação Disciplinas específicas para o Núcleo de Especialização curso de Gerenciamento de Projetos Industriais Turma 3: Oferta em 2013/1EPI GPI MGI
  40. 40. MGINúcleo de Metodologia Científica Disciplinas comuns Núcleo de Fundamentação Núcleo de Especialização Disciplinas específicas para o curso de Montagens Industriais Turma 1: Oferta em 2014/1EPI GPI MGI
  41. 41. Engenharia de Projetos Industriais• VisãoA elaboração de um projeto industrial é uma tarefa que requer conhecimentointerdisciplinar e multidisciplinar (para a compatibilização), através do esforço compatibilizaçãocombinado e coordenado de especialistas de várias áreas de atuação,“integrando” empresas de engenharia consultiva, fornecedores e clientes.
  42. 42. Engenharia de Projetos Industriais Compatibilização de projetos é a atividade que torna os projetos compatíveis proporcionando soluções integradasentre as diversas áreas que tornam um empreendimento real.
  43. 43. PLANTA BAIXA
  44. 44. Modelo 3D daEstrutura
  45. 45. Modelo 3D das Instalações Hidráulicas
  46. 46. Modelo 3D das A a curiosidade e promover o setorturístico.Instalações Elétricas
  47. 47. Integração dos Modelos 3D(Estrutura,Hidráulica e Elétrica)
  48. 48. Visualização das Interferências Físicas 1
  49. 49. (Tubulação de Hidráulica furando a Viga)
  50. 50. Engenharia de Projetos Industriais• Objetivo geralCapacitar profissionais com visão global de projetos industriais envolvendo as áreas de Civil (Concreto, Estruturas Metálicas e Arquitetura), Elétrica (Eletricidade, Instrumentação e Automação Industrial) e Mecânica (Mecânica e Tubulações Industriais), aperfeiçoando conhecimentos voltados a capacidade de trabalho e intelectual de forças-tarefa criadas para desenvolver projetos de Engenharia alinhados às oportunidades atuais nos principais setores industriais.
  51. 51. Engenharia de Projetos Industriais• Público alvoProfissionais com diploma de ensino superior nas áreas da Engenharia e Arquitetura, que já atuam ou tenham interesse na área de elaboração e gestão de Projetos Industriais nas especialidades de Engenharia Civil, Elétrica e Mecânica.
  52. 52. Engenharia de Projetos Industriais• Duração – Carga horária total: 530 horas-aula – Início: 22 de março de 2013 / Término: setembro de 2014 – Número de horas semanais: 10 horas aula – Distribuição das horas pelos dias da semana: 4 horas-aulas na sexta-feira à noite (de 19:00 às 22:30) e 6 horas-aulas no sábado de manhã (de 07:40 às 13:00). – 30 vagas (critério de seleção através de análise curricular/entrevista)
  53. 53. Engenharia de Projetos Industriais EIXO METODOLÓGICO EIXO FUNDAMENTAL EIXO ESPECIALIZAÇÃOMetodologia de Pesquisa (EAD) Empreendimentos industriais Projetos Industriais Propostas e Administração de contratos Processo industrial - Siderurgia Normalização e Legislação Profissional Processo industrial - Mineração Segurança do Trabalho Processo industrial – Óleo e Gás Gestão de pessoas e os projetos Processo industrial - Celulose Fundamentos da Gestão de Projetos Instalações elétricas industriais Planejamento e controle de projetos Instrumentação e automação industrial Controle da doc. Téc. e Gerenciamento da comunicação Estruturas metálicas Arquitetura Estruturas de concreto e fundações Tubulações industriais Sistemas Térmicos, Refrigeração e Ventilação Hidráulica e Pneumática Máquinas e equipamentos mecânicos
  54. 54. Gerenciamento de Projetos Industriais• VisãoO gerenciamento de projetos industriais é fator chave para o sucesso da realização de empreendimentos, cuidando atentamente do planejamento, da integração e da comunicação onde, seguramente, se encontram os principais fatores do insucesso dos projetos.
  55. 55. Gerenciamento de Projetos Industriais Projeto Suprimento Obra Os três “Insumos” básicos do gerenciamento de projetos industriais
  56. 56. Gerenciamento de Projetos Industriais Função Gerenciamento: regulação da Integração dos insumos geração destes insumos básicos
  57. 57. Gerenciamento de Projetos Industriais Supervisão de obra Projeto x Obra“Domínio da fiscalização” “Domínio da coordenação” “Domínio do planejamento”
  58. 58. Gerenciamento de Projetos Industriais• Objetivo geralCapacitar e atualizar profissionais com conhecimentos e com competência pertinentes ao gerenciamento de serviços de engenharia em empreendimentos industriais, desde a fase de estudos e engenharia de projetos até a entrega, operação e manutenção da planta (“startup”).
  59. 59. Gerenciamento de Projetos Industriais• Público alvoProfissionais com diploma de ensino superior das áreas da Engenharia e Arquitetura, Administração e Economia, que já atuam ou tenham interesse na área de Gerenciamento da Implantação de Projetos (empreendimentos) Industriais e que desejem aprimorar seus conhecimentos em todas as suas fases.
  60. 60. Gerenciamento de Projetos Industriais• Duração – Carga horária total: 436 horas-aula – Início: 22 de março de 2013 / Término: agosto de 2014 – Número de horas semanais: 10 horas aula – Distribuição das horas pelos dias da semana: 4 horas-aulas na sexta- feira à noite (de 19:00 às 22:30) e 6 horas-aulas no sábado de manhã (de 07:40 às 13:00). – 30 vagas (critério de seleção através de análise curricular/entrevista)
  61. 61. Gerenciamento de Projetos Industriais EIXO METODOLÓGICO EIXO FUNDAMENTAL EIXO ESPECIALIZAÇÃOMetodologia de Pesquisa (EAD) Empreendimentos industriais Gerenciamento estratégico e do escopo de projetos Administração de Contratos Gerenciamento da engenharia de projetos Normalização e Legislação Profissional Gerenciamento de suprimentos e riscos Segurança do Trabalho Gerenciamento da construção e montagem Gestão de pessoas e os projetos Gerenciamento do comissionamento e pré-operação Fundamentos da Gestão de Projetos Gerenciamento dos custos Planejamento e controle de projetos Implantação e gerenciamento de PMO Controle da doc. Téc. e Gerenc. da Metodologias aplicadas a projetos e gestão da comunicação integração Estudo de ferramentas Análise técnica e econômica de projetos
  62. 62. PERGUNTAS
  63. 63. OBRIGADO! amietti Rica rdo P. T vo r Executi Direto ão Educaç C OBRAPI 40 ) 8484-94 T +55(31 r pi.com.b tamie tti@cobra(C) 2008 Ricardo P.Tamietti 67

×