Pluralidade

424 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
424
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Em função disto, diversa é a constituição física de cada mundo, e, consequentemente, dos seus habitantes. Cada mundo oferece aos seus habitantes condições adequadas e próprias à vida planetária. As necessidades vitais num planeta poderão não ser as mesmas, até opostas, noutro. As condições de existência dos seres que habitam os diferentes mundos hão de ser adequadas ao meio em que lhes cumpre viver. Se jamais houvéramos visto peixes, não compreenderíamos pudesse haver seres que vivessem dentro d’água. Assim acontece com relação aos outros mundos, que sem dúvida contém elementos que desconhecemos.
  • Não só o corpo material, mas também o perispírito não é o mesmo em todos os mundos. Passando de um mundo ao outro, o Espírito se reveste da matéria própria desse outro. Há mundos em que o Espírito deixa de revestir corpos materiais, só tendo por envoltório o perispírito. Esse o estado dos Espíritos puros.
  • A duração da vida, nos diferentes mundos, parece guardar proporção com o grau de superioridade física e moral de cada um, o que é perfeitamente racional. Quanto menos material o corpo, menos sujeito às vicissitudes que o desorganizam. Quanto mais puro o Espírito, menos paixões a miná-lo.
  • É-lhes uma recompensa ascenderem a um mundo de ordem mais elevada, como é um castigo o prolongarem sua permanência em um mundo desgraçado, ou serem relegados para outro ainda mais infeliz que aquele a que se vêem impedidos de voltar quando se obstinam no mal.
  • Quando em um mundo eles alcançam o grau de adiantamento que esse mundo comporta, passam para outro mais adiantado e assim por diante, até que cheguem ao estado de puros Espíritos.
  • Pluralidade

    1. 1. Pluralidade dosMundos Habitados
    2. 2. • 55. São habitados todos os globos que se55. São habitados todos os globos que semovem no espaço?movem no espaço?•• ““Sim, e o homem terreno está longe de ser,Sim, e o homem terreno está longe de ser,como supõe, o primeiro em inteligência, emcomo supõe, o primeiro em inteligência, embondade e em perfeição.bondade e em perfeição.• Acreditar que só os haja no planeta queAcreditar que só os haja no planeta quehabitamos fora duvidar da sabedoria de Deus,habitamos fora duvidar da sabedoria de Deus,que não fez coisa alguma inútil. Certo, a essesque não fez coisa alguma inútil. Certo, a essesmundos há Ele de ter dado um destinaçãomundos há Ele de ter dado um destinaçãomais séria do que a de nos recrearem a vista.mais séria do que a de nos recrearem a vista.
    3. 3. •mundos e habitantesmundos e habitantesconstituição física diversaconstituição física diversacondições do planetacondições do planetaadequadas à vidaadequadas à vida
    4. 4. • 58. Os mundos mais afastados do Sol estarão58. Os mundos mais afastados do Sol estarãoprivados de luz e calor, por motivo de esseprivados de luz e calor, por motivo de esseastro se lhes mostrar apenas com a aparênciaastro se lhes mostrar apenas com a aparênciade uma estrela?de uma estrela?•• ““Pensais que não há outras fontes de luz ePensais que não há outras fontes de luz ecalor além do Sol e em nenhuma conta tendescalor além do Sol e em nenhuma conta tendesa eletricidade que, em certos mundos,a eletricidade que, em certos mundos,desempenha um papel que desconheceis edesempenha um papel que desconheceis ebem mais importante do que o que lhe cabebem mais importante do que o que lhe cabedesempenhar na Terra? Demais, não dissemosdesempenhar na Terra? Demais, não dissemosque todos os seres são feitos de igual matériaque todos os seres são feitos de igual matériaque vós outros e com órgãos de conformaçãoque vós outros e com órgãos de conformaçãoidêntica à dos vossos”.idêntica à dos vossos”.
    5. 5. • Quando Jesus disse: “Há muitas moradas naQuando Jesus disse: “Há muitas moradas nacasa de meu Pai”, estava nos ensinando ocasa de meu Pai”, estava nos ensinando oprincípio da pluralidade dos mundosprincípio da pluralidade dos mundoshabitados, de uma maneirahabitados, de uma maneiracristalina, para não deixar dúvidas.cristalina, para não deixar dúvidas.•A Casa do Pai é o Universo. As diferentesA Casa do Pai é o Universo. As diferentesmoradas são os mundos que circulam nomoradas são os mundos que circulam noespaço infinito e oferecem, aos espíritos queespaço infinito e oferecem, aos espíritos queneles encarnam, moradas correspondentes aoneles encarnam, moradas correspondentes aoadiantamento dos mesmos espíritos.adiantamento dos mesmos espíritos.
    6. 6. Vocês sabiam que háVocês sabiam que hádiferentes categoriasdiferentes categoriasde mundosde mundoshabitados?habitados?
    7. 7. A duração da vida, nos diferentes mundos, pareceA duração da vida, nos diferentes mundos, pareceguardar proporção com o grau deguardar proporção com o grau desuperioridade física e moral de cada umsuperioridade física e moral de cada um
    8. 8. RecompensaRecompensaAscenderem a um mundo de ordem maisAscenderem a um mundo de ordem maiselevadaelevadaCastigoCastigoProlongarem sua permanência em umProlongarem sua permanência em ummundo desgraçadomundo desgraçadoserem relegados para outro ainda mais infelizserem relegados para outro ainda mais infelizque aqueleque aquele
    9. 9. Em um mundo alcançam o grau deEm um mundo alcançam o grau deadiantamento que esse mundoadiantamento que esse mundocomportacomporta•passam para outro mais adiantadopassam para outro mais adiantadoPuros Espíritos.Puros Espíritos.
    10. 10. Lembram quais são ascategorias de Mundoshabitados?
    11. 11. BibliografiaO Livro dos Espíritos – Pluralidade dos mundosO Evangelho segundo o Espiritismo – Hámuitas moradas na casa de meu Pai.

    ×