Organização Mundial do TurismoMódulo II – Organização Institucional do TurismoCurso Turismo                               ...
Organizações Nacionais• Há um grande número de entidades públicas e privadas nacionais  ligadas ao turismo.• a) Ministério...
Ministério da Economia da Inovação edo Desenvolvimento• O Ministério da Economia, da  Inovação e do Desenvolvimento,  atra...
Turismo de Portugal, IP• Turismo de Portugal, IP é a autoridade turística  nacional responsável pela promoção,  valorizaçã...
A missão do Turismo de Portugal, IPconsiste em:- Qualificar e desenvolver as infra-estruturasturísticas;- Desenvolver a fo...
Quanto à organização regional• Contribuir para os objectivos da  politica nacional do turismo;• Dinamizar e potencializar ...
Confederação do Turismo PortuguêsCTP• Este é um organismo de  associativismo empresarial na  área do turismo, que adquiriu...
A CTP tem como missão:• Assegurar a coesão e unidade interna dos agentes económicos  do turismo e pugnar pelo desenvolvime...
Tem como objectivos• A promoção de estudos e debates de temas que  interessem ao sector económico do turismo;• O diagnósti...
Empresa Nacional de Turismo (ENATUR)• Foi criada em 1976, em consequência da decisão  do Governo de criar um organismo a g...
Associação Portuguesa de Empresas deCongressos, Animação Turística eEventos (APECATE)• A associação Portuguesa de Empresas...
Tem como objetivos:• Representar, afirmar e defender os interesses  dos associados;• Cooperar , em parceria com congéneres...
Associação Portuguesa das Agências deViagens e Turismo (APAVT)• A Associação Portuguesa das Agências de  Viagens e Turismo...
Instituto Nacional de Aviação Civil, IP( INAC)• Abreviadamente designado por INAC, é um  instituto público integrado na  a...
Instituto de Planeamento eDesenvolvimento do Turismo (IPDT)• Associação sem fins lucrativos que tem  como premissa a inves...
Associação do Turismo de Habitação(TURHAB)• Fundada em 1983, com sede em Ponte de Lima,  a TURHAB criou a marca Solares de...
Tem como missão:• Facilitar a negociação com os operadores com os  operadores turísticos, na promoção de uma oferta global...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Organização mundial do turismo catia nº 5

4.996 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.996
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
61
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Organização mundial do turismo catia nº 5

  1. 1. Organização Mundial do TurismoMódulo II – Organização Institucional do TurismoCurso Turismo Cátia Nunes Dias nº5 10ºTur
  2. 2. Organizações Nacionais• Há um grande número de entidades públicas e privadas nacionais ligadas ao turismo.• a) Ministério da Economia da Inovação e do Desenvolvimento• b) Turismo de Portugal IP• c) Confederação do Turismo Português ( CTP)• d) Empresa Nacional de Turismo ( ENATUR)• e) Associação Portuguesa de Empresa de Congressos, Animação Turística e Eventos (APECATE)• g) Associação Portuguesa das Agências de Vagens e Turismo ( APAVT)• h) Instituto Nacional de Aviação Civil, IP (INAC)• i) Instituto de Planeamento e Desenvolvimento do Turismo (IPDT)• j) Associação do Turismo de Habitação (TURHAB)
  3. 3. Ministério da Economia da Inovação edo Desenvolvimento• O Ministério da Economia, da Inovação e do Desenvolvimento, através da secretaria de Estado do Turismo, tutela o Turismo em Portugal e a sua actividade no país.
  4. 4. Turismo de Portugal, IP• Turismo de Portugal, IP é a autoridade turística nacional responsável pela promoção, valorização e sustentabilidade da actividade turística.• Tem como objectivos principais:- Definir a estratégia nacional;- Contribuir para o desenvolvimento do sector;- Promover e valorizar a actividade turística.
  5. 5. A missão do Turismo de Portugal, IPconsiste em:- Qualificar e desenvolver as infra-estruturasturísticas;- Desenvolver a formação de recursos humanos;- Apoiar o investimento no sector;- Coordenar a promoção interna e externa dePortugal como destino turístico;- Regular e fiscalizar os jogos de fortuna e azar.
  6. 6. Quanto à organização regional• Contribuir para os objectivos da politica nacional do turismo;• Dinamizar e potencializar os recursos turísticos;• Monitorizar a oferta turística
  7. 7. Confederação do Turismo PortuguêsCTP• Este é um organismo de associativismo empresarial na área do turismo, que adquiriu personalidade jurídica em 1995, juntando a totalidade das associações empresariais da actividade turística.
  8. 8. A CTP tem como missão:• Assegurar a coesão e unidade interna dos agentes económicos do turismo e pugnar pelo desenvolvimento da actividade económica do turismo;• Assegurar o controlo estratégico da Confederação palas associações empresariais nela filiadas;• Contribuir para a definição da política de turismo;• Reservar a sua intervenção para o tratamento da matérias globais e intersectoriais actuando sempre com uma postura supletiva das iniciativas dos seus associados;• Contribuir para o melhor conhecimento cientifico do turismo como forma de preparação e implementação das medidas de política;• Desenvolver uma organização flexível, credível, eficiente e com capacidade de intervenção.
  9. 9. Tem como objectivos• A promoção de estudos e debates de temas que interessem ao sector económico do turismo;• O diagnóstico e o acompanhamento dos problemas que o atingem, com a intenção de contribuir para a definição de uma estratégia comum que estabeleça as prioridades e proponha as medidas adequadas à sua prossecução.
  10. 10. Empresa Nacional de Turismo (ENATUR)• Foi criada em 1976, em consequência da decisão do Governo de criar um organismo a gerir as participações do Estado no capital das empresas. É responsável por gerir os bens, estabelecimentos e participações financeiras que façam parte do seu património e colaborar na recuperação e aproveitamento para fins turísticos de monumentos entre outros edifícios de valor histórico cultural.
  11. 11. Associação Portuguesa de Empresas deCongressos, Animação Turística eEventos (APECATE)• A associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos é uma associação civil sem fins lucrativos que resulta da fusão de três associações:• A APOPC ( Associação Portuguesa de Organizadores Profissionais de Congressos);• A PACTA ( Associação Portuguesa de Empresas de Animação cultural e de Turismo de Natureza e Aventura);• A AOPE ( Associação de Organizadores Profissionais de Eventos).
  12. 12. Tem como objetivos:• Representar, afirmar e defender os interesses dos associados;• Cooperar , em parceria com congéneres europeus, em trabalhos e debates sobre padrões de qualidade, com vista à certificação de boas práticas empresariais;• Impulsionar as sinergias intersectoriais e as relações profissionais entre associados .
  13. 13. Associação Portuguesa das Agências deViagens e Turismo (APAVT)• A Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo foi fundada em 30 de Maio de 1950 é a única associação desta classe em Portugal e a mais antiga e representativa do turismo nacional e reúne associados efectivos ( agências de viagens nacionais), tem como associados aliados outras empresas relacionadas com o sector turístico. (Ex: agências de viagens, companhias de aviação, hotéis, restaurantes…).
  14. 14. Instituto Nacional de Aviação Civil, IP( INAC)• Abreviadamente designado por INAC, é um instituto público integrado na administração indirecta de Estado, compete-lhe assegurar o bom ordenamento de todas as actividades da esfera da aviação civil, devendo regular e fiscalizar as condições em que as mesmas se desenvolvem.
  15. 15. Instituto de Planeamento eDesenvolvimento do Turismo (IPDT)• Associação sem fins lucrativos que tem como premissa a investigação aplicada no sector do turismo e ensino pós-graduado, é uma das novas entidades afiliadas da Organização Mundial do Turismo (OMT) passando, assim, a integrar um grupo restrito de entidades dedicadas ao “ desenvolvimento positivo do turismo” tem como missão contribuir para o desenvolvimento sustentado do turismo partilhando conhecimentos e experiencias globais.
  16. 16. Associação do Turismo de Habitação(TURHAB)• Fundada em 1983, com sede em Ponte de Lima, a TURHAB criou a marca Solares de Portugal dez anos depois detentora da marca Solares de Portugal congregando cerca de 100 casas, classificadas em Casas antigas, Quintas e Herdades e Casas Rústicas.
  17. 17. Tem como missão:• Facilitar a negociação com os operadores com os operadores turísticos, na promoção de uma oferta global de, sensivelmente, 1250camas;• Desempenhar um papel coordenador em todo o processo, de organização do produto e dos preços no sentido de levar a cabo, com sucesso, a negociações entre operadores e as casa, dinamizando canais de distribuição, incentivando formas de promoção;• Criar para todos os intervenientes um ponto central de contacto para reservas e acções promocionais, servindo de interlocutor entre os turistas/ hóspedes e as casa, substituindo-as na execução das reservas e na informação complementar das potencialidades existentes.

×