A Epístola aos Romanos  Estudo 10 “ A fé é pelo ouvir” A compreensão da justiça de Deus Texto bíblico: Romanos 10.1-21
Introdução (I) Carta aos romanos?... Não seria aos judeus? Tal a insistência de Paulo em pregar a eles?... Do capítulo 2 a...
Introdução (II) Sim, a razão para isto é que a igreja em Roma seria formada na sua maioria por judeus convertidos. Vindos ...
Introdução (III) Vamos dividir o texto em sete partes para melhor estudo: 1.Zelo s/entendimento 2.Moisés x Cristo; 3.A dec...
1.Zelo s/entendimento (Rm 10.1-3) Ele vai mais uma vez demonstrar o seu desejo pela salvação de seu povo: “ Irmãos, o bom ...
Paulo vai insistir ainda na tese de que os judeus eram zelosos para com Deus, mas rejeitavam a verdadeira justiça de Deus:...
Para isto vai mais longe ainda fechando a questão declarando o que lhes faltava: “ Porquanto, não conhecendo a justiça de ...
2.Moisés x Cristo (Rm 10.4-7) Antepõe então a graça de Cristo á lei mosaica “ Pois Cristo é o fim da lei para justificar a...
Sim, a graça da salvação prescinde das obras. Não há necessidade delas. Cristo já as cumpriu:  “ Mas a justiça que vem da ...
3.A declaração cabal (Rm 10.8-10) O apóstolo acrescenta então seu argumento sobre a graça salvadora  (Dt 30.14): “ Mas que...
Complementando o seu  argumento sobre a superioridade da fé sobre a lei, de maneira categórica: “ Porque, se com a tua boc...
E indo mais além, acrescenta ainda, como que para finalizar a discussão: “ Pois é com o coração que se crê para a justiça,...
4.Um Evangelho único (Rm 10.11,12 / Is 28.16) Sim, todo ser humano pode ser salvo “ Porque a Escritura diz: Ninguém que ne...
5.Uma constatação marcante  (Rm 10.13-16) “ Porque: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. Como pois invocar...
Paulo faz então um apelo à pregação do Evangelho: “ E como pregarão, se não forem enviados? Assim está escrito: Quão formo...
Recorda então que desde os tempos do AT, o povo de Deus não dava atenção à mensagem profética: “ Mas nem todos deram ouvid...
6.A expansão do Evangelho  (Rm 10.17,18) “ Logo a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Cristo. Mas pergunto: Porvent...
7.Uma triste profecia (Rm 10.19-21) “ Mas pergunto ainda: Porventura Israel não o soube? Primeiro diz Moisés: Eu vos porei...
Revendo o AT: ” E Isaías ousou dizer: Fui achado pelos que não me buscavam, manifestei-me aos que por mim não  perguntavam...
Conclusões 1.O povo de Deus perdeu a sua posição de primazia no plano redentor de Deus; 2.Preferiu a lei que implementou, ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

“A fé é pelo ouvir”

2.048 visualizações

Publicada em

Estudo 10 – A Epístola aos Romanos

Publicada em: Espiritual, Turismo, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.048
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
86
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
73
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • vi
  • vi
  • “A fé é pelo ouvir”

    1. 1. A Epístola aos Romanos Estudo 10 “ A fé é pelo ouvir” A compreensão da justiça de Deus Texto bíblico: Romanos 10.1-21
    2. 2. Introdução (I) Carta aos romanos?... Não seria aos judeus? Tal a insistência de Paulo em pregar a eles?... Do capítulo 2 ao 11, basicamente é o seu povo sempre em foco. Vamos verificar isto novamente hoje:
    3. 3. Introdução (II) Sim, a razão para isto é que a igreja em Roma seria formada na sua maioria por judeus convertidos. Vindos de Jerusalém ou convertidos ali mesmo. Deviam fazer parte de uma classe social mais abastada.
    4. 4. Introdução (III) Vamos dividir o texto em sete partes para melhor estudo: 1.Zelo s/entendimento 2.Moisés x Cristo; 3.A declaração cabal; 4.Um Evangelho único; 5.Uma constatação marcante; 6.A expansão do Evangelho; 7.Uma triste profecia.
    5. 5. 1.Zelo s/entendimento (Rm 10.1-3) Ele vai mais uma vez demonstrar o seu desejo pela salvação de seu povo: “ Irmãos, o bom desejo do meu coração e a minha súplica a Deus por Israel é para a sua salvação.” (Rm 10.1)
    6. 6. Paulo vai insistir ainda na tese de que os judeus eram zelosos para com Deus, mas rejeitavam a verdadeira justiça de Deus: “ Porque lhes dou testemunho de que têm zelo por Deus, mas não com entendimento.” (Rm 10.2)
    7. 7. Para isto vai mais longe ainda fechando a questão declarando o que lhes faltava: “ Porquanto, não conhecendo a justiça de Deus, e procurando estabelecer a sua própria, não se sujeitaram à justiça de Deus.” (Rm 10.3) CRISTO !
    8. 8. 2.Moisés x Cristo (Rm 10.4-7) Antepõe então a graça de Cristo á lei mosaica “ Pois Cristo é o fim da lei para justificar a todo aquele que crê. Porque Moisés escreve que o homem que pratica a justiça que vem da lei viverá por ela”. (Rm 10.4,5 / Lv 18.5)
    9. 9. Sim, a graça da salvação prescinde das obras. Não há necessidade delas. Cristo já as cumpriu: “ Mas a justiça que vem da fé diz assim: Não digas em teu coração: Quem subirá ao céu?... Ou quem descerá ao abismo?... (Rm 10.6,7 / Dt 30.11-13)
    10. 10. 3.A declaração cabal (Rm 10.8-10) O apóstolo acrescenta então seu argumento sobre a graça salvadora (Dt 30.14): “ Mas que diz? A palavra está perto de ti, na tua boca e no teu coração; isto é, a palavra da fé, que pregamos.” (Rm 10.8)
    11. 11. Complementando o seu argumento sobre a superioridade da fé sobre a lei, de maneira categórica: “ Porque, se com a tua boca confessares a Jesus como Senhor, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo.” (Rm 10.9)
    12. 12. E indo mais além, acrescenta ainda, como que para finalizar a discussão: “ Pois é com o coração que se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação.” (Rm 10.10)
    13. 13. 4.Um Evangelho único (Rm 10.11,12 / Is 28.16) Sim, todo ser humano pode ser salvo “ Porque a Escritura diz: Ninguém que nele crê será confundido. Porquanto não há distinção entre judeu e grego; porque o mesmo Senhor o é de todos, rico para com todos que o invocam”
    14. 14. 5.Uma constatação marcante (Rm 10.13-16) “ Porque: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. Como pois invocarão aquele em que não creram? E como crerão naquele de quem não ouviram falar? E como ouvirão, se não há quem pregue? (Rm 10.13,14)
    15. 15. Paulo faz então um apelo à pregação do Evangelho: “ E como pregarão, se não forem enviados? Assim está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam a paz dos que anunciam coisas boas!” (Rm 10.15 / Is 52.7)
    16. 16. Recorda então que desde os tempos do AT, o povo de Deus não dava atenção à mensagem profética: “ Mas nem todos deram ouvidos ao evangelho; pois Isaías diz: Senhor, quem deu crédito à nossa mensagem? (Rm 10.16 / Is 53.1)
    17. 17. 6.A expansão do Evangelho (Rm 10.17,18) “ Logo a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Cristo. Mas pergunto: Porventura não ouviram? Sim, por certo: Por toda a terra saiu a voz deles, e as suas palavras até os confins do mundo” (Rm 10.17,18)
    18. 18. 7.Uma triste profecia (Rm 10.19-21) “ Mas pergunto ainda: Porventura Israel não o soube? Primeiro diz Moisés: Eu vos porei em ciúmes com aqueles que não são povo, com um povo insensato vos provocarei a ira.” (Rm 10.19 / Dt 32.21)
    19. 19. Revendo o AT: ” E Isaías ousou dizer: Fui achado pelos que não me buscavam, manifestei-me aos que por mim não perguntavam. Quanto a Israel, porém, diz: Todo o dia estendi as minhas mãos a um povo rebelde e ingrato (Rm 10.20,21 / Is 65.1)
    20. 20. Conclusões 1.O povo de Deus perdeu a sua posição de primazia no plano redentor de Deus; 2.Preferiu a lei que implementou, à graça prevista na justiça divina; 3.Todos são dignos da salvação de Deus; 4. A pregação da mensagem salvadora.

    ×