SlideShare uma empresa Scribd logo

A Luta Contra o Pecado

J
JUERP

Estudo 09 - Epístolas Gerais II

1 de 18
Baixar para ler offline
As Epístolas Gerais:
Tiago, Pedro, João e
Judas
Estudo 9
A luta contra o pecado
Texto bíblico: 1João 3
Texto áureo: 1Jo 3.6
“Todo o que permanece nele não vive
pecando; todo o que vive pecando não o
viu nem o conhece”.
Introdução (I)
O autor de nossos estudos começa
comparando o pecado a uma enfermidade.
Sua frase é muito dura e direta:
Ele compara o pecado ao
câncer. Enquanto este ataca
o corpo humano. O pecado
ataca a alma.
Enquanto o primeiro corrói a
vida física: o corpo, o
segundo liquida com a vida
espiritual: a alma.
Introdução (II)
Para evidenciar este grande
problema que aflige o crente, o
apóstolo vai dedicar um capítulo
de sua carta, dividindo-o em
sete partes:
1.A nossa expectativa como crentes – 3.1-3
2.Uma heresia antiga que se repete – 3.4-6
3.A diferença existente no viver cristão – 3.7-9
4.Filhos de Deus X Filhos do Diabo – 3.10-12
5.O confronto com o mundo pecador – 3.13-15
6.A vivência cristã em amor e paz – 3.16-20
7.A confiança em Deus nos garante – 3.21-24
1a. Parte – A nossa expectativa como
crentes - 1Jo 3.1-3
Com as Bíblias abertas vamos caminhar no texto
versículo a versículo procurando retirar de cada
um deles, o melhor para o nosso viver.
Lembremos que estamos lendo um
texto de 20 séculos atrás.
Deve nos impressionar o fato de
mesmo distanciados no tempo,
lermos nos escritos do apóstolo,
temas tão atuais e importantes
para os tempos de hoje:
“Vêde que grande amor nos tem concedido
o Pai; que fôssemos chamados filhos de
Deus; e nós o somos. Por isso o mundo não
nos conhece, porque não o conheceu a ele.
Amados, agora somos filhos de Deus, e
ainda não é manifesto o que havemos de
ser. Mas sabemos que, quando ele se
manifestar, seremos semelhantes a ele;
porque assim como é o veremos. E todo o
que nele tem esta esperança, purifica-se a
si mesmo, assim como ele é puro.”
1Jo 3.1-3
Parte 2 - Uma heresia antiga que se repete
1João 3.4-6
Recentemente (década de 90) surgiu na outra
América e chegou ao Brasil no RGS a heresia do
“novo nascimento”. O renascido não peca mais.
Isto é uma heresia antiga. Se repetiu
algumas vezes na história da igreja.
Voltou agora, mas já se desfez,
pelo menos no que se tem notícia.
No entanto, o mundo encontrou um
outro caminho para isto. Em vez de
desmistificar o pecado pelo aspecto
espiritual, prefere desmistificá-lo pelo
aspecto filosófico e moral.
“Isto é um artifício de Deus para
amedrontar o ser humano”

Recomendados

O Evangelho a Ser Vivido Pelo Cristão
O Evangelho a Ser Vivido Pelo CristãoO Evangelho a Ser Vivido Pelo Cristão
O Evangelho a Ser Vivido Pelo CristãoJUERP
 
Colossences 3 (parte 1)
Colossences 3 (parte 1)Colossences 3 (parte 1)
Colossences 3 (parte 1)Joel Silva
 
Colossences 3 (parte 2)
Colossences 3 (parte 2)Colossences 3 (parte 2)
Colossences 3 (parte 2)Joel Silva
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTOPastor Natalino Das Neves
 
Lbj lição 7 Quando o legalismo substitui a adoração
Lbj lição 7   Quando o legalismo substitui a adoraçãoLbj lição 7   Quando o legalismo substitui a adoração
Lbj lição 7 Quando o legalismo substitui a adoraçãoboasnovassena
 
Colossences 1 (parte 2)
Colossences 1 (parte 2)Colossences 1 (parte 2)
Colossences 1 (parte 2)Joel Silva
 
Vivendo de Forma Moderada.
Vivendo de Forma Moderada.Vivendo de Forma Moderada.
Vivendo de Forma Moderada.Márcio Martins
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTOPROJEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTOPastor Natalino Das Neves
 
79tao perto e_tao_distante
79tao perto e_tao_distante79tao perto e_tao_distante
79tao perto e_tao_distanteAntonio LIma
 
Lbj lição 9 a adoração integral ensinada por jesus
Lbj lição 9   a adoração integral ensinada por jesusLbj lição 9   a adoração integral ensinada por jesus
Lbj lição 9 a adoração integral ensinada por jesusboasnovassena
 
Aula 4 - Jesus, o grande Salvador
Aula 4  - Jesus, o grande SalvadorAula 4  - Jesus, o grande Salvador
Aula 4 - Jesus, o grande SalvadorRicardo Gondim
 
A verdadeira fé não faz acepção de pessoas
A verdadeira fé não faz acepção de pessoasA verdadeira fé não faz acepção de pessoas
A verdadeira fé não faz acepção de pessoasMoisés Sampaio
 
Colossences 2 (parte 2)
Colossences 2 (parte 2)Colossences 2 (parte 2)
Colossences 2 (parte 2)Joel Silva
 
LIÇÃO 9 – Fidelidade, firmes na fé
LIÇÃO 9 – Fidelidade, firmes na féLIÇÃO 9 – Fidelidade, firmes na fé
LIÇÃO 9 – Fidelidade, firmes na féErberson Pinheiro
 
Dizimos e-ofertas-idolatria-evangelica
Dizimos e-ofertas-idolatria-evangelicaDizimos e-ofertas-idolatria-evangelica
Dizimos e-ofertas-idolatria-evangelicaEverton de Jesus
 
Vida nova em Cristo Efésios 4.25-5.2
Vida nova em Cristo   Efésios 4.25-5.2Vida nova em Cristo   Efésios 4.25-5.2
Vida nova em Cristo Efésios 4.25-5.2Paulo Dias Nogueira
 
Sou Crente... E Agora, o Que Eu Faço?
Sou Crente... E Agora, o Que Eu Faço?Sou Crente... E Agora, o Que Eu Faço?
Sou Crente... E Agora, o Que Eu Faço?Jonas Martins Olímpio
 
Termo de compromisso
Termo de compromissoTermo de compromisso
Termo de compromissoViva a Igreja
 
Lição 02 a obediência como adoração
Lição 02   a obediência como adoraçãoLição 02   a obediência como adoração
Lição 02 a obediência como adoraçãoboasnovassena
 
Resolução Bíblica 1:1: a porção dos desígnios de Deus para a nossa vida
Resolução Bíblica 1:1: a porção dos desígnios de Deus para a nossa vidaResolução Bíblica 1:1: a porção dos desígnios de Deus para a nossa vida
Resolução Bíblica 1:1: a porção dos desígnios de Deus para a nossa vidaI. A. B. Quissindo
 
O Testemunho Cristão
O Testemunho CristãoO Testemunho Cristão
O Testemunho CristãoJUERP
 
Lição 1 A beleza do testemunho cristão
Lição 1   A beleza do testemunho cristãoLição 1   A beleza do testemunho cristão
Lição 1 A beleza do testemunho cristãoWander Sousa
 
Colossences 1 (parte 1)
Colossences 1 (parte 1)Colossences 1 (parte 1)
Colossences 1 (parte 1)Joel Silva
 
Aula 1 e 2 A mensagem de Hebreus
Aula 1 e 2   A mensagem de HebreusAula 1 e 2   A mensagem de Hebreus
Aula 1 e 2 A mensagem de HebreusRicardo Gondim
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 10 - SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 10 -  SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 10 -  SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 10 - SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTOPastor Natalino Das Neves
 
Colossenses - Cap. 03 parte 02
Colossenses - Cap. 03 parte 02Colossenses - Cap. 03 parte 02
Colossenses - Cap. 03 parte 02Daniel M Junior
 

Mais procurados (20)

PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTOPROJEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
 
79tao perto e_tao_distante
79tao perto e_tao_distante79tao perto e_tao_distante
79tao perto e_tao_distante
 
Lbj lição 9 a adoração integral ensinada por jesus
Lbj lição 9   a adoração integral ensinada por jesusLbj lição 9   a adoração integral ensinada por jesus
Lbj lição 9 a adoração integral ensinada por jesus
 
Aula 4 - Jesus, o grande Salvador
Aula 4  - Jesus, o grande SalvadorAula 4  - Jesus, o grande Salvador
Aula 4 - Jesus, o grande Salvador
 
Lição 14 hebreus (Final)
Lição 14   hebreus (Final)Lição 14   hebreus (Final)
Lição 14 hebreus (Final)
 
A verdadeira fé não faz acepção de pessoas
A verdadeira fé não faz acepção de pessoasA verdadeira fé não faz acepção de pessoas
A verdadeira fé não faz acepção de pessoas
 
Colossences 2 (parte 2)
Colossences 2 (parte 2)Colossences 2 (parte 2)
Colossences 2 (parte 2)
 
LIÇÃO 9 – Fidelidade, firmes na fé
LIÇÃO 9 – Fidelidade, firmes na féLIÇÃO 9 – Fidelidade, firmes na fé
LIÇÃO 9 – Fidelidade, firmes na fé
 
Dizimos e-ofertas-idolatria-evangelica
Dizimos e-ofertas-idolatria-evangelicaDizimos e-ofertas-idolatria-evangelica
Dizimos e-ofertas-idolatria-evangelica
 
Vida nova em Cristo Efésios 4.25-5.2
Vida nova em Cristo   Efésios 4.25-5.2Vida nova em Cristo   Efésios 4.25-5.2
Vida nova em Cristo Efésios 4.25-5.2
 
Sou Crente... E Agora, o Que Eu Faço?
Sou Crente... E Agora, o Que Eu Faço?Sou Crente... E Agora, o Que Eu Faço?
Sou Crente... E Agora, o Que Eu Faço?
 
Termo de compromisso
Termo de compromissoTermo de compromisso
Termo de compromisso
 
Lição 02 a obediência como adoração
Lição 02   a obediência como adoraçãoLição 02   a obediência como adoração
Lição 02 a obediência como adoração
 
Resolução Bíblica 1:1: a porção dos desígnios de Deus para a nossa vida
Resolução Bíblica 1:1: a porção dos desígnios de Deus para a nossa vidaResolução Bíblica 1:1: a porção dos desígnios de Deus para a nossa vida
Resolução Bíblica 1:1: a porção dos desígnios de Deus para a nossa vida
 
O Testemunho Cristão
O Testemunho CristãoO Testemunho Cristão
O Testemunho Cristão
 
Lição 1 A beleza do testemunho cristão
Lição 1   A beleza do testemunho cristãoLição 1   A beleza do testemunho cristão
Lição 1 A beleza do testemunho cristão
 
Colossences 1 (parte 1)
Colossences 1 (parte 1)Colossences 1 (parte 1)
Colossences 1 (parte 1)
 
Aula 1 e 2 A mensagem de Hebreus
Aula 1 e 2   A mensagem de HebreusAula 1 e 2   A mensagem de Hebreus
Aula 1 e 2 A mensagem de Hebreus
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 10 - SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 10 -  SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 10 -  SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 10 - SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTO
 
Colossenses - Cap. 03 parte 02
Colossenses - Cap. 03 parte 02Colossenses - Cap. 03 parte 02
Colossenses - Cap. 03 parte 02
 

Destaque

Os Desafios da Vida Cristã
Os Desafios da Vida CristãOs Desafios da Vida Cristã
Os Desafios da Vida CristãJUERP
 
“A fé é pelo ouvir”
“A fé é pelo ouvir”“A fé é pelo ouvir”
“A fé é pelo ouvir”JUERP
 
Estudo SuíçA Heresias
Estudo SuíçA HeresiasEstudo SuíçA Heresias
Estudo SuíçA Heresiasguest1b3a53
 
Epistolas paulinas e gerais_IBADEP_Llição 1
Epistolas paulinas e gerais_IBADEP_Llição 1Epistolas paulinas e gerais_IBADEP_Llição 1
Epistolas paulinas e gerais_IBADEP_Llição 1Natalino das Neves Neves
 
Exortação Final Sobre a Vida Cristã
Exortação Final Sobre a Vida CristãExortação Final Sobre a Vida Cristã
Exortação Final Sobre a Vida CristãJUERP
 
O discipulado Cristão – Uma Visão Atual
O discipulado Cristão – Uma Visão AtualO discipulado Cristão – Uma Visão Atual
O discipulado Cristão – Uma Visão AtualJUERP
 
FOCO2014 - O Que É A Vida Cristã
FOCO2014 - O Que É A Vida CristãFOCO2014 - O Que É A Vida Cristã
FOCO2014 - O Que É A Vida Cristãibmalphaville
 
O Evangelho para a Geração Z - parte 2
O Evangelho para a Geração Z - parte 2O Evangelho para a Geração Z - parte 2
O Evangelho para a Geração Z - parte 2igreja-crista
 
O Evangelho para a Geração Z - parte 3
O Evangelho para a Geração Z - parte 3O Evangelho para a Geração Z - parte 3
O Evangelho para a Geração Z - parte 3igreja-crista
 
O Evangelho para a Geração Z - parte 1
O Evangelho para a Geração Z - parte 1O Evangelho para a Geração Z - parte 1
O Evangelho para a Geração Z - parte 1igreja-crista
 
Confrontando as gerações com a palavra de deus pr. josé mário
Confrontando as gerações com a palavra de deus  pr. josé márioConfrontando as gerações com a palavra de deus  pr. josé mário
Confrontando as gerações com a palavra de deus pr. josé márioprvladimir
 
CUIDADO COM A IDOLATRIA GOSPEL
CUIDADO COM A IDOLATRIA GOSPELCUIDADO COM A IDOLATRIA GOSPEL
CUIDADO COM A IDOLATRIA GOSPELLeonam dos Santos
 
Heresias e modismos - pragmatismo religioso
Heresias e modismos - pragmatismo religiosoHeresias e modismos - pragmatismo religioso
Heresias e modismos - pragmatismo religiosoDaniel M Junior
 

Destaque (20)

Os Desafios da Vida Cristã
Os Desafios da Vida CristãOs Desafios da Vida Cristã
Os Desafios da Vida Cristã
 
“A fé é pelo ouvir”
“A fé é pelo ouvir”“A fé é pelo ouvir”
“A fé é pelo ouvir”
 
Estudo SuíçA Heresias
Estudo SuíçA HeresiasEstudo SuíçA Heresias
Estudo SuíçA Heresias
 
Epistolas paulinas e gerais_IBADEP_Llição 1
Epistolas paulinas e gerais_IBADEP_Llição 1Epistolas paulinas e gerais_IBADEP_Llição 1
Epistolas paulinas e gerais_IBADEP_Llição 1
 
2 Pedro R
2 Pedro R2 Pedro R
2 Pedro R
 
Pedro 2
Pedro 2Pedro 2
Pedro 2
 
Exortação Final Sobre a Vida Cristã
Exortação Final Sobre a Vida CristãExortação Final Sobre a Vida Cristã
Exortação Final Sobre a Vida Cristã
 
O discipulado Cristão – Uma Visão Atual
O discipulado Cristão – Uma Visão AtualO discipulado Cristão – Uma Visão Atual
O discipulado Cristão – Uma Visão Atual
 
Os desafios da vida cristã
Os desafios da vida cristãOs desafios da vida cristã
Os desafios da vida cristã
 
2 Pedro S
2 Pedro S2 Pedro S
2 Pedro S
 
FOCO2014 - O Que É A Vida Cristã
FOCO2014 - O Que É A Vida CristãFOCO2014 - O Que É A Vida Cristã
FOCO2014 - O Que É A Vida Cristã
 
O Evangelho para a Geração Z - parte 2
O Evangelho para a Geração Z - parte 2O Evangelho para a Geração Z - parte 2
O Evangelho para a Geração Z - parte 2
 
Epistolas gerais aluno
Epistolas gerais alunoEpistolas gerais aluno
Epistolas gerais aluno
 
O Evangelho para a Geração Z - parte 3
O Evangelho para a Geração Z - parte 3O Evangelho para a Geração Z - parte 3
O Evangelho para a Geração Z - parte 3
 
O Evangelho para a Geração Z - parte 1
O Evangelho para a Geração Z - parte 1O Evangelho para a Geração Z - parte 1
O Evangelho para a Geração Z - parte 1
 
Powerpoint slide 2ª pedro 2,1
Powerpoint slide 2ª pedro 2,1Powerpoint slide 2ª pedro 2,1
Powerpoint slide 2ª pedro 2,1
 
Confrontando as gerações com a palavra de deus pr. josé mário
Confrontando as gerações com a palavra de deus  pr. josé márioConfrontando as gerações com a palavra de deus  pr. josé mário
Confrontando as gerações com a palavra de deus pr. josé mário
 
CUIDADO COM A IDOLATRIA GOSPEL
CUIDADO COM A IDOLATRIA GOSPELCUIDADO COM A IDOLATRIA GOSPEL
CUIDADO COM A IDOLATRIA GOSPEL
 
Heresias e modismos - pragmatismo religioso
Heresias e modismos - pragmatismo religiosoHeresias e modismos - pragmatismo religioso
Heresias e modismos - pragmatismo religioso
 
2 PEDRO 2
2 PEDRO 22 PEDRO 2
2 PEDRO 2
 

Semelhante a A Luta Contra o Pecado

Você já nasceu de novo ? ( J.C Ryle )
Você já nasceu de novo ? ( J.C Ryle )Você já nasceu de novo ? ( J.C Ryle )
Você já nasceu de novo ? ( J.C Ryle )Jhonatan Guilherme
 
Primeira apostila dos jovens - PDF
Primeira apostila dos jovens - PDFPrimeira apostila dos jovens - PDF
Primeira apostila dos jovens - PDFLucas Martins
 
Ebd 1° trimestre 2017 lição 8 a bondade que confere a vida.
Ebd  1° trimestre 2017 lição 8 a bondade que confere a vida.Ebd  1° trimestre 2017 lição 8 a bondade que confere a vida.
Ebd 1° trimestre 2017 lição 8 a bondade que confere a vida.GIDEONE Moura Santos Ferreira
 
A Bondade que Confere Vida.
A Bondade que Confere Vida.A Bondade que Confere Vida.
A Bondade que Confere Vida.Márcio Martins
 
JORMI - Jornal Missionário nº 83
JORMI -  Jornal Missionário nº 83JORMI -  Jornal Missionário nº 83
JORMI - Jornal Missionário nº 83Almir Rodrigues
 
As 12 Pedras do Alicerce — Aula 8B: O maior amor de todos - Salvação Eterna.pdf
As 12 Pedras do Alicerce — Aula 8B: O maior amor de todos - Salvação Eterna.pdfAs 12 Pedras do Alicerce — Aula 8B: O maior amor de todos - Salvação Eterna.pdf
As 12 Pedras do Alicerce — Aula 8B: O maior amor de todos - Salvação Eterna.pdfFreekidstories
 
Lição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deus
Lição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deusLição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deus
Lição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deusErberson Pinheiro
 
Estudos doutrinários no metodismo
Estudos doutrinários no metodismoEstudos doutrinários no metodismo
Estudos doutrinários no metodismoPaulo Dias Nogueira
 
LIÇÃO 08 - A BONDADE QUE CONFERE VIDA
LIÇÃO 08 - A BONDADE QUE CONFERE VIDALIÇÃO 08 - A BONDADE QUE CONFERE VIDA
LIÇÃO 08 - A BONDADE QUE CONFERE VIDALourinaldo Serafim
 
Biblia solução dos seus problemas
Biblia solução dos seus problemasBiblia solução dos seus problemas
Biblia solução dos seus problemasSérgyo Costa
 
Lição 8 - A Bondade que Confere Vida
Lição 8 - A Bondade que Confere VidaLição 8 - A Bondade que Confere Vida
Lição 8 - A Bondade que Confere VidaErberson Pinheiro
 
10 mentiras sobre o pecado
10 mentiras sobre o pecado10 mentiras sobre o pecado
10 mentiras sobre o pecadoDaniel M Junior
 
10 mentiras sobre o pecado
10 mentiras sobre o pecado10 mentiras sobre o pecado
10 mentiras sobre o pecadoDaniel M Junior
 
4º Estudo Santificação
4º Estudo Santificação4º Estudo Santificação
4º Estudo Santificaçãouriank
 
Relacionamento cristão e jugo desigual 2017
Relacionamento cristão e jugo desigual 2017Relacionamento cristão e jugo desigual 2017
Relacionamento cristão e jugo desigual 2017Adriano Silva
 

Semelhante a A Luta Contra o Pecado (20)

Você já nasceu de novo ? ( J.C Ryle )
Você já nasceu de novo ? ( J.C Ryle )Você já nasceu de novo ? ( J.C Ryle )
Você já nasceu de novo ? ( J.C Ryle )
 
Primeira apostila dos jovens - PDF
Primeira apostila dos jovens - PDFPrimeira apostila dos jovens - PDF
Primeira apostila dos jovens - PDF
 
Ebd 1° trimestre 2017 lição 8 a bondade que confere a vida.
Ebd  1° trimestre 2017 lição 8 a bondade que confere a vida.Ebd  1° trimestre 2017 lição 8 a bondade que confere a vida.
Ebd 1° trimestre 2017 lição 8 a bondade que confere a vida.
 
A Bondade que Confere Vida.
A Bondade que Confere Vida.A Bondade que Confere Vida.
A Bondade que Confere Vida.
 
JORMI - Jornal Missionário nº 83
JORMI -  Jornal Missionário nº 83JORMI -  Jornal Missionário nº 83
JORMI - Jornal Missionário nº 83
 
As 12 Pedras do Alicerce — Aula 8B: O maior amor de todos - Salvação Eterna.pdf
As 12 Pedras do Alicerce — Aula 8B: O maior amor de todos - Salvação Eterna.pdfAs 12 Pedras do Alicerce — Aula 8B: O maior amor de todos - Salvação Eterna.pdf
As 12 Pedras do Alicerce — Aula 8B: O maior amor de todos - Salvação Eterna.pdf
 
Lição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deus
Lição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deusLição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deus
Lição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deus
 
Estudos doutrinários no metodismo
Estudos doutrinários no metodismoEstudos doutrinários no metodismo
Estudos doutrinários no metodismo
 
LIÇÃO 08 - A BONDADE QUE CONFERE VIDA
LIÇÃO 08 - A BONDADE QUE CONFERE VIDALIÇÃO 08 - A BONDADE QUE CONFERE VIDA
LIÇÃO 08 - A BONDADE QUE CONFERE VIDA
 
Biblia solução dos seus problemas
Biblia solução dos seus problemasBiblia solução dos seus problemas
Biblia solução dos seus problemas
 
A luta por detras dos bastidores
A luta por detras dos bastidoresA luta por detras dos bastidores
A luta por detras dos bastidores
 
Lição 8 - A Bondade que Confere Vida
Lição 8 - A Bondade que Confere VidaLição 8 - A Bondade que Confere Vida
Lição 8 - A Bondade que Confere Vida
 
Boletim CBG_18 ago-2013
Boletim CBG_18 ago-2013Boletim CBG_18 ago-2013
Boletim CBG_18 ago-2013
 
PERDÃO.pptx
PERDÃO.pptxPERDÃO.pptx
PERDÃO.pptx
 
10 mentiras sobre o pecado
10 mentiras sobre o pecado10 mentiras sobre o pecado
10 mentiras sobre o pecado
 
10 mentiras sobre o pecado
10 mentiras sobre o pecado10 mentiras sobre o pecado
10 mentiras sobre o pecado
 
4º Estudo Santificação
4º Estudo Santificação4º Estudo Santificação
4º Estudo Santificação
 
Relacionamento cristão e jugo desigual 2017
Relacionamento cristão e jugo desigual 2017Relacionamento cristão e jugo desigual 2017
Relacionamento cristão e jugo desigual 2017
 
Para sua alegria
Para sua alegriaPara sua alegria
Para sua alegria
 
E-book Jonh Piper
E-book Jonh PiperE-book Jonh Piper
E-book Jonh Piper
 

Mais de JUERP

“Perseveravam na oração”
“Perseveravam na oração”“Perseveravam na oração”
“Perseveravam na oração”JUERP
 
“Purifica-me Senhor”
“Purifica-me Senhor”“Purifica-me Senhor”
“Purifica-me Senhor”JUERP
 
"A súplica de um justo pode muito na sua atuação"
"A súplica de um justo pode muito na sua atuação""A súplica de um justo pode muito na sua atuação"
"A súplica de um justo pode muito na sua atuação"JUERP
 
"Somos mais que vencedores"
"Somos mais que vencedores""Somos mais que vencedores"
"Somos mais que vencedores"JUERP
 
“Para que todos sejam um”
“Para que todos sejam um”“Para que todos sejam um”
“Para que todos sejam um”JUERP
 
“Passou a noite toda em oração a Deus”
“Passou a noite toda em oração a Deus”“Passou a noite toda em oração a Deus”
“Passou a noite toda em oração a Deus”JUERP
 
“Atende a oração de teu servo, ó Senhor”
“Atende a oração de teu servo, ó Senhor”“Atende a oração de teu servo, ó Senhor”
“Atende a oração de teu servo, ó Senhor”JUERP
 
“Buscarás ao Senhor teu Deus”
“Buscarás ao Senhor teu Deus”“Buscarás ao Senhor teu Deus”
“Buscarás ao Senhor teu Deus”JUERP
 
"O Senhor ouviu as orações"
"O Senhor ouviu as orações""O Senhor ouviu as orações"
"O Senhor ouviu as orações"JUERP
 
“Os homens começaram a invocar o nome de Deus”
“Os homens começaram a invocar o nome de Deus”“Os homens começaram a invocar o nome de Deus”
“Os homens começaram a invocar o nome de Deus”JUERP
 
“Tratai aos empregados com equidade”
“Tratai aos empregados com equidade”“Tratai aos empregados com equidade”
“Tratai aos empregados com equidade”JUERP
 
Estudo 12 as cartas de paulo III - gl-ef-fp-cl
Estudo 12   as cartas de paulo III - gl-ef-fp-clEstudo 12   as cartas de paulo III - gl-ef-fp-cl
Estudo 12 as cartas de paulo III - gl-ef-fp-clJUERP
 
“Prossigo para o alvo”
“Prossigo para o alvo”“Prossigo para o alvo”
“Prossigo para o alvo”JUERP
 
“O viver é Cristo e o morrer é lucro”
“O viver é Cristo e o morrer é lucro”“O viver é Cristo e o morrer é lucro”
“O viver é Cristo e o morrer é lucro”JUERP
 
“Andeis como sábios”
“Andeis como sábios”“Andeis como sábios”
“Andeis como sábios”JUERP
 
“Há um só corpo e um só Espírito”
“Há um só corpo e um só Espírito”“Há um só corpo e um só Espírito”
“Há um só corpo e um só Espírito”JUERP
 
“Há um só corpo e um só Espírito”
“Há um só corpo e um só Espírito”“Há um só corpo e um só Espírito”
“Há um só corpo e um só Espírito”JUERP
 
A Deus seja a glória
A Deus seja a glóriaA Deus seja a glória
A Deus seja a glóriaJUERP
 
“Pela graça sois salvos”
“Pela graça sois salvos”“Pela graça sois salvos”
“Pela graça sois salvos”JUERP
 
“Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito”
“Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito”“Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito”
“Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito”JUERP
 

Mais de JUERP (20)

“Perseveravam na oração”
“Perseveravam na oração”“Perseveravam na oração”
“Perseveravam na oração”
 
“Purifica-me Senhor”
“Purifica-me Senhor”“Purifica-me Senhor”
“Purifica-me Senhor”
 
"A súplica de um justo pode muito na sua atuação"
"A súplica de um justo pode muito na sua atuação""A súplica de um justo pode muito na sua atuação"
"A súplica de um justo pode muito na sua atuação"
 
"Somos mais que vencedores"
"Somos mais que vencedores""Somos mais que vencedores"
"Somos mais que vencedores"
 
“Para que todos sejam um”
“Para que todos sejam um”“Para que todos sejam um”
“Para que todos sejam um”
 
“Passou a noite toda em oração a Deus”
“Passou a noite toda em oração a Deus”“Passou a noite toda em oração a Deus”
“Passou a noite toda em oração a Deus”
 
“Atende a oração de teu servo, ó Senhor”
“Atende a oração de teu servo, ó Senhor”“Atende a oração de teu servo, ó Senhor”
“Atende a oração de teu servo, ó Senhor”
 
“Buscarás ao Senhor teu Deus”
“Buscarás ao Senhor teu Deus”“Buscarás ao Senhor teu Deus”
“Buscarás ao Senhor teu Deus”
 
"O Senhor ouviu as orações"
"O Senhor ouviu as orações""O Senhor ouviu as orações"
"O Senhor ouviu as orações"
 
“Os homens começaram a invocar o nome de Deus”
“Os homens começaram a invocar o nome de Deus”“Os homens começaram a invocar o nome de Deus”
“Os homens começaram a invocar o nome de Deus”
 
“Tratai aos empregados com equidade”
“Tratai aos empregados com equidade”“Tratai aos empregados com equidade”
“Tratai aos empregados com equidade”
 
Estudo 12 as cartas de paulo III - gl-ef-fp-cl
Estudo 12   as cartas de paulo III - gl-ef-fp-clEstudo 12   as cartas de paulo III - gl-ef-fp-cl
Estudo 12 as cartas de paulo III - gl-ef-fp-cl
 
“Prossigo para o alvo”
“Prossigo para o alvo”“Prossigo para o alvo”
“Prossigo para o alvo”
 
“O viver é Cristo e o morrer é lucro”
“O viver é Cristo e o morrer é lucro”“O viver é Cristo e o morrer é lucro”
“O viver é Cristo e o morrer é lucro”
 
“Andeis como sábios”
“Andeis como sábios”“Andeis como sábios”
“Andeis como sábios”
 
“Há um só corpo e um só Espírito”
“Há um só corpo e um só Espírito”“Há um só corpo e um só Espírito”
“Há um só corpo e um só Espírito”
 
“Há um só corpo e um só Espírito”
“Há um só corpo e um só Espírito”“Há um só corpo e um só Espírito”
“Há um só corpo e um só Espírito”
 
A Deus seja a glória
A Deus seja a glóriaA Deus seja a glória
A Deus seja a glória
 
“Pela graça sois salvos”
“Pela graça sois salvos”“Pela graça sois salvos”
“Pela graça sois salvos”
 
“Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito”
“Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito”“Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito”
“Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito”
 

Último

Novena A Santo Inácio De Loyola
Novena A Santo Inácio De Loyola Novena A Santo Inácio De Loyola
Novena A Santo Inácio De Loyola Nilson Almeida
 
Oração Pedindo Sabedoria E Discernimento
Oração Pedindo Sabedoria E DiscernimentoOração Pedindo Sabedoria E Discernimento
Oração Pedindo Sabedoria E DiscernimentoNilson Almeida
 
Oração Da Sobriedade
Oração Da SobriedadeOração Da Sobriedade
Oração Da SobriedadeNilson Almeida
 
A Couraça De São Patrício
A Couraça De São PatrícioA Couraça De São Patrício
A Couraça De São PatrícioNilson Almeida
 
Vibração Pelo Planeta Terra
Vibração Pelo Planeta Terra Vibração Pelo Planeta Terra
Vibração Pelo Planeta Terra Nilson Almeida
 
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptx
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptxLição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptx
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptxCelso Napoleon
 
Orações Cristãs Diárias
Orações Cristãs DiáriasOrações Cristãs Diárias
Orações Cristãs DiáriasNilson Almeida
 
DIZIMOS - Também é para nós cristãos?.docx
DIZIMOS  - Também é  para nós cristãos?.docxDIZIMOS  - Também é  para nós cristãos?.docx
DIZIMOS - Também é para nós cristãos?.docxJose Moraes
 
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptxMarta Gomes
 
Limpeza Espiritual 21 Dias Arcanjo Miguel
Limpeza Espiritual 21 Dias Arcanjo MiguelLimpeza Espiritual 21 Dias Arcanjo Miguel
Limpeza Espiritual 21 Dias Arcanjo MiguelNilson Almeida
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptxRodrigoTavares484059
 
Novena Da Imaculada Conceição
Novena Da Imaculada ConceiçãoNovena Da Imaculada Conceição
Novena Da Imaculada ConceiçãoNilson Almeida
 
Novena De Santa Teresinha
Novena De Santa TeresinhaNovena De Santa Teresinha
Novena De Santa TeresinhaNilson Almeida
 
Novena Do Seguimento De Cristo
Novena Do Seguimento De CristoNovena Do Seguimento De Cristo
Novena Do Seguimento De CristoNilson Almeida
 

Último (20)

Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 2
Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 2Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 2
Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 2
 
Novena A Santo Inácio De Loyola
Novena A Santo Inácio De Loyola Novena A Santo Inácio De Loyola
Novena A Santo Inácio De Loyola
 
Oração Pedindo Sabedoria E Discernimento
Oração Pedindo Sabedoria E DiscernimentoOração Pedindo Sabedoria E Discernimento
Oração Pedindo Sabedoria E Discernimento
 
Oração Da Sobriedade
Oração Da SobriedadeOração Da Sobriedade
Oração Da Sobriedade
 
A Couraça De São Patrício
A Couraça De São PatrícioA Couraça De São Patrício
A Couraça De São Patrício
 
Vibração Pelo Planeta Terra
Vibração Pelo Planeta Terra Vibração Pelo Planeta Terra
Vibração Pelo Planeta Terra
 
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptx
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptxLição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptx
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptx
 
Orações Cristãs Diárias
Orações Cristãs DiáriasOrações Cristãs Diárias
Orações Cristãs Diárias
 
Invocação À Luz
Invocação À LuzInvocação À Luz
Invocação À Luz
 
Orações Vocacionais
Orações VocacionaisOrações Vocacionais
Orações Vocacionais
 
DIZIMOS - Também é para nós cristãos?.docx
DIZIMOS  - Também é  para nós cristãos?.docxDIZIMOS  - Também é  para nós cristãos?.docx
DIZIMOS - Também é para nós cristãos?.docx
 
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
 
Limpeza Espiritual 21 Dias Arcanjo Miguel
Limpeza Espiritual 21 Dias Arcanjo MiguelLimpeza Espiritual 21 Dias Arcanjo Miguel
Limpeza Espiritual 21 Dias Arcanjo Miguel
 
Reflexão para grupos sobre a carta de Quaresma 2024 Parte 1
Reflexão para grupos sobre a carta de Quaresma 2024 Parte 1Reflexão para grupos sobre a carta de Quaresma 2024 Parte 1
Reflexão para grupos sobre a carta de Quaresma 2024 Parte 1
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
 
Carta de Cuaresma 2024 reflexion grupo 3 PT.pdf
Carta de Cuaresma 2024 reflexion grupo 3 PT.pdfCarta de Cuaresma 2024 reflexion grupo 3 PT.pdf
Carta de Cuaresma 2024 reflexion grupo 3 PT.pdf
 
Novena De Santa Marta
Novena De Santa MartaNovena De Santa Marta
Novena De Santa Marta
 
Novena Da Imaculada Conceição
Novena Da Imaculada ConceiçãoNovena Da Imaculada Conceição
Novena Da Imaculada Conceição
 
Novena De Santa Teresinha
Novena De Santa TeresinhaNovena De Santa Teresinha
Novena De Santa Teresinha
 
Novena Do Seguimento De Cristo
Novena Do Seguimento De CristoNovena Do Seguimento De Cristo
Novena Do Seguimento De Cristo
 

A Luta Contra o Pecado

  • 1. As Epístolas Gerais: Tiago, Pedro, João e Judas Estudo 9 A luta contra o pecado Texto bíblico: 1João 3 Texto áureo: 1Jo 3.6 “Todo o que permanece nele não vive pecando; todo o que vive pecando não o viu nem o conhece”.
  • 2. Introdução (I) O autor de nossos estudos começa comparando o pecado a uma enfermidade. Sua frase é muito dura e direta: Ele compara o pecado ao câncer. Enquanto este ataca o corpo humano. O pecado ataca a alma. Enquanto o primeiro corrói a vida física: o corpo, o segundo liquida com a vida espiritual: a alma.
  • 3. Introdução (II) Para evidenciar este grande problema que aflige o crente, o apóstolo vai dedicar um capítulo de sua carta, dividindo-o em sete partes: 1.A nossa expectativa como crentes – 3.1-3 2.Uma heresia antiga que se repete – 3.4-6 3.A diferença existente no viver cristão – 3.7-9 4.Filhos de Deus X Filhos do Diabo – 3.10-12 5.O confronto com o mundo pecador – 3.13-15 6.A vivência cristã em amor e paz – 3.16-20 7.A confiança em Deus nos garante – 3.21-24
  • 4. 1a. Parte – A nossa expectativa como crentes - 1Jo 3.1-3 Com as Bíblias abertas vamos caminhar no texto versículo a versículo procurando retirar de cada um deles, o melhor para o nosso viver. Lembremos que estamos lendo um texto de 20 séculos atrás. Deve nos impressionar o fato de mesmo distanciados no tempo, lermos nos escritos do apóstolo, temas tão atuais e importantes para os tempos de hoje:
  • 5. “Vêde que grande amor nos tem concedido o Pai; que fôssemos chamados filhos de Deus; e nós o somos. Por isso o mundo não nos conhece, porque não o conheceu a ele. Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifesto o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos. E todo o que nele tem esta esperança, purifica-se a si mesmo, assim como ele é puro.” 1Jo 3.1-3
  • 6. Parte 2 - Uma heresia antiga que se repete 1João 3.4-6 Recentemente (década de 90) surgiu na outra América e chegou ao Brasil no RGS a heresia do “novo nascimento”. O renascido não peca mais. Isto é uma heresia antiga. Se repetiu algumas vezes na história da igreja. Voltou agora, mas já se desfez, pelo menos no que se tem notícia. No entanto, o mundo encontrou um outro caminho para isto. Em vez de desmistificar o pecado pelo aspecto espiritual, prefere desmistificá-lo pelo aspecto filosófico e moral. “Isto é um artifício de Deus para amedrontar o ser humano”
  • 7. ” Todo aquele que vive habitualmente no pecado também vive na rebeldia, pois o pecado é rebeldia. E bem sabeis que ele se manifestou para tirar os pecados; e nele não há pecado. Todo o que permanece nele não vive pecando; todo o que vive pecando não o viu nem o conhece.” 1Jo 3.4-6
  • 8. Parte 3 - A diferença existente no viver cristão – 1Jo 3.7-9 A grande diferença que João apontava no caráter cristão era a sua permanente luta contra o pecar. O homem mundano se acostuma ao pecar. Fica insensibilizado quando o comete. Já o crente se incomoda quando sente estar fazendo algo errado. Sua consciência cristã não o deixa em paz. A semente do amor de Deus em seu interior o faz evitar o pecado.
  • 9. “Filhinhos, ninguém vos engane; quem pratica a justiça é justo, assim como ele é justo; quem comete pecado é do Diabo; porque o Diabo peca desde o princípio. Para isso o Filho de Deus se manifestou; para destruir as obras do Diabo. Aquele que é nascido de Deus não peca habitualmente; porque a semente de Deus permanece nele; e não pode continuar no pecado, porque é nascido de Deus”. 1Jo 3.7-9
  • 10. 4. Filhos de Deus X Filhos do Diabo 1Jo 3.10-12 Este é o grande embate que temos no mundo. Como filhos de Deus devemos viver em oposição ao que Satanás nos atrai. Na cidade do Rio de Janeiro estamos assistindo nestes dias que vivemos (23/27.11), um exemplo desta luta entre o bem e o mal. Os filhos de Deus, devem ver no que os jornais noticiam os exemplos e alertas que a mídia nos está oferecendo do que é a nossa batalha também.
  • 11. “Nisto são manifestos os filhos de Deus, e os filhos do Diabo; quem não pratica a justiça não é de Deus, nem o que não ama a seu irmão. Porque esta é a mensagem que ouvistes desde o princípio, que nos amemos uns aos outros, não sendo como Caim, que era do Maligno, e matou a seu irmão. E por que o matou? Porque as suas obras eram más e as do seu irmão justas”. 1Jo 3.10-12
  • 12. 5. O confronto com o mundo pecador 1Jo 3.13-15 Diante desta diferença de caráter e de sentimentos não há como conciliar, mas sim, sempre confrontar. A realidade de João era diferente da nossa. Vivia-se num mundo pagão, onde não havendo princípios morais e sociais adequados, os centes eram perseguitos e hostilizados por serem crentes. Digamos que o mal mudou as suas armas. Hoje, com os benefícios da chamada civilização ocidental o mundo nos aceitou e aí, justamente é que mora o perigo. Passamos a não incomodá-los mais.
  • 13. “Meus irmãos, não vos admireis se o mundo vos odeia. Nós sabemos que já passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos. Quem não ama permanece na morte. Todo o que odeia a seu irmão é homicida; e vós sabeis que nenhum homicida tem a vida eterna permanecendo nele.”. 1Jo 3.13-15
  • 14. 6. A vivência cristã em amor e paz 1Jo 3.16-20 E a grande diferença que a vida cristã trouxe para o mundo pecador, foi justamente a manifestação do amor solidário e presente. Se os irmãos se deterem no estudo da biografia dos grandes mártires do cristianismo, verificarão que eles foram vítimas do amor que expressavam em seu viver em contraposição àquilo que o mundo queria e desejava. Tiago, irmão de João foi morto por isto… Estêvão igualmente… Policarpo nos primeiros anos da igreja de Cristo. A história secular nos aponta outros exemplos.
  • 15. “Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu a sua vida por nós; e nós devemos dar a vida pelos irmãos. Quem, pois, tiver bens do mundo, e vendo o seu irmão necessitado, lhe fechar o seu coração, como permanece nele o amor de Deus? Filhinhos, não amemos de palavra nem de língua, mas por obras e em verdade. Nisto conheceremos que somos da verdade; e diante dele tranquilizaremos o nosso coração; porque se o coração nos condena, maior é Deus do que o nosso coração, e conhece todas as coisas.” 1Jo 3.16-20
  • 16. 7. A confiança em Deus nos garante 1Jo 3.21-24 Diante deste combate permanente, o crente deve confiar em Deus que o ajudará a superare todas as dificuldades pelo amor que nos tem. Com a nossa consciência cristã pura diante de Deus, temos livre acesso a ele para recorrermos ao seu amor sempre que necessitarmos. Devemos procurar em nosso viver, agir e proceder sempre de acordo com a vontade de Deus, e segundo os princípios morais e éticos que, oriundos de sua Palavra, devem orientar sempre todos os passos que tenhamos a dar em nossa vida.
  • 17. “Amados, se o coração não nos condena, temos confiança para com Deus; e qualquer coisa que lhe pedirmos, dele a receberemos, porque guardamos os seus mandamentos e fazemos o que é agradável à sua vista. Ora, o seu mandamento é este, que creiamos no nome do seu Filho Jesus Cristo, e nos amemos uns aos outros, como ele nos ordenou. Quem guarda os seus mandamentos, em Deus permanece e Deus nele. E nisto conhecemos que ele permanece em nós, pelo Espírito que nos tem dado.” 1Jo 3.21-24
  • 18. Conclusões 1)Diante deste mundo tão conturbado como demonstrar o amor de Deus? 2) Você tem evidenciado a presença deste amor em sua vida? 3)Como seus amigos reagem à sua chegada? 4)De que maneira podemos demonstrar afeto sem parecer superiores ou interesseiros? 5)O amor de Deus se faz presente em seu íntimo?